História Sorte pra nós - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Depois das Onze
Personagens Gabie Fernandes, Thalita Meneghim
Tags Dd11, Depoisdas11, Depoisdasonze, Gabie, Thalita
Visualizações 91
Palavras 832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 42 - Eu senti tanto sua falta


Fanfic / Fanfiction Sorte pra nós - Capítulo 42 - Eu senti tanto sua falta

P.O.V (Gabie)

Acordei e percebi que já era noite, com certeza o sono foi intenso. Levantei do sofá e fui até a cozinha, estava bebendo água quando o André se aproximou.

- Gabie, ta melhor? – ele perguntou.

- Estou sim, só sinto muito sono! – falei.

- Não volta a dormir agora! A Thali ta vindo pra cá. – ele disse.

 Quando ouvi aquela frase o meu coração gelou. Eu não sabia o que fazer apesar de toda aquela confusão eu já estava sentindo uma falta enorme dela. Decidi ir tomar um banho pra relaxar, fui para o banheiro do quarto do Rafa. Terminei o banho, abri a porta do banheiro e estranhei o silêncio do apartamento. Me vesti e fui procurar os meninos na sala, então vi a Thalita andando de um lado para o outro. Me aproximei e ela notou a minha presença, então pulou nos meus braços, e eu a abracei. Através daquele abraço eu pude sentir que ela também estava sentindo muito minha falta! Então eu a puxei para um beijo. Foi um beijo calmo, apaixonado e cheio de saudade. Ela delicadamente parou de me beijar e me encarou.

- Me desculpa por tudo. Nunca foi minha intenção te magoar. – ela disse.

- Thali, o erro foi todo meu! Eu preciso confiar em ti. – falei.

- Eu deveria ter ido fazer o exame contigo. Não tem motivo de me esconder disso. – ela dizia.

- Não se preocupa com isso! Eu te amo tanto, ficar longe de ti foi tão difícil. Eu deveria ter ficado ao seu lado. – eu disse.

- Nós duas erramos, o importante é que agora estamos juntas! Eu senti tanto sua falta, eu não sei mais viver sem ti. O Rafa me disse que você foi para o hospital. O que aconteceu contigo? Você ta melhor? – ela me perguntou.

- Sim, foi uma crise de asma, o dr. Otavio e a Luiza me ajudaram. – falei sem pensar.

- Luiza? Sério isso Gabie? Depois da nossa briga você foi procurar a Luiza? – ela me disse.

- Nós vamos brigar novamente? Para de coisa, eu estava passando mal e fui no hospital que ela trabalhava! Foi só isso. – eu falei, preferi omitir a parte em que ela estava de folga.

- Coincidência? – ela disse.

- Sim, meu amor. – falei.

Sentamos no sofá e eu contei detalhadamente como o meu dia foi um inferno, a Thali também me contou o dela. Eu não acreditei que ela realmente contou para mãe dela que me ama e eu me senti culpada por não ter estado ao lado dela neste momento. Nós ficamos ali conversando sobre tudo e ela prometeu que iria fazer o exame na segunda para termos certeza de que ela não estava grávida.

- E se você estiver grávida? – eu perguntei com medo.

- Não sei. Eu não quero pensar nessa hipótese. – ela disse.

- Mas é uma hipótese! – argumentei.

- Vamos pensar positivo? – ela disse e me deu um selinho.

Resolvi mudar de assunto para não estressar a Thali, perguntei pelos meninos e ela me disse que eles tinham ido comprar algumas coisas. Ficamos em silêncio por um tempo até que Thalita começou a falar.

- Como vou voltar para casa? – ela me perguntou.

- Você não precisa ir pra casa hoje! Amanhã nós vamos juntas, vamos conversar com sua mãe. Tudo vai se ajeitar, eu te prometo. – falei tentando acama-la.

- Gabie você jura que vai ficar ao meu lado pra sempre? – ela dizia me encarando.

- Eu juro, meu amor. Nunca mais vou sair de perto de ti. – eu disse e a abracei.

P.O.V (Thali)

Me acertar com a Gabie foi a salvação do dia, ainda não estava 100% feliz, pois ainda teria que enfrentar a fera da minha mãe, ainda teria que fazer o teste de gravidez. Era muita coisa pra aguentar, mas saber que a Gabriela estaria ali comigo foi a melhor coisa que poderia acontecer. Ao lado dela eu me sinto mais forte e eu sei que vou conseguir enfrentar qualquer coisa. Eu fui no banheiro e deixei ela deitada no sofá, quando voltei ela já estava dormindo. Realmente os remédios deram muito sono pra ela. Sentei na poltrona e fiquei pensando em como eu desejo viver o resto da minha vida ao lado daquela mulher. Não demorou muito para o André e o Rafa chegarem.

- A Gabie ta dormindo? Mas vocês se resolveram? – o Rafa perguntou.

- Ela acabou de dormir então fale baixo! Sim, nós nos resolvemos. – falei feliz.

- Que bom, Thalitinha. Vamos me ajudar a fazer o jantar? – ele me perguntou.

- Amor, vai fazendo sozinho? Preciso conversar com a Thali rapidinho. – o André disse.

O Rafa aceitou sem perguntar qual era o assunto. Então o André me puxou para o quarto e trancou a porta, eu sentei na cama, ele se aproximou e colocou uma sacola na minha mão.

- Comprei o melhor que tinha. – ele disse sério.

- Obrigada, mas eu não sei se devo fazer. – falei.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...