1. Spirit Fanfics >
  2. Sou só um trans >
  3. Capítulo 2

História Sou só um trans - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


❌❌❌❌❌❌❌❌❌
Leiam as notas finais!!!!!!!
❌❌❌❌❌❌❌❌❌

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Sou só um trans - Capítulo 2 - Capítulo 2

Era o último dia de aula antes das férias de julho, Naruto teve provas o dia inteiro para recuperar as notas, Sasuke estava ali apenas para ver o namorado, Gaara teve de fazer uma prova para recuperar a nota em física, Lee dizia estar ali apenas para ter presença e aí final do ano nem aparecer, mas todos sabiam que ele estava ali por uma coisa, ou melhor, alguém.

Os quatro encontrariam o resto dos amigos num shopping próximo do colégio, iriam sair todos juntos, pela primeira vez, das outras vezes nunca ia todos os integrantes do grupo, mas já tinham em mente que mesmo que fossem juntos, iriam se separar uma hora, Naruto e Sasuke pra não deixar ninguém de vela, Neji, Hinata e Tenten sumiriam e apenas Lee sabia o porquê e Sakura e Sai iriam sair para desfrutar da amizade colorida. Era esse o plano, deixar Gaara e Lee sozinhos, a ideia havia sido de Naruto, o loiro conseguia ver os olhares e suspiros dos dois amigos e logo bolou um plano para que o dia fosse perfeito para o futuro casal.

Gaara estava mexendo no celular nos portões da escola, esperando os amigos, vestia uma calça jeans preta, blusa de manga vermelha e segurava seu casaco preto nas mãos, Lee resolveu dar um susto no amigo, chegou pro trás silenciosamente e quando ia balançar o menor ouviu o mesmo falar.

- Rock Lee, se você sonhar em me assustar vai morrer. - Gaara proferiu o olhando de canto, podendo assim olhar o outro de cima a baixo.

Lee tinha trocado de roupa, tinha ido para a escola de moletom devido a aula de educação física, mas agora vestia um jeans claro, uma regata branca e uma jaqueta também jeans por cima, a corrente que nunca deixava o pescoço também estava lá.

- Desculpa Gaara, eu não consegui me controlar. - Lee disse sem graça.

- Nesse quesito você deveria. - o ruivo bufou frustrado.

- Nesse quesito? - o mais alto estranhou a frase e jogou o cabelo pra trás. - Preciso cortar esse cu, tá no meu olho essa merda.

Então o Uzumaki apareceu pulando no rapaz de cabelo tigela. Sasuke gritou com o namorado para que ele pare de pular nas outras pessoas sem mais nem menos. Sasuke vestia uma calça jeans azul escura e uma blusa de manga comprida e gola alta preta, Naruto usava uma calça jeans clara, uma blusa laranja de mangas compridas e um casaco quente sem mangas por cima.

- A gente ia encontrar o pessoal aqui ou lá? - Naruto questionou.

- Lá, na frente da livraria, você que combinou isso é não lembra. - o ruivo respondeu e durante o caminho ele e Sasuke soltavam frases ácidas para o loiro sobre a péssima memória.

No shopping o loiro correu para os braços da amiga rosada pedindo para que ela salvasse ele dos emos. Sasuke olhou a cena com ciúmes, o único do grupo que Naruto não tinha beijado era Lee e também o único que Sasuke não tinha ciúmes, não que o beijo não tivesse rolado por falta de interesse pelo loiro, era o moreno que não queria, quando o loiro era solteiro, Lee vivia se esquivando as investidas do amigo, Naruto até chamava o pai do outro de sogrão, foi aí que Gai começou a ter uma amizade com Naruto, o mais velho pensava que o aluno estava apenas a brincar, mas tanto Lee quanto os outros do grupo sabiam do real interesse do loiro. Quando se fala sentir ciúmes por causa do Lee, é Naruto que fica com ciúmes, os morenos já tinham dado vários beijos e quase começado um relacionamento, teriam continuado se dependesse de Sasuke, mas Lee não se sentia confortável continuar com alguém sem um interesse romântico.

E ali estava sua oportunidade, sentado ao lado dele no ônibus que os levariam para o shopping, era possível ouvir os beijos e palavras pervertidas trocadas pelos casal atrás deles, deixando o clima entre Lee e Gaara mais constrangedor.

Gaara abriu a mochila de retirou de lá dois fones e um adaptador, assim poderiam ouvis músicas juntos e cada um usaria os dois lados dos fones, os conectou no próprio celular, desbloqueou e entrou no Spotify, procurou uma play list, a mesma que ouvia com os irmãos, deu um par de fones para o moreno e o mesmo o agradeceu, colocaram os fones e logo as a músicas começaram a passar, os dois cantavam baixinho umas músicas do Jorge e Mateus, Natiruts e etc, Lee riu com a flexibilidade do ruivo em relação a música. O mesmo sentiu o menos se apoiar nele aos poucos, não deixaria a oportunidade passar, também se apoiou e sorriu ao ver o outro corar, mesmo de fones pode ouvir um "hmmm" do banco de trás.

Chegando no shopping, Lee deu o sinal para a parada do ônibus e se levantou, ele e Gaara ainda estavam ouvindo música juntos, de repente o ônibus brecou, Lee se segurava na barra a cima da cabeça, mas Gaara estava solto, então o mesmo caiu em cima do mais alto, por Gaara estar em uma parte superior do piso, os lábios deles quase tocaram, o menor apoiava as mãos no peito do outro procurando apoio, por puro reflexo Lee segurou o outro pela cintura, fazendo ambos se aproximarem mais.

- Os pombinhos vão ficar aí no vai ou não vai dentro do busão ou vão descer e ficar no vai ou não vai no shopping? - Naruto perguntou chamando a atenção dos dois, estavam tão presos naquela bolha do momento que nem tinham visto que o ônibus havia parado no terminal do shopping.

- Estamos indo. - Gaara disse vermelho e saiu apressado do ônibus.

Naruto gargalhava dos amigos e Sasuke ria contido, Lee caminhava do lado direito do casal, junto de Naruto e Gaara ao lado de Sasuke, do lado esquerdo, impedindo qualquer contato com o outro, nunca esteve tão envergonhado na vida, já havia beijado várias pessoas e se sentiu um belo de um virjão quando sentiu a aproximação do moreno.

- Por que você não beija ele logo? - Sasuke tirou o outro dos próprios pensamentos. - Fala sério, vocês se conhecem a meses e ficam nessa tensão de beija ou não beija, cara, digo por experiência própria, o Lee beija muito bem e tem uma puta de uma pegada, ele é um cara incrível, mas é tímido demais para tomar uma atitude, tá escrito na testa de vocês que vocês se querem, eu nunca vi ele tão apaixonadinho quanto agora, investe cara.

- Eu tenho medo de receber um belo de um não, sabe, por ser um cara trans que não fez cirurgia de resignação de sexo, as pessoas costumam evitar a confusão que um relacionamento comigo pode trazer. - Gaara suspirou.

- Acredite Gaara, o Lee tá pronto pra mergulhar de cabeça se você permitir, ele é panssexal então ele vai gostar de você de qualquer jeito, ele gosta do que você é e apenas isso importa pra ele agora, fala sério, semana passada o Lee interrompeu uma foda minha e do Naruto, que por sinal foi muito boa, pra pedir concelhos amorosos, ele nunca namorou e tem medo de namorar alguém e magoar a pessoa ou se magoar, mas acredite, por você ele arrisca. Se joga gay! O filho da puta é gostoso, fofo e carinhoso, vai rápido aí se não alguém pode entrar na sua frente. - Após fazer o ótimo discurso motivacional, Sasuke bateu na cabeça do amigo e bagunçou os cabelos do mesmo.

A conversa com o Uchiha deixou o Subaku pensativo, logo ele ficou um pouco mais para trás mas nem notou isso.

- O que tu disse pro menino tá desse jeito? - Naruto perguntou ao namorado.

- Disse o que tu devia ter dito já, para os dois. - rapidamente o menor ficou entre os dois e começou. - Lee, tu precisa tomar uma atitude, nem sempre as coisas vem de mão beijada, ou tu agarra esse ruivo e casa, ou aquele cara ali casa antes de você chegar no Gaara. - Sasuke aponto com os olhos para Gaara, que estava conversando com um rapaz ruivo, ao lado deles estavam um loiro de cabelos compridos e um moreno com cicatrizes em um lado do rosto.

- Ei! Sasuke, Naruto, Lee. Esses são Deidara, Sasori e Obito, uns amigos meus de Suna. - Era notável a empolgação do ruivo.

- Antes de qualquer confusão, eu sou andrógeno, não trans nem nada. - o loiro de cabelos compridos se pronunciou.

- Tu veio visitar finalmente? - Sasuke foi abraçar o moreno com cicatrizes. - Se você veio só ver o seu amigo e não o seu primo eu vou comer seu rabo no seco.

- Eu vim te ver também idiota, na verdade, vim comprar um presente pra você e pro Gaara, também vim olhar um presente de casamento pro Shisui e Itachi. Que ótimo que encontrei vocês aqui. - o Uchiha mais velho bagunçou os cabelos dos mais novo.

- Realmente Gaara, você só conhece gente bonita. Tu deve tá fazendo a festa né seu gay. - Sasori abraçou o outro ruivo pelos ombros. - O loiro então deve ser o Naruto e o moreno o Lee, certo?

- Exatamente. - Naruto estava sorridente por poder conhecer os amigos de Gaara porém Lee estava com cara emburrada por causa da cena e aproximação entre os ruivos.

- Amor, eu vou pegar um sorvete com o Obito, já voltamos. - Deidara disse animado ao ver sua sorveteria favorita em um quiosque perto dali.

- Não demoramos. - Obito disse e deu um selinho no ruivo com sobrancelhas, Deidara o imitou e puxou o moreno para a sorveteria.

- Eita porra, tá dando certo mesmo o meu trisal favorito. - Gaara deu pulinhos de felicidade.

- Trisal? - Lee perguntou com um sorriso de alívio e pode ouvir umas risadas de Naruto e Sasuke o fazendo corar.

- Sim, antes era um relacionamento aberto entre mim e o Deidara, mas aí conhecemos o Obito e percebemos que era ele que faltava. - Sasori deu ombros.

- Vocês não imaginam minha família quando descobriu que meu primo tava num relacionamento a três com um andrógeno e um cis gay, e meu irmão noivo do primo de 3°. - Sasuke disse rindo. - Eu estar num relacionamento monogâmico e de que meu namorado é de fora da família foi uma benção para eles.

- Sua família deve curtir eu e o Deidara. - Sasori falou rindo pelo nariz.

- Até que estão gostando de vocês agora, depois de um ano. - Sasuke suspirou.

- Mas e aí, tão fazendo o que? É um encontro duplo? Acaba de virar um triplo viu. - Deidara disse aparecendo com alguns sorvetes, entregou um de chocolate com mente para Sasori, um de chocolate amargo para Gaara e começou a lamber o próprio, Obito deu um de chocolate branco ao outro loiro, de morango ao primo e de chocolate ao leite para Lee.

- Não sabíamos qual você iria querer, trouxemos esse, Gaara disse que você adora chocolate. - Óbito disse dando ombros.

- Não precisava mesmo, quanto que foi? - Lee já começou a procurar a carteira.

- Ele custa um beijo no Gaara. - Deidara segurou a mão do moreno para o mesmo não abrir a carteira.

- O que? - Gaara e Lee coraram imediatamente.

- Vai me dizer que não se beijaram ainda? Esse aí quase surtou quando viu eu abraçar você. - Sasori disse simples. Gaara e Lee ficaram mais vermelhos que nunca.

- Quase se beijaram hoje mais cedo, quem sabe hoje não role. - Sasuke disse levantando as mãos para cima pedindo aos céus para acontecer.

- Vamos andando? Temos que encontrar os outros. - Lee falou alto já se afastando indo em direção ao ponto de encontro.

Naruto passou o caminho inteiro zuando com a cara do amigo, assim que chegaram encontraram Neji sentado na fonte em frente a livraria, abraçando Tenten pelos ombros e a prima entre as pernas, os três trocaram carinhos e palavras fofas.

- Tu não falou que conhecia um trisal. - Obito disse e inflou as bochechas encarando o amigo ruivo

- Eles não são um trisal, não pelo que eu saiba. - Gaara estava com a sobrancelha arqueada.

- Acredite, um trisal reconhece um trisal. - Deidara disse rindo.

O grupo se aproximou do trio que rapidamente se separou fazendo o trisal rir. Sakura e Sai apareceram juntos com as roupas levemente bagunçadas, todos ali se apresentaram aos amigos de Gaara e um brilho nós olhos de Neji, Tenten e Hinata apareceu, os três se olharam empolgados. Logo os 6 se aproximaram e começaram a conversar sobre relacionamentos a três e rapidinho se separaram do grupo, Naruto e Sasuke ficaram andando com o loiro abraçando o menor pelos ombros, foram andando na frente trocando beijos, carinhos e palavras fofas, Sakura, Sai, Lee e Gaara conversavam animadamente, sempre que Sakura ameaçava sair, Gaara se agarrava a ela, não queria ficar num clima estranho com Lee, estava envergonhado e com medo de que as coisas ficassem estranhas, embora os amigos estivessem apenas tentando ajudar, só pioraram tudo, Gaara mal conseguia olhar para Lee sem lembrar do que os amigos disseram falando para ele pagar o sorvete com um beijo.

- Ei Gaara. - Sai disse suspirando cansado, os quatro estavam na frente de uma vitrine olhando tênis.

- Que foi Sai?

- Me desculpa mas vou ter que roubar a Sakura, a gente se vê na frente do cinema em uma hora para o filme, agora eu vou dar uns beijos nela, tchau. - Sai puxando a rosada que cora com o jeito que o rapaz falou.

Gaara e Lee voltaram a andar em um silêncio constrangedor.

- Olha Lee, desculpa pelos meus amigos, eles passaram dos limites. - o ruivo disse bagunçando os cabelos.

- Não se preocupe Gaara, aquilo não me deixou bravo nem nada, só me deixou com vergonha porque até pessoas que eu acabei de conhecer percebem que eu sou louco por você e eu nem sei o que fazer quando estou com você. - o moreno foi para a escada rolante, ficando um degrau a cima do menos, deixando a diferença de altura entre eles ainda mais evidente.

- Lee, acho que você pensa demais, relaxa, eu não mordo, só se você pedir. - o ruivo disse jogando os cabelos do maior para trás.

Já no andar de cima, o silêncio novamente reinou, porém, não era mais constrangedor, o menor agarrou o braço do maior e apoiou a cabeça no braço do outro. Foram para a praça de alimentação, compraram um pote de chocolate com morango em um quiosque e se sentaram juntos, um ao lado do outro, o assunto finalmente começou a fluir, enquanto falavam, o quase casal tentavam se tocar, quando Gaara notou uma pequena mancha de chocolate no canto da boca do outro, ele não resistiu, deu um rápido selinho no outro e sorriu ao ver que a mancha realmente saiu.

- Desculpa Lee, tava sujo ali. - Gaara corou ao notar o que tinha feito, olhou para o outro e o viu vermelho.

Gaara ficou triste pensando que o outro poderia ter odiado a sua ação, estava prestes a levantar quando o outro o puxou iniciando um beijo afoito, por ser dia da semana e a mesa ser mais afastada, ninguém estava ali para ver o quase casal aos beijos.

Lee pediu passagem com a língua e foi prontamente permitida, Gaara não desistiu e apertou os braços fortes do outro durante o beijo, em resposta, sentiu sua cintura ser apertada fortemente. Interromperam o beijo em busca de ar, os dois estavam corados mas não desviaram o olhar nenhuma vez.

- Eu tava louco por isso. - disseram ao mesmo tempo e sorriram.

- Ótimo, porque eu farei isso várias vezes. - foi o moreno que disse e logo voltou a beijar o outro, ficaram longos e prazerosos minutos se beijando e trocando carícias, até que ouviram ambos os celulares tocando, Sakura ligava para Gaara e Naruto para Lee, eles sorriram envergonhados um para o outro, levantaram dos bancos e atenderam.

- Já estamos indo Sakura, estamos na praça de alimentação. - Gaara conversava com a rosada.

- Tomo pertinho já Naruto, vai comprando pipoca com o dinheiro que você me deve. - Lee disse e riu das reclamações do amigo.

Os dois andavam conversando com os amigos no telefone, as mãos começaram a se aproximar e os dois entrelaçaram os dedos sorriram um para o outro e Lee tomou a iniciativa de dar um selinho demorado no outro.

Chegaram nos amigos daquele jeito mesmo, de mais dadas, não disseram nada, Lee apenas pegou a pipoca e o refri com Naruto e entregou o refri ao ruivo menor, voltaram a segurar a mão um do outro e trocaram selinhos rápidos enquanto estavam na fila para entrar no cinema.

- Acho que eu caí e tô sonhando, meu casal que ainda não é um casal tão se beijando. - Sakura disse empolgada e quase derruba a própria pipoca.

- Se isso for um sonho, espero nunca acordar. - Lee disse e dessa vez deu um beijo mais demorado em seu ruivo.

Durante o filme, cada casal/trisal ficou com uma cadeira de distância, dando privacidade um ao outro, Lee e Gaara soltaram as mãos apenas para comer e fazer carinho um no outro, quando a pipoca acabou, Lee levantou o apoio de copo e abraçou Gaara pelos ombros. 

Com o final do filme, todos foram embora. Obito levou Deidara e Sasori para a casa do irmão Shisui, que morava no mesmo prédio que Sasuke, Naruto iria dormir na casa do namorado, então o grande grupo foi junto, Sakura e Sai moravam próximos ao shopping então foram andando juntos, Tenten iria dormir na casa do namorado, assim como Hinata, pela casa de Neji, Lee e Gaara ficarem na mesma trajetória, todos foram juntos no mesmo ônibus, Lee soltou várias provocações para o trisal por pura vingança, mas era tudo brincadeira apenas. Por estar tarde, Lee resolveu levar Gaara para casa e de lá ir andando para a própria, moravam no mesmo baixo mas em quarteirões diferentes, assim que a dupla desceu, alguns pontos antes do trio, seguiram andando em silêncio de mãos dadas. Gaara quando avistou a própria casa retirou as chaves do bolso e as ficou balançando. Quando ficaram na frente do portão do ruivo, eles se encararam levemente corados.

- Obrigada por hoje Gaara.

- Eu que agradeço por hoje Lee. - o rosto de Gaara ficou na mesma tonalidade que o cabelo mas mesmo assim continuou. - Sabe, eu sei que sou só um trans que você conheceu no começo do ano e sei que a gente se beijou pela primeira vez só hoje, mas eu queria dizer que eu gosto de você Lee, de verdade.

- Hoje mais cedo o Sasuke me aconselhou a tomar uma atitude antes que eu ficasse sem você, aí eu vi você com o Sasori e morri de ciúmes. Nem do Naruto eu tive ciúmes, e olha que vocês já se pegaram, mas quando eu te vi com o Sasori, tudo que eu quis fazer era te botar num pote e te ter só pra mim. Me desculpa por esses pensamentos bobos, mas te quero pra mim Gaara, te quero muito. - Lee segurou o rosto do menor com as duas mãos e encostou as festas.

- Também te quero Lee, você não faz ideia do quanto eu te quero. - Gaara colou os lábios nos do moreno, sem perder tempo, Lee explorou cada canto da boca do menos, mordeu e sugou o lábio inferior do menos e logo fez o mesmo com o de cima.

Lee logo colou os corpos dos dois precisando o membro, que já estava acordando, na barriga do menor, Gaaa desceu os beijos para o pescoço do maior dando beijos e mordidas no local, fazendo outro suspirar, naquela noite, outros várias mãos bobas e beijos foram trocados, até que a hora da despedida chegou e tiveram que se separar, se despediram com um selinho. Tudo iria mudar agora.


Notas Finais


Oi pessoal, tudo bem? Então, eu queria saber se vocês querem que eu explore os outros casais além de Gaalee, se querem que eu faça um capítulo para os outros casais/trisais
Espero que vocês estejam gostando e perdoem os erros viu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...