História Stalker - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 2
Palavras 726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse capítulo é mais para explicar a rotina da Hanna.

Capítulo 1 - Primeiro presente.


Meu nome é Hanna. Hanna Marin. Tenho 18 anos e acabei de arrumar um emprego em uma casa de adoção de animais. É o trabalho dos sonhos! Eu AMO os animais e paresse que eles também gostam de mim. Estou no terceiro dia de trabalho e já aprendi tanta coisa! Amanhã vamos fazer um evento, vamos levar os animais para uma praça para que as pessoas que passarem possam ver os animais, adotarem, comprarem coleiras, rações, adereços brinquedos. Além de divulgar as marcas de produtos para pets, quem conseguir convencer as pessoas a adotarem mais animais ganha um aumento.
Eu estou louca para comprar uma pulseira que eu vi numa joalheria e quando eu vi ela na vitrine  foi amor a primeira vista. Ela é linda e delicada, de prata com três pedrinhas na frente. Ela é barata mas só posso gastar minhas economias com o necessário e apesar de sempre querer ser discreta eu já contei para metade do mundo que eu quero a tal pulseira. Faço faculdade de psicologia a noite, confesso que é bem sinistro andar em Seul a noite. Hoje em dia todo lugar é perigoso, sempre há um louco querendo seu dinheiro ou o seu corpo. Fico arrepiada só em pensar nessas coisas.
~° Quinta-feira · dia 9 de Agosto · °~
  ~° Dia do evento °~
Acordei mais cedo que os outros dias. Coloquei o meu uniforme engraçado da casa de adoção e sai do meu apartamento para a padaria que há em frente. Tomei meu café e a poucos minutos já estava no trabalho; ao chegar minha colega Emily estava me esperando para levar os animais para a praça, colocamos eles nas casinhas para transporte junto com as rações e os demais adereços. (...) Chegamos na praça, arrumamos as coisas e logo já chegaram os primeiros "clientes". Ao final do dia consegui fazer com as pessoas adotassem: 3 filhotes de pastor alemão, 4 vira latas adultos e 2 poodles. Eu me esforcei tanto para isso mas a Emily conseguiu adotar 9 cães e 2 gatos ou seja 11 animais. A promoção ficou para ela, o meu chefe Kim Namjoon me prestigiou pelo esforço ou voltarmos para a casa de adoção ele nos disse que queria espandir o negócio e dividir o espaço da casa de adoção e também transformar em um pet shop. Eu simplesmente amei a idéia. Meu chefe me dispensou mais cedo ao ver meu cansaço.
Mesmo cansada passei no meu apê e tomei um bom banho logo coloquei meu "uniforme" que na verdade era uma blusa azul com o logotipo da faculdade e a parte de baixo e de nossa preferência. Meu "uniforme" é a blusa e uma calça jeans cintura alta e um simples tênis.
Peguei um ônibus e logo cheguei. Após assistir as aulas Aria minha colega me deu uma carona até em "casa", pois, iria até a casa do namorado fazer uma surpresa para o mesmo e para minha sorte e algumas ruas depois do meu apê.
Completamente exausta me arrastando pelos cômodos até chegar ao banheiro tomei um banho. Passei o dia inteiro de cabelo preso, só o soltei uma vez para  ajeitar o coque na praça, solta-lo é maravilhoso. De toalha fui até o meu quarto onde pus meu babydoll e arrumei os livros. Fui na cozinha fazer um lanche até ser atrapalhada pelo TOC TOC na porta e fui atender. Mas quem? em plena 23:19 está a me encomodar! Eu estava realmente furiosa, o meu dia foi super cansativo e tudo o que eu queria era terminar de comer meu lanchinho e ir dormir.
Quando abri a porta vi apenas uma caixinha com um bilhete. Olhei ao redor para ver se a pessoa que pôs ali ainda estava. Estava tarde e todos já deviam estar dormindo, quando abri a caixa tomei um susto não sabia se ficava triste ou feliz por ver a pulseira de prata que eu tanto queria, em seguida li o bilhete:
Espero que goste do presente. 
Ass: A. S
. °~ 
Ok. Isso foi estranho. Perdi o apetite, guardei o misto na geladeira e coloquei o "presente que ganhei do meu admirador secreto" em cima do criado-mudo e fui dormir. Meu dia foi muito turbulento estava difícil raciocinar. Resolvi apenas dormi achando que quando acordasse a pulseira sumiria como uma miragem causada pela falta de sono.

 


Notas Finais


Minha primeira fanfic, espero que gostem. ^^°


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...