História Sotus- O Próximo Passo. - Capítulo 1


Escrita por: e KokoroBaka

Postado
Categorias SOTUS: The Series
Personagens Arthit Rojnapat, Kongpob "Kong" Suthiluck
Tags Arthit, Arthitekong, Kong, Kongpop
Visualizações 331
Palavras 1.069
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


edit1 :
Olá, Bem Vindo(a).
Eu não sei mais quantos capítulos vai ter. Eu só escrevo quando surge uma ideia que gosto e ou algo que eu gostaria de ver.
Então não ficam esperando capítulos.Podem sugerir cenas curtas não muitas trabalhas, escrevo com simplicidade.
E lembrando é uma das minhas primeiras historias que envolve o mundo Gay/homo,(homossexualidade). ~vivo no mundo dos animes yaoi~
E ignorem, os detalhes sobre o tempo de facu deles, eu tava meio perdida, não tinha certeza.

Boa leitura e Ate mais.

Capítulo 1 - 01


Um novo ano havia começado, Arthit agora era um veterano do 4° ano e Kongpop agora podia ser chamado de p´kong pelo alunos do primeiro ano da universidade de engenharia.

 

Mal tinha feito dois meses que a faculdade tinha voltado com suas atividades, alunos do primeiros ano ainda estavam envolvidos com as atividades que ocorriam entorno do concurso do Lua e a estrela da universidade.

 

O concurso estava trazendo uma certa nostalgia para Arthit e Kong, mas eram as atividades do trote que os faziam parar e relembrar, afinal foram as atividades do trote que os aproximou e fez que sentimentos surgisse.

 

-Acho que por hoje já deu.- Arthit se deitou em sua cama com os braços abertos,  dos seus lábios escapou um suspiro, estava cansado.

 

-Terminamos amanhã.- Kong terminou de dobrar uma camiseta social e logo a guardou na caixa de papelão.

 

-hum.- Arthit logo sentiu um peso sobre o braço, abriu os olhos que logo se encontraram com os olhos abertos de Kong que o observava com um sorriso nós lábios.

 

-Você quer algo pra comer, vou lá buscar.-   Kong se apanhou o cotovelo na cama, com o outro braço mexeu nos fios castanhos de Arthit que estavam grudado em sua testa.

 

-ah algo bem apimentado..

 

Arthit e Kong sorriram em seguida, Kong balançava a cabeça negativamente, ele já não caia mais nessa, sempre que Arthit pedia algo bem apimentado, o mesmo sempre misturava ou colocava um pouco da pimenta no prato de Kong.

 

-Vai querer leite rosa?.- Kong perguntou enquanto se aproximava ainda mais de Arthit, logo depositava um beijo na bochecha do mesmo.

 

-Sim.- Os dedos de Arthit logo estavam entre os fios pretos de Kong, ambos sorriram um segundo antes de seus lábios se juntarem em um beijo calmo.

 

Kong ajeitou sua posição na cama, ficando ainda mais sobre Arthit, mas sem realmente colocar seu corpo sobre o do outro, a lateral dos seus corpos se tocavam.

 

Arthit logo beijava usando sua língua e Kong lhe acompanhou usando a sua, a mão de Kong logo passeava sobre o tecido da camiseta de Arthit, subindo e descendo, até finalmente alevantar a barra da camisa.

 

O beijo foi rompido, ambos olhavam diretamente no olho um do outro e com um sorriso de ambos lados, foi permitido que continuassem seus movimentos.

 

O beijo calmo já era passado, ambos se beijavam com urgência, suas mãos apresados estavam no cinto um do outro, quando enfim a calça de Kong foi liberada as mãos ligeiras de Arthit invadiram sua cueca box.

 

-Arthit...

 

-Você primeiro Kong.

 

Não era a primeira vez que iriam fazer aquilo, eles já haviam se masturbado juntos, claro que a primeira vez em que se tocaram havia sido memorável, afinal não era normal ver um Arthit com o corpo completamente vermelho com as mãos sobre a boca evitando que qualquer som fugisse dos seus lábios enquanto Kong lhe tocava em um parte tão intima com as mãos e logo em seguida com a boca úmida.

 

Quando foi a vez de Kong ser tocado por Arthit, o mesmo fez questão de gemer o nome de Arthit diversas vezes, quando chegou ao clímax Kong fez questão de beijar os lábios inchados de Arthit e sentir o próprio gosto.

 

Kong deitou seu corpo na cama, a mão de Arthit continuou trabalhando, Kong abaixou ainda mais sua calça para dar mais liberdade para os movimentos de Arthit e também para seu membro que já se encontrava completamente ereto.

 

Arthit também começava a sentir um desconforto em sua cueca, seu amigo ganhava vida apenas vendo as expressão de Kong e ouvindo seu nome sendo gemido.

 

-Kong...

 

Arthit começou a distribuir beijos pelo pescoço e ombros de Kong, eram o único ponto de pele avista por isso estavam sendo atacados sem piedade.

 

-Me ajuda tirar sua roupa.- Ele pediu logo depois dos seus lábios se afastaram do pescoço do outro, logo ele viu a mancha vermelha que se destacava e ainda estava um pouco úmido pela sua própria saliva.

 

-Tira as suas também Arthit.

 

Kong se apresou a tirar sua camiseta e logo suas mãos estavam na cintura de Arthit abaixando sua calça e roupa intima, Kong gemeu frustrado quando a mão de Arthit se afastou para o mesmo se livrar da própria camiseta.

 

Voltaram a se beijar um poucos mais apressados, seus corpos ainda mais colados, agora o corpo de Arthit estava praticamente sobre o de Kong, ele tinha uma perna entre as perna do outro.

 

Seus membros duros se chocaram e ambos gemeram, logo a mão quente de Arthit começou um movimentar leve com ambos falos, quatro dedos estavam envolta de membro de Kong que já tinha as veias saltadas e um pré gozo já escapava pela cabeça rosada, o dedo anelar circulava o seu próprio membro.

 

Kong mordeu o lábio inferior de Arthit e eles trocaram um olhar, as mãos de Kong deslizaram por toda a costa larga de Arthit até chegar em suas duas montanhas durinhas, ali seus dedos apertaram a carne, o massagearam.

 

Arthit logo sentiu um desconforto logo no inicio, tentou não demostrar muito, logo sua mão se movia mais rapidamente.

 

Os dedos tímidos de Kong enfim tomaram coragem para separas as duas montanhas e tocar no lugar enrugado entre elas.

 

Arthit deixou um suspiro nervoso escapar, em seguida sentiu seu membro começando a brochar.

 

Os dedos circularam o ponto enrugados, Kong com toda paciencia e tranquilidade enfiava apenas aponta do seu dedo indicador, podia sentir  o quanto aquela passagem era apertada.

 

Aos poucos a mão de Arthit foi parando, até parar de vez e os beijos também encarraram logo em seguida, Kong também parou seus movimentos.

 

-Ainda não, não da... Vou tomar banho.- Arthit com toda uma tranquilidade se afastou e arrumou sua calça no lugar em seguida se dirigiu para o banho.

 

Kong permaneceu na mesmo posição, apena seus braços agora relaxavam ao lado do seu corpo, mentalmente ele se perguntava se tinha ido rápido demais.

 

Já dentro do banheiro Arthit novamente se livrou de sua calça e voltou a massagear seu membro semi ereto, para tentar terminar o que tinha começado, Ainda no quarto Kong se auto tocava e gemia o nome de Arthit em sussurros.

 

Depois de uns 15 minutos, ambos tinham um liquido branco espalhados em suas mãos, e ambos pensavam na conversa que tiveram há dois meses atrás, a conversa que terminou com um acordo.

 

Eles revisariam quem era o top.

 


Notas Finais


:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...