História Special - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers
Visualizações 35
Palavras 696
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ooi ooi galerinha desculpa a demora, mas estou atualizando as fanfics aos poucos estou em semana de recuperações </3
Desculpa o capítulo curtinho!!
Espero que pelo menos vcs gostem, boa leitura!! <3

Capítulo 17 - Mukami Yuma


Fanfic / Fanfiction Special - Capítulo 17 - Mukami Yuma

Sena: On

 

- Estou fazendo a mesma coisa que você, tentando manter a calma.  –Sentei-me ao seu lado e dei um suspiro longo e alto para que ele escutasse.

-Sua idiota, nunca mais faça isso.  –Ele empurrou minha testa com seu dedo indicador me fazendo ir para trás, mas voltei a minha posição normal, encarando seu rosto que estava observando seus pés brincando com as pedrinhas da calçada.

-Yuma eu não fiz isso por querer.  –Falei desviando meu olhar para meu colo que estava apoiado minhas duas mãos.

-Me explica direito esse negócio.  –Ele falo se levantando e sentando a minha frente, me puxando para mais perto dele.

-Não sei como e nem o porquê mas, Christa está aparecendo para mim me causando vários delírios, e ela insiste tanto que sou sua filha mas, por que...- Antes de eu terminar a frase Yuma me interrompeu.

-Karl-Heinz mencionou que quem morava nesta mansão antes de nós era uma de suas esposas.  –Ele falo colocando sua mão abaixo de seu queixo.  –Pelo menos temos uma teoria formulada, meio caminho andado.  –Ele deu um largo sorriso.

-Quando eu estava na banheira ela me puxou para uma dimensão vazia e escura e.... Me entregou esta rosa.  –Tirei a rosa que estava guardada em meu bolso interno da jaqueta que eu estava vestida.

Ele pegou a rosa delicadamente de minha mão, aproximou-a de seu rosto e começou a observa-la atentamente, ele olhou ao redor e se levantou rapidamente, indo em direção a sua estufa, eu apenas o segui silenciosamente pois sabia que não era uma boa hora para perguntas.

-Está vendo estas flores?  -Ele falou indicando todas as rosas coloridas que havia na estufa. –Eu tenho todos os tipos de rosas aqui, e nunca vi uma rosa sem vestígios de espinhos, em outras palavras, ela cresceu sem espinhos, uma coisa rara e sem explicação.  –Ele falo se virando de costas para mim e começou a observar as rosas como se quisesse achar algo entre elas.

-A rosa tem um significado muito especial que é amor e carinho pela pessoa que recebeu tal flor, ou seja, Christa tem um amor e carinho grande por você.  –Ele ficou de frente para mim com um sorriso no rosto.

-Não fale o óbvio, quero descobrir o que ela quer comigo e o porquê de ela estar fazendo isso só agora.   –Falei começando a andar pela estufa observando atentamente todas aquelas flores.   –Eu já vim para esta mansão antes de vocês se mudarem para cá, mas Christa não dava sinais ou coisas parecidas naquela época, por que será?  -Falei me virando para trás e dando de cara com Yuma que me encarava sério.

-Para que conseguimos mais pistas e informações precisamos da ajuda dos outros.  –Yuma fechou a cara imediatamente.

-Acha que eles irão acreditar?  -Ele arqueou uma sobrancelha, ele só pode estar me desafiando.

-A rosa será a prova, temos algo ao nosso favor.  –Falei dando um sorriso indo em direção a porta, mas Yuma segurou meu braço e eu quase imediatamente virei meu rosto para sua direção.

-Depois não fique chorando pelos cantos, eu te avisei.  –Ele falo me encarando sério, Yuma ficou fofo com essa reação, ele realmente se importa comigo.

Dei um largo sorriso:   -Não esquente sua cabeça com pouca coisa, eu sei o que estou fazendo.

Dei uma última encarada no mesmo que soltou meu braço na hora e sem pensar duas vezes me teletransportei para meu quarto onde todos estavam conversando, minutos depois Yuma chegou sentando em uma cadeira perto de mim.

-Peço a atenção de todos.  –Falei aumentando o tom de voz, todos olharam em minha direção ao mesmo tempo.  –Eu preciso da ajuda de vocês, ou seja, preciso de informações sobre Christa.

Todos já estavam me encarando sérios, mas agora... O clima ficou meio tenso.

Muitos deles desviaram o olhar, mas Subaru continuava a me encarar como se quisesse arrancar meu pescoço.

Senti um calafrio sobre meu corpo e no mesmo momento Subaru desviou o olhar, observei atentamente o rosto do mesmo e como não sou boba, seu rosto o “Caguetou” ele está escondendo alguma coisa e eu vou descobrir.

 

 

Sena: Off

 

 

Continua

Até o próximo capítulo galerinha!!

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado <3
Até o próximo capítulo galerinha!! Se cuidem ta bom??
Beijocas da tia Carol <3
Amo vcs <3 <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...