1. Spirit Fanfics >
  2. Sou Luna e Safira (Matteo Balsano) >
  3. Capítulo 169

História Sou Luna e Safira (Matteo Balsano) - Capítulo 169


Escrita por: BrendaClaudia

Capítulo 169 - Capítulo 169


P.O.V Gabriel Arias

- Aí que lindo palavras emocionantes, emocionantes deixa eu adivinhar isso é a letra da música de vocês não é ?- o apresentador pergunta

- É!- Simon fala.

- É, você conhece ?- Nico pergunta.

- Eu não tive o prazer, mais não vai faltar oportunidades eu imagino.- o apresentador fala.

- É, essa é uma música muito importante para a banda viu.- e falo.

- É!- Nico fala.

- E porque não me contam um pouquinho de como resolveram se juntar, digamos que um trio de rock não é muito comum.- o apresentador fala.

- É, que não somos um trio, somos um quarteto na verdade é que falta o baterista que não pode vir porque está trabalhando. É, na verdade nos juntamos de um jeito mágico, queríamos montar uma banda e na aquele momento o Simon chegou.- Nico fala.

- É ele caiu do céu digamos.- eu falo sorrindo.

- Do céu, parece muito mágico mesmo.- o apresentador fala.

- É na verdade ele veio do México, ele veio com uma música e...Desde aquele momento tivemos muita química e aí formamos a Rolle Band.- Nico fala.

Com alguns tropeços.

- Emocionante bonita a história pessoal, linda história de verdade. Agora vou fazer umas perguntas mais simples e eu quero ver se vocês conseguem responder diretamente. De onde vocês tiram a inspiração para comporem as músicas ?- o apresentador pergunta.

Nossa ele me pegou só que nem tanto, a minha é simples um amor não correspondido que eu já superei.

- Bom...É do...Da música das...Bandas.- Nico fala.

- É claro!- eu falo.

Se o publico comprar essa aí sim eu vou ficar surpreso.

- Claro, é porque é bom escutar né.- Simon fala.

- Dos nossos ídolos digamos.- Nico fala.

- E ai nos inspiramos.- Simon fala.

- Isso!- eu falo.

- Bom inspiração não vem só de uma coisa exatamente vem do que te rodeia, vem do que você vai vivendo.- Simon fala.

- E então com isso você pode fazer uma música.- eu falo.

- Olha só temos dois poetas  na sala e eu estou muito arrepiado.- o apresentador fala.- Agora para ser um pouquinho mais concreto de todas essas coisas que você diz que te rodeiam né, quais são as coisas úteis para escrever uma música ?- o apresentador pergunta.

- É tudo isso mais sempre á algo que motiva mais.- Simon fala.

- Momentos, situações, pessoas especiais.- eu falo fazendo Simon e Pedro concordarem.

- Por exemplo ?- o apresentador pergunta.

- São pessoas que...Mudam a sua vida...Que te iluminam e...Te fazem se sentir melhor, e isso é inspiração.- Simon fala.

- E isso senhoras e senhores é amor.- o apresentador fala.

Depois que a entrevista acabou voltamos juntos para o Roller muito contentes e sorrindo e assim que entramos na sala dos armários vemos o Pedro com uma cara péssima, sabia que ele queria ir era para mim ter ficado droga.

- E ai o que achou ?- Nico pergunta.

- Foi um desastre isso.- Pedro fala.

- Que ? Como um desastre ?- Simon pergunta.

- Que dizer no começo foi um pouquinho difícil para a gente começar mais depois fomos muito bem né ?- eu pergunto.

- Foram bem ? Parecia uma banda improvisada como se não soubéssemos nem para onde vamos nem que projeto temos.- Pedro fala.

Nossa ele pegou pesado.

- Pedro, pera aí eu não acho que foi bem assim.- Nico fala.

- Bom eu avisei, depois vajam o vídeo e depois me falem o que acharam tá.- Pedro fala saindo.

- Uau!- Simon fala e saímos.

Fui até a mesa onde Safira e Nina estavam e me sento, já que o Simon está tendo uma conversa coma Luna.

- Oi meninas!- eu falo sorrindo.

- Olha se não é um dos membros da banda que deu uma super entrevista.- Safira fala.

Nossa me sento até um famoso.

- Vocês foram incríveis na entrevista.- Nina fala ainda com a cara triste.

- Que cara é essa ?- eu pergunto.

- Nina, Nina, Nina perdão por ter deixado vocês duas, oi Biel. O que foi ?- Luna pergunta se sentando ao meu lado.

- Você acha ? O Pedro não gostou muito.- eu falo.

Coloca muito nisso, e a Nina não é muito fã desses eventos.

- Oi Luna!- eu falo.

- Ah Nina não fica assim tá eu sei que tem muita gente mais não liga só se diverte.- Safira fala e bebo um pouco do suco.

- Não, não gente é outra coisa, eu preferia ir para um outro lugar um pouco mais tranquilo onde ninguém nos escute.- Nina fala olhando para a gente.

- O que foi ?- Luna pergunta preocupada.

- Você está bem ?- Safira pergunta.

- Estou! Mais vamos por favor.- Nina fala se levantando.

Vamos para um lugar mais tranquilo do mundo os armários, dá até para tirar um cochilo se quiser.

- Bom aqui não tem ninguém.- Safira fala.

- Aqui deveria ser a sede do nosso grupo.- eu falo rindo.

- Biel não tem graça.- Luna fala revirando os olhos.

- Tá parei.- eu falo.

- Tá voltando no que eu estávamos falando.- Safira fala.

- Por que você está com essa cara de quero morar em Marte em três, dois, um já.- Luna fala fazendo a Nina dá um sorriso.

- O que foi ?- eu pergunto.

- Ai Nina não me diga que é porque a Luna nós deixou sozinha por muito tempo.- Safira fala.

- Me desculpa eu não queria sério.- Luna fala.

- Não, não Luna não foi você fica tranquila, você não fez nada.- Nina fala.

- Quem foi então ?- eu pergunto.

- Foi a Delfi!- Nina fala.

Ah não tinha que ser.

- A Delfi ? E agora o que ela fez ? Te encheu não foi ?-Safira pergunta.

- Eu vou ir lá falar com ela.- eu falo preste a sair mais Nina me segura.

- Não, não ela não me fez nada, foi uma coisa que eu ouvi. Eu ouvi que a Delfi falou para o Gastón que ela era a Felicity.- Nina fala.

- QUE ?- Luna pergunta espantada.

- A Delfi está se fazendo passar pela Felicity eu escutei eles conversando.- Nina fala.

- Eu vou abrir os olhos do meu amigo.- eu falo quase saindo de novo.

- Calma Biel ainda não ouvimos a história toda.- Safira fala.

- Não, não, não pode ser ele tem que saber a verdade e o Biel está com a razão agora.- Luna fala.

- Não, não Luna isso é impossível todas as possibilidades estão contra mim.- Nina fala.

E isso faz Safira e a Luna suspirarem.

- Talvez a Nina esteja certa.- eu falo.

- Se eu falar que a Delfi mentiu ele vai vir me perguntar porque eu sei aí eu vou ter que contar que eu sou a Felicity, e isso é impossível porque eu não posso falar a verdade.- Nina fala.

- Não Nina ela não pode fazer isso, você não pode fingir que alguém é você.- Safira fala.

- Você tem que faze algo.- eu falo.

- Você tem que impedir isso, se você não disse vai ter que achar outra maneira.- Luna fala.

- Você pode fazer o que faz de melhor.- eu falo sorrindo.

- Escreve para ele, por que você não escreve ?-Safira pergunta.

- Como mandar uma mensagem anônima ?- Nina pergunta.

- Acho que sim, mais ele tem que saber a verdade Nina.- Luna fala.

- É, mas não é tão fácil, imagina se descobrirem o meu endereço de ipê ? Ah não já sei eu tenho que mandar uma mensagem anônima pelo meu perfil. Digo pelo perfil da Felicity, não é tão arriscado né ?- Nina pergunta olhando para a gente.

Eu espero que não, vou ter que ter uma conversa bem séria com a Delfina pois isso vai ter que acabar, ela só fez isso porque o Gastón gosta da Felicity.


Notas Finais


Oi meus amores espero que gostem dos capítulo de hoje, meus amores tenho uma novidade para você agora vou postar no sábado também, não postei esses dois dias pois tive um imprevisto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...