História Spotters: Um Mundo Mágico - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Kentin, Lysandre, Melody, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais
Tags Amor Doce, Magia, Magica, Mistico, Personagens Originais
Visualizações 139
Palavras 2.261
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drabble, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Welcome - Part 1


Fanfic / Fanfiction Spotters: Um Mundo Mágico - Capítulo 2 - Welcome - Part 1

Assim que eu passei por esse portal foi menos pesado que o último, que bom. Megan me explicou que é só pelo fato do último a gente ter ido para outro mundo... Outro mundo, tá.

- Outro mundo? - Ela assentiu como se eu fosse idiota - Tipo outra Terra?

- Mas pelo fato de não ser governado por ninguém especificamente, sabe é separado por espécie e o fato da gente poder estar aqui é incrível - Espécie? Eu tô muito confusa - Nas aulas você vai entender melhor - ela coçou a nuca constrangida.

A escola é imensa, além de ter mais dois prédios ao fundo, provavelmente os dormitórios; detalhe que minha irmã esqueceu de dizer que aqui era um internato. Mas o fato de eu ter que pegar um portal todo dia seria assustador, a ideia de internato, não é tãoooo ruim assim, só ruim mesmo. Aparentemente os alunos do terceiro ano tem direito a um quarto solo, mas também podem ficar em um quarto em dupla, Megan resolveu que a gente ia ficar juntas, por mim tanto faz.

O campus da escola já estava cheio de alunos, parece que a gente foi os atrasados. Por onde a gente passava muitos novatos estavam brincando com as árvores trocando-as de estação ou simplesmente tacando blocos de neve no meio do caminho, eu estava fascinada era tudo tão lindo e mágico - que irônico - me sentia como estivesse chapada, só que melhor.

- Você ainda precisa checar algumas coisas na sua fixa que está faltando, mas são coisas banais - Ela sorriu tentando me tranquilizar, eu juro que se eu não for aceita nessa escola vou soltar os mais terríveis pesadelos e tacar o máximo de pessoas dentro dos meus portais - Se quiser eu posso ir com você ir ver o Nathaniel - Ergui a minha sobrancelha confusa - Ele é o representante do grêmio que arruma as fichas - Assenti - Acho que só.

Chegamos nos dois prédios que eram os dormitórios, em um tom pastel com janelas de madeira bem rústicas e dando um ar de casa de filme de terror, esses dormitórios foram recém pintados mas era estranho. Aparentemente só alguns quartos possuíam varanda e até que é bem grande esse lugar - no total 5 andares - Megan me arrastou para uma lista que estava pendurada na porta principal.

- Esse ano eu mudei de andar... Mas estamos no mesmo quarto, como te disse...

Megan continuou a falar, mas a única coisa que eu conseguia fazer era olhar para o gostosão que está encostado em um tronco de árvore, meu deus do céu, o povinho daqui só tem cabelo colorido, acho que eu notei ele mais pelo cabelo vermelho que ele tem, parecia aqueles alvos de arco e flecha. Ele está todo trabalhado no estilo punk e rock, mas está olhando a Meg e eu pude notar aquele sorrisinho de canto. Não irei shippar, me recuso.

- MED! - Ela estalou os dedos na minha cara.

- Quem é o guri que tá te encarando? - De início a sua cara foi de confusão até olhar para o lado e se deparar com o Alvo à olhando, ela acenou animada para ele... Que corou. NÃO VOU SHIPPAR, ME RECUSO.

- É o Castiel, vem vamos cumprimentá-lo - Não pude nem expressar minha opinião e ela já estava me arrastando para perto do guri trabalhado nas trevas.

Mas não contentando em ter só ele de bonito apareceu um ser, UM SER, que fez a cara de confusa mais bonita da minha vida mano, a carinha dele é muito linda. Ele tinha aqueles olhos de cores diferentes que eu esqueci o nome de como se chama, mas era muito lindo, o esquerdo é num verde maconha lindo e o outro era castanho... Castanho, lindo demais esse homem... Sem falar no cabelo, tenho tara por cabelo de homem, é num estilo maior diferentão tacado numa franja que sei lá como explicar, todo trabalhado no cabelo platinado com as pontas negras. Roupas vitorianas são meu novo tesão também, senhor ele é meu novo tesão.

Megan estava falando com o alvo mas eu só sabia encarar o bonitão que tinha todo aquele olhar misterioso.

- Med! - Megan me deu o maior pisão no pé que eu quis matar ela, só dei aquela encarada mortal, minha irmã pode ser toda fofa mas o olhar mortal dela é sinistro.

- Rabugenta do caralho - Resmunguei encarando meu pé - Ahhhh.... - Entendi, tenho que me apresentar - Sou Med, se me chamar de Medison te meto a porrada - Não é pelo fato do povo ser bonito que eu trato bem, sério se me chamar de Medison tem maior barraco. Estendi minha mão para o projeto de Batman.

- Castiel... - Gostei desse ar de indiferença diante da minha pessoa, JÁ minha irmã é outro assunto, né? Quando fui cumprimentá-lo a mão do ser estava quente de um jeito que eu me segurei muito para não xingar, sério eu me afastei na hora, filho da puta! Parece um forno de tão quente. Ele abriu novamente o sorriso de canto. Vou quebrar a cara dele.

- Lysandre - O meu novo tesão disse me cumprimentando com um aceno de cabeça, poxa iludida eu, pensando que nós já ia se pegar. Mas o nome combina muito com o jeito misterioso e BELO dele, é muita beleza nessa escola, só faltava eu mesmo.

- Legal seu nome - Ele sorriu, ele... ESSE SORRISO, MOLHADA ESTOU. Sério subiu um fogo... Vamos com calma Med, calma. Nem estava querendo nós dois na cama, nem estava.

- Enfim vamos indo, você ainda tem muita coisa para fazer - Revirei os olhos, odeio ficar trocando de escola - Sim é um saco mudar de escola, vamos. Tchau Castiel, Lysandre - Megan me pegou pelos ombros enquanto me levava.

- Tchau vocês dois - acenei já de costas.

Só pude ouvir bem baixinho a voz do Lysandre, quase como se ele tivesse sussurrando no meu ouvido. Sério como alguém pode ter uma voz tão linda?.

Finalmente entramos no dormitório, que por sinal tinha a entrada com um pequeno hall como se fosse um hotel. Tinha uma professora que parecia que estava naqueles dias entregando as chaves para as alunas, de pessoa chata já tem eu, agora uma professora.

- Olá, professora. Delanay - Megan tentou sorrir o mais amigável possível, a mulher de cabelos curtos e castanho a encarou como se fosse uma barata e quis-se pisar nela.

- Megan Styles - Minha irmã abriu o sorriso - E sua irmã gêmea, vi sua ficha, espero com o que você tenha de nota tenha de disciplina - Assenti, tô vendo que vou ter que fazer a minha melhor poker face na aula dela - Quarto?.

- É o 82 - Olhei assustada para minha irmã. Tipo eu sabia que aqui era grande mas não tanto.

Assim que a professora deu a chave para a Megan a mesma já saiu correndo em direção ao elevador, isso mesmo elevador na porra de um dormitório, nunca mais vou xingar a beleza exterior de um prédio, nunca mais.

Mas o hall é bonito para porra, todo cheio dos sofás e das artes conceituais, que eu pessoa ignorante que não sabe nada sobre arte não me lembro o nome dos artistas, mas é muito bonito os quadros.

O elevador não era dos melhores mas só pelo fato de ter elevador ganha uma porrada de estrelas, mas eu também pude notar a escada do outro lado do hall, e ainda a escada de emergência, faz sentido porque deve ser maior caos aqui de manhã.

Fomos para o quinto andar, e a Megan me explicou que cada andar ficar uma turma, ela é do 3B ou seja fica com a cobertura, porém quando lota em alguns anos o 3A vem para o quinto, ou o 3A tem que lidar com o segundo ano, que por sinal aconteceu com a Meg, eu ri muito da cara dela de derrotada por ter acontecido isso.

O quinto andar está com bastante gente e a maioria virou para ver quem tinha chegado. Uma garota de cabelos ruivos embutido numa trança pulou na Meg, a mesma estava toda animada com a garota. Apenas peguei a chave da mão da minha irmã e continuei a procurar o quarto, que é um dos últimos.

- Então você é a irmã da Megan? - uma garota bem mais alta que eu perguntou, o estilo dela era algo que eu não sabia decifrar, mas linda é apelido para ela, e demais. O cabelo chanel preto junto com a pele negra e os olhos verdes eram incríveis, gente dá onde tá saindo esse povo bonito?.

- Sim... Med, prazer - Tentei ser simpática até porque ela parecia ser legal... Eu só tive essa sensação com o Kentin, nova melhor amiga?, talvez, não vou me iludir.

- Seja bem-vinda, guria - ela sorriu mostrando aqueles dentes maravilhosos e bagunçou de leve meu cabelo, ajeitou a boina que estava usando e saiu andando. Tô apaixonada.

Assim que eu parei de pensar o quão maravilhosa é aquela garota voltei a focar em abrir a porta.

O quarto, o que dizer desse ambiente que eu mal conheci e já considero pacas? Eu só taquei minhas malas no chão, tirei o tênis e taquei na cama que eu chamei automaticamente de minha e tentei dormir.

Terceira pessoa

Megan assim que terminou de cumprimentar todas as garotas que estavam a rodeando, que até que não eram tantas. Voltou ao foco principal que era dar a recepção mais calorosa possível para a sua irmã, mas percebeu que falhou assim que percebeu que ela já tinha entrado no quarto de ambas, a garota pediu para que sua irmã não estivesse brava com ela, mas esse não é o estilo de Med, nem sabe porque isso passou por sua cabeça.

"Tenho que parar de pensar tanto" - a garota de longos cabelos castanho pensou frustrada consigo mesma.

Assim que entrou no quarto se deparou com sua irmã dormindo na cama, suspirou. Olhou atentamente seu novo quarto curiosa, é extremamente semelhante com o seu do ano passado, duas cômodas de madeira rústicas, são móveis antigos mas com aspectos de novos, do mesmo jeito como duas camas no mesmo tom de madeira. A única coisa de diferente era a cor do quarto, num cinza claro agradável com linhas brancas desenhadas. O quarto era normal como qualquer outro.

A irmã mais velha voltou a olhar para a mais nova dormindo, encarou as malas e logo resolveu deixar tudo guardado na cômoda de sua irmã. Ela devia estar cansada mesmo, a hora que saímos era seis da manhã e aqui em Hosts era cinco horas AM, a garota não pensaria que iria demorar tanto para o portal abrir para Spotters.

As aulas iriam começar somente as sete da manhã, ela teria ainda muito tempo para arrumar a cômoda, mas do jeito que sua irmã trouxe tantas roupas ainda iria faltar mais que a metade. Já no ano passado ela já tinha colocado alguma de suas roupas no quarto novo, porém eles o mudaram por completo e infelizmente não pode ficar com a chave tendo que receber a recepção calorosa da sua professora de Química.

Desde que encontrou sua irmã tem estudado seu comportamento, fazendo o possível para agrada-la e tornando a experiência o mais agradável possível para ela. Os poderes da Med tem influência sobre sua personalidade desde a deixando apática, até depressiva ou extremamente agressiva e rude, Med era uma bomba relógio e por incrível que pareça hoje ela estava em um dos raros dias que são os de bom humor, que são bem raros. Por conta dessas mudanças de humor, normalmente ela fica indiferente e não quer se comunicar com as pessoas, o que é bem perigoso caso for um dia de lua cheia. Dias de lua cheia são perigosos pois despertam o nosso potencial de poder, muitos podem simplesmente desligarem a humanidade dentro de si e agir sem qualquer tipo de controle, e por isso é extremante perigoso, no caso de Megan seus olhos mudam de cor até um branco semelhante à uma pérola, a mesma ainda tem muitas dúvidas sobre seus olhos e os vários livros que a biblioteca tem; poucos os que falam sobre olhos perolados.

A garota se assustou com a batida repentina em sua porta. Assim que se virou deu de cara com um Rosalya furiosa, a gêmea sorriu constrangida.

- 10 minutos antes você me manda uma mensagem avisando sobre a existência de uma irmã gêmea misteriosa, que por sinal é uma deusa da maquiagem e tem um bom gosto incrível para roupa. 10 minutos Megan - A platinada olhava para suas unhas com desdém.

- Eu ia de falar antes, mas eu sempre esquecia ou não achava tão relevante falar - Rosalya queria virar um tapa em sua melhor amiga, a pegou pelo braço e à levou para fora do quarto para não acordar a irmã de sua amiga.

- Te mataria se não curasse tudo o que eu toco - A garota de roupas vitorianas continuava a olhar com desdém - Mas enfim... Amei ela.

Megan tomou um susto, mas logo lembrou do dia de bom humor de sua irmã.

- Que bom... Ela é incrível mesmo - Rosalya apertou as bochechas coradas de sua amiga, ela fica tão fofa a falar de sua irmã.

- O poder dela é parecido com o seu? - Megan assentiu - Interessante 


Notas Finais


Beijos da User ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...