1. Spirit Fanfics >
  2. Stalking You. (YoonSeok) >
  3. Perseguindo você.

História Stalking You. (YoonSeok) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Perseguindo você.




As marcas que tenho pelo meu corpo mostra o amor dele por mim. Cortes, cicatrizes, roxos, curativos, vermelhos, tudo que ele faz a mim é sua forma de demonstra que me ama. 


O Yoongi pode parecer um ser assustador mas também é carinhoso, não vou mentir dizendo que não tenho medo dele as vezes, ele pode ser um animal selvagem se perde o controle. Quando sua pele fica manchada de vermelho, seus olhos pedindo por mais, sua boca sedenta, suas mãos que seguram a faca tremendo pela excitação do momento, seus ouvidos atentos aos gritos, e sua boca sorrindo de forma psicopata. 

Eu o conheci durante um passeio meu a Daegu . Sem querer esbarrei em um homem que sorria ao olhar a paisagem de forma vivida, a neve caia e fazia suas bochechas ficarem vermelhas, ele era tão lindo e encantador, um homem perfeito... Perfeito até de mais. 

Ficamos indo em encontros maravilhosos, fomo a cama de motéis, trocamos carícias e olhares. Ele era bruto mas eu achava aquilo diferente e novo, então não me importava muito em sentir um pouco de dor. 

Um dia fui dopado e acordei em cima de um cama , havia correntes em meus pés e mãos, minhas roupas haviam sumido e no canto do cômodo havia um ser sorrindo de misteriosa,o ser era Min Yoongi. 

Tudo isso a dois nesses atrás. 


[... ]



-Hoseok? -ouço ele me chamar. 

- Estou indo. 


Largo oque estava fazendo e vou até o mais velho , quando o vejo fico assutado. 


- Yoongi... Oque houve? De quem é nesse sangue?? -fico um pouco afastado dele.

- Era de uma mulher que tocou me tocou. 


O Min não gosta das mulheres, não só das mulheres mas boa parte da população existente humana. Ele não sente empatia por seres tóxicos e falsos que vivem uma vida forjada a margem da sociedade. 



Ele tira a blusa que ussava e a joga no chão, logo vem andando até mim que ia recuando. 


- Porque esta se afastando? -ele tomba a cabeça para o lado.- Esta com medo? 

- Não, não... 

- Você não pode fugir. 


Bato na parede e ele segura meu pescoço, assim o apertando. 


- Você não vive sem mim. 

- Yoongi... Solta ! 

- Não manda . 


Ele aperta anda mais, tento tirar suas mãos do local mas não conseguia, minha respiração estava acabando quando ele me soltou, cai no chão tossindo e passando a mão no pescoço que ardia. 

Eu achava estranho mas de certa forma meu corpo gostava daquele dessa brutalidade, talvez eu fosse masoquista? 


- Vou banhar . 


Ele sai e sobe para o quarto, me levanto e volto a cozinha para terminar a janta. 


- Porque é assim? 


Vinte minutos depois a comida estava pronta, ele já estava jantando na mesa quanto eu lavava as coisas sujas que havia usado antes. 


- Porque não está comendo comigo? -ele pergunta me encarando.- Esta com raiva de mim ? 

- Não é isso, apenas quero limpar tudo para depois comer. 


Ouço a cadeira de mover e ele se aproximar de mim. 


- Quero comer você ao invez da comida. 


Ele pega em minha cintura e me puxa, logo Yoongi joga o seu prato no chão junto a outras coisas que estavam sobre a mesa no chão e me coloca em cima dela. 


-Isso ainda dói? -passa o polegar sobre o roxo que tinha perto da boca. 

- Não muito. -respondo sorrindo. 


Yoongi tira minha blusa e passa suas mãos na parte despida, ele fica olhando atentamente cada roxo, curativo e machucados feito por si. 


-E esse? -pressiona um curativo médio perto do abdômen. 

- Sim! -falo tirando sua mão. 

-Eu sou horrível, não sou? 

-Que? 

- Eu sempre te machuco e faço coisas horríveis com você, ameaço, te bato, xingo,o forço a transar... E mesmo assim você não me deixa. 

- Yoongi... 

- Sempre que eu perco a calma, eu desconto em você que não tem nada haver. -vejo lágrimas caírem de seus olhos.- Eu tenho tenho medo de te perder! 

- Você não vai! 

- Seu amor é a única coisa que me aquece.


Pego em seu rosto e começo a secar suas lágrima, logo sua bochechas e nariz ficaram vermelhos. 


-Yoon para de chorar, por favor. 

-Eu te amo muito Hobi! Eu vou tentar melhorar, eu juro! Só não me deixa sozinho. 

- Eu nunca faria isso! 

-Desculpa.-ele depósita um beijo sobre o curativo que antes havia pressionado.- Sempre acabo te machucando... Me perdoa. -ele me abraça forte. 

- Já me acostumei... -faço carinho em seus cabelo que tinha um aroma maravilhoso.- Seus cabelos tem cheiro de laranja.

-Você gosta? 

-Uhum. 



Ele me olhou profundamente e soltou aquele sorriso de bobo que eu tanto gostava. 


- Me promete ficar sempre comigo ? -estende seu mindinho.- Nunca vai me trocar? 

- Eu prometo! -cruzo nossos dedos. 

- Obrigado, Hobi. 


Pego em sua nuca e aproximo nossos lábios em um beijo quente, necessitado, desejado. Uma mão dele vai para minha cintura enquanto e a outra ia adentrando minha roupa íntima, solto um suspiro ao sentir sua mão gelada em contato com meu pau ereto. 


Yoongi sempre conseguia fazer eu ficar excitado em questão de segundos, o corpo de Hoseok sempre respondia ao albino de forma mágica, inexplicável. 


- Yoon... Eu... 

- Shi... -ele volta a me beijar. 


A mão do mais velho começou a massagear meu membro de forma calma e lenta. 


Após alguns minutos daquele jeito, saímos da cozinha e fomos para a sala, Yoongi subiu até o quarto e voltou com agumas coisas em mãos.


-Venha aqui. -paro ao seu lado.- Hoje você será meu bixinho. 



Yoon colocou em mim orelhas de gato, coleira,uma coleira, tirou minhas vestes de baixo e inseriu um plug em mim. 


- Meu gatinho.-me puxa pela coleira.- Não seja teimoso. 


Ele me soltou e sorriu de forma sexy, entendi oque significava o sorriso e então com um pouco de vergonha comecei a tirar a roupa debaixo dele, depois ele se sentou no sofá e eu me ajoelhei. 


- Porque esta com vergonha? -me pergunta segurando meu queixo.

- Não...

- Isso é adorável . 


Sinto seus lábios nos meus antes de seu pai tomar o lugar em minha boca. Eu chupava com vontade seu membro,fazia de pirulito, não vou mentir que o pré gozo tem um gosto ruim ,é meio amargo e da anciã de vomito. 


- Estou quase lá, Hoseok! 


Yoongi já estava ofegante o suficiente para bagunçar sua respiração, o gosto amargo já tomava conta da minha boca e a vontade de vomitar também, senti meus cabelos serem puxados com força e então seu ápice chegar. 


- Hobi... -ele solta meus cabelos e afasta minha boca de seu membro sujo.- Cospe. 


Não pensei duas vezes e cuspi fora o sêmen que não havia engolido. 


-Vem aqui. 


Ele me colocou sentado em seu como e secou minha lágrimas, limpou o canto da minha boca e fez um carinho em minhas costas. 


- Vou te dar prazer. 


Fui deitado no estofado de couro e senti o plug sendo tirado de dentro de mim, depois ser colocado algo húmido e mais macio. 


- Aah... Yoon. 


Yoongi esperou um pouco para começar com os movimentos, após um tempinho eu já estava gemendo loucamente pelas estocadas profundas e certeiras que ele me dava internamente. 


- Você gosta? -ele pergunta e eu afirmo com a cabeça.- Gosta quando acerto aqui? 


Sinto minha próstata ser atingida em cheio pelo membro do mais velho, agarrei suas costas pálidas e passei as unhas fazendo um rasgo não muito profundo em sua pele. 


- Porra Ho-seok. -fala arrastado. 

- Yoon...


Seu nome saiu em um gemido manhoso e prazeroso, ele continuou acertando aquele lugar sem piedade. 

 Eu estava de quatro e ele dava tapas em minha bunda, o suor fazia o à ardência ser maior , uma de suas mãos estavam em minha cintura enquanto a outra puxava meus cabelos com certa força. 


- Hobi eu... 

- Eu também. 


Senti a glande do mais velho se inchar e meu interior contrair em resposta, seu esperma estava quente e logo senti escorrer em minhas pernas,minha parte superior caiu afundando no braço do sofá,meu ar estava sendo recuperado assim como o de Yoongi. 


-Eu vou te salvar e te tirar dessa escuridão. 

- Obrigado Hoseok. 

- Eu te amo. -ele beija minhas costas. 

- Eu também te amo... Meu perseguidor.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...