História Sorriso Envergonhado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin)
Visualizações 37
Palavras 584
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Fluffy, LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


tô enrolando pra postar o meu xodó a tempos!
tomei vergonha na cara e vim compartilhar essa shot

boa leitura!

Capítulo 1 - ;único


Seokjin perambulava pela casa como un zumbi. Seria hilário,se não fosse preocupante.

O rosado não dormia direito a dias e tudo isso por causa de uma única pessoa:

Kim Namjoon.

Ah! Mas Seokjin amava muito o seu saeng! O garoto era tão fofo e compreensivo consigo que seu coração apertava ao ter que ficar longe do maior por alguns míseros dias.

Sorriu,ao lembrar que o de madeixas roxas havia lhe prometido passar no apartamento de seu Hyung para conversar. Teriam que esclarecer a relação deles,precisavam disso. Aquela amizade já havia tomado um rumo diferente e Seokjin estava tão confuso quanto seu ' melhor amigo'. Se é que Namjoon ainda era isso pra si.

Assim que o som da campainha se fez presente,ele largou os papeis da faculdade em cima da mesa de sua cozinha,correndo para porta. Suspirou,antes de abrir,girando a maçaneta dourada lentamente,dando de cara com o Kim mais novo ali,sorrindo.

Seu sorriso,céus! Aquele sorriso era sua perdição! As covinhas fofas lhe davam um ar tão ingênuo que se não o conhecesse bem,lhe confundiria facilmente com alguém totalmente fofo e puro.

Mas ele sabia que Kim Namjoon não era assim. Sabia muito bem que o Kim mais novo tinha lá seus momentos de impureza,e a lábia de seu saeng convencia alguém tão facilmente que o assustava.

— Oh! Nam! Chegou bem cedo! — Falou,tentando não deixar sua euforia aparente.

— Estava fazendo algo importante,Hyung? Me desculpe,espero não ter atrapalhado. — você nunca atrapalha. Pensou,sentindo seu coração batendo forte.

—Estava apenas revendo a matéria da faculdade,direito não é mole. — Riu,sendo seguido pelo mais novo,deu espaço para o mesmo entrar,que pediu licença,adentrando a casa de seu Hyung.

Eles sentaram no sofá da sala de Seokjin,e o silêncio se instalou. Mesmo ambos querendo falar algo,parecia que as palavras haviam lhe fugido,era realmente constrangedor lembrar que eles haviam transado naquela casa a algunas semanas,e que o rumo da 'amizade' deles,haviam passado para algo a mais.

— Err...Jin-Hyung? — Ah! Como Seokjin amava a voz grossa de seu amigo lhe chamando assim,seu coração se derritia pelo Kim,fazendo ele ficar mais confuso ainda. — Eu realmente quero saber,você me ama?

O rosado quase se engasgou com a própria saliva,pode jurar que sentiu seu coração parar de bater,fez uma nota mental que depois ia precisar de uma água com açúcar,independente do que acontecesse ali.

— De verdade? Eu vim pensando nessa conversa desde a semana passada,mal dormir por conta disso. Minha cara de morto é justamente por isso. — Brincou,arrancando uma risada fraca de seu amigo. — Eu realmente pensei muito,desde o início da nossa amizade,até aqui. E vi que,eu agia estranho consigo,e eu morria de nervosismo toda vez que me convidava até para tomar um simples café,até mesmo quando Taehyung estava conosco. — Respondeu,enquanto os olhos amendoados lhe olhavam,ansioso por uma resposta. — É Nam,eu lhe amo,e muito.

O rosado deixou seu olhos caírem sobre o chão,fitando o carpete aveludado e esverdeado.

— Acho isso ótimo Hyung. — Ouviu isso,e logo em seguida,sentiu um beijo estalado na sua bochecha.

Levantou seu olhar,olhando para o maior,sorrindo fraco,ainda meio confuso com tudo.

— Porque eu te amo Hyung,e te amo muito.

O mesmo sorriso envergonhado,que Seokjin amava e passou a amar cada dia mais.

Pois daqueles lábios não saiam apenas xingamentos quando o garoto estava bravo,não saiam apenas declarações de amor ao Kim mais velho,não saiam apenas 'eu te amo,Hyung',não saiam apenas os barulhinhos gostosos de seus beijinhos estalados.

Saia também o seu sorriso envergonhado,este que Seokjin entendeu que amara e sempre amaria. 


Notas Finais


amei escrever ela,espero que não flope,amém

queria fazer um bônus,só dependem de vocês né :3

até depois baes!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...