1. Spirit Fanfics >
  2. Soul soundsMDZS-AU >
  3. Capítulo 2

História Soul soundsMDZS-AU - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Capítulo 2


"Lan zhan, me espera!!" Wei Wuxian gritou, tentou correr pra acompanhá-lo, mas no processo ele cabou deixando cair todo o material da mochila que estava aberta" ou droga. Espera, fique parado aí" guardando tudo de maneira desordenada ele voltou a correr na direção do amigo " sentiu minha falta?"

Lan WangJi apenas asentiu. As aulas ja haviam começado a dois meses, como prometido Wei Wuxian não o deixou em paz nem um dia siquer, mesmo que agora a companhia do garoto fosse requisitadas por várias outras amizades que ele conquistou com sua simpatia. WangJi por sua vez já havia se habituado a isso, modo sempre elétrico e desorganizado do rapaz, corria de um lado pra outro a procura de WangJi e o chamava pra andar junto de seu grupo, mesmo que na maioria das vezes o convite fosse recusado, já que ele não se sentia confortável em meio aquela gente, e muito menos eles pareciam se sentir confortável junto a ele.

A dois meses quando o horário foi entregue, Wei Wuxian se mostrou bastante desapontado ao notar que as modalidades do curso de ambos eram diferentes, apenas faziam duas aulas juntos, mas ele não se deu por vencido, sempre despistado os demais amigos e aproveitava toda oportunidade que tinha pra encontrar Lan WangJi, dava a desculpa que não conseguia entender a maioria dos assuntos que os colegas discutiam, tinha sempre de tentar supor sobre o que se tratava de acordo com algumas palavras que conseguia distinguir, no fim isso era trabalho de mais, já WangJi sempre era paciente, além de falar pouco se esforçava sempre pra parecer nítido.

Wei Wuxian sempre ressaltava em como a personalidade de WangJi era contrária a sua aparência, mesmo aparentando ser frio ele era paciente e gentil, simplesmente não conseguia poupar elogios, que faziam o outro sempre se envergonhar.

"Ei, Lan zhan, quando você passou ontem pelo corredor eu vi algumas meninas falando sobre você" Wei Wuxian falou no momento que encontraram uma mesa vazia em uma lanchonete.

"Não me importo."

"Todo mundo te acha bonito e também bem sexy, você é bastante popular."

"Você quem sempre está rodiado de pessoas"

"Mas é diferente, elas estão querendo se aproveitar da minha inteligência e meus talentos" falou exibindo um sorriso presunçoso.

"Arrogante" WangJi debochou. Wei Wuxian adorava provoca-lo, mas aquilo era verdade afinal, ao menos nas aulas que eles compartilhavam, Wei Wuxian sempre se destacava, pelo contrário do que aparentava por seu jeito desorganizado e atrapalhado, ele muito dedicado, talentoso e virtuoso, nas aulas de instrumentação e orquestração ele decorava partituras com uma destreza impecável, mesmo que sua memória não funcionasse pras demais coisas do dia a dia, como se ele tivesse uma dualidade, além disso ele tocava com emoção, era sempre difícil desviar o olhar.

"Certo, certo, agora vá pedir algo pra gente comer. Você paga, da última vez eu peguei."

"Não pagou." De qualquer maneira ele se levantou pra pedir os lanches, ele não se importava, Wei Wuxian sempre se lembrava de pagar uma semana depois, mas ele sempre recusava, Lan WangJi sentia que estava fazendo ele criar maus hábitos, mas acabou por deixá-lo se acomodar.

"Eu sento atrás dele, mesmo que grite ele nem ao se assusta, ele finge bem"

"Tudo isso é apenas pra ganhar pontos com os professores. Você já viu ele tocando piano?"

WangJi estava em frente ao caixa e acabou por ouvir a conversa dos homens que estavam ao seu lado.

"Quer testa? Liga o alarme do celular atrás dele, vamos ver se o surdinho tem alguma reação, hahahahah"

WangJi ficou horrorizado, eles realmente estavam falando de Wei Ying? desde quando as pessoas o vinham tratando assim? Eles por acaso não sabiam que Wei Wuxian era capaz de entende-los? Ele se virou e viu Wei Wuxian os observando, com um olhar vago apenas balançando a cabeça em sinal pra que deixasse aquilo pra lá.

Ele pagou as lanches e voltou a mesa, fuzilando com o olhar o homem que estava de posicionamento atrás de Wei Wuxian, se assuntando por perceber que o rapaz não estava sozinho, assim ele desistiu e retornou pra onde o amigo estava.

"Wei Ying, vamos pra outro lugar!"

"Não ligue pra isso"

"Você viu?"

"Eles estavam falando de mim, não é? não é difícil adivinha, não é a primeira vez e nem será a última, apenas não vale a pena discutir."

"Por que..." Não era bem uma pergunta, ele apenas se sentiu impotente, Wei Wuxian tinha de lidar com pessoas assim, que agiam de estupidamente apenas por diversão, isso era algo injusto e cruel. Controlou o impulso de não arrasta-los pra for daquele lugar pelos cabelos apenas por não querer ver Wei Wuxian ainda mais desconfortável.

"Por as pessoas não de importam com problemas que não pertencem a eles, isso é a realidade de viver em uma sociedade, todos vivem voltados para o próprio umbigo, a gente apenas tende a se adaptar a isso, tem coisas que não vale a pena discutir... Lan Zhan, no final sempre quem bate esquece, quem apanha não, então apenas ignore."

"Não quero que as pessoas te tratem assim"

"Não de preocupe, eu estou feliz de ter o Lan zhan comigo" disse pousando a mão sobre o punho de WangJi "por que quando estou com você a sociedade parece menos má, você é incrível de mais, e muito paciente e bom comigo" Wei Wuxian sorriu ao observar os lóbulos da orelha do outro corar "Você é um homem impressionante, Lan zhan."

"Quero te mostrar algo." falou ainda envergonhado.

"O que? Cadê?"

"Não aqui, Vou te levar a um lugar"

"Certo, então vamos comer logo"

"Você vai se engasgar" falou observando Wei Wuxian enfiar um pão inteiro na boca.

----

Wei Wuxian fez um bico indignado enquanto estava sendo arrastando pra uma sala de instrumentos, não conseguia acreditar que na verdade WangJi queria revisar matérias.

"Vou pra casa! Me larga!" Falou chutando o tornozelo de WangJi.

"Calma. Senta aqui "puxou a cadeira pra ele em frente ao piano "não te trouxe pra estudar, quero te mostrar algo!" Falou pausadamente antes de o outro fugisse.

Após refletir um momento, WangJi finalmente criou coragem para começar. Foi uma melodia calmo, seus dedos passeavam sobre o piano com destreza, Wei Wuxian o observava sem ao menos piscar, memorizando mentalmente cada tecla do piano em que a mão de WangJi pausava. Depois de algum tempo ele se deu conta de que nunca tinha visto aquela música antes, era novo, uma criança de WangJi. Minutos depois WangJi terminou e sem falar nada encarou o menor com um pouco de expectativa.

Wei Wuxian ainda estava estasiado "é sua?" Perguntou encarando o rosto do outro que apenas asentiu.

"Eu compus pra alguém importante, queria que você fosse o primeiro a ver"

"Lan Zhan, tenho certeza que ela é incrível... Mas acho que você escolheu a pessoa errada pra aprecia-lá, ela é suave de mais pra minha percepção" suspirou "mas o pouco que compreendi era agradável, pelo que observei também notei que é uma bela composição" concluiu

Naquele momento o coração de WangJi pesou, a voz que Wei Wuxian era melancólica, era a primeira vez que o o via assim, ele se sentiu tão ruim quanto as pessoas que haviam encontrado a algumas horas, principalmente ao ver a cara frustrada do outro.

"Lan Zhan, me desculpe, eu realmente estou muito feliz por vc ter me mostrado, foi tão gentil da sua parte, eu queria poder compensar por seu gesto... Mas como?" Falou encarando o olhar do outro "oh, Não ache que você fez algo errado, eu apenas queria poder corresponder as suas expectativas, tenho certeza que a música é linda, mas acho que deixei uma impressão errada nesses últimos meses, não aulas eu... meu gral de perda auditiva é de 70dB, é dois níveis abaixo da incapacidade completa" respirou fundo antes de continuar "Você já sabe que tenho dificuldade em compreender normalmente a fala sem a leitura lábia, fora isso também não consigo ouvir ruídos altos, tenho apenas uma leve percepção quando não a outro ruído no cômodo, apenas quanda os sons são altos o suficiente" virou o rosto pra encarar o outro "o que estou querendo dizer é que nunca vou ser capaz de ouvir notadamente uma melodia como a que acabou de tocar... Eu realmente queria... Me desculpe"

Lan WangJi não soube o que responder, apenas sentiu seu peito se apertar.

"Sabe, é diferente com você, sempre paciente e calmo, você sempre diz que estou rodeado de pessoas, mas tudo isso é passageiro, não dura. A maioria das pessoas como eu tendem a se isolar, pois as relações com os demais nunca é confortável e desmoronam facilmente. A paciência chega ao limite rapidamente, a necessidade de explicar algo mais de uma vez impedem que mantenham uma conversa normal comigo, até o momento que sou deixado de lado, eu me acostumei a isso, eu continuo me esforçando, eu estudo, eu prático pra entende-los bem... Desculpa, estou parecendo muito melancólico" riu baixinho.

"Wei Ying..."

A essa altura as lágrimas já machavam a pele clara de Wei Wuxian, com uma mão ele alcançou o rosto de WangJi, deslizando as pontas dos dedos até quase tocarem seus lábios.

"Deve ser uma sensação linda ouvir sua voz nitidamente, fale meu nome mais uma vez" pediu aproximando mais do rosto do outro "Por favor"

Ele estava tão perto que WangJi conseguia ouvir sua respiração. Wei Wuxian o encarava com expectativa, os olhos estavam fixos em sua boca.

Tentando recuperar a postura, WangJi pronunciou calmamente "Wei Ying!"

Wei Wuxian sorriu "sou eu."

--------

"O que achou?" WangJi perguntou ao telefone após terminar de tocar.

"Meu amor, ela é linda, você realmente fez pra mim?" Sua mãe perguntou alegremente.

"Sim"

"Por que eu sinto que q melodia é romântica de mais pra ser dedicada a mim... Tem certeza que não tinha outra pessoa em mente?" Perguntou risonha "você já compôs outras músicas pra mim, mas ela é diferente, por acaso conheceu alguém?"

"E-eu... Não"

"Se eu bem te conheço aposto que acabou de corar, me conte, você não está pensando que é capaz de me enganar, não é?"

"Mãe!"

"WangJi! Eu sou uma pobre mãe doente, como meu próprio filho é capaz de omitir coisas assim de mim... " choramingou no outro lado da linha.

WangJi ficou boquiabeto ao ouvir aquilo, como sua mãe era capaz de usar um truque tão baixo como aquele?

"Eu conheci..." Por fim admitiu.

"Eu sabia! como ela é? Bonita? Vocês estão apaixonados? Quando vou conhecê-la? Espere, espere, ela te faz sorrir?" Perguntou empolgada, era a primeira vez em 21 anos que WangJi falava de alguém.

"Mãe... Eu"

"WangJi, meu querido, o que houve?" Sua euforia foi transformada em preocupação ao ouvir a voz de WangJi estremecer "você sabe que pode me falar sobre tudo, eu sou sua mãe afinal."

"É ele"

"Quem?"

"Não é ela. É ele, um homem" falou juntando toda a coragem que tinha, mas não houve resposta, apenas silêncio. Por um momento ele pensou que ela havia desligado, tinha decepcionado a única pessoa na qual jurara nunca magoar, se repudiou mentalmente por ter cedido a pressão.

"WangJi?" Ela chamou de repente, fazendo com que ele quase derrubasse o telefone.

"Mãe?"

"Você ainda não me respondeu, como ele é? Ele te faz sorrir?" Perguntou suavemente.

O choque o atingiu tão fonte que ele não conseguiu evitar deixar escapar algumas lágrimas, mas no final acabou por sorrir "sim, ele faz"

"Então não deixe ele ir" ela suplicou.

"Não deixarei!" Acolhido em meio ternura da mãe a conversa se estendeu por várias horas, pela primeira vez em muito tempo, WangJi se sentiu completamente feliz.


Notas Finais


Graus de perda auditiva:

NORMAL (0 A 20 dB) : Ouve todos os sons normalmente

LEVE (21 A 40 dB) : Quando uma pessoa tem incapacidade de ouvir sons suaves e dificuldade para entender a fala e alguns sons como o canto dos passarinhos, principalmente em locais com muito ruídos

MODERADA (41 A 70 dB) : Neste caso, há dificuldade para ouvir o latir do cachorro, bebê chorando, aspirador de pó e outros ruídos mais altos e incapacidade de compreender a fala normalmente (essa é a do Wuxian, apenas no ouvido esquerdo)

SEVERA (71 A 90 dB): Pessoas com este tipo de perda auditiva não conseguem ouvir o o toque do telefone, compreender a fala, por exemplo

PROFUNDA ( > 91 dB) : já as pessoas com perda auditiva profunda não ouvem sons considerados muito altos como uma máquina de cortar grama, um caminhão, a turbina de um avião. Alguns sons extremamente altos são audíveis, mas a comunicação sem o aparelho auditivo é impossível.(gral do Wuxian no ouvido direito)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...