História Sou nóS - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mamamoo
Personagens Hwasa, Moonbyul, Solar, Wheein
Tags Mamamoo, Moonsun
Visualizações 84
Palavras 651
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi! :)
Esta é a primeira história que decido publicar em algum lugar e também minha primeira fic Moonsun.
Espero que agrade vocês. De antemão, agradeço a quem for ler.

Capítulo 1 - 1


Fanfic / Fanfiction Sou nóS - Capítulo 1 - 1

O meu quarto nunca pareceu ser tão branco. A única coisa que estava chamando a minha atenção era uma mancha de sangue perto da porta. A cor azul das cortinas estava fazendo com que eu me sentisse pior.

Meu travesseiro era bem macio e os cobertores mantinham meu corpo aquecido, mas mesmo assim eu estava tremendo. Minhas lágrimas eram salgadas e frias e meu nariz não parava de escorrer. Que bagunça.

Ela me deixou.

Eu disse que a amava e ela me chamou de egoísta. Eu perguntei o porque e ela disse que eu não compreenderia. Eu disse que ela estava cometendo um erro e ela deu um murro na parede. Eu chorei e ela disse que sempre iria me amar.

Ela bateu a porta e me deixou.

 

Aquele foi, de longe, o pior dia da minha vida. Ela chorou muito também, eu vi cada uma das lágrimas que ela derramou. Eu sei que ela estava mentindo pra mim e ainda assim, eu acreditei em tudo.

 

“Somos eu e você contra o mundo. Essa é a única coisa que nunca irá mudar, Byul-ah”.

 

Como eu poderia compreender? Minha namorada que eu tanto amava indo embora com um estranho que ela conheceu em uma loja de conveniência qualquer somente porque os dois queriam tornar-se cantores de sucesso.

Faz sete anos que isso aconteceu. Os dias ensolarados da primavera sempre me lembram dela. Da sua pele macia, da sua risada que parece um golfinho, do cheiro do seu cabelo. Infelizmente tudo me lembra dela, mesmo eu tendo consciência de que sete anos é tempo o suficiente para esquecer alguém.

Todos fazemos escolhas. Ela fez as dela. Eu sei que tínhamos apenas dezoito anos mas nós juramos que permaneceriamos juntas até que a morte nos separasse. Um juramento é diferente de uma promessa. Quando você faz um juramento, todas as células e fibras do seu corpo se movem em direção a ele.

Não existe negação, mentira, esconderijo ou fuga. Se você for uma pessoa genuína, você irá cumprir o seu juramento.

 

“Você tá pensando nela… de novo”, disse Wheein, dando um peteleco na minha testa. “Você precisa de ajuda, sério”.

“Eu vou ficar bem”, meu sorriso fraco apareceu, “Precisamos ir para o estúdio. Sua música nova está pronta”.

 

Eu sou CEO da Rocket Entertainment. Somos uma empresa pequena, mas desde o debut de Wheein estamos conquistando um espaço maior. Ela é uma cantora incrível e nós iremos lançar o seu segundo álbum em breve. Ela também é a pessoa mais próxima de mim, quem eu considero minha família.

Graças a Wheein eu pude ver Yongsun mais uma vez. Aconteceu há um ano. Ela estava muito animada, pulando e correndo pelo camarim. Ela parecia estar muito feliz promovendo sua música nova e eu apenas a vi, me sentindo miserável. Eu senti tanto ódio de mim mesma por vê-la tão contente e realizando os seus sonhos enquanto eu ainda estava presa a toda mágoa que guardei.

Bom, eu também estou realizando os meus sonhos. Sou uma empresária de sucesso. Dirijo uma empresa, tenho os melhores e mais talentosos artistas trabalhando comigo, escrevo as músicas mais famosas…

A única coisa que me frustra é que não consigo mais acreditar no amor, simplesmente por não acreditar que essa coisa de destino que todo mundo fala realmente exista. O amor não deve machucar, o amor existe para curar. O destino não é algo que não possamos mudar. Se tudo acontece por uma razão, cada pessoa é dona da sua vida. Eu sou dona da minha.

 

Ouvi algumas batidas no vidro da cabine de gravação. Era Wheein, extremamente impaciente. “Me desculpe, Whee”, suspirei, “Você se importa se continuarmos amanhã?”

“Sem problemas, Byulyi, mas eu acho que você precisa dar um tempo disso tudo. Vamos beber? Eu pago!”, ela me abraçou.

Fazia realmente muito tempo desde a última vez que saí apenas por que queria me divertir. Talvez eu devesse tentar.

 


Notas Finais


Esse foi o primeiro capítulo. No próximo as coisas começam a acontecer...

Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...