História Spider-Man: The Avenger of the Neighborhood - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Agents of S.H.I.E.L.D., Capitã Marvel, Capitão América, Doutor Estranho, Guardiões da Galáxia, Homem de Ferro (Iron Man), Homem-Aranha, Homem-Formiga, O Incrível Hulk, Os Vingadores (The Avengers), Pantera Negra, Thor
Personagens Adrian Toomes (Abutre), Aleksei Mikhailovich Sytsevich (Rino), Anthony "Tony" Stark, Ben Parker, Carol Danvers, Cletus Kasady (Carnificina), Clint Barton (Gavião Arqueiro), Dr. Bruce Banner (Hulk), Dr. Curt Connors (Lagarto), Dr. Leonard Samson (Sansão), Dra. Helen Cho, Drax, o Destruidor (Arthur Douglas), Edward "Eddie" Allen Brock (Venom), Edwin Jarvis, Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Felicia Hardy (Gata Negra), Flint Marko (Homem-Areia), Gamora, General Thaddeus E. "Thunderbolt" Ross (Hulk Vermelho), Groot, Harry Osborn (Duende Verde), Heimdall, Henry "Hank" Pym, Howard Stark, James Buchanan "Bucky" Barnes, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Jane Foster, Janet Van Dyne (Vespa), Johann Schmidt (Caveira Vermelha), Loki, Luke Cage, Maria Hill, Maria Stark, Mar-Vell (Dra. Wendy Lawson), Natasha Romanoff, Nick Fury, Odin, Peggy Carter, Pepper Potts, Personagens Originais, Peter Parker (Homem-Aranha), Peter Quill (Senhor das Estrelas), Rocket Raccoon, Ronan (O Acusador), Sam Wilson (Falcão), Scott Lang (Homem-Formiga), Sergei Kravinoff (Kraven), Sharon Carter (Agente 13), Stephen Vincent Strange / Doutor Estranho, Steve Rogers, Talos (General Skrull), T'Challa (Pantera Negra), Thanos, Thor, Visão, Wilson Grant Fisk (Rei do Crime), Yondu, Yon-Rogg
Tags Adrian Toomes (abutre), Anthony Tony Stark, Ben Parker, Carol Danvers, Cletus Kasady (carnificina), Dr Bruce Banner (hulk, Dr Curt Connors (lagarto), Dr Leonard Samson (sansão), Dra Helen Cho, Drax, Edwin Jarvis, Felicia Hardy (gata Negra), Flint Marko (homem-areia), Gamora, Groot, Harry Osborn (duende Verde), Heimdall, Henry Hank Pym, Homem Aranha, Howard Stark, Jane Foster, Janet Van Dyne (vespa), Loki, Luke Cage, Maria Hill, Maria Stark, Mar-vell (dra Wendy Lawson), Natasha Romanoff, Nick Fury, Odin, Peggy Carter, Pepper Potts, Personagens Originais, Peter Parker (homem-aranha), Rocket Raccoon, Ronan (o Acusador), Sam Wilson (falcão), Scott Lang (homem-formiga), Sergei Kravinoff (kraven), Sharon Carter (agente 13), Spider Man, Steve Rogers, Talos (general Skrull), T'challa (pantera Negra), Thanos, Thor, Visão, Yon Rogg, Yondu
Visualizações 11
Palavras 1.105
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Spider-Man: The Avenger of the Neighborhood - Capítulo 1 - Prólogo

~ 23 de Abril, 2015 ~

Em uma manhã ensolarada, um jovem dormia em seu pequeno e velho apartamento; onde havia jornais pregados nas paredes, resenhas e esboços de projéteis sobre equipamentos, pequenas ferramentas e mais uma bagunça de objetos.

No canto daquele pequeno quarto, o jovem que habitava aquele apartamento é despertado por seu celular, que vibrava sobre uma mesa ao seu lado. Atendendo a "ligação", era possível escutar a voz de um oficial da polícia:

"Atenção, mobilização nível quatro. Local: Times Square."

Surpreso, o jovem repete o homem. - Times Square? - E assim o jovem se vai em retirada para preparar sua refeição, colocando uma fatia de pão de forma na torradeira.

Esse jovem era Peter Parker, o atual e único Homem-Aranha. Ele, apressado, procurava seu uniforme, onde o encontra no chão, e logo o cheira, que se arrepende de ter feito o ato.

Com sua torrada pronta, o jovem herói a puxa com suas teias; que a come logo em seguida. E, com a torrada em sua boca, vestia seu uniforme apressadamente, prontamente terminando de se vestir.

Antes de sair, o Parker olha em volta para ver se não se esqueceu de nada, mas logo é surpreendido por uma carta. Essa carta era destinada ao Parker, porém, na parte frontal da carta estava escrito: "Pague suas contas!", deixando o jovem pensativo.

Pagar as contas ou ajudar os policiais? Essa era a questão. Mas seus pensamentos são interrompidos novamente por seu celular:

"SWAT 10-84 na Times Square. Unidades a postos, maavaliar caminho."

E com uma certa distância, o herói pulou da janela e assim foi se balançando até chegar no local do ataque, Times Square.

Mas no meio do caminho, seu chefe, J.J. Jameson, o liga:

- Alô?

- Parker? Cadê você? Temos que executar a demonstração pelo menos uma vez antes que o conselho chegue.

- Hã? Sim...Sim. Desculpa. Cuidando de um assunto pessoal. Eu vou chegar logo. Prometo. - Agora o garoto aracnídeo estava engrenado e atrasado, então era preciso se apressar. -  Ai... Melhor terminar isso logo e voltar pro meu trabalho REAL.

Logo, o herói chega até o local, onde o mesmo se encosta em um prédio e observa o que estava acontecendo.

No centro da Times Square possuía um grupo de policiais se protegendo de tiros atrás de seus carros. Uma gangue atirava nos carros da polícia, onde o, aparentemente, líder faz um gesto com sua mão para que todos parassem de atirar, o que foi feito.

- Tragam o caminhão. - Ordenou o tal líder pelo seu comunicador.

Alguns segundos depois, um grande caminhão apareceu e chocou-se com os carros policiais; com a batida, a carga desse caminhão cai sob o chão, assim explodindo o local.

Com os policiais detidos, os bandidos os pressionam, e com o líder à frente, miram na cabeça dos oficiais. Porém, os capangas que ficaram á trás, perderam suas armas pelo Homem-Aranha, que as roubou com suas teias.

- Bom dia, galera! Prontos para uma dose fresquinha de sofrimento diário? - Brincou o Cabeça de Teia.

- Atrás dele! - Ordenou o líder.

Com os bandidos furiosos, o aranha é obrigado a os enfrentar; então foi feito, alguns deles atiravam eu outros tentavam o atacar usando suas mãos.

O Parker então os ataca sem muito esforço, usando chutes e socos, utilizando suas teias em alguns momentos.

Logo, o Aranha é surpreendido por uma explosão ocorrida à dois quarteirões da Times Square, então, curioso, o nosso herói vai investigar.

Para acabar logo com isso, o Parker prende o restante dos bandidos com suas teias e logo vai de encontro com a explosão.

Para chegar rápido, o Aranha se balança com suas teias até lá, onde encontra vários homens atirando em sua direção, que o mesmo atirou teias nas armas e logo se apoiou atrás de uma grande carro, encontrando um policial já conhecido pelo teioso.

- O que tá acontecendo?

- Alguns assaltantes estão tentando roubar algo do Wilson Fisk, não conseguimos entrar lá; acha que consegue?

- Deixa comigo!

Então, o Aranha se infiltra na Torre e encontra diversos bandidos atirando em sua direção.

- Atirem nele! - Gritou um dos inimigos naquele local.

Com o Aranha na mira, um tiroteio é começado contra o herói ali, onde desviava de todas as balas, algumas apenas o cortavam levemente.

Logo, o Cabeça de Teia começa a enfrentar seus inimigos com socos, chutes e teias; que depois de alguns minutos conseguiu derrotar todos dentro daquela sala.

- Qual é pessoal, estão me devendo uma roupa nova, em? - Brincou o Aranha.

Com seu sentido aranha, foi possível sentir que ouve uma grande explosão à alguns andardes a cima, além do barulho ser estrondosamente alto.

- Tsc... Eu não tenho descanso mesmo, mas calos acabar logo com isso...

O Aranha entra em um elevador quebrado que estava ali, e então ele abre um alçapão que havia no teto do pequeno cómodo. Então, o teioso escala as paredes do elevador ate chegar no local desejado.

Então, o nosso herói entra na sala uma espécie de "voadora" em um dos bandidos.

- Rápido, matem ele! - Gritou um homem com uma carapaça na cabeça, estilo crânio esquelético, coletes à prova de balas e algumas manchas brancas que formavam um "X" m seu peito.

- Sério isso? Ninguém do seu grupinho gosta de mim?

Todos começaram a atirar contra o Aranha, que desviava das balas e avançava a cada passo, onde é surpreendido por um golpe á sua esquerda.

O tal homem mascarado estava usando uma espécie de "manopla", que consistia em um metal resistente o suficiente, junto com algumas mecânicas implantadas nela.

O Parker se assusta, pois seu sentido aranha não o alertou sobre o ataque repentino que o deixou no chão.

Rapidamente, ele se levanta e usa suas teias nos braços do seu oponente, que as rasga com uma extrema facilidade; então, com um grande salto, o Aranha puxa as pernas do mascarado e o faz cair no chão, assim o prendendo com suas teias.

- Fica aí! - Ordenou o herói, que estava já "furioso".

Então, o Homem-Aranha começa a atacar o restante dos bandidos ate não sobrar nenhum. E logo após isso, ele corre até a sala do Wilson Fisk, dono da Torre Fisk, para ver se não se feriu.

- Sr.Fisk! - O herói chega ofegante e com alguns cortes no corpo.

- Obrigado Homem-Aranha, não sei como te agradecer... - O tom irónico era perceptível em sua voz. - Pode ir agora, deixe que as autoridades cuidem dos assaltantes.

O Aranha, desconfiado, confirma com a cabeça e sai do prédio, esperando que nada de pior aconteça....


Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...