História Sou Ámbar Smith - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ada, Alfredo, Ámbar Benson, Benício, Delfina, Emília, Jazmin, Juliana, Luna Valente, Matteo Balsano, Monica, Nico, Nina, Pedro, Ramiro, Sharon, Simón, Yam
Tags Ada, Âmbar, Bembar, Benicio, Delfi, Emilia, Eric, Gary, Juliana, Luna, Lutteo, Matteo, Michaentina, Monica, Nico, Nina, Pedro, Ramiro, Red Sharks, Roller, Simbar, Simon, Yam
Visualizações 135
Palavras 1.324
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Demorei mas voltei!
Boa leitura! ♡

Capítulo 6 - CAPÍTULO VI


 As coisas de Ámbar já estavam todas organizadas. Estava praticamente tudo pronto, só faltava uma carona. Não caberia tudo no táxi aliás dar várias viagens num táxi a colocaria em desvantagem, pagaria um absurdo. Logo pensou em Marcos, ela tinha o cartão da imobiliária que ele trabalha. Não que Ámbar queira tirá-lo do trabalho mas o mesmo deixou bem claro que se ela precisasse era só chamar e seria uma boa no momento. O carro dele é grande, caberia tudo. Pegou seu celular e o cartão da imobiliária. Discou o número e colocou pra chamar. Logo foi atendida.

 ─ Boa tarde! Posso ajudar? ─ Marcos falou ao telefone sem saber quem era.

 ─ Oi Marcos! É a Ámbar, desculpe incomodar ligando no seu trabalho. É que eu não tenho seu número e….meio que preciso de uma carona. Você disse que me ajudaria lembra? ─ a loira da risadas ao celular.

 ─ Não é nenhum incômodo Ámbar. Garanto que meu chefe não vai ligar se eu sumir um pouquinho. Em minutos estou aí Smith! ─ O garoto sorri após encerrar a chamada e passa a responsabilidade para seu colega de trabalho. Sai da imobiliária e entra no carro dando partida e indo para a casa de Ámbar.

 Não demorou muito e Ámbar escutou a campainha tocando, saiu do quarto e ao chegar na escada deparou com Luna na porta conversando com Marcos. ─ Vejo que já te atenderam bonitinho! ─ A garota abre um sorriso indo até eles e se posicionando ao lado de Marcos. ─ Já pode vazar daqui Luna!

 ─ Mas por que?

 ─ Talvez porque vai estar no meio do caminho quando Marcos e eu formos descer com minhas malas.

 ─ Você vai mesmo Ámbar? Olha….não é justo você ir. Por que você não fica?

 ─ Luna você tem algum problema ou algo do tipo? Eu já disse que não quero ficar garota insuportável!

 ─ Eu não permito que você fale assim comigo Ámbar! Estou tentando te ajudar e você fala assim? E outra, essa é minha casa e você não vai ficar me insultando assim porque….

 ─ Você não pode tirar mais nada de mim! Vai fazer o que? ─ A loira deu um passo à frente ficando cara a cara com Luna. ─ Por que é que você não some daqui e volta pro México? Por que você não desaparece? Por que você não enfia na frente de um carro e morre de vez? Quer ajuda? Se quiser vai ser um prazer pra mim poder te jogar na frente de qualquer carro que passar por aí! ─ Falou de forma agressiva, Marcos ficou um pouco assustado ao ver a reação de Ámbar. Mônica entrou na sala.

 ─ O que está acontecendo aqui? Quem vai jogar quem na frente de um carro? ─ Interviu Mônica.

 ─ Nada mãe. É só a Ámbar que está ficando louca! Deveria ser internada pra vê se melhora. Tô tentando ajudar e ela diz isso. Aliás quer saber, mudei de ideia. Ainda bem que vai embora daqui! Não volte nunca mais! ─ Foi a última coisa que Luna disse antes de ir para a cozinha.

 ─ Pois eu acho que quem deveria ser internada é a sua filha, Mônica! O dinheiro tá….subindo pela cabeça! Agora com licença. Tenho malas pra carregar! ─ Ámbar pegou na mão de Marcos que até agorinha assistia tudo com uma cara de "o que está acontecendo?" e passou por Monica indo direto para o "seu" quarto. Chegando lá começaram a carregar as malas em um silêncio constrangedor até o carro.

Enquanto isso no Jam & Roller

 ─ Ai gente, não sai da minha cabeça essa história da Ámbar, será que ela estava mesmo sendo sincera? ─ Perguntou Jim para o resto do pessoal, estavam todos reunidos em volta de uma mesa. Iriam conversar sobre como ficaria a equipe de patinação já que os Red Sharks já não existiam.

 ─ Eu acho que isso foi tudo fingimento! É bem a cara da Ámbar agir assim. Ela só veio fazer aquela atuação por causa que a equipe dela já não existe mais. Tudo que ela quer é que a gente sinta pena dela pra poder entrar na equipe do Roller e mandar em todo mundo. Não me falem que acreditaram naquele papinho dela?

 ─ Eu acho que não é bem assim Jazmin. Ela parecia bem arrependida. ─ Diz Delfi.

 ─ Ai Delfi, você já foi mais esperta! Já esqueceu tudo o que passamos nas mãos dela? Ámbar é uma manipuladora! ─ Rebate Jazmin.

 ─ Eu concordo com a Jazmin! Ámbar é uma manipuladora egocêntrica! Não deviam se comover com as palavras dela. ─ Diz Luna que acabara de chegar no Roller, a garota se senta ao lado de Nina e Simón.

 ─ Por que está dizendo isso Luna? ─ Interfere Simón. Era duro ver todo mundo falando de Ámbar assim. Aquelas palavras ditas por ela naquele dia foram tão verdadeiras, faziam todo o sentido. Ele acreditava em Ámbar apesar do que todos fossem dizer.

 ─ Simplesmente porque discutimos agora pouco. Ela parecia bem feliz com aquele tal de Marcos. Vocês acreditam que ela me insultou na minha própria casa e ainda por cima desejou que eu fosse atropelada por um carro?! Ela disse que se eu quisesse, a mesma poderia me empurrar na frente de um. A Ámbar está louca! Não deveriam confiar nela! Ainda bem que vai se mudar da mansão.

 ─ Luna eu acho que não é bem assim e…e ela vem andando muito com esse Marcos? ─ Perguntou Simón um pouco enciumado mas tentando não deixar transpatecer, ele também estava preocupado com o que Luna acabara de falar.

 ─ Eu não sei. Ele foi lá ajudar ela hoje a carregar as malas pra nova casa dela. Mas pessoal vamos parar de falar da Ámbar e vamos falar sobre a equipe. Eu estou tão feliz com a volta do Roller.

 ─ Eu também! Vamos voltar a patinar na pista e o melhor, vamos voltar as competições! ─ Comenta Jim batendo palmas toda empolgada.

 ─ E os figurinos! ─ Comemora Yam.

 ─ Vocês são incríveis! Vão me ensinar a patinar né? ─ Diz Emma sorrindo e olhando para Simón.

 ─ Mas é claro Emma! Nós vamos te ensinar tudinho! ─ Luna sorriu após falar.

 ─ Estamos todos juntos novamente e isso é muito legal! ─ Diz Nina sorrindo.

 ─ Então, a volta do Roller, o fim dos Red Sharks e a chegada da Emma merecem uma comemoração não acham? Pedro por favor, que tal Milkshakes? ─ Diz Luna sorridente.

 ─ Claro que sim. Nico me ajuda?

 ─ Com toda certeza Pedro. Bora lá. ─ Os dois levantam indo preparar os milkshakes.

No apartamento de Ámbar

 ─ Sério Marcos, não sei nem como te agradecer por ter me feito essa gentileza. ─ Ámbar falou colocando a última caixa sobre o sofá. Se virou para Marcos, ele havia ajudado-a muito, as coisas ainda estavam tudo dentro de caixas e malas mas ia ser fácil organizar tudo depois.

 ─ Bom, você pode dizer um "obrigado" ou….pode aceitar o meu convite de sairmos para uma balada hoje. Daqui à pouco pra ser mais preciso. ─ O garoto sorri.

 ─ Balada? Ai Marcos. Eu não sei, ta tudo uma bagunça por aqui e…eu estou toda suada, vou demorar pra me arrumar.

 ─ Eu espero! Por favor Ámbar, vamos?! Vai ser divertido. Prometo de trazer embora cedo. A hora que quiser!

 ─ Eu não sei Marcos. ─ Marcos havia feito tanto por ela que Ámbar acabou aceitando. ─ Tá! Eu vou com você bonitinho! ─ Dá risadas. ─ Daqui quarenta minutos pode passar aqui.

 ─ Combinado! Daqui quarenta minutos passo aqui. Até logo! ─ O garoto beija o rosto de Ámbar e logo vai embora.

 ─ Que cansaço! Bom, é melhor eu começar a me arrumar caso contrário vou acabar não indo. ─ Falou trancando a porta e indo para o banheiro. Essa seria uma "loooooonga" noite para Ámbar.


Notas Finais


Comentem o que acharam pessoinhas. E não se esqueçam do favorito.
Até o próximo! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...