História Stages Of Love - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Black Pink, F(x), Got7, HyunA, I.O.I, Jay Park, TWICE
Personagens Amber Liu, BamBam, Chaeyoung, Dahyun, HyunA, Jackson, Jay Park, JB, Jennie, Jeon So-mi, Jihyo, Jinyoung, Jisoo, Jungyeon, Krystal Jung, Lisa, Luna Parker, Mark, Mina, Momo, Nayeon, Rosé, Sana, Sulli Choi, Tzuyu, Victoria Song, Youngjae, Yugyeom
Tags Chaelisa, Dahmo, Jensoo, Jeongsa, Mitzu, Nachaeng, Sahyo
Visualizações 104
Palavras 1.076
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee galeraaa, desculpa pela demora, eu estava cheia de trabalhos e ainda tô cheia de trabalhos mas voltei rapidamente para soltar esse capítulo espero que gostem♡

Capítulo 4 - Capítulo 4


Fanfic / Fanfiction Stages Of Love - Capítulo 4 - Capítulo 4

Dias.

Havia se passado especificamente 3 dias após aquele ocorrido na sala de música, Sana não tinha a menor noção de quem poderia ser.

Pensou em Momo mas sua amiga não sabia tocar piano, pensou em Nayeon mas a mesma tinha ido embora, cogitou até em ser Chaeyoung ou Tzuyu mas não teria lógica já que as duas não gostavam de ficar depois da aula.

Sana estava na sua cadeira que fica encostada na cadeira de Momo, estava pensativa e até demais e enquanto Momo copiava a lição, Sana estava inquieta.

- Sana você entendeu esse assunto? Eu tô perdida...- Momo estava confusa com a matéria de biologia e Sana apenas sorriu.

- Vou te explicar....

Intervalo

- Porcaria! - Jeongyeon chutava a máquina violentamente. - Engoliu meu dinheiro e nada do meu salgadinho! 

- Caralho Jeongyeon dá pra parar, tá todo mundo olhando. - Jay repreendeu a garota.

- Só paro quando meu salgadinho tiver na minha mão. - a Yoo continuou chutando.

Ali de perto Sana escutava as reclamações de Jeongyeon, era engraçado e até queria poder imaginar a cena. A japonesa não conhecia muito sobre a Yoo mas só sabia que andava com a Sulli mas como a garota nunca fez nada para si, não criou alguma raiva pra japonesa.

- Eu sabia que vocês ia se pegar alguma hora! -  Sana falou e se virou em direção a Momo como se estivesse a encarando. - Eu ganhei a aposta. - Momo revirou os olhos.

- Pera? Vocês apostaram? - Mina perguntou séria. - Malditas!

- Quem são as malditas gente? - Nayeon chegou acompanhada de Jennie.

- Sana e Momo, as duas fizeram uma aposta e Sana ganhou porque ela disse que eu e a Mina íamos se pegar. - Tzuyu resumiu o mais breve possível.

- Elas se pegaram?! Opa opa Momo pode me pagar também! - Jennie sorriu e Sana também.

- Oi? Ah fala sério né! - Mina cruzou os braços e Tzuyu abraçou a garota.

Todas estavam reunidas como sempre, Sulli havia faltado dessa vez, isso significada que a escola estava na paz e que Sana estava em paz por um dia. As aulas voltaram, Sana voltou a pensar na pessoa do piano, lembrava da voz feminina mas as vozes que ouviu hoje não era semelhante aos que ouviu hoje.

Depois da aula

- Quer uma carona Jeong? - Jay perguntou enquanto entrava no carro e a garota negou.

- Eu vou a pé mesmo, preciso ir num lugar aí. - forçou um sorriso e o garoto deu de ombros e foi embora.

Jeongyeon voltou para a escola e andou pelo corredores, indo em direção a aula de música.

- Volto daqui a duas horas como sempre. - Momo avisou e Sana apenas assentiu. - Até depois Saninha! - a Hirai foi embora.

Sana começou a andar passando suas mãos pela parede até achar uma portinha e entrou e suspirou, estava pensando que daqui a dois dias vai ser o pior dia de sua vida.

- Hum...tá vazio, ainda bem...não quero cometer aquilo de novo - Jeongyeon falou assim que entrou na sala, Sana ouviu a voz da mesma garota de três dias atrás.

Jeongyeon sentou no banquinho e começou a tocar as primeiras notas no piano, era mesma música que tocou quando viu aquela menina cantando, ela não esqueceu. Tocava devagar e estava pensando na voz daquela garota e Sana? Não aguentou ficar naquela lugarzinho fechado, saiu que Jeongyeon nem percebeu já que estava focada olhando as teclas e foi então que Sana soltou sua voz fazendo a Yoo parar rapidamente.

- Ei não pare, a maneira que você toca é lindo. - Sana falou e sorriu, a de cabelos curtos ficou com receio mas logo começou a tocar de novo.

Sana sorriu e começou a cantar novamente, a japonesa estava usando seus óculos escuros e sua roupa estava bem passada e a sua voz estava linda, Jeongyeon estava vidrada na garota. Assim que finalizou a música, a Yoo se levantou e sorriu e viu que a garota esticava os braços em busca de apoio e foi quando a mais velha pegou na mão de Sana e a guiou.

Ela deve ser a garota cega. - Jeongyeon pensou rapidamente.

- É isso mesmo que você tá vendo. - a Minatozaki falou assim que sentiu um silêncio imenso.

- Perdão? - Jeongyeon foi retirada de seus pensamentos.

- Eu sou cega, caso não tenha percebido. - Sana usou um tom mais seco.

- Na verdade não vi...quer dizer..não é isso...err - Sana apenas riu. - Não passou isso pela minha cabeça. - Jeongyeon respondeu.

- Okay okay. - Sana sorriu. - O que faz aqui na sala de música garota do piano? - Sana perguntou divertida.

- Tava tocando piano e o que você faz aqui na sala de música garota cantante? - a coreana falou no mesmo tom de Sana.

- Apenas cantando enquanto a garota do piano tocava. - respondeu fazendo a de cabelos curtos sorrir.

Jeongyeon olhava cada detalhe da japonesa, ela era uma pessoa legal e não entendeu o porque de Sulli odiar ela. A Yoo nunca fez questão de querer saber o nome mas sabia que a garota era cega.

- Já sei. - Sana falou. - Nunca viu uma pessoa cega na sua vida.

- Já vi sim, mas nunca socializei com um. - rebateu.

- Pode parecer ousado da minha parte mas...- Sana retirou seus óculos escuros e colocou em cima do piano. - Poderiamos sabe...

- Outra música? - Jeongyeon perguntou e Sana assentiu. - Por mim tudo bem. - as duas sorriram ao mesmo tempo.

E a mais velha sentou no banquinho de novo e começou a tocar uma música mais calma e assim foi durante essas duas horas, as duas integiram e Jeongyeon até arriscou umas notas mais aceleradas no piano.

- Minha amiga deve tá chegando. - Sana comentou enquanto colocava o óculos, as duas estavam na porta pelo lado de fora da sala.

- Nesse caso é melhor eu ir. - falou assim que ouviu passos pelo corredor. - Até algum dia garota cantante! - Jeongyeon saiu correndo.

- Como sou burra...- Sana se xingava mentalmente. - Eu deveria ter perguntado o nome dela. - Momo chegou e assim as duas saíram da escola.

- A garota do piano apareceu de novo. - a Minatozaki falou fazendo a amiga olhar para a mesma.

- Oi? E aí como foi? Perguntou o nome dela? - Momo perguntou de uma só vez.

- Olá, foi divertido e não perguntei...

- Ai Sana você é muito devagar. - Momo balançou a cabeça em negação.





















Sana não ia desistir e iria descobrir quem é a garota do piano.


Notas Finais


Peço desculpas adiantado se caso eu demorar a postar, assim que eu ficar mais livre, voltarei com mais!
Até♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...