História Special - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers
Visualizações 205
Palavras 689
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heyy manas!!
Demorei um pouco para postar né,sinto muito pessoal,mas realmente eu tive alguns problemas familiares essa semana e não consegui fazer nada além de comer,ir ao banheiro,tomar banho e assistir doramas :c

Espero muito que Apreciem muito esse capítulo,sem mais de longas...boa leitur♥

Capítulo 2 - Banho maldito


Fanfic / Fanfiction Special - Capítulo 2 - Banho maldito

Mia: ON

Reiji: Chega na mansão hoje e já está me provocando,eu não posso ignorar de forma alguma suas atitudes.   -Ele falou se aproximando de mim,entrei em seu jogo e fui recuando para trás finjindo inocência ,eu realmente quero descobrir o que esses Sakamakis são realmente capaz.

-Reiji-sama o que pensa em fazer comigo? -Falei dando um sorrisinho  para o mesmo que me encarava com muita malicia. 

-Você parece gostar disso,pequenos seres como você são fáceis de enganar.   -Ele recuou com um sorriso, ele é incrivelmente sádico, o mesmo caminhou até as escadas desaparecendo logo em seguida. Percebi que ele queria ver até que ponto nós iríamos,devo confessar Reiji é muito esperto,devo me cuidar com ele perto qualquer deslize poderá me trazer uma situação complicada.

Conselho para mim mesmo: Sena,comporte-se por enquanto. 

-Senhorita Kashiwazaki.    -Ouvi uma voz atrás de mim e dei de cara com o mordomo da mansão.

-Ah olá.   -Falei dando um sorriso tentando parecer simpática,mas o mesmo continuou com sua expressão indiferente.

-Meu senhor mandou te guiar até seus aposentos, por favor me acompanhe.    -Curvou-se sem pressa, logo o mesmo andou até as escadas e acenou com a cabeça para mim acompanha-lo.

 Passemos por vários corredores até chegar ao meu quarto, eles não eram tão iluminados mas tinha um abajur de parede em cada um... A decoração era antiga mas ao mesmo tempo muito intrigante, percebi que nas paredes não havia nenhuma tomada fiquei um pouco perplexa, eles ainda vivem no tempo das pedras? Para adolescentes como eles, é realmente muito estranho, não que eu não seja uma adolescente, mas estou falando deles agora, não de mim. 

-Senhorita.   -O mordomo velhinho tirou-me de meus pensamentos. 

Encarei o mesmo,ele estava parado a frente de uma porta.

-Seu quarto não está muito longe,  logo-logo irá poder descansar.   -acabei concordando com a cabeça e comecei o seguir com uma certa distância, realmente os velhinhos que conheci eram tão "enrolados" e simpáticos já esse senhor ele é bem bizarro,realmente os Sakamakis mudam qualquer um que habita esse local, isso é bastante curioso... Realmente eu quero provar com meus próprios olhos minhas teorias,vai ser divertido.

-Senhorita, cheguemos, sinta-se a vontade.   -Ele falou tirando uma chave de seu bolso e girando na massaneta,depois de abrir a porta ele deu uma olhada no quarto e saiu sem dar ao menos um "adeus".

Sem paciência para esperar a banheira encher toda,entrei de baixo do chuveiro que caía uma água reconfortante.

-Eu realmente precisava disso.   -Falei erguendo minha cabeça para que a água viesse a "tona" em meu rosto. 

 Olhei para meus pés que estavam afundados na água quando de repente vejo eles com enormes cortes profundos que levavam até meu joelho, me sentei na banheira os olhando assustada, pronta para sair da banheira, alguém agarrou meu cabelo forazmente e me arremessou contra a piá, coloquei minhas mãos na cabeça estava uma dor insuportável, quando vejo barulho de passos pisando na água, encaro os pés gigantes que estavam a minha frente com medo, tentei gritar mas quando tentava gritar minha cabeça doía cada vez mais, o homem agarrou meu pescoço e me levantou rapidamente para cima, minha visão estava ficando embaçada e eu não consegui o identificar, quando minha cabeça estava quase sendo arrancada eu acordei assustada e ainda eu estava na banheira com todos os sakamakis me olhando e até a Yui estava ali me mexendo de um lado para o outro, a água já transbordando reparei que a mesma estava cheia de sangue, o meu para ser mais exata... Observei minhas pernas e meus braços arregalada e realmente eles estavam cortados, quando me dei conta que todos estavam me observando nua tentei me cobrir com minhas mãos e pernas mas sem sucesso, os cortes realmente doíam de mais e eu não consegui mexer nenhum membro sem dar um grito de dor. 

-Sena-chan, por quê estava rasgando a si mesma enquanto gritava? -Yui falou tentando me ajudar a ficar de pé. 

-A-alguém entrou nesse banheiro antes de vocês! Ele quase me matou... Falei me encolhendo de vergonha e realmente um sono me bateu naquela hora estava fechando meus olhos lentamente e... 

Acabei dormindo.

 

Contínua 

 

 


Notas Finais


Me perdoem por escrever tão pouco, eu realmente não estou com nenhuma vontade de escrever atualmente (tenho meus motivos, espero que entendam)
Me senti obrigada a postar esse capítulo porque estou em um relacionamento sério com todas as leitoras que lêem a fanfic :3
Até em breve muchi-chan *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...