História Sorry Not Sorry - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece, SERVAMP, Sword Art Online
Personagens Kirigaya Kazuto, Kuro, Mahiru Shirota, Nico Robin, Sleepy Ash
Tags Fofo, One Piece, Servamp, Sexo, Sword Art Online, Yaoi
Visualizações 19
Palavras 468
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem a demora. Espero que gostem, do novo capítulo.

Capítulo 4 - Os Pedidos


Mahiru

- Bem, eu quero pedir-te desculpas por ter sido tão rude e mau contigo, no outro dia.- disse, arrependido.

- Aceito o teu pedido de desculpas, mas isso não vai alterar o que eu sinto.

- E o quê que sentes?

- Tristeza! Sabe o que é; é quando nos sentimos vazios por dentro e sentimos que não somos capazes de fazer nada é que vamos desiludir todos.- disse triste e com algumas lágrimas a escorrer-lhe pelo rosto.

- Ahh...,- disse enquanto tentava processar a informação toda- não me digas que vais tornar-te num depressivo.- disse, preocupado.

- Não estás a ver que já estou em depressão.

Passado alguns minutos disse:

- Quero falar com os teus pais.

- Os meus pais já morreram.- disse, sério.

- Os meus pêsames. Então quem é que cuida de ti?

- O meu irmão.

- Posso falar com ele?

- Pode, mas vai ter de ir ao trabalho dele ou então á nossa casa.

- Ele não pode vir cá á escola?

- Não, porque ele está sempre a ocupado e no seu tempo livre, ele está em casa a descansar.

- Então, hoje posso ir á tua casa?

- Pode, hoje é o dia de folga do mano.

                         (. . .)

Kirito

- Cheguei!- disse o Kuro, ao entrar em casa.

- Com licença.

- Kuro, trouxes-te algum amigo?

- Não.

- Então, quem é que falou?

- Foi o meu sensei.

- O quê?!?!- disse, indo em direção ao Kuro.

- Boa tarde, sou o sensei de matemática do seu irmão. Chamo-me Mahiru, é um prazer conhecê-lo.

- O prazer é meu. Chamo-me Kirito. O que deseja?

- Bem quero falar consigo sobre a depressão, se é que podemos lhe chamar assim, do seu irmão.

- Venha comigo!- levei-o até á sala e sentamos- nos no  sofá.- Kuro, vai para o teu quarto!

- Ok.- disse meio triste.

- Eu gostaria de saber se você tem condições para cuidar do Kuro. Desde cuidados físicos a psicológicos.

- Eu consigo tratar do meu irmão. E como assim, " cuidados psicológicos", o meu irmão está sempre alegre.

- Bem, não sei se sabe mas o Kuro hoje disse que está em depressão.

( Mantei a mente fria)

- Primeiro, vou falar com o meu irmão e se não conseguir resolver o problema, falarei com um psicólogo. Segundo porquê que o Kuro lhe contou só a si?

- Não sei se ele quer que eu lhe contei o porquê, por isso não lhe vou dizer.

- Ok! Agora tenho de ir embora, mas se quiser pode ficar aqui, o tempo que quiser.

- Ficarei um pouco.

Kuro

(Enquanto os dois falam vou dormir uma soneca).

                          (. . .)

- Kuro, Kuro, acorda. - ouvi alguém dizer- O teu irmão foi às compras.

- Ah, olá borra...- quando me apercebi do que ia dizer, calei- me logo.

- Olá Kuro.- disse, fazendo-me uma festa no rosto.- Queres alguma coisa?

- S-sim.- dize tirando a mão dele do meu rosto.

- O quê?

- Quero..., quero os teus lábios!



Notas Finais


Espero que tenham gostado. Postarei o próximo capítulo, quando puder.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...