História Sozinho no mundo (Talvez Não) - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Taeseok, Vhope
Visualizações 7
Palavras 2.457
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nha
🙃

Capítulo 14 - O que quer que eu faça para me perdoar?


Fanfic / Fanfiction Sozinho no mundo (Talvez Não) - Capítulo 14 - O que quer que eu faça para me perdoar?

19:24


Acabamos de sair da escola ㅡ finalmente livre daquela prisão né ㅡ e agora estamos indo para a sorveteria, junto com o Yoongi, para anima-lo. É tão difícil faze-lo sorrir, ele não expressa tanto seus sentimentos. Mas quando acontece algo preocupante com alguém, ele se preocupa tanto, que você nem reconhece que é ele.


ㅡ Yoongi, escolhe algum sabor! ㅡ Jaebum mandava, ficando aborrecido.


ㅡ Mas eu não quero sorvete! ㅡ Yoongi resmungava de volta, fazendo um biquinho.


ㅡ Você é o único que não quer! ㅡ Jaebum insistiu.


ㅡ Por isso mesmo, sou único ㅡ Yoon respondeu, dando um sorrisinho logo em seguida.


ㅡ Convencido nem um pouco não é ㅡ Riu.


ㅡ Não é apenas convencimento, mas sim, a realidade. ㅡ Yoongi todo filósofo respondeu, jogando o cabelo para trás de uma maneira debochada.


ㅡ Aí nossa ㅡ Ri ㅡ Vamos Yoon, pare de se achar um pouquinho, e escolhe algo para comer. ㅡ Falei o encarando.


ㅡ Mas eu já disse que não quero! ㅡ Resmungou.


ㅡ Quando o Taehyung finalmente resolve parar para todos, você não aproveita? ㅡJimin surgiu do além, quase derrubando seu avalanche no chão ao tropeçar no nada que estava no chão. 


ㅡ Vocês se aproveitam da minha nobreza ㅡ Taehyung voltou já com os nossos pedidos. ㅡ Não me importo de pagar para o Hobi, mas para vocês..


ㅡ Ah, ta bom então! ㅡ Jimin fingiu um choro ㅡ Me troca mesmo! ㅡ Falou de um jeito ridiculamente choroso. ㅡ Nem estou magoado. 


ㅡ Aish Jimin! ㅡ Taehyung riu do jeito dramático do outro. ㅡ Você ainda é o meu melhor amigo, neném ㅡ Acariciou a cabeça do mais velho.


ㅡ Você não gosta mais de mim ㅡ Fez um biquinho. 


ㅡ Por que magoar o Jimin, ele ta chorando agora ㅡ Jaebum disse rindo, se sentando juntamente a nós. 


ㅡ Não vi nenhuma lágrima saindo dos olhos dele ㅡ Taehyung respondeu, cruzando os braços. 

Jimin se virou para ele, passou o dedo na língua e depois passou o dedo perto dos olhos, parecendo que o mesmo havia chorado. 


ㅡ Pronto! ㅡ Voltou para os braços do Jeon, e fingiu novamente chorar.


ㅡ Jesus. ㅡ Tae suspirou, revirando os olhos. Não aguentando, e rindo de seu hyung.


(...)


20:34


Depois de tanto insistirmos, Yoon cedeu, e tomou um milk-shake pequeno de baunilha. Conseguimos! Pelo menos. 


Agora estamos cada um voltando para sua casa. Taehyung e eu, indo juntos, como sempre. Jeon foi para a casa do Jimin ㅡ  Já até imagino o que vai acontecer ㅡ e o resto foram para um bar de karaoke, para se distrairem um pouco. ㅡ Só espero que depois não fiquem reclamando que estão de ressaca, e que a cabeça não para de doer amanhã na escola.


ㅡ Hobi, vamos assistir um filme depois do jantar? ㅡ Taehyung perguntou enquanto ainda terminava de se vestir no banheiro.


ㅡ Pode ser.. ㅡ Disse meio avoado enquanto encarava o teto do quarto, deitado/esparramado na cama do mesmo. 


ㅡ O que foi? ㅡ Saiu do banheiro apenas com a parte de baixo coberta. ㅡ Esta na lua? ㅡ Perguntou sorrindo, se aproximando de mim.


ㅡ Exatamente ㅡ Sorri, me sentando próximo a si, logo abraçando a sua cintura.


ㅡ Já conheceu algum marciano? ㅡ Perguntou ainda sorrindo e retribuindo o abraço.


ㅡ Os marcianos ficam em Marte ㅡ Corrigi ㅡ Mas mesmo assim, não, pois eles não existem. ㅡ O encarei, alargando o sorriso. ㅡ Você é o único doido que acredita nisso. 


ㅡ Não sou doido, me respeita ㅡ Fingiu estar ofendido. 


ㅡ Desculpe, só é retardado mesmo ㅡ Sorri sapeca, o olhando. O mesmo ficou calado, me olhando.


ㅡ Olha, eu vou te castigar se continuar com isso ㅡ Tentou falar sério, mas abriu um sorriso novamente em seguida.


Me levantei um pouco, me apoiei na cama e me aproximei de seu rosto. ㅡ Prometo que vou me comportar papai, não precisa me castigar não.  ㅡ Sussurei em seu ouvido, dando um sorriso em seguida.


ㅡ Sei ㅡ Sorriu, colocando as mãos em minha cintura. ㅡ Como posso saber se não está mentindo para mim? ㅡ Perguntou me olhando com um ar desafiador. 


Lhe dei um selinho, passando a perna para o outro lado de sua cintura, agora sentando em seu colo. ㅡ Você sabe que eu sou muito comportado ㅡ Sorri.


ㅡ Hmrm sei ㅡ Passou a destra nas minhas costas, me puxando para mais pertinho de si. ㅡ Não foi tão comportado ontem, quando perguntei o que você e o Yoongi tinham ido fazer sozinhos.


ㅡ Não aconteceu nada, eu te disse o que ele queria depois ㅡ Resmunguei, fazendo um bico em seguida, colocando as mãos em volta de seu pescoço. Deixando nossos rostos próximos. 


ㅡ Ainda sim, você foi mal educado comigo ㅡ Colocou a cabeça na curva do meu pescoço, dando um selar naquela região. 


ㅡ Me desculpa então TaeTae ㅡ Pedi, dando um suspiro logo em seguida. Com a canhota, coloquei-a em seu cabelo. 


ㅡ Não quero  ㅡ Disse fingindo estar bravo. ㅡ Não gostei do jeito que me tratou.


ㅡ O que quer que eu faça para me perdoar? ㅡ Perguntei lhe dando outro selar. O mesmo fechou os olhos de levinho, e abriu um sorriso malicioso. 


ㅡ Você sabe o que eu quero agora ㅡ Disse agora beijando meu pescoço. ㅡ Você.. quer também? ㅡ Perguntou parando um tempinho o que estava fazendo. 


Não o respondi. O puxei para um beijo cheio de luxúria e desejo, e o mesmo retribuiu da mesma forma, descendo sua mão que estava na minha cintura, para um pouco mais abaixo, apertando minha bunda, me fazendo arfar entre o beijo, o deixando meio abafado.


Separamos o ósculo pela falta de ar, e o mesmo sem perder tempo, voltou a beijar meu pescoço. O beijo com o tempo virou chupão, me deixando todo marcado. 


ㅡ Ah Taehyung...  ㅡ Resmunguei ㅡ Não marca... ㅡ Inclinei minha cabeça para o lado, facilitando para o mesmo poder beijar meu pescoço. ㅡ Vai ser difícil esconder com maquiagem..


ㅡ Quem disse que você vai esconder? ㅡ Perguntou ㅡ Vai deixar à mostra, para todos saberem que já tem dono ㅡ Disse passando a língua por seus lábios. 


ㅡ Tenho? ㅡ Perguntei sorrindo ㅡ Quem seria? 


O mesmo me olhou por um tempo sem dizer nada ㅡ Quer que eu te mostre? ㅡ Perguntou. 


ㅡ Adoraria ㅡ Respondi.


O mesmo sem perder tempo retirou minha camisa, trocou nossas posições me deixando por baixo, enquanto ele ficava no meu colo. 


 ㅡ Nossa.. ㅡ Soltei, surpreso com a ação do mesmo. 


O maior apenas sorriu, e começou a fazer uma trilha de beijos no meu tórax em direção a minha barriga, chegando agora na barra da minha calça. Taehyung já estava desabotoando os botões, calmamente, enquanto me olhava sorrindo mordendo os lábios. 


Pus a mão em seu cabelo, logo o puxei para voltar a ficar por cima de mim. O mesmo gemeu com meu ato, mas cedeu e fez o que eu queria. 


ㅡ Taehyung... calma... ㅡ Pedi, começando a respirar de um jeito mais pesado. ㅡ Devagar...


ㅡ Pode deixar, meu bem ㅡ Disse sorrindo, voltando a me beijar calmamente, colocando a destra em minha coxa, a puxando para ficar em volta de sua cintura.


O mesmo passou de leve sua canhota pela minha barriga, descendo em direção a minha intimidade, acariciando-o por cima da calça. Me fazendo novamente soltar uma arfada entre o beijo. Pude sentir o mesmo sorrir com o jeito que eu estava reagindo a suas provocações. 


O mesmo colocou a canhota por dentro da minha box, agora acariciando meu membro, e dando leves apertadas nele. Não pude segurar, soltando um gemido, novamente atrapalhando o ósculo. 


ㅡ Você é tão sensível Hobi ㅡ Disse no meu ouvido, abrindo um sorriso e dando alguns selares no meu pescoço. 


ㅡ Taehyung-ah.... ㅡ Resmunguei passando as mãos em sua costa, fazendo pequenos arranhões. 


O mesmo agora retirou minha calça, me deixando apenas de box. Logo o mesmo desceu novamente os beijos para a minha parte íntima. 


Ele ficou dando selares no meu membro por cima da box, me deixando cada vez mais excitado. E o mesmo aparentava gostar daquilo.


ㅡ Taehyung.... ㅡ Chamei ㅡ Me fode.... ahh... ㅡ Gemi ao sentir o maior aperta-lo com mais força meu pênis que já estava ereto.


ㅡ Não era você que queria calma? ㅡ Perguntou em um tom de voz mais grossa, e sexy.


ㅡ Tae.... ㅡ Praticamente gemi seu nome ㅡ Eu quero você.... dentro de mim.... ㅡ Pedi.


O mesmo ignorou meu pedido, e continuou o que estava fazendo. Agora retirando minha box, e vendo meu pênis praticamente saltar para fora.


ㅡ Nossa ㅡ Sorriu, pondo a destra na glande do meu membro, e o acariciando.


ㅡ Taehyung... ah... ㅡ Gemi, puxando seu cabelo novamente, sentindo minha entrada se contrair em busca de mais contato.


Ele começou dando pequenos selares em minha glande, logo esses selares se tornaram beijos em todo o meu pênis. 


ㅡ Tae... Por favor..... ㅡ Gemi novamente, implorando para que o mesmo parace de me "torturar".


O mesmo abocanhou meu membro, e começou a chupa-lo, pouco depois ele ficou se movimentando, tentando coloca-lo todo na boca. Gemi novamente com seu ato, puxando seu cabelo e o fazendo ir mais rápido. 


 Com as mãos, ele masturbou o que não cabia em sua boca. Novamente, gemi seu nome.


ㅡ Taehyung- ah  ...... ㅡ Gemi alto. Por impulso, abri um pouco mais as pernas, para o mesmo. ㅡ T-Tae... estou quase...


 O mesmo parou o que estava fazendo. O que me fez resmungar em desaprovação.


ㅡ Por que parou? ... ㅡ Perguntei entristecido, tentando respirar normalmente.


ㅡ Calma Hobi ㅡ Sorriu, voltando a ficar por cima de mim. ㅡ Você é muito apressado.. ㅡ Voltou a me beijar, e eu apenas retribui, pondo ambas as mãos em seu pescoço. 


O mesmo retirou sua calça, e abaixou sua box, revelando seu membro que já estava escorrendo o pré-gozo. Não esperei o mesmo, e troquei as posições, fazendo-o ficar por baixo. O mesmo me olhou surpreso com meu ato, logo abriu um sorriso, e mordeu seu lábio inferior. 


ㅡ Deixe eu assumir a partir daqui ㅡ Falei sentando em seu colo, em cima de seu amiguinho. O ouvindo gemer por isso. E assentir em concordância. 


Começei a rebolar em seu pênis, e dar leves quicadas para provoca-lo. E parece que estava funcionando, o mesmo revirou os olhos, e inclinou a cabeça para trás, gemendo meu nome, enquanto apertava minha cintura com as duas mãos. 


ㅡ Hobi... ㅡ Gemeu ㅡ Você é tão.. apertadinho.. 


Sorri, agora quicando mais rapido em seu pênis, soltando alguns gemidos manhosos. O mesmo também gemeu, tentando me fazer ir mais rápido. 


ㅡ Hobi.... mais rápido.. hm?  ㅡ Pediu, apertando fortemente a minha bunda. Gemi em concordância, me segurando em seus ombros. Logo começei a me movimentar mais rápido, sentindo o pênis do mesmo ir mais fundo. Não aguentando, gemi mais alto que antes, enquanto o mesmo abafava seus gemidos beijando meu pescoço.  ㅡ Gema mais baixo amor, os outros podem ouvir ㅡ Falou sorrindo, me puxando para mais um beijo. Porém não obteve sucesso, com os gemidos de ambos deixando abafado e meio desajeitado o beijo. 


ㅡ Ah.. Taehyung... ㅡ Gemi ㅡ Quero sentir... você mais fundo... ㅡ Corei ao dizer isso, ofegante e suando por causa do que estava fazendo.


ㅡ Pode deixar  ㅡ Disse sorrindo, trocando novamente as posições. ㅡ Você vai me sentir bem.. ㅡ Disse ofegante ㅡ muito bem..


Se posicionou entre minhas pernas, pondo seu pênis corretamente em minha entrada, começando a estoca-la com rapidez.


ㅡ T-Taehyung....ahhh ㅡ Gemi alto, sentindo minhas bochechas corarem de vergonha, e de prazer. 


Taehyung foi fundo, desta vez acertando no meu ponto fraco. O que me fez gemer realmente alto, o ue com certeza os que estavam do lado de fora do quarto ouviram.


ㅡ Hobi.. mais baixo ㅡ Taehyung me repreendeu. 


ㅡ Tae.... ahh ㅡ Gemi, logo coloquei a mão na minha boca, para que abafasse os gemidos. 


Taehyung retirou minha mão da minha boca, e voltou a me beijar, continuando a se movimentar dentro de mim. 


Pus as mãos novamente em sua costa, arranhando-a para descontar os gemidos. O mesmo gemeu com a minha ação, indo mais fundo.


ㅡ Tae-ah... eu vou ... ㅡ Antes que pudesse terminar de falar, me desfiz em seu quadril, o mesmo não demorou e gozou também. Taehyung sorriu satiafeito, e saiu de dentro de mim, logo se deitou do meu lado, ainda respirando ofegante, e suado.


ㅡ Hobi... ㅡ Começou, falando ainda ofegante ㅡ eu te amo. ㅡ Sorriu, me olhando no fundo dos meus olhos.


ㅡ Eu também te amo muito TaeTae ㅡ Sorri, deitando a cabeça em seu peito. Passando a mão em volta da sua cintura, abraçando-a.


ㅡ Eu sei ㅡ Sorriu, logo deu um selar na minha testa.


ㅡ Não estraga o clima Taehyung ㅡ Sorri.


(...)


22:10


Agora estamos reunidos na mesa de jantar. E meu Deus, que tensão. O pai do Tae já saiu, por que tinha algo do trabalho para fazer, mas mano.. vocês já tranzaram com seu crush/namorado e depois foram ver a sogra de vocês?!


É  MUITO  ESTRANHO! 


ㅡ Hoseok? ㅡ A Sra. Kim me chamou ㅡ Por que está tão vermelho? Parece cansado..


ㅡ Não.. é nada Sra. Kim... ㅡ Falei sentindo minhas bochechas quentes. 


ㅡ A senhora não ouviu mãe? ㅡ Namjoon perguntou. ㅡ Eu ouvi do meu quarto.


ㅡ O que? ㅡ A mulher realmente parecia não saber o que tinha acontecido. ㅡ Eles brigaram?


ㅡ Se mudaram o nome do ato sexual que é feito quando duas pessoas se gostam.. ㅡ Yugyeom se intrometeu ㅡ É.. eles brigaram. ㅡ Sorriu.


ㅡ O-que?... ㅡ A mais velha corou violentamente. ㅡ S-sério?...


ㅡ Dedo duro ㅡ Taehyung murmurou para o seu irmão mais novo. 


ㅡ Não acham que... está cedo para se relacionarem...? ㅡ Perguntou corada, e boquiaberta.


Eu já estava quase ficando roxo de vergonha, como eles podem falar disso no meio do jantar?


ㅡ Uma pergunta ㅡ Yugyeom levantou a mão. Ninguém falou nada, apenas o olharam ㅡ Quem foi o que deu?


ㅡ Que?! ㅡ Taehyung riu nervoso, corando também. ㅡ Você sabe que eu sou o alfa da história maninho.


ㅡ Então o Hobi hyung que é a mulher? ㅡ Perguntou.


ㅡ Quando você tranzar com o Youngjae você vai entender ㅡ Taehyung o respondeu.


ㅡ O que?!?!  ㅡ Arregalou os olhos surpreso com o que o mesmo tinha dito. ㅡ Eu não vou fazer isso! 


ㅡ Vai sim ㅡ Namjoon riu.


ㅡ Eu shippo vocês dois ㅡ Seokjin disse rindo também. 


ㅡ Vamos terminar de comer, parem de falar besteira. ㅡ O menor entre nós ficou todo coradinho.



Notas Finais


🤗💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...