1. Spirit Fanfics >
  2. Sou o Kakuzu!!! No mínimo inesperado. >
  3. Fugaku do olho perverso.

História Sou o Kakuzu!!! No mínimo inesperado. - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


As habilidades do Mangekyo sharingan de Fugaku nunca foram mostrada, então eu vou inventar mesmo.

Capítulo 18 - Fugaku do olho perverso.


Fanfic / Fanfiction Sou o Kakuzu!!! No mínimo inesperado. - Capítulo 18 - Fugaku do olho perverso.

  

- Você usou uma impressionante técnica de fogo e sem nenhuma água usou uma impressionante técnica de água, me pergunto qual sua real afinidade? - Kakashi levantou a questão.

- Achou isso impressionante? Vai adorar a próxima parte, sei que eu vou - Kakuzu fincou a espada no chão e fez uma série de selos antes de perceber o perigo, ele olhou para o Hokage e disse - Proteja os civis.

- O que ele quer dizer com isso? - perguntou um figurante aleatório.

Kakuzu retornou a atenção para os adversários e gritou:

- Estilo vento: Onda devastadora!!

O imortal soprou e seu sopro virou uma rajada gigantesca de vento cuja velocidade e intensidade lembrava um furacão fluindo em todas as direções. Os ninjas incluindo o terceiro Hokage usaram o estilo terra para levantar uma muralha capaz de proteger a todos. O paredão rachou e quase se desfez, aguentou apenas até o vento parar. Quando caiu todos tiveram a visão de um campo devastado, parte da floresta ao lado estava desmatada com todos os troncos caídos e montes de terra estavam por todos os lados.

- Isso foi exagerado e perigoso!! - gritou Tsunade para o imortal.

- Se não são capazes de proteger os civis tirem os daqui, nem estou me esforçando - respondeu o centenário enquanto procurava os três inimigos que tinham desaparecido - Será que eles morreram? Não os vejo em lugar algum.

- E-Eles morreram? - perguntou uma criança assustada.

- Acho que é melhor acabar por aqui e levar as crianças - disse o professor preocupado com o efeito que teria nas crianças.

- Ah não!! Eu quero ver o Kakuzu fazer pow em todo mundo! - reclamou Hana.

- Se acha que vão me pegar de surpresa estão enganaAAAAAAH - gritou quando sentiu um de seus corações ser perfurado pelo Chidori de Kakashi.

As pessoas se surpreenderam achando que Kakuzu tinha sido pego. Alguns se decepcionaram quando viram o corpo virar água. Kakashi olhou para os lados e para cima antes de perceber que o perigo vinha debaixo. Ele pulou, porém era tarde, da terra surgiu Kakuzu que agarrou sua perna e o jogou ao chão.

- Começo a pensar que vocês querem me matar - disse o imortal pisando no braço esquerdo de Kakashi.

- AAAAAAH!!! - gritou o grisalho quando o osso quebrou.

As pessoas na plateia estavam assustadas, algumas na verdade. Os ninjas estavam incrédulos, mas não assustados. O pequeno Itachi estava calmo, Hana estava elétrica e Hidan achava que faltava sangue na batalha.

- Fugaku! Hayate! Apareçam - ordenou o centenário enquanto revirava os bolsos - Vim passar um tempo com o filhote irritante, então pediram para eu lutar e agora meus charutos acabaram, eu estou perdendo a paciência, apareçam para que eu possa bater em vocês.

- Eu sou o filhote irritante? - perguntou Hana para Hidan.

O cultista deu de ombros sem responder. No campo Hayate surgiu próximo ao imortal, empunhando sua katana ele avançou e tentou um corte lateral contra Kakuzu que endureceu seu braço e segurou a espada com a mão.

- Só um momento - disse ele acertando um chute em Hayate e o afastando.

O remendado andou até onde tinha deixado sua espada e a retirou do chão. Empunhando sua rapieira ele se voltou para o shinobi de Konoha.

- Pronto pode vim.

Hayate avançou e usou um corte vertical, Kakuzu chocou sua rapieira com a katana e redirecionou a lâmina fazendo com que ela passasse ao lado do seu braço. Aproveitando a proximidade ele fez uma estocada visando a barriga de Hayate. O ninja virou seu corpo e a lâmina passou raspando por sua pele. Hayate caiu no chão e Kakuzu mais uma vez tentou perfura-lo. O shinobi rolou e a espada do imortal acertou o chão.

O remendado avançou contra o ninja para lhe acertar uma estocada, mas recuou quando viu várias bolas de fogos pequenas contra ele.

- Fugaku você voltou, me perguntava onde estaria, você tem um charuto?

- Não Kakuzu, eu não fumo - respondeu o Uchiha - Kakashi você está bem?

O grisalho não respondeu ao questionamento do chefe de polícia.

- Dois chidoris, fortes jutsus estilo fogo, sharingan implantado, osso quebrado - listou Kakuzu desinteressado - Ele deve ter desmaiado de exaustão.

- E você Hayate está bem? - questionou o Uchiha.

- Um corte superficial, nada muito grave - respondeu o shinobi tossindo.

Kakuzu entrou em posição e levantou sua rapieira.

- Vamos voltar Hayate?

- E me deixar em desvantagem? Já descobri como funciona o estilo que você inventou - disse Hayate com um sorriso - A lâmina não é muito boa para corte, então peca em ataques, porém é fácil de redirecionar a espada inimiga devido a leveza , o que permite perfurar o adversário com uma rápida estocada, seu estilo é baseado em contra ataques, desde que eu não avance estarei em segurança.

- Oh, parabéns - disse Kakuzu sinceramente impressionado - Em apenas um embate descobriu tudo isso, mas está apenas meio certo.

- Meio certo?

- Estou mesclando a minha esgrima com ninjutsu, você vai gostar - explicou o remendado com um sorriso arrogante.

- Eu acho que não - respondeu Hayate um pouco assustado.

Kakuzu passou a concentrar chackra na lâmina que passou a ter um coloração azul.

- Como se eu fosse deixar - disse Fugaku correndo em direção ao imortal.

Kakuzu teve que parar o seu movimento devido a interferência de Fugaku. O Uchiha acertou um chute na mão do imortal que acabou lançando a rapieira longe.

- Fugaku eu ia mostrar uma coisa impressionante! - reclamou o remendado se defendendo dos golpes do Uchiha.

- Não tenho dúvidas de que seria, mas não estou ansioso por ver - respondeu o Uchiha.

Kakuzu defendia os golpes como se não fosse nada, seus oitenta anos de experiência eram superiores ao Taijutsu de Fugaku, não que o Uchiha fosse ruim, mas pra ser uma ameaça teria que se esforçar mais.

- Se isso é tudo que você tem, acho melhor desistir - disse Kakuzu se afastando com um salto.

- Você quer ver o que eu tenho? - perguntou Fugaku fechando os olhos - Mangekyo Sharingan!!!

- Oh caralho - disse Kakuzu estranhamente animado.

"O mangekyo de Fugaku! Isso é demais, essa porcaria nem existe no mangá, mas botaram no anime e agora tá aqui em minha frente. Não estou preocupado, sem dúvida sou nível Kage, acho que tirando Hidan todos os akatsuki são nível Kage, talvez o Zetsu não"

- Quem morreu para que tivesse esse olho? Ele é eterno? Ou é comum? - perguntou o imortal entrando no modo fã curioso.

- O que? V-Você até conhece o mangekyo sharingan! - exclamou Fugaku verdadeiramente impressionado.

- Eu nasci a mais de cem anos atrás, e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais - disse o remendado um sorriso nostálgico.

- Você disse ser imune a genjutsus Kakuzu! Vamos testar sua imunidade contra meu Tsukoyome

O sorriso de Kakuzu se desfez quando o mundo se deformou. O céu se tornou vermelho, o chão se tornou negro e o próprio imortal se encontrou amarrado em uma cruz.

- T-Tsukoyome! - disse Kakuzu assustado pela primeira vez naquela batalha.

"Não é incomum mangekyos diferentes despertarem a mesma habilidade, Fugaku é conhecido como Fugaku do olho perverso, então suspeitava que ele tivesse o Tsukoyome, mas que ia funcionar em mim? Minhas redes deviam me proteger, minhas redes!"

O centenário fechou os olhos e se concentrou. Seu corpo estava sendo alimentado pelo coração com liberação de terra, Fugaku teve sorte de atingir aquele coração em específico. Kakuzu se concentrou, se desconectou do coração com liberação de terra e se conectou a rede de chackra de liberação de água. Abriu os olhos e se viu novamente no campo de treinamento com todos nos mesmos lugares.

Se Fugaku estava impressionado antes, agora ele nem conseguia falar direito. Minato que já havia sido pego por aquela técnica antes estava mais impressionado ainda.

- Aquele é o genjutsu supremo de Fugaku! A própria noção de tempo e espaço é distorcida, Kakuzu saiu no mesmo instante que foi pego - Minato olhou para Hiruzen preocupado e continuou - Acho melhor mandar os civis embora para segurança deles.

- Você está certo - concordou o velho cachimbeiro - Professor leve os pais e os alunos por favor.

O professor fez o que foi ordenado e passou a retirar sua turma.

- Hana! Itachi! - chamou o professor.

- Meu pai está lutando, eu devia esperar ele! - disse Itachi tentando convencer o professor.

- É, eu vou esperar o Kakuzu, ele precisa do meu apoio emocional! - disse Hana.

- Deixe os - disse Minato - Fiquem do meu lado por favor.

No campo de Kakuzu analisava seu oponente.

- Esse genjutsu é a habilidade de um olho, qual a do outro?

- Você realmente é um grande conhecedor - disse Fugaku - Se quer tanto saber permita me mostrar.

No chão abaixo do imortal apareceu um gigantesco círculo que lembrava o mangekyo sharingan de Fugaku, grande o bastante para circular uma pequena casa. Kakuzu saltou para fora do círculo e quase que instantaneamente uma coluna de fogo se levantou no local onde ele estava antes. Era fogo negro intenso, cujo calor era tão forte qua até aqueles que estavam afastados sentiam.

"Uma versão inferior do Amaterasu talvez, esse círculo denuncia o ataque, embora o alcance seja assustador de tão grande, pelo menos para padrões comuns"

- Tome cuidado Fugaku, não queremos que você fique cego - disse o remendado debochando.

- Eu não vou mais me impressionar com o seu conhecimento - respondeu o Uchiha - Então o que achou?

- Um bom show, de fato um bom show, deixe que eu mostre o meu - respondeu o nukenin de Takigakure.

Kakuzu curvou suas costas e elas começaram a mexer. A costura começou a se abrir. As máscaras passaram a se mexer. Suas costas incharam como se fossem explodir e então rasgaram de uma só vez liberando quatro criaturas estranhas. Formadas completamente por fios cada uma usava uma das máscaras que antes estavam nas costas do imortal.

Todos ficaram sem palavras, todos menos Hana

- Isso é incríveis! Kakuzu acaba com ele! Destrói ele!

- Faz xiu ae filhote irritante - mandou o imortal.

- Kakuzu!!! Eu não sou um filhote irritante - reclamou ela.

- É sim - disse Hidan ao lado dela.

- Não sou!

- É sim - disse ele se divertindo.

- Não vou ficar discutindo com um escravo - disse a pequena.

- O QUE ESTA QUERENDO DIZER! EU NÃO SOU ESCRAVO!!

O imortal apenas ignorou a discussão de seu escravo e de seu filhote irritante e esperou a reação de Fugaku.

- Seus corações? - perguntou ele.

- Como imaginei, os Hyuugas descobriram facilmente, impressionante não? - perguntou Kakuzu enquanto olhava para suas criaturas - Já deve suspeitar que não sou imortal, isso não existe, apenas estendo minha vida, arranjando novos corações antes que os meus parem de funcionar.

- E eles podem agir independente do corpo - disse Tsunade na plateia impressionada - Isso é extraordinário, uma cirurgia usando essa técnica teria chances absolutas de sucesso

- Conseguiu o que queria Minato? Esse show o agradou? - perguntou Kakuzu sarcástico.

O Hokage não respondeu a pergunta.

- Bom, não importa - disse o imortal voltando sua atenção para o Uchiha - Fugaku cada coração pode utilizar as técnicas de liberação do shinobi que o tinha, aqui tem fogo, ar, água e raio, você ainda tem coragem de continuar?

- Estou tremendo - disse Fugaku e de fato estava, sua perna esquerda tremia e sua mão direita mal conseguia segurar uma kunai - ESTOU TREMENDO DE EXCITAÇÃO!!

- Pois bem - disse Kakuzu com um grande sorriso ansioso - TREMA AO SOM DO BATIMENTO DOS MEUS CORAÇÕES!!!


Notas Finais


Matarei quem se opor porque essa é minha vontade

Sua morte é o alimento pra minha imortalidade!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...