História S.O.S Imagine Seokjin - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Seokjin
Visualizações 1
Palavras 829
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Cala a boca, bitch


Fanfic / Fanfiction S.O.S Imagine Seokjin - Capítulo 3 - Cala a boca, bitch

Um dia eu ainda vou jogar esse despertador na parede.
Acordei mais uma vez com o barilho infernal do despertador, me levantei preguisosa e fui até o banheiro e me acordei por completo com um banho gelado. Assim que terminei meu banho fui até meu guarda-roupas e peguei meu uniforme, decidi usar ele da maneira correta e coloquei uma botinha preta encima da meia preta que ia até meu joelho, fiz um coque frouxo no cabelo e fiz uma maquiagem que seria, rimel; batom matte marrom e lapis de olho. Tenho sorte de não precisar usar base.
Terminei e desci até a cozinha, logo avistei mamãe e papai tomando seu cafê da manha.
- Onde está o pirralho?- perguntei me referido ao meu irmão.
- Seu irmão- disse mamãe me repreendendo- ele já foi para o colegio.
- Ele não gosta de estudar tanto assim- disse me sentando à mesa e bebendo um pouco de suco de laranja- qual o motivo dele ir tão cedo para o colegio?.
- Também estranhei- disse papai- ais ele não disse o por que.
- Deve ter ido encontrar algum amiguinho- disse mamãe fazendo woffols.
- Ou alguma amiguinha em?- disse papai sorrindo malicioso e arquiando as sombrancelhas- meu filhão tá virando homem- eu e mamãe rimos.
Olhei as horas no relogio da cozinha, estava atrasada , bebi o resto do meu suco e peguei uma maça.
- Tenho que ir- beijei o rosto de mamãe e papai- tchau, amo vocês- sai da cozinha e escutei um "também te amo" antes de sair de casa.
Andei rapido até o colegio, assim que cheguei Seokjin veio até mim.
- Quero pedir descul...- o interrompi.
- Obrigada, Seokjin- disse sorrindo para o mesmo, ele me olhou sem entender.
- Não estava brava?- ele perguntou
- Na verdade, sim- disse simples- mais depois vi o tão fofo você foi de se preocupar comigo- disse e novamnete sorri- por isso agradeço, por se preocupar.
- Denada!?- ele falou quase como uma pergunta.
- Já se resolveram?- Mi-Cha disse assim que chegou perto de nós.
- Sim- dissemos, eu e Seokjin, em unisom.
- Otimo- ela disse é logo depois o sinal bateu.
- Vamos, a aula já irá começar- disse Bruno já indo para a sala.
Fomos para sal de aula e eu fui até meu lugar e logo uma loira de farmacia- se não era agora é- veio até mim.
- Saiba que eu vou me vingar- ela disse batendo a mão na mesa.
- Posso saber do que está falando?- disse simplista.
- Ontém, tive que pintar meu cabelo vadia- ela disse alterada.
- O que é que eu tenho haver com isso?- perguntei com tedio.
- Foi você- gritou novamente.
- Já disse que não, que coisa- assim que falei o professor entrou na sala.
- Sentados, em silêncio- ele disse e assim todos fizeram.
- Toma cuidado- Seokjin disse preocupado.
- Pode deixar- disse sorrindo e olhando para o quadro a minha frente.
[...]
Aaula finalmente acabou, estava eu, Mi-Cha, Bruno e Seokjin na porta da sala.
- S/n, quer estudar um pouco na biblioteca, percebi que não entendeu nada do que o prfessor de quimica falou- Seokjin disse sujestivo.
- Posso ir também?- Mi-Cha perguntou- também não entendi nada- disse ela sorrindo.
- Vamos sim- disse sorrindo e indo para a biblioteca
Mas, antes tive que ver a loira do banheiro vindo raivosa na minha direção.
- Mamãe nunca te disse para não correr de salto, você pode torcer o pé- disse rindo divertida.
- Cuidado, você fica ai andando com um gordo- se referiu ao Bruno- uma esquizitinha alegre- agora foi a fez de Mi-Cha- e um nerd viado- o ultimo a ser mencionado foi Seokjin.
- Vamos seguir nosso rumo S/n- disse Seokjin me puxando pelo braço
- Espera- disse raivosa escutando a risada fina da garota- primeiro: as pessoas podem emagrecer, mas as pessoas não podem deixar sua personalidade de merda- passei a lingua nos labios para umidesselos- segundo: alegre sim, esquizitinha não, afinal, de esquizitona, só vejo você- ri da sua cara- e por ultimo: não é nerd, é inteligente, coisa que você não é nem de longe, e gay, bom, talvez você apenas queira o gay aqui para você, sabe, namorar você, só que advinha, ele não se interessa por pessoas futeis como você- recupero o ar- então, olhe seus defeito antes de apontar os "defeitos" dos outros- pego na mão de Seokjin e o puxo- vamos para a biblioteca.
Chegando lá Mi-Cha me abraçou com lagrimas nos olhos.
- Obrigada por nos defender- disse ainda me abraçando- ela sempre nos humilhou na frente de toda a escola, mas agora quem foi huminhada foi ela- ela sorriu me soltando- obrigada.
- Eu ainda não humilhei ela- digo rindo e me sentando em uma das mesas da biblioteca.
- Vai ser um ano letivo longo- diz Seokjin rindo.
- Vai mesmo- Mi-Cha diz rindo fazendo todos nós rirmos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...