História Soul of Criminal - Capítulo 4


Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, LaLi Esposito, Ryan Butler
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Justin Bieber, Lali Esposito, Ryan Butler
Visualizações 50
Palavras 2.427
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


CHEGUEI ESPERO QUE GOSTEEMMM

Capítulo 4 - Four


— Eu sei babe vou ser cuidadoso — ela assentiu e levei minhas mãos em seu sutiã quando fui tirar a alça e ver aquele par de seios que eu tanto to desejando escutei um barulho na porta. 

 

— ai meu deus quem é ? — ela me olhou assustada 

 

— não sei deixa bater — tentei tirar de novo e mais uma vez bateram na porta — fica em silêncio que logo vão embora. 

 

— não Justin vai ver quem é — me olhou séria 

 

— não vamos continuar deve ser a empregada limpando — tentei beijar ela 

 

— ÔÔ JUSTIN ABRE AQUI — escutei uma voz que eu conhecia muito bem 

 

— Vai Justin — ela se escondeu no banheiro 

 

Levantei e fui abrir aquela merda 

 

— O QUE VOCÊ QUER SEU IDIOTA  — olhei para Tyler parado na porta 

 

— Para que tanta irritação Justina  — zombou da minha cara 

 

— EU TAVA OCUPADO — ele riu e levantou a cabeça pra tentar ver o que eu estava fazendo — FALA LOGO O QUE QUER

 

— o advogado ligou falou que daqui a 20 minutos está aqui — olhou de novo — quem estava comendo dessa vez ?

 

— ERA SÓ ISSO ? ME INTERROMPEU POR UM ADVOGADOZINHO DE MERDA ? VAI RESOLVER ISSO, É PRA ISSO QUE VOCÊ TÁ AQUI AGORA VAZA — fechei a porta na cara dele — Mel já pode sair — bati na porta 

 

Pov Melissa 

 

Corri para o banheiro e tranquei a porta na chave, me olhei no espelho e estava com a boca inchada e um chupão no pescoço O que eu estava fazendo ? Ele só vai me usar, onde que eu estava com a cabeça de quase transar com um cara que é frio, arrogante, grosso e que eu nem conheço, só pode ser efeito da morfina mesmo.

 

Joguei água no meu rosto pra ver se acordava para a realidade e olhei para um relógio que estava na parede e já era 7:20 da manhã já posso ir embora graças a deus. 

 

Me assustei ao ouvir ele bater na porta me chamando, criei coragem abri a porta e sai como se nada tivesse acontecido 

 

— onde paramos mesmo ? — ele me abraçou por trás pressionando seu membro duro em minha bunda, um desconforto entre as pernas surgiu mais rapidamente me desvencilhei dele e o olhei 

 

— vou ir embora — virei as costas e ia saindo mais ele me encurralou contra a parede me deixando de costas pra ele

 

— olha como eu estou babe não vai me deixar assim né ? — esfregou seu membro em minha coxa.

 

— você tem as mãos use elas — o empurrei com força e sai do quarto, escutei o barulho de algo se chocando contra a parede e um grunhido ri e fui em direção ao quarto onde as meninas estavam. 

 

Agradeci mentalmente por não ter ninguém no corredor já que eu estava apenas com o “shorts” do baby doll e de sutiã já que aquele grosso rasgou minha blusa, entrei rapidamente no quarto já chamando as meninas que estavam uma em cima da outra 

 

— Claire, Annie e Nicolly levantem vamos embora já amanheceu — disse alto 

 

Depois de muita enrolação elas levantaram lavaram o rosto nós se trocamos com algumas roupas que Ryan tinha deixado ali pra nós e descemos

 

— bom dia gatinhas — Os meninos menos Justin falaram sentados na mesa de café da manhã.

 

— dormiu bem Melzinha — Tyler beijou minha testa e me abraçou de lado 

 

— é.. sim — sorri sem graça

 

— uhum — Justin murmurou e sorriu malicioso rindo 

 

— o que foi Justin ? — Ryan perguntou 

 

— nada er.. sentem meninas vamos tomar café da manhã juntos — olhou rindo pra mim 

 

— nã...— quando eu ia falar Nicolly Me interrompeu 

 

— Claro vamos comer estou morrendo de fome — se sentou na mesa se servindo 

 

— é vamos Mel já já vamos embora — elas se sentaram e eu fui obrigada a sentar no único lugar que tinha... do lado do Justin 

 

 

Sentei-me devagar e já pude o ver dando uma risadinha. Ajeitei minhas pernas e vi o Justin dar um olhar nada discreto para elas. Eu estava tensa, confesso. Peguei a vasilha de frutas que estavam ali e trouxe para mim. Peguei um morango passei na nutella, dei uma mordida e fechei os olhos me deliciando, vi o Justin olhar para minha boca, ignorei e continuei a comer.

   

  — Eu e a Claire uma vez fom… — não prestei atenção mais em nada que a Annie disse assim que senti uma das mãos do Justin em minha coxa.

   

 Tentei tirar a mão, mas começou uma guerra de mãos debaixo da mesa para afastá-lo. Ele de proposito jogou uma colher no chão e se abaixou e antes que o levantasse ele empurrou minha mão com força e colocou sua mão entre minhas coxas. Eu queria sair dali correndo, mas confesso que cada segundo que ele iria chegando mais perto da minha virilha aumentava a vontade de ficar ali. Ele passou suas mãos por toda minha coxa e apertando até que chegou até meu short foi subindo até chegar em minha calcinha. Naquele segundo eu insistir em tirar sua mão, mas a Nicolly fez o favor de olhar estranho para mim e parei e ele se aproveitou para prolongar. Sinto seus dedos deslizarem por toda a extensão da minha vagina e em seguida indo com seu polegar até meu clitóris e o estimulando, automaticamente abri um pouco as pernas e ele sorriu continuando a comer como se nada tivesse acontecido. Quase dei um gemido, mas para disfarça enfiei uma colher de salada de frutas que Annie tinha colocado pra mim dentro da minha boca para o gemido sair abafado. Ouço ele dar uma risada rouca. Eu já estava fora de mim, não conseguia tirar sua mão, não queria sair dali.

   

  — Está passando mau Melissa? Você está pálida! — Tyler falou fazendo eu congelar e Justin continuar comendo com uma mão enquanto a outra estava quase me penetrando. 

 

  — Hum… Est… Está tudo bem… Só estou ... — fechei meus olhos por alguns segundos e os abri depois. — só estou com fome — sorri e todos voltaram a comer. 

 

— Mel vamos no banheiro comigo ? — disse Annie 

 

— claro — ela se aproximou e Justin rapidamente tirou a mão de onde estava me deixando na vontade.

 

Annie olhou me esperando e me levantei, olhei discretamente para Justin que me olhou e levou seus dedos até a boca os chupando sem deixar de me olhar.

 

Fomos para o banheiro e Annie logo me olhou desconfiada 

 

— O que ouve Mel ? 

 

— Nada só senti uma tontura derrepente mais já estou melhor vamos pra casa meninas ? — olhei para elas que estavam escoradas na porta 

 

— Sim — disseram em uníssono 

 

Voltamos para a cozinha 

 

— nós já vamos obrigada por tudo meninos — eu disse sem olhar na cara de Justin eu estava super envergonhada 

 

— ah não precisa agradecer se precisar estamos aqui — Tyler disse 

 

Logo as meninas se despediram e chegou na minha vez 

 

Falei com Chaz, Ryan, Chris, Tyler e na vez de Justin ele me abraçou e disse-me meu ouvido 

 

— docinha como o Apelido... Tchau Mel nos vemos por aí — riu malicioso e saiu

 

Fiquei parada tentando raciocinar até que Nicolly me cutucou 

 

— ooo Mel... er tá todo mundo te olhando — olhei pra ela sem olhar para os outros e disse 

 

— e o que que tem ? Acabei de lembrar de algo vamos logo — sai e elas vieram logo atrás — Nicolly cadê o carro ? 

 

Pov Nicolly 

 

Melissa estava super estranha meia aérea, meia fora do mundo, se eu não a conhecesse bem diria que aconteceu alguma coisa e elas está com medo de contar. 

 

Estávamos na frente dos grandes portões da mansão dos meninos e me lembrei que deixei meu carro em frente a boate e provavelmente ele deve estar todo metralhado no momento. 

 

— AAAA AAAAA MEU PAI VAI ME MATAR — gritei 

 

— NICOLLY PARKER VOCÊ ESQUECEU DO CARRO DO SEU PAI? — Claire me repreendeu 

 

— Claire vai com calma — disse Annie 

 

— vamos pedir um táxi — disse Melissa 

 

— gente eles vão me matar — choraminguei.

 

— meninas o que fazem ainda aqui ? — disse Chaz

 

— CHAZ VOCÊ NÃO SABE O QUE ACONTECEU — o abracei choramingando 

 

— o que aconteceu anjo — me olhou preocupado

 

— o carro do meu pai ficou na frente da boate ontem à noite e provavelmente deve tar todo metralhado, ele vai me matar — disse agoniada 

 

— ah não precisa se preocupar ele tá na garagem pedi para um segurança guardar, vou pedir para ele trazer aqui para vocês

 

— OBRIGADA CHAZ — o abracei ele sorriu envergonhado e chamou o segurança. 

 

— bom meninas se precisarem e só chamar, agora vou indo tenho muito trabalho por hoje tchau — se despediu e saiu, em questão de segundos o carro já estava na nossa frente.

 

Pov Melissa 

 

Depois de muito sufoco conseguimos entrar no carro e sair por essas ruas maravilhosas de Las Vegas, Claire foi dirigindo o que foi um perigo para nós já que ela adora dirigir em alta velocidade. 

 

— Claire vai devagar, ai meu deus vamos morrer — disse Annie choramingou se segurando no banco da frente. 

 

— estou em uma velocidade normal Annie pra de ser chorona.

 

— super normal está a quase 300 km/h — Nicolly disse com medo 

 

— meninas — eu disse 

 

— Claire vai de vagar por favor 

 

— meninas...

 

— Annie to de boa fica quieta e para de fogo — ela disse 

 

— meninas....

 

— Claire se nós mor..

 

— quase transei com o Justin — falei rápido e Claire freou quase batendo o carro no muro — CLAIRE QUER NOS MATAR 

 

— COMO ASSIM QUASE TRANSOU COM O JUSTIN CONTA TUDO E AGORA — gritou eufórica 

 

— AI MEU DEUS A POLÍCIA — Annie gritou 

 

— ACELERA CLAIRE — ela logo tratou de sair dali em alta velocidade tentando despistar da polícia 

 

— CONTA MELISSA SE NÃO EU PARO O CARRO — ameaçou 

 

— tá tá foi assim fui na cozinha beber água ele tava comendo ai ele me levou pra o quarto dele para limpar o curativo e quase rolou só que o Tyler bateu na porta querendo falar algo com o Justin ai me escondi depois sai de lá Justin tentou de novo mais eu não quis mais... — disse tudo rapidamente — foi isso 

 

— WOW — disseram juntas 

 

— E VOCÊ NÃO QUIS TERMINAR POR QUE SUA SAFADA — Nicolly gritou eufórica 

 

— por que eu tava com medo quero perder minha virgindade com um cara que eu goste sabe... quero que seja quando eu estiver pronta.. — disse baixo 

 

— PORRA VOCÊ QUASE TRANSA COM O GOSTOSO FODÃO DE LAS VEGAS E ACHA QUE NÃO TÁ PRONTA ? VAI PRA PUTA QUE PARIU MELISSA — Claire gritou incrédula 

 

— Claire você nunca vai me entender — revirei os olhos 

 

— er... transei com o Ryan — Annie disse — CLAIRE SE VOCÊ PARAR ESSE CARRO VOU TE JOGAR DELE 

 

 

— MEU DEUS E MUITA INFORMAÇÃO PRA UMA CABEÇA SÓ AINDA MAIS COM UMA VIATURA DA POLÍCIA ATRÁS DE NÓS — Claire esbravejou 

 

— ok calma gente vamos se acalmar, nós vamos chegar na minha casa deixar o carro calmamente na garagem, entrar pela janela e fingir que estamos dormindo por algum tempo depois abrimos a porta como se estivéssemos lá a noite toda — disse Nicolly tentando acalmar todas nós 

 

— ok — dissemos em coro 

 

 

— ai só de pensar que amanhã tem escola me dá uma tristeza — rimos 

 

Las Vegas domingo 9:55 AM 

 

— foi isso que aconteceu — terminei de contar tudo o que aconteceu enquanto eu e as meninas estávamos deitadas nos colchões que estavam espalhados pelo quarto de Nicolly — bom meninas preciso ir se não a Carine me mata

 

— também preciso ir minha mãe deve estar uma fera — disse Claire 

 

— meus pais então nem me fale — levantou Annie 

 

— ok nos vemos amanhã na escola — se despedimos e cada uma foi pra um lado da rua já que nossas casas eram super perto.

 

15 dias depois 

 

Las Vegas segunda-feira 6:30 AM 

 

Pov Justin 

 

Acordei com o despertador gritando em meus ouvido e logo o taquei no chão, esse já era o décimo que eu quebrava, levantei fui direto para o banheiro fiz minha higiene matinal troquei de roupa e fui para o escritório onde os meninos já estavam me esperando.

 

— fala seus filho da puta — sentei em minha grande cadeira 

 

— Por favor mais respeito com a nossas mães Drew agradeço pela compreensão — Chris disse e os puxas sacos concordaram 

 

— Eu como elas de quatro, arrombados — debochei 

 

— ae e sabe o que eu vou fazer com a sua m...— Ryan foi interrompido 

 

— chega vamos organizar esse roubo temos muita coisa a fazer — Chaz disse mexendo em seu computador de nerd 

 

— o que manda Nerd — perguntei vendo a planta do banco no telão do escritório. Ele se levantou e pegou uma caneta digital.

 

— então, eu to fazendo essa planta a mais de 5 meses, foi preciso muito esforço, sabedoria, e dinheiro para conseguir analizar cada cantinho do Bank of America. Eu tive que me passar por empresário, empregado, secretário, contador, até de de detetizado de ratos para entrar nos tubos de ventilação, então me agradeçam por que eu sou de mais e paguei quase 10 mil dólares para cada trabalhador pedir demissão para eu entrar no lugar deles e acredite ninguém desconfiou — se gabou Chaz 

 

— ok nerd você é demais agora me diz seu plano. — eu disse 

 

— teremos que pegar o jatinho e pousar em Atlanta, passamos em casa para resolver aquela parada com o advogado já que ele não conseguiu vim hoje, pegamos outro jatinho e pousamos em Charlotte iremos ficar hospedado no hotel até a hora do roubo. 

 

— ok qual é o plano para a hora do roubo? — perguntei 

 

— e o seguinte...

 

Chaz continuou explicando e eu continuei pensando na gostosa que quase comi aquele dia nenhuma transa com nenhuma vadia vai me satisfazer tanto quando eu comer a Mel.

 

— entenderam ? — Chaz nos olhou 

 

— sim — disseram 

 

— entendeu Justin ? 

 

— er pode explicar de novo ? — perguntei 

 

— afs — bufaram 

 

Pov Melissa 

 

Acordei fiz minha higiene matinal coloquei meu uniforme personalizado pela Claire(1) e desci para a cozinha rezando mentalmente para que a bruxa não estivesse lá 

 

— oi mari... oi tia — revirei os olhos 

 

— bom dia Mel — mari disse 

 

— está atrasada para a escola Melissa — Carine levantou da mesa e saiu

 

— aff tchau Mari — peguei uma maçã e sai 

 

Las Vegas 7:40 AM 

 

— ai dormi a aula inteira — Annie disse 

 

— eu também — Claire disse fechando seu armário 

 

— vamos para a quadra 

 

Chegamos na quadra e sentamos na arquibancada na parte de cima vendo os meninos da pesada conversar em baixo de nós.

 

— ai cara tá sabendo do racha que vai ter ? — um falou 

 

— to tão falando que vai ser um dos melhores racha do momento Bizzle contra o Marcus vai ser sábado vamos ? — outro perguntou 

 

— é lógico que vamos quero todos vocês lá vou acabar com o Bizzle — disse um que parecia ser o líder do grupo. 

 

— e ai meninas vamos ? — Claire disse animada 

 

.......... 

 


Notas Finais


COMENTEM

~Sah & ~Poli


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...