História Stalker Obsessivo - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Homossexualidade, Jikook, Yoonseok
Visualizações 104
Palavras 1.154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá Pessoal!
Tenham uma boa Leitura!

Capítulo 3 - Ameaças a um Submisso


Fanfic / Fanfiction Stalker Obsessivo - Capítulo 3 - Ameaças a um Submisso

(Narrador Online) 

Algumas Horas Depois... 

Park Se manteve sobre o local escuro em um sono pesado por estar cansado e completamente cheio de dores por ter passado muito tempo naquela posição, Era desconfortável a forma pela qual ele estava preso e como as correntes pesavam seu corpo, ele só queria um bom banho e um longo descanso em uma cama macia e quentinha e depois até seguiria as ordens do "Maldito" O qual apriosionara naquele lugar. 

Um eco da porta se abrindo e a correta senha digitada dando liberdade para que o mais velho entrasse foi estrondoso naquele local, passos vinham seguidos pelo do maior em direção ao moreno já que seus fios tingidos de loiro era apenas sprays que já haviam se secado nos fios lisinhos do garoto voltando a sua antiga cor natural. Jeon parou agachado na frente de Jimin segurando seu queixo com sua mão direita, O maior sorrio e deu as ordens aos seus capangas que tratassem de cuidar de Jimin pois ele precisaria dele depois e seria bom que ele estivesse bem descansado e disposto. 

(Jeon Jungkook Online) 

Ponho sobre um copo uma dose de Wisky para ficar mais tranquilo enquanto aguardava o jovem garoto, ele seguiu para ala "Oeste" A qual era seu covil pessoal e ninguém tinha permissão para adentrar, ele retira finalmente a máscara e se senta sobre uma cadeira negra se couro virado para a janela que destacava todos os pontos turísticos de Seoul em vidro fumê para que ninguém pudesse o ver em hipótese alguma, a única coisa que ele sempre temeu foi ter seu rosto exposto a alguém. 

Se balança de um lado para o outro enquanto beberica a bebida meio amarga com leves adocejos no final lhe fazendo lamber os lábios para  retirar as gotículas do líquido amarelado dos mesmo para não desperdiçar nenhuma gota, olhou o horário marcado em um dos relógios e em seguida ele bebeu o último gole do líquido gélido e pôs sua máscara para circular pela casa para se aprontar e finalmente ter o doce desejo de conhecer todas as curvas de Park. 

- Uh!..  Vamos lá... 

Ele encarou todas as vestes em seu primeiro closet pensando em qual utilizaria em sua primeira vez com o garoto que ele tanto desejou desde sua infância o qual caso nunca notou seu platônico e doentio amor por ele deixando hoje Jeon se tornar um jovem amargurado e cheio de ódio e rancor de todos a sua volta. - Já causou de todo o ruim as pessoas e se tornou alguém infeliz e completamente solitário que se diverte com a desgraça alheia. 

- Senhor? 

- Diga Derick! 

- O Park esta pronto a sua espera.. 

- Já estou indo!  Não deixe ele solto pela casa!  

- Sim senhor! 

Assim que o capanga de Jeon se retirou ele iniciou sua sessão de higiene se deliciando com os produtos de cheiro agradável que haviam em seus aposentos, não demorou muito e ele já havia posto um terno mais solto de Tom preto azulado e uma calça escura Jeans pois ele não gostava de utilizar algo tão padrão que a sociedade colocava, ele respirou fundo enquanto se olhava no espelho imenso que havia em seus aposentos respirando fundo estando completamente seguro do que ele pretendia fazer com Jimin. 

- Hoje será um dia Inesquecível! 

Ele disse para si mesmo enquanto olhava em seus próprios olhos caramelizados refletidos no espelho dando um sádico sorriso de canto,  borrifou levemente uma fragrância leve e suave apenas para não ficar sem cheiro algum,  não era de seu fetiche não ter um bom cheiro ele tinha uma grande neorose com cheiros. 

Desceu as escadas passando suas mãos sobre seus fios e ajustando sua máscara sentindo a cada bocejo seu hálito doce de menta dando leves sorrisos após notar Park sentado sobre o sofá tendo a presença de todos os capangas ao seu lado sem nenhum tipo de escapatória. 

- Podem ir!  Eu me entendo com o jovem aqui!  Vigiem todos os locais da casa! 

- Sim senhor! 

Jimin não obteve nenhum tipo de reação apesar da curiosidade que ele tinha de ver o rosto que estava por detrás daquela máscara doentia de Coelho assim considerada por ele, Jeon rodopia por Jimin passando seu indicador pelos ombros largos do garoto moreno sentado no sofá, ele mordisca seu labio inferior e se senta ao lado do menor no braço do sofá encarando Jimin sem que ele percebesse. 

- Não é do meu Fetiche trazer crianças como você para meu local de trabalho. 

- Criança? Haa! Cê tá de brincadeira comigo seu doente maluco! 

- Tenha modos Park! Lembre-se sua mãe pagará por sua língua afiada a qual vou ter o prazer de Dividi-la ao meio!! 

- Aish! 

- Desculpe-se

- Não!  Eu não fiz nada de errado! 

- Ah é? Vamos ver o que sua mãe acha disso! - Ele fez como se fosse subir

- NÃO!!  - Park segurou fortemente o braço de Jeon. 

- Desculpa! 

- Bem melhor! 

Jeon sorriu irônico e voltou a se sentar ao lado do garoto iniciando uma série de perguntas ao menor que era obrigado a responde-lo com clareza e um falso sorriso no rosto, E por um deslize Jeon deixou com que Jimin levantasse um pouco da  sua máscara deixando a mostra a região de seus lábios e de suas narinas o que causou um rápido dejavu na cabeça de Jeon. - Ele se levantou rapidamente ajustando sua máscara e retirando de seu bolso um calibre 38 apontando para cabeça do mais novo que apenas o olhava com os olhos arregalados. 

- Por quê não posso ver o seu rosto? Eu te Conheço? É alguém que fez parte da minha vida não é mesmo?  Por isso não posso vê-lo? 

- Não!  Eu não mostro meu rosto a ninguém!  Essa é a única informação que posso lhe dar. 

- Mais por quê?  Você me parece bonito! 

- Não me faça perguntas!  - Suas bochechas cortaram levemente. 

- Chega o papo acabou hora de você voltar para seu mais novo quarto! 

- O quê?  Mais já?  Não vou nem me alimentar?? 

- Você come no quarto!  Agora vamos! 

Jeon arrastou o jovem pelo braço seguindo em direção ao último andar onde havia os quartos selecionando uma chave qualquer e abrindo a porta de um último quarto que havia naquele corredor gigante, me jogou para dentro e trancou a porta não apenas com chaves mas também com senhas que Park não pôde ouvir a quantidade dd dígitos. 

- Aish!  Esse cara de coelho! 

- EU OUVI ISSO HEIN! 

- Ta ta Desculpa!! 

E assim Park se liberou daquelas roupas pesadas as pondo em um canto qualquer e logo se jogando na gigantesca cama que havia no local dando alguns pulinhos antes de se deitar, sorriu e logo se estirou completamente a vontade fechando seus olhos e caindo em um profundo sono já que ele estava completamente exausto. 




Notas Finais


Até a próxima ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...