História Spring Rain - Imagine Jr - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias NU'EST, Wanna One
Personagens Aron, Baekho, Daehwi, Guanlin, Jihoon, Jinyoung, Jisung, Jr, Kang Daniel, Minhyun, Minhyun, Ren, Seongwoo
Tags Aron, Badboy, Baekho, Fluffy, Imagine, Interativa, Jonghyun, Jr Royal, Minhyun, Namorados, Nu'est, Produce, Produce 101, Ren, Romance, Triângulo Amoroso, Wanna One
Visualizações 167
Palavras 1.641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Crossover, Ecchi, Ficção Adolescente, Fluffy, Harem, Hentai, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Self Inserction, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vocês tem alguma sugestão ou ideia para colocar na fanfic? Não deixe de falar se caso você tiver desejo de ver algo aqui! Até porque essa fanfic é um imagine :)
Estou cheia de ideias para colocar nessa fanfic, e vários caps semi-prontos, mas gostaria de saber se vocês tem algo em mente que nunca virão em uma fanfic!
Bem, espero que vocês se divirtam com esse novo cap!
Até logo <3
Boa leitura :3

Capítulo 5 - Jr Wartortle Royal


Fanfic / Fanfiction Spring Rain - Imagine Jr - Capítulo 5 - Jr Wartortle Royal

~S/n~

A aula finalmente acabou.

Para alguém que ficou no gol a aula inteira eu estou um trapo.

Aaah que dor nas costas.

Espreguicei minhas costas e depois coloquei minhas mãos nos joelhos, para dar uma relaxada.

Bem, essa posição não é muito adequada porque...

-Que traseiro em S/n!

Me virei para trás, alguns garotos estavam saindo pelo portão, entre eles Jr e Minhyun.

Aaaaaaaaaaaah que vergonha!

-S-seus t-tarados!

Eles riram e depois foram para o vestiário.

Chamem o bombeiro, porque eu estou pegando fogo.

Fui para o vestiário feminino, tomei um banho e coloquei meu uniforme de novo. Saindo do vestiário, tinha alguns garotos saindo do vestiário masculino, eu nem conheço eles, mas parece que eles me conhecem, eles me encararam, se entre olhararam, riram e depois começaram a encenar o tapa que dei no Jr, eles precisam mesmo me lembrar disso?

-Toma seu traste. -Tentou imitar minha voz.

-Aah s/n isso dói! -Soou triste. Nem aconteceu assim.

-Me desculpe meu amor. -Fingiu chorar.

Que merda é essa? Isso é constrangedor.

-S/n me desculpe, eu sou um idiota encrenqueiro, e-eu te amo.

Fingiram se beijar, com a mão de um deles tampando , estão enrolados, quase caindo, ah que cena é essa.

Virei a maior pimenta que você verá na vida.

Acho que vou desmaiar, Aah...  Me abanei, para me acalmar.  Aaaah! Tem mais pessoas vendo isso!  Virei meu rosto, e coloquei minhas mãos em meu rosto.

-Parem com isso seus palermas! -Ouvi a voz de Jr, que acabara de dar um tapa na cabeça de cada um deles.

Senti algo pegar em meu braço, e vi Haknyeon.

-Vamos sair daqui s/n.

-Hm? Está bem.

Olhei para trás e vi Jr quase batendo nos dois garotos, seus amigos estavam com ele, inclusive o colírio dos meus olhos, Minhyun ♡

Fomos para o refeitório, direto para a máquina de refrigerantes. Coloquei algumas moedas, e peguei o refrigerante que eu quero, Haknyeon fez o mesmo, e nos sentamos no banco de madeira que tinha do lado da máquina.

Tomei um longo gole.

-Você precisava disso, tava quase desmaiando de vergonha -Riu.

-Não seja cúmplice daquela piada, você não pode rir da sua amiga, e aliás a briga era sua!

Haknyeon riu.

-Calma esquentadinha, tô rindo da sua timidez.

-Bom mesmo.

-E a briga foi o Jr que começou.

-Como aconteceu?

Haknyeon tomou um gole bem longo, e eu fiz o mesmo, tínhamos que terminar rápido pois já ia bater o sinal para todos irem embora.

-Ele jogou uma maçã na minha cabeça.

Não aguentei, isso é hilário de se imaginar, ri igual uma foca morrendo.

-Yaah! Isso não é engraçado s/n!

-É sim! -Terminei o refrigerante em um último gole

-Aishh -Insunou jogar seu refrigerante em mim.

Quase infartei.

-Aaaah! -Amacei a latinha, parecendo uma maçã comida -Seu louco, não me mate de susto! -Terminei de amassar a latinha na cabeça dele.

-Minha cabeça tá sendo um bom alvo hoje. -Passou a mão no local. -Você é muito violenta.

-Eu sei. -Suspirei.

-Ouvi que você pegou detenção, e vai ficar com o Jr por mais de uma hora.

-É tudo culpa daquele garoto da sala dele.

-Haechan foi bem escandaloso.

Olhou para mim e...ah não...ele não iria...

-Olha o novo casalsinho da escooooola~

-Haknyeon eu vou te bater!

Ele riu mais e mais até que parou.

-Calma.

-Te pego na saída...-Apontei para ele, e insinuei cortar a cabeça dele com meu dedo.

-Que saída? Aah lembrei, você não poderá sair agora, porque a senhorita está de detenção!

Esse porco quer virar Bacon?

Ele começou a rir sem parar.

-Estou brincando s/n, vamos para a sala pegar nossas bolsas, eu te acompanho até a detenção. -Haknyeon era chato as vezes, mas ainda era meu porquinho fofinho.

Nos levantamos e fomos. No corredor, vimos Jr e sua gangue de encrenqueiros. Quando passou por nós, Jr esbarrou em Haknyeon de propósito.

-Tá cego pirralho?

Chegava a ser engraçado ouvir isso, Haknyeon e Jr tem a mesma idade, mas a diferença de altura é grande.

-O que você tem contra mim, seu marginal? -Haknyeon já sabia que era melhor não brigar com Jr, então estava calmo.

Jr riu, e deu um tapa na testa de Haknyeon, se eu pudesse eu pegava uma mesa e jogava nele, aaah que raiva dele. Puxei o braço de Haknyeon e fomos para nossa sala.

-Aah eu vou bater nele.

-Eu ajudo.

Suspiramos, ver Jr levando uns tapas seria tão bom. Pegamos nossas bolsas. Caminhamos lentamente até a sala de detenção, eu nem sabia que tinha uma.

-E quantas vezes você ficou de castigo?

-Umas duas ou três.

-Aishh seu pedacinho de mal caminho.

Haknyeon deu de ombros.

-Fazer o que. -Sorriu. -Não precisa ficar tensa, eles nunca tem mais de um ou dois alunos lá, e é com a professora olhuda.

Olhuda era o apelido da professora de biologia, os olhos dela eram um pouco saltados de seu rosto, por isso o apelido, mas ela era como um vegetal, não se movia, e mal dava aula, já pegamos ela dormindo com um livro sobre cogumelos em mãos.

-O desafio vai ser o Jr...esse nome já está me dando nos nervos.

-Podíamos dar um apelido a ele s/n.

-Apelido? O que você sugere?

-Algo que se pareça com ele... que tal wartortle?

-Wartortle? O pokemon?

-Sim, os dois se parecem bastante.

-Você é ruinzinho com apelidos, mas tudo bem.

Chegamos a sala de detenção, a professora olhuda já estava dormindo com a cara enfiada no livro. Jr já estava lá, levando bronca do professor de educação física.

-Cuide-se para não voltar sem cabelo s/n.

-Aigoo...Tchau Hak, tente por um pouco de gelo no olho.

Ele saio correndo, indo descer as escadas, antes me dando um último aceno de mão e um sorrisinho fofo, olhei para dentro da sala.

Pude ouvir Jr levando bronca.

-...Você não achou que os professores são todos lerdos né? -Olhou para a professora -Nem todos são como a professora de Biologia senhor Royal.

-Eu não entendo porque estou aqui, não bastava tirar alguns pontos da minha nota?

-Se fosse fácil assim, nem nota você teria.

-...

-Olhe Jr, apenas faça o que pedi, logo depois você irá poder sair, não é mais fácil?

-Eu não quero escrever nada!

-Você já viu a mãe de Haknyeon com raiva? Pelo visto acho que não se...

-Óbvio que não, isso não tem nada a ver.

-Se você não fizer um pedido de desculpas, a mãe dele irá querer tirar satisfação, só que não será comigo,  porque irei pegar minha pipoquinha e ver ela dar uma bofetada em seu olho -Ele insinuou batendo forte em sua mão.

Eu também adoraria ver, iria pegar um refrigerante e uma câmera para filmar tudinho.

-O tapa que você levou hoje não seria nada, quando visse a cara de raiva da mãe do garoto, enfim senta aí e faz logo. -Ele deu um pequeno empurrão em Jr, para que ele se sentasse na carteira.

Ele olhou para mim, um arrepio passou por todo meu corpo.

-Vai ficar aí como um poste, ou se juntar para a festinha particular do Jr e da professora cogumelo senhorita s/n?

Professora cogumelo? Essa é nova, até ele zoa a professora olhuda.

-Me desculpe.

Fui me sentar perto da saída.

-S/n é aqui na frente.

-Qual a diferença?

-A professora não poderá te ver daí.

-Dormindo obviamente não -Jr falou entendiado e eu ri.

Olhei para a professora, já estava babando, como ela ainda não tinha perdido seu emprego?

-S/n! -Ele bateu a mão com tudo na mesa, voltando minha atenção.

Me mata mesmo do coração velho chato.

-Tá bem. -Falei calma, mas minha vontade é de arrancar meus cabelos.

Sentei e olhei brava para Jr, que desviou o olhar depois de franzir seu cenho.

-Quero também que vocês façam as pazes.

-Eu não compactuo com pessoas idiotas. -Vou enforcar ele, fala sério.

-Pois bem, irei deixar a porta trancada, a professora não irá se importar -Ele olhou para a professora, que ainda dormia, e deu um longo suspiro. -Jr não importune a s/n, e você não esmurre ele, é isso, se comportem e tentem não se matar.

O professor saiu da sala quase correndo, ouvi o som da porta fechar com força e ser trancada as presas.

Acho melhor eu dorm...

Senti um puxão no meu cabelo.

-O que você tá fazendo?! -Como essa cobra pode fazer isso com uma tartaruguinha indefesa como eu?

-Se você dormir eu corto seu cabelo, não me deixe com ela.

Olhamos para a professora, uma mosca acaba de grudar em sua baba, e logo entrando em sua boca.

Meu Deus que professora horrível.

-Aishh eu quero dormir, você é chato demais, aguenta ela aí.

Quando cruzei meus braços e ia encostar minha cabeça, Jr puxou meu braço fazendo eu bater a cabeça na mesa.

Aigoo que dor~

Quase que saiam lágrimas de meus olhos, minha testa ficou vermelha na hora, passei minha mão no local.

Jr ainda segurava meu braço.

-Vai ficar aí segurando meu braço até quando idiota?!

Ele jogou meu braço.

-Só...Não me deixe com uma planta dessas...Por favor...-Seu rosto ficou vermelhinho e olhou para a janela com a mão apoiando seu queixo.

Estou ficando louca ou Jr, o wartortle Badboy ficou com vergonha?... Até que ele é bem bonitinho quando não está tentando bater nos outros...espera, como? Oi? Eu estou bem?

Passei a mão na testa. Será que estou doente?  Olhei de novo para ele, agora ele me encarava.

Aah ele é mesmo bonitinho, não é minha mente.

Como posso pensar nele assim?Ele fez eu e o porquinho virarmos piada na escola, aposto que até Minhyun já ouviu as piadinhas...

Eu não vou ficar pensando nele.

Virei meu rosto para ele, fazendo uma careta.

Agora definitivamente irei olhar somente para frente, agora vou esquecer totalmente que Jr wartortle Royal existe.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Não esqueçam de comentar, isso me ajuda muito!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...