1. Spirit Fanfics >
  2. Speechless >
  3. First Lady Of Pop

História Speechless - Capítulo 52


Escrita por:


Notas do Autor


Oi meus amores!

Vim com a continuação da entrevista para vocês ❤️

Boa leitura!

Capítulo 52 - First Lady Of Pop


Primeira Dama do Pop

-Isabelle eu não sei se você está por dentro das manchetes, já que os dois estão longe dos Estados Unidos há alguns meses, mas você está sendo chamada de Primeira Dama do Pop - nós dois olhamos pra ela surpresos com isso – Minha pergunta é, como é ser a Primeira Dama do Pop?

-Você fala no sentido da exposição?

-Principalmente, mas acho que envolve muito mais – assenti.

-Lidar com toda a exposição não é fácil e eu estou me acostumando dia a dia, país por país. Ver meu rosto estampado nas capas de jornais dos países que estive, ver pessoas gritando o meu nome, representantes dos países sabendo o meu nome é algo que me espanta ainda, mas está ficando mais fácil com o tempo – eu olhei para o Michael que prestava atenção no que eu estava falando – Mas tem outro lado também, é claro, eu conheci vários países, conheci várias culturas, conheci muitas pessoas, eu vejo o show do Michael quase todos os dias, o que é maravilhoso – ele sorriu com vergonha.

-Você fala que a exposição não é fácil, mas os dois venderam fotos do casamento, porque fizeram isso?

-Os tabloides já estavam especulando isso há algum tempo, fotos da Isabelle já circulavam por aí, já estavam tentando descobrir quem é ela, estavam falando mentiras sobre ela e sobre nossa relação, e estávamos cansados de ter que nos esconder. Ela é minha esposa, não tem que sair escondida dos lugares, tem que andar ao meu lado. Nós sabíamos que não ia ser fácil toda a exposição, mas essa é a minha vida e estamos tentando lidar com tudo isso – assenti – Quanto as fotos serem vendidas, eu já doei todo o dinheiro para instituições de caridade pelos países que passei.

-Vocês trocam de país a cada dois dias mais ou menos – assentimos – Como que você estando grávida está lidando com tudo isso?

-Eu estou ficando bem cansada, e é por isso que não vou seguir até final da primeira parte da turnê, não é recomendável ficar pegando avião depois de um certo estágio da gravidez.

-Michael você passou a vida fazendo turnê e ficando longe de casa, você acha que dessa vez vai ser diferente?

-Com certeza, ficar longe da Isabelle é muito ruim, nós já ficamos um mês longe e me doeu muito, e agora eu vou ficar mais tempo e eu sei que vou perder etapas da gravidez dela, eu vou perder uma parte de um dos momentos mais importantes da nossa vida. Eu acho que a saudade dessa vez vai ser bem pior do que nas minhas outras turnês - meu peito até apertou só de ouvir isso.

-É por isso que você veio com ele? - ela me olhou.

-Sim, porque eu quero que ele participe o máximo que conseguir da minha gravidez e porque eu quero diminuir a saudade que vou sentir dele – ele sorriu e pegou minha mão.

-Como vocês pretendem diminuir essa saudade e fazer o Michael participar da gravidez?

-Vamos ter que nos contentar com o telefone, em ouvir a voz um do outro – ele disse.

-Quanto ao bebê o Michael fez algo incrível que só mostra o quanto ele já é um pai maravilhoso. Ele gravou algumas fitas cantando canções de crianças e lendo histórias de crianças, e quando ele não está por perto eu coloco para tocar perto da minha barriga para o bebê reconhecer a voz do pai e para criarem um vínculo.

-Isso é lindo, você sempre quis ser pai?

-Eu sempre amei crianças e bebês, e desde novo eu soube que queria ser pai.

-Qual é a sensação já que está prestes a acontecer?

-É surreal, nós dois conversamos muito sobre isso – ele falou me olhando – Sobre como nossas vidas vai mudar depois que esse bebê nascer e que ele vai depender cem porcento de nós dois, e como que nós já o amamos antes mesmo dele nascer – eu sorri concordando.

-Mudando de assunto – eu vi ela mexer nas mãos parecia nervosa – No seu primeiro casamento Michael falaram muito que era uma jogada para desviar o assuntos das acusações, e dessa vez voltaram a repetir isso – vi Michael ficar tenso e meu coração acelerou – Isabelle vocês já conversaram sobre isso? Você alguma vez perguntou se é verdade?

-Não. Nós nunca conversamos sobre isso. E eu nunca perguntei se é verdade.

-Porque? - ela me interrompeu.

-Porque eu não preciso falar sobre o assunto, não preciso perguntar a ele para saber a verdade – eu me endireitei na cadeira – Qualquer pessoa que conheça o Michael de verdade, qualquer pessoa que abra o seu coração, que tenha amor no coração consegue enxergar o verdadeiro Michael, e quem faz isso sabe muito bem quem ele é e que ele jamais faria qualquer coisa para machucar outra pessoa, seja um adulto ou uma criança, uma menina ou menino. O Michael não é essa pessoa, e quem sabe quem ele é de verdade sabe do que eu estou falando. As pessoas infelizmente tem muita maldade e muita ambição no coração ultimamente, e você só oferece para o outro o que o seu coração está cheio, pessoas ruins se aproximaram dele querendo tirar proveito dele e isso não é culpa dele, não é culpa dele ter um bom coração, ter uma boa intenção de ajudar o outro – respirei fundo ao terminar de falar.

-Eu não quero me prolongar muito no assunto que já falaram demais sobre isso, mas você como mãe agora, como você acha que essas alegações vão cair em cima do seu filho?

-Ele vai saber muito bem quem é o pai dele, vai saber como o pai dele tem um bom coração e como o pai dele sempre ajudou as pessoas, como o pai dele ama ele incondicionalmente, e sabendo disso ele vai saber qual é a verdade sobre tudo isso – dei de ombros finalizando.

-Outro boato que se instalou é que vocês fizeram inseminação artificial para ter o bebê, é um rumor que acompanha o rumor que o casamento é só de fachada, e que você ainda é virgem – ela disse apontando para o Michael.

-Meu Deus – ele disse colocando as mãos no rosto de vergonha e eu ri.

-O nosso bebê foi concebido da forma natural, nós somos realmente casados e temos intimidades, ponto – disse descontraída e ela riu.

-Vocês pretendem ter mais filhos?

-Eu sim, quero ter muitos filhos – ele disse olhando pra mim e sorrindo, eu sorri de volta.

-Eu quero ter mais filhos também.

-Se o filho de vocês quando crescer, virar para vocês e falar, mamãe e papai eu quero cantar, o que vocês vão falar? – olhei para o Michael que sorriu de nervoso.

-Sinceramente, enquanto ele for criança e adolescente eu não pretendo deixar que isso aconteça, não quero que ele se exponha dessa forma, quero que ele viva a infância do jeito que uma criança tem que viver. Michael já me contou como foi a infância e adolescência dele, não queremos isso para o nosso filho – Michael assentiu concordando comigo.

Barbara olhou para o Michael esperando sua resposta.

-Eu concordo com a Isabelle, enquanto for criança e adolescente não, mas se depois ele quiser eu vou conversar com ele, vou dizer tudo pra ele, como tudo funciona, vou ser sincero com ele e mostrar pra ele tudo que ele pode esperar se quiser ser cantor, se mesmo depois de tudo que eu contar ele falar que ainda quer, que não pode esperar, então eu vou dizer para ele ir e ser feliz.

-Pode ir, mas saiba onde está se metendo – ela falou.

-Exatamente – ele concordou.

-Você é escritora Isabelle – assenti – Pretendem fazer algum projeto juntos? Você escrever alguma música pra ele cantar.

-Eu nunca escrevi músicas, então não acho que isso possa acontecer – disse rindo – Eu prefiro ouvir as letras que ele escreve, as letras dele estão fazendo muito sucesso, melhor continuar assim.

-E participar de um clipe dele?

-Não sei – disse rindo – Pode ser que sim, podemos conversar sobre isso – ri sem graça e ele me olhou sorrindo.

-Michael o que a Isabelle é pra você? - ele me olhou e pareceu analisar o que falar.

-Ela é o meu porto seguro, minha calmaria, com ela eu sei que tudo vai ficar bem, que tudo vai dá certo – eu sorri e peguei a mão dele.

-O que o Michael é pra você, Isabelle?

-Ele é a minha definição de amor, foi com ele que eu aprendi como é o amor entre uma mulher e um homem, quando eu penso nele, eu penso em amor.

-Para finalizar o que vocês dois gostariam que todos soubessem?

Nos olhamos e ele apontou pra mim me dando a chance de falar.

-Que o nosso casamento não é uma farsa, nós estamos realmente juntos e estamos formando uma família, que o Michael é um homem além de um astro pop, ele é um ser humano que tem sentimentos, que ama e merece ser amado de volta, merece ter uma família como qualquer outra pessoa.

-Eu gostaria que os tabloides parassem de publicar lixos sobre mim e que as pessoas parassem de acreditar nisso, se quiserem saber a verdade venham perguntar a mim. Gostaria de mais respeito comigo e com as pessoas que eu amo, principalmente com minha esposa e com nosso bebê. Eu não sou gay, não sou virgem e eu estou casado sim, de verdade, e nós vamos ter um filho juntos – ele enfatizou bem as últimas coisas que ele falou.

-Eu agradeço pelo tempo que vocês disponibilizaram para essa entrevista, quero desejar muitas felicidades pra vocês dois e para o bebê, que vocês tenham uma linda família com muitos filhos - nós dois sorrimos pra ela – Ficamos aqui com Michael Jackson e Isabelle Chermont.

A entrevista foi finalizada e respirei fundo de alívio por finalmente ter acabado. Barbara nos agradeceu pela entrevista e disse que foi muito boa, nos despedimos dela e a equipe terminou de desmontar todo o equipamento para irem embora.

Depois do último show dele aqui em Auckland nós nos despedimos, ele foi para a Austrália e eu peguei um voo para os Estados Unidos. Despedir dele foi uma das coisas mais difíceis que eu já fiz, nós dois choramos muito com a despedida e eu fui embora com o coração partido. Cheguei a Los Angeles com alguns seguranças ao meu redor e um carro já estava me esperando na pista do aeroporto, no avião eu percebi como minha vida realmente mudou, todos me trataram como se eu fosse uma rainha e tinha muitos olhares em cima de mim, toda essa atenção é muito complicado. Do aeroporto fomos direto para Nerverland, minha nova casa e onde vou começar minha nova vida.


Notas Finais


Espero que estejam gostando 😊

Beijos e até o próximo 😘❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...