História Sorte ou Azar? - Imagine GOT7 - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Got7, HOTSHOT, Kris Wu, Lu Han, Neo Culture Technology (NCT), Stray Kids, The Lover
Personagens Baekhyun, BamBam, Bang Chan, Chanyeol, Chen, Chenle, D.O, Doyoung, Haechan, Han Ji-sung, Hansol, Hojung, Hwang Hyun-jin, Jackson, Jaemin, JB, Jeno, Jinyoung, Jisung, Johnny, Jungwoo, Junhyuk, Kai, Kid Monster, Kim Seung-min, Kim Woo-jin, Kris Wu, Kun, Lay, Lee Felix, Lee Joon-jae, Lee Min-ho, Lu Han, Lucas, Mark, Mark, Personagens Originais, RenJun, San, Sehun, Seo Chang-bin, Suho, Sungwoon, Taeil, Taeyong, Tao, Ten, Timotheo, Winwin, Xiumin, Yang Jeong-in, Youngjae, Yugyeom
Tags Autora, Comedia, Engraçado, Exo, Got7
Visualizações 152
Palavras 2.145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Festa, Harem, Hentai, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


EU TINHA PROMETIDO POSTAR ONTEM, MAS EU NÃO CONSEGUI ME PERDOEM!
Bambam: Pq a senhorita está gritando
Meurine: Porque eu posso e se reclamar eu grito no seu ouvido
Bambam: Ai agressiva

Capítulo 2 - Buguei


Fanfic / Fanfiction Sorte ou Azar? - Imagine GOT7 - Capítulo 2 - Buguei

(S/a): Eita, o pau tá quebrando aí dentro. Parece até minha mãe com meu primo. Vou é voltar para o Brasil.

(S/n): Eu meio que to querendo também. – Riu divertida.

Os passos se aproximaram e a porta foi aberta revelando um Jinyoung todo descabelado e com cara de peixe morto.

(S/n): Er... Eu sou (S/n) e ela é a (S/a) – Apontou para a amiga que acenou para Jinyoung – somos as ganhadoras do sorteio da iLoveRádio. – Mostro a cópia do documento que me enviaram.

Jinyoung: Oh, bem vind...

- DEVOLVE MEU SALGADINHO FILHO DA CAPIROTO!

- VOCÊ COMEU O MEU NA SEMANA PASSADA, AGORA SÁPORRA É MINHA!

Jinyoung fechou os olhos e massageou as têmporas, respirou fundo e...

Jinyoung: BAMBAM E YUGYEOM SE EU FOR AÍ E SE OS DOIS NÃO ESTIVEREM SENTADINHOS NO SOFÁ E ABRAÇADOS O CHINELO VAI VOAR! ESTAMOS COM VISITAS SEUS MAL AMADOS!

Bambam: Yugyeom, mas como você é bonito rapaz! – Disse abraçando o garoto.

Yugyeom: Eu ia dizer o mesmo. Vamos sentar e dividir esse belo salgadinho juntos?

Bambam: Mas é lógico.

(S/n) e (S/a) apenas se divertiam com a gritaria.

Jinyoung: Desculpem-me por isso, mas como já devem ter percebido o GOT7 tem um sério probleminha de anormalidade, principalmente o maknae e o falso maknae.

(S/a): Então as lives não são mentira – Riu – Já gostava de vocês, mas agora to gostando mais.

Jinyoung: Gosta de uma bagunça?

(S/a): Meu sobrenome é bagunça.

Jinyoung: Socorro! Vou despachar vocês de volta para o Brasil, meu coração não aguenta! – Colocou a mão no peito e riu – Entrem meninas. – Deu espaço para as duas entrarem.

As meninas pegaram suas malas e adentraram a humilde residência, que como eu disse anteriormente: De humilde, ela não tem nada.

(S/n): Você disse que eles são bagunceiros, Jinyoung – disse olhando a sua volta -,mas a casa é muito organizada.

Jinyoung: Isso é porque eu dei uma ajeitada antes de vocês chegarem. – Fechou a porta e se aproximou das meninas – Tinha uma cueca do Jackson onde você está pisando (S/a).

(S/a) a garota olhou para ele e virou seu olhar para o chão lentamente... Disfarçadamente ela saiu do lugar onde estava e foi para perto de sua amiga.

Jackson: Eu ouvi vozes... – Disse passando a mão nos cabelos – tem visita e eu não to sabendo?

Mark: Sei lá – Disse enquanto lia um livro sentado no sofá – O que você escutou deve ter sido os gritos dos animais ali – Apontou para Yugyeom e Bambam que estavam sentados no outro sofá vibrados no desenho que estava passando na TV enquanto comiam biscoito.

Jackson: Deve ser – Se sentou no sofá ao lado do Mark – O que você tá lendo.

Mark: Um livro – Disse sério.

Jackson: Aí, ignorante – Fez biquinho.

Mark: Tô de brincadeira Jackson – Riu apertando a bochecha dele – Estou lendo a Culpa é das Estrelas.

Jackson: Isso é tão romântico – Imitou a Laura de Carrossel.

Mark: Palhaço – Riu.

Jinyoung: Vamos lá para a sala meninas. Vocês não vão conhecer o restante do grupo se continuarem aqui na entrada da casa.

(S/n): Nos entretemos tanto que nem percebemos que ainda estávamos aqui – Riu divertida.

(S/a): É verdade.

Jinyoung pediu para as garotas o seguir e assim foi feito. Ele as levou até a sala onde deram de cara com quatro seres.

Jackson que estava entretido com o Mark foi o primeiro a perceber a movimentação e cutucou o mais velho.

Mark: O que fo... – Ele olhou para frente – Mas não é que temos visita hoje?

Jackson: Eu falei me deve cinco dólares – Estendeu a mão para o mais velho.

Mark: Desde quando apostamos sobre isso? – Arqueou uma sobrancelha.

Jackson: Sei lá, só quero cinco dólares.

Mark: Vai querendo. Você que não trabalha não para ver o que é bom – Inflou as bochechas.

Jinyoung: Caham! – Chamou atenção do povo – Foca aqui, temos visitas seus sem educação.

Jackson: OLÁ! – Correu e abraçou as duas meninas de uma vez – Meu nome é Wang Jia-Er barra Wang Ka-Yee, mas me chama de Jackson que é mais fácil – Riu – Como devo me referir a essas lindas moças?

As duas riram tímidas.

(S/n): Me chamo (S/N/C), mas pode me chamar de (S/n).

(S/a): Eu sou (S/A/C), mas me chame de (S/a) é mais fácil de decorar – Riu junto com Jackson.

Jackson: É realmente mais fácil mesmo.

Mark: Seus sobrenomes são grandes.

(S/a): De fato são, mas nada se compara ao nome e sobrenome do Bambam.

Bambam: O que tem eu aí? – Tirou a atenção da televisão – Oxi, desde quando temos visita? – Cutucou o Maknae.

Jinyoung: Desde uns vinte minutos atrás.

Bambam: Ah sim, oi! – Acenou simpático – Tá, mas o que tem eu aí no meio?

Mark: Os sobrenomes delas são compridos, então a (S/a)? É isso? – Perguntou e a garota assentiu – A (S/a) comparou com o seu que é bem comprido também.

Bambam: Não sei porquê vocês acham meu nome difícil, eu tenho um amigo que se chama Kerdthongtavee Panuwat.

Yugyeom olhou assustado para ele.

Yugyeom: Você tá fazendo algum tipo de ritual aqui?

(S/n): Macumba.

Yugyeom: Isso macambá! Você tá fazendo muita macambá... Pera... O que é macambá?

As meninas riram com a pronuncia do coreano.

(S/n): Deixa eu pesquisar aqui no celular – Ela pega o aparelho do bolso e pesquisa – A palavra MaCUMba é utilizada para designar genericamente os cultos sincréticos afro-brasileiros derivados de práticas religiosas e divindades dos povos africanos trazidos ao Brasil como escravos, tais como os bantos, como o candomblé e a umbanda.

(S/a): Mas os BR’S usam essa palavra quando algo que é considerado impossível de fazer e alguém vai lá e faz, exemplo: A pronúncia desse nome do amigo do Bambam. E também o povo fala que vai mandar uma macumba braba, ou seja, uma praga ruim. Mas geralmente é usado na forma de algo impossível de fazer.

Yugyeom: Ah entendi, mas o Bambam tá fazendo macambá.

Bambam: Afs, nem sei o que é essa macambá para eu fazer, tá chapado de Soju?

(S/a): Eu to amando essa pronuncia desastrada deles -  Sussurrou em português para a amiga.

(S/n): Eu também – riu.

Bambam: Você realmente deve estar chapado de Soju.

Jinyoung: Meninas me perdoem! Sentem-se, vocês devem estar cansadas da viagem – Disse percebendo que elas já estavam em pé por muito tempo – Chega para lá os dois aí – Falou com Mark e Jackson, já que esses estavam no sofá maior.

(S/a): Que nada Jinyoung, nem percebemos isso.

(S/n): Digamos que o papo está bom –Riu.

Jinyoung: Mas se sentem mesmo assim – Apontou para o sofá e as meninas o obedeceram.

Yugyeom: Cadê o YoungJae e o JB?

Mark: O Jae disse que ia comprar algumas coisas no mercado, já que nós íamos ter visitas hoje. Nós que fomos avoados, porque o Jaebum havia dito que nós receberíamos duas garotas por duas semanas... Mas como somos lindos e maravilhosos, nos esquecemos disso.

Bambam: Ah é mesmo, eu lembro que o JB disse algo do tipo...

~~ FlashBack on// Sala de bagunças...pera...Sala de ensaios do GOT7~~

JB: Gente... – Disse adentrando a sala com alguns papéis – Tenho um comunicado importante da JYP.

Yugyeom: Fala que nós estamos ouvindo – Disse sem tirar os olhos do celular que estava em suas mãos –

JB: Então a JYP em parceria com a iLoveRádio... – Começou a ler o que estava nas folhas.

Yugyeom: Porra Bambam! NÃO É PARA JOGAR A GRANADA NO PRÓPRIO TIME É NO INIMIGO SUA ANTA ACÉFALA!

Bambam: Eu to aprendendo tá! Licença? – Fez bico enquanto se desculpava com o seu time no jogo.

Jackson: Vocês tão muito interessados no que o líder está falando né? – Disse se sentando do lado do tailandês.

Bambam: Estamos ouvindo, só que o animal do Yugyeom fica gritando igual aquele meme brasileiro da mulher do olha o pastel.  Ás vezes é até pior.

Yugyeom: Mimizento você heim – Disse concentrado na partida junto com o tailandês.

JB: Vocês todos entenderam o que eu disse? – Disse dobrando as folhas.

- SIM! – Todos responderam.

JB: Não esqueçam, elas vêm na próxima semana.

~~ FlashBack off// Sala de bagunças...pera...Sala de ensaios do GOT7~~

Bambam: Mas eu tava muito focado na partida do jogo. Chan kor tode – Juntou suas mãos e se curvou para as meninas.

(S/n): Eu não sei absolutamente nada de tailandês, mas acho que você se desculpando.

Bambam: Bingo! – Estalou os dedos e apontou para ela – Já pode ir para a Tailândia.

(S/n): Oh não, eu só entendi pela reverência, senão eu ia ficar mais perdida que cebola em salada de fruta.

Os meninos riram.

Jinyoung: Jackson, é provável que o JB esteja dormindo, pode ir chamá-lo? – Jackson assentiu e se retirou da sala – Meninas eu vou mostrar o quarto onde vocês ficarão. Sigam-me.

As meninas se levantaram do sofá e seguiram o Park pela não humilde residência do GOT7. Elas olhavam em volta admiradas pela organização. Pois né Brasil, cá entre nós, é a casa do GOT7, o GOT7 é bagunceiro, vocês achariam que a casa deles seria arrumada? Eu acho que não.

Jinyoung: Esse é o quarto de vocês. – Abriu a porta do quarto.

(S/a): WOW um quarto cor de rosa – Disse admirando o quarto.

Jinyoung: Gostam de rosa? Os meninos estavam indecisos de que cor nós iríamos pintar esse quarto, então como vocês duas são meninas escolhemos rosa.

(S/n): Entendo... Nós não somos fãs de rosa, mas ficou lindo o quarto.

(S/a): Ficou mesmo, mas... Vocês pintaram só por causa de nós?

Jinyoung: Esse quarto não é utilizado já faz tempo, ele estava precisando mesmo de uns reparos, então quando recebemos a notícia do sorteio vimos aí à oportunidade de reformar esse quarto.

(S/n): Estou me sentindo a Barbie – Disse fazendo os dois rirem.

O quarto continha duas camas, era bem decorado, nele havia dois guarda-roupas. Tinha um quadro escrito  "Seus olhos que me viram pela primeira vez, neles, eu vi o número das estrelas - GOT7- Forever Young’’. Em cima das camas haviam dois ursinhos de pelúcia, um criado mudo entre as camas e um grande tapete fofinho no chão.

Jinyoung: Vou deixar vocês à vontade, quando o YoungJae chegar e nós terminarmos os lanches eu chamo vocês.

(S/n)/(S/a): Sim, obrigada Jinyoung. – O garoto assentiu e saiu do quarto.

(S/a): AH! – Ela se jogou em uma cama – Essa cama é muito macia.

(S/n): Ui, só acredito experimentando – Se jogou na outra cama – É macia mesmo, rico pode né mona? – Riu – Não acredito que nós, NÓS da silva estamos em um quarto cor de rosa.

(S/a): É verdade – Riu – mas é bem bonito, agradou meus olhos.

(S/n): Devo concordar.

As duas ficaram um tempo olhando para o teto.

(S/n): Eu ainda não acredito que eu estou na casa do GOT7.

(S/a): Eu também não. Eu quase tive um mini-infarto quando o Jackson abraçou a gente.

(S/n): Duas – Risos – não sei como eu me comportei perto deles, porque lá em casa nós duas vendo MV é uma tristeza que só – Riu.

{...}

YoungJae: Então o nome de vocês é (S/a) e (S/n) não é mesmo? – As duas assentiram – Seus nomes são diferentes, eu gostei. Como conheceram o GOT7?

(S/n): Eu falo ou você fala?

(S/a): Pode ser você.

(S/n): Então, quando estávamos lanchando em uma padaria uma menina passou por nós com um fone no volume máximo que seria possível escutar lá da Oceania. – Riu – Eu e (S/a) nos olhamos com aquela cara de: Mano eu já escutei essa música em algum lugar. Aconteceu que perseguimos a meninas até ela nos dizer o nome da música.

(S/a): Eu achei que ela ia chamar a polícia, mas a garota era gente boa.

Jackson: Que maluquice – Colocou as duas mãos na cabeça e fez uma careta fazendo o povo rir.

JB: E qual era o nome da música?

(S/a): Era Just Right, conhecemos o GOT7 nessa época. Mas sério gente, não persigam a coleguinha só para saber o nome de uma música, vocês podem ser presos.

Bambam: Obrigado pelo sábio conselho Oh Senhora (S/a).

(S/a): Aish! – Cruzou os braços fazendo os meninos rirem.

YoungJae: Então... O que vocês acharam da comida? Desculpe-me pela demora, o mercado estava bem cheio.

(S/n): Está muito boa, é muito diferente comer comida coreana no Brasil e aqui. Jjaj... Er.

Youngjae: Jjajangmyun. Eu fiz algo bem rápido porque vocês deveriam estar com muita fome.

(S/a): Eu comi uns salgadinhos que os meninos nos deram, mas gente... – Olhou para os meninos – Eu estava varada de fome.

JB: Varanda? Ué, Jinyoung você deixou a menina na varanda com fome? – Olhou para o Park.

Jinyoung: Tá doido? Ela nem foi para a varanda.

Mark: Mas (S/a) o que você foi fazer na varanda?

As duas se divertiam com a confusão dos meninos.

(S/a): É varada de fome, isso quer dizer que eu estava com muita fome.

Yugyeom: Ah agora eu entendi. Eu havia entendido que você comeu a varanda com fome, meu cérebro estava dando até erro do Windows aqui – Riu batendo em sua cabeça.

(S/n): Que confusão gente – Riu.


Notas Finais


VAMO FAZER UMA MACAMBÁ? Chama o Kyungsoo kskss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...