1. Spirit Fanfics >
  2. S.O.S Salvem meu personagem favorito >
  3. Poucas escolhas

História S.O.S Salvem meu personagem favorito - Capítulo 24


Escrita por:


Capítulo 24 - Poucas escolhas


-Sophie. – Hikaru segurava um pequeno pão recheado de queijo em sua frente.

A mulher sorriu e mordeu um pedaço.

-No que está pensando?

-Ah, nada, só pensando...

-Você por acaso sente falta do seu mundo?

Ela sentiu um aperto em seu peito, estava naquela situação por causa dele, mas se quisesse sair dali com Takashi devia se controlar, devia pensar bem no que faria ou falaria.

-Sim. –respondeu de forma curta.

-Precisamos realizar os testes. – os homens apareceram atrapalhando a conversa entre os dois, Sophie se colocou de pé imediatamente, Hikaru também se levantou da grama e se colocou na frente dela.

-Que tipo de testes?

-Já tivemos essa conversa antes. –um dos homens rosnou.

-Hikaru... –a mulher segurou a mão do homem em sua frente e sorriu – Está tudo bem.

Não, a mulher não começou a simplesmente gostar daquele homem ou resolveu concordar com os estudos, ela precisava que Hikaru interferisse diretamente e colocasse os físicos contra ele, mas ele só faria isso se sentisse que poderia perdê-la, por esse motivo ela se aproximou dele mais do que gostaria, sorria pra ele, fingia aos poucos perdoá-lo.

Ele ficou calado enquanto os homens a levaram até o laboratório, mas dessa vez antes que pudessem fazer algo ele os interrompeu.

-O que foi dessa vez?

-Eu não vou deixar que vocês a machuquem. – Hikaru falou decidido.

-Por favor, isso nem pode ser chamado de machucar alguém, em menos de um minuto ela vai estar completamente curada, e ela mesma disse que está tudo bem.

O homem segurou o bisturi novamente, pronto para cortar o braço de Sophie, mas foi impedido mais uma vez por dois homens que entraram correndo no laboratório, eles pareciam apavorados.

-Temos um problema com o subterrâneo.  –um dos homens se apressou em falar para o físico que segurava o bisturi, o homem olhou para Sophie e desviou logo o olhar.

O físico se distanciou um pouco junto com os outros dois, Hikaru se aproveitou da distração e soltou os pulsos de Sophie das amarras, não eram necessárias mas usavam apenas para contê-la em caso de ela se mexer muito.

-Sophie. –Hikaru olhou rapidamente para o físico que estava ocupado demais resolvendo o problema que havia surgido para perceber os dois ali conversando – O que você diz de fugir comigo? Nós podemos ir ao seu mundo, eu posso ficar com você, eles não tem dados suficientes para nos encontrarem. Você pode fazer isso, não é?

-Sim, eu posso, mas não aqui.

-Tudo bem. – o homem agarrou sua mão e sinalizou para ela, os dois correram ao mesmo tempo.

Ela ouviu os homens gritando atrás dela e deu um pequeno sorriso torto enquanto corria a toda velocidade pelos corredores. Hikaru a puxou para se esconder debaixo de uma escadaria, os braços do homem que a envolviam lhe causavam ânsia, ela podia sentir ele cheirando o seu cabelo.

-Me desculpe te meter nisso, eu só queria te recuperar.

-Sabe Hikaru, as pessoas, elas não mudam com facilidade.

-O que você quer dizer com isso? –ele se afastou um pouco para olhá-la nos olhos.

Alguns homens passaram correndo por eles e puderam ouvir algumas coisas.

-Como o Takashi conseguiu fugir? Como ninguém conseguiu pegá-lo ainda? Isso é loucura.

Sophie piscou lentamente e soltou um suspiro voltando seu olhar para o homem em sua frente, ele pareceu em choque por um momento.

-Você...

Sophie bateu repetidamente com seu indicador ao lado da sua cabeça como já havia feito em uma certa vez. A mulher não deu tempo para ele se recuperar do choque, partiu correndo na direção em que aqueles homens foram, e esperando na porta de um dos elevadores estava ele, Takashi, os dois sorriram ao se ver e Sophie correu para os seus braços, os dois entraram no elevador e as portas se fecharam antes que alguém pudesse alcançá-los.

-Para onde vamos? – ela perguntou segurando com força a mão do homem.

 -Apenas confie em mim.

Ela acenou com sua cabeça e os dois olharam os números mudarem no display do elevador. Foram os segundos mais demorados da sua vida.

-Nós vamos precisar correr logo que as portas se abrirem.

-Certo.

De mãos dadas eles esperaram ansiosamente as portas se abrirem. Quando elas finalmente se abriram eles correram, correram, mas ouviam pessoas gritando atrás deles, tiros eram disparados, a mulher fechou os olhos brevemente e se concentrou no ambiente em sua volta, logo ela ouviu vidros explodindo atrás dos dois. Os dois subiram as escadas a todo vapor, Sophie já sabia o que esperar.

-Terraço... – ela comentou sem ar e sorriu para Takashi.

-É meio que nosso lugar né?

Os dois andaram até o meio do terraço e se entreolharam.

-Parados aí! Vocês não têm saída!

Armas estavam apontadas para eles mais uma vez, Hikaru os olhava irado, seus olhos repletos de ódio por ter sido enganado.

-Eu sabia que devíamos ter dissecado essa garota desde o início. –um dos homens murmurou e recebeu um olhar sujo de Hikaru em resposta.

-Chega, a brincadeira acabou, os dois para dentro.

Takashi puxou Sophie pela mão tranquilamente e se aproximou da borda do terraço do prédio.

-Ei, ei!

Os dois correram e se jogaram do prédio com as mãos conectadas, Takashi puxou Sophie para si e a envolveu em seus braços, o vento batia forte contra seus rostos, contra seus corpos, eles caíam rapidamente, os dois fecharam os olhos e o mundo se distorceu levando-os para outro lugar.


Notas Finais


♥ aos poucos vamos revivendo essa história


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...