História Spiritual World - Jikook, TaeYoonSeok, Namjin - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Blackpink, Got7, Jk Top, Jm Bottom
Visualizações 76
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pulsh: BROTAE COM MAIS UM CAP NOVO AAEEE ''mas Polly, pq vc mudou de nome?'' simples, pq eu quiz, agora meu nome no Spirit vai ser Pulsh :3 fiquem com o cap '3'

Capítulo 12 - Yin Yang


P.O.V Jimin

 

Assim que passamos pelo portal um barulho de explosão foi ouvido antes dele se fechar, saímos e percebemos que estávamos em um bosque, olhamos ao redor e avistamos uma torre que provavelmente seria a do castelo Yin Yang, Yoongi usou sua velocidade e começou a correm em direção a torre, Mark, JungKook, Bambam e J-Hope foram voando já que ambos tinham asas, eu fui voando também porque uma das minhas habilidades é voar sem precisar de asas. Nam, Jin e Tae tiveram que pega uma carona com Mark, J-Hope e Bambam porque eles eram os únicos que não possuíam asas ou super  velocidade. Lisa, Jisoo e Youngjae também não tinham mas foram correndo mesmo, Lisa vem uma poção de velocidade, ela ofereceu pro Nam, Jin e Tae, mas eles recusaram.

 

Chegamos e paramos no grande portão, no topo tinha o símbolo do Yin Yang, eu conseguia sentir uma magia muito forte e poderosa vindo de dentro, com certeza era mais forte do que todas as magias que já senti.

 

- Como fazemos pra entrar? – pergunta Jisoo, Mark, Hoseok e Bambam deixam Nam, Jin e Tae no chão.

 

- Não sei, não podemos entrar sem permissão e não tem nenhum guarda real do lado de fora – Mark fala preocupado.

 

- Ô RAINHAS, PODEM ABRIR AQUI PRA GENTE?! –Lisa grita assustando todos.

 

- Pronto, agora elas não vão deixar mesmo a gente entrar – quando Youngjae termina de fala uma voz feminina se vez presente no local.

 

- Quem são vocês? – a voz perguntou, não conseguíamos ver de quem era, mas essa voz era calma, doce e fina.

 

- Nós somos do reino vizinho, estamos fugindo do Rei que quer nos matar e pensamos que aqui seria um lugar seguro pra se esconder - Jin explica.

 

- Uhum... Podem entrar, não parece que estar mentindo e acho que vocês não estão aqui pra fazer mal – já era uma voz diferente, continua sendo feminina, mas essa era um pouco mais grave e menos delicada. Os portões se abrem nos dando passagem para entrar, entramos e eles se fecham. Começamos a caminhas em direção ao trono.

 

- Sejam bem-vindos – a mesma voz feminina e doce fala, dessa vez vindo de trás de nós, viramos pra trás e nos deparamos com duas meninas, elas eram baixinhas, pareciam duas crianças, uma tinham seus cabelos totalmente brancos e longos, seu rosto era mais delicado, a cor dos seus olhos eram pretos, usava um vestido também branco que chegavam na metade da sua coxa e de mangas longas, ela usava uma coroa de rainha dourada. A outra tinha cabelos curto e negros, seu rosto já não era tão delicado, a cor de seus olhos eram um cinza claro, usava um short preto e uma camisa de manga comprida também preta com uma cavera no meio, sua coroa era de rei prateada. São as rainhas, nos curvamos.

 

- Obrigado por nos deixar ficar aqui majestades - agradeço.

 

- Por favor, não sejam tão formal assim, eu sou a Yang e essa é minha marida Yin – a de branco se apresenta – eu tenho o poder da vida e do bem, já ela tem o poder da morte e do mal, sem o bem nunca existiria o mal e sem o mal nunca existiria o bem, por isso se uma de nós morrer o mundo pode acabar de uma maneira trágica.

 

- Desculpa pela pergunta, mas porque vocês parecem duas crianças? – Tae pergunta.

 

- Por que nós somos imortais, só envelhecemos corporalmente até essa idade mas temos mais de mil anos – Yin explica da maneira mais simples possível – porque estão fugindo do rei do reino vizinho? Na verdade, porque ele que matar vocês?

 

- Deve ter ficado sabendo que o rei matou todo o clã das raposas espirituais – Jin explica, elas afirmam – mas não sei como sobrou um sobrevivente – aponta pra mim – ele descobriu e também ficou sabendo que estamos junto com ele e agora esta nos caçando para nos matar.

 

- Eu percebi que ele é do clã da raposas – Yang se aproxima de mim – vocês por acaso lembra do seu passado ou dos seus pais?

 

- Não, eu não me lembro de nada dos meus dez anos pra baixo, só lembro-me dos meus dez anos pra cima quando eu estava no meu orfanato – digo cabisbaixo, queria muito saber quem são ou eram meus pais biológicos.

 

- Hm, estranho, podem ficar aqui por um tempo, mas vocês precisam treinar e enfrentar o rei, devem derrota-lo, não podem ficar fugindo pra sempre – Yin fala e vai em direção a JungKook – JungKook, você deve derrotar seu pais e assumir o trono, e você Jimin – vem em minha direção – você tem que continuar a linhagem do seu clã.

 

- Mas como? Ele é um homem, não possui útero e sem fala que pra ser uma raposa espiritual completa é necessário ter um da mesma espécie – Nam se pronuncia.

 

- Jimin é diferente, é um tipo raro, ele possui um útero e pode procriar – Yin fala e eu arregalo os olhos surpreso.

 

- E sobre a raposa por completo, sim, nisso você estar certo – Yang – mas isso quer dizer que ele pode da inicio a uma espécie nova, talvez ate ainda mais forte do que a da raposa espiritual.

 

- Então quer disser que se ele tiver relações com outra espécie pode surgi uma nova ainda mais forte? – Hoseok pergunta e elas afirmam, todos olham maliciosamente pra mim e pra JungKook, coro violentamente e me escondo atrás do mais velho.

 

- Mas Jimin não é o único homem aqui que tem útero e pode da inicio a uma espécie nova – Yang avisa e todos ficaram surpresos – Mark, Taehyung, Bambam, Jin, Youngjae e Yoongi, vocês também possuem úteros – todos arregalamos os olhos.

 

- Genteee, tô chocada – lisa fala colocando a mão na boca.

 

- Aleluia, ainda bem que eu não tenho porque se não eu ia ter que ser passivo – JungKook se ajoelha no chão agradecendo a Deus.

 

- EU POSSO DA A LUIZ A UM SER DO MEU SANGUE, OBRIGADA DEUS -  Tae comemora e Yoongi estava do seu lado com uma cara emburrada, acho que ele não gostou de ser o passivo rs, Jin estava chorando de felicidade por poder engravida, ele me contou que o sonho dele era ter um filho e agora ele vai poder realiza-lo, Namjoon o abraça. JungKook me abraça por trás e me da um beijo no pescoço.

 

- Então quer dizer que meu Chimcim pode ter um filho meu?

 

- E quem disse que vai ser você o pai da minha criança? – o provoco me virando pro mesmo e passando meus braços em volta do seu pescoço.

 

- Vai ser eu porque você é meu e de mais ninguém – ele sorrir mostrando aquele dentinhos de coelho, retribuo o sorriso e ele sela nossos lábios.


Notas Finais


Pulsh: espero que tenham gostado, obrigada pelos 60 favoritos, quando chegar em 100 pretendo fazer um especial, até o próximo capítulo, beijos no popotão grandão, bye bye~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...