História Sorriso falso (Sycaro Saycaro) - Capítulo 11


Escrita por:

Visualizações 186
Palavras 345
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Poesias, Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então...
Eu tô com um bloqueio muito forte e não consigo pensar em nada bom :c
Provavelmente não vai te mais a oneshot gigante que prometi... Não fiquem bravos comigo por favor.
Eu vou tentar focar nessa fanfic aqui ok?

Capítulo 11 - Uma Noite Normal


Fanfic / Fanfiction Sorriso falso (Sycaro Saycaro) - Capítulo 11 - Uma Noite Normal

Saiko riu, colocou o celular em cima da mesa e voltou a mexer no computador. Escutou um barulho e olhou para trás, era Greg, estava enlouquecendo perto da janela, ele queria sair de qualquer jeito. Ele riu e o chamou baixinho, o gato olhou para o dono e foi até a janela, arranhando o vidro, Saiko levantou e o pegou, sentou no computador e começou a cariciar o gato, mesmo sendo meio desconfortável por causa do tamanho do gato ele continuou com ele no colo.

 Depois de algum tempo Saiko já estava agoniado com o gato no colo, mais ele estava tão fofinho dormindo que ele desistiu de tentar tirar ele do colo, tentou se arrumar lentamente mais falhou e o gato acordou, ele saiu do colo do garoto e foi miar na janela de novo, Saiko olhou irritado para o gato, já não aguentava mais o gato miando o dia todo por causa da gata de sua rua.

-"Greg, tu sabe que não pode." – Ele levantou e foi até o gato o pegando no colo- "Agora, sai da janela." – Ele colocou o gato na cama e fechou a cortina.

 Foi até o computador e olhou a hora, 01:46, soltou um bocejo e mandou  “Tchau arrombado, vou dormir” para Ycaro, desligou o computador e ligou o ventilador, deitou na cama, tirou o óculos e colocou em cima do criado mudo do lado de sua cama e se cobriu, se encolheu se esquentando.

 Sentiu algo nos seu pés, Greg, ele se acomodou entre as canelas de Saiko e dormiu.

Saiko não conseguia dormir, estava incomodado com algo, mais ele não sabia bem oque era. Estava tudo normal, como sempre era, Greg dormindo, computador desligado, tudo escuro, coberto até a cabeça. O único barulho que escutava era o da rua, carros, as folhas das árvores, o vento, os gatos na rua... O que estava errado? Saiko tentou ignorar o sentimento de desconforto e tentar dormir, ele começou a pensar em coisas aleatórias, e conversar consigo mesmo na cabeça, não demorou muito para o mesmo cair no sono.


Notas Finais


Gostaram? Sei que foi pequeno mais pelo menos teve um capítulo.
Obrigado a todos que leram.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...