História Star Connection - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Seungcheol "S.Coups"
Tags Choi, Chwe, Elementos, Fantasia, Ficção, Hansol, Hong, Jeon, Jeonghan, Jisoo, Joshua, Kim, Luta, Magia, Meanie, Mingyu, Minwoo, Monstros, Poderes, Scoups, Seungcheol, Vernon, Wonwoo, Yoon
Visualizações 15
Palavras 747
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Shonen-Ai, Shounen, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Choi Seungcheol


Fanfic / Fanfiction Star Connection - Capítulo 11 - Choi Seungcheol

Seungcheol sempre foi filho de uma família rica e um das famílias mais importantes dos feiticeiros. A família Choi era uma família muito famosa.

O problema é que o Seungcheol não gostava da sua família. Ela era chata e irritante. Ele nunca teve tempo de ser criança, já que preciso manter o legado da família.

Muitas vezes, fugiu durante seus treinos. Ficava correndo e pulando sozinho. Até que era encontrado e levado de volta para a OMF.

Ele viveu a vida dele toda dentro daquele lugar. Ele apenas treinava magia, fugiu de seus treinos, se sujava, levava sermão por ter se sujado, comia e ia dormir.

Sua vida ficou monótona. Até que um dia, um garoto que era um ano mais novo que ele chegou na Organização.

O garoto era estranho. Não falava com ninguém e sempre ficava sozinho. Ele parecia ter medo de algo.

Todas as vezez que Seungcheol tentava se aproximar, o garoto se esquivava e o ignorava.

O garoto era da mesma turma que Seungcheol. Ele nunca participava das aulas práticas. Parecia ter medo.

- Você não vai se machucar, não fique com medo - Seungcheol falou para o garoto

- Eu não tenho medo de me machucar, tenho medo de machucar eles - O garoto falou envergonhado

- Ninguém vai se machucar não se preocupe - Seungcheol falou dando um sorriso

O garoto foi lentamente para treinar com o Seungcheol. Eles deveriam lutar um contra o outro. Seugcheol sempre atacava, mas errava de propósito.

Até que acertou um feitiço fraco no outro, mas que o derrubou no chão. Ele se levantou e usou uma magia elemental de fogo, acertando em cheio Seungcheol.

O menino olhava assustado na direção de Seungcheol. Achava que tinha matado o Choi. Mas o garoto se levantou do chão com uma feição impressionada.

- Uau, que incrível - Seungcheol falou sorrindo com um grande sorriso no rosto

Depois desse dia, os dois se tornaram grandes amigos. Eles sempre estavam juntos. Seungcheol descobriu que o nome do garoto era Mingyu. Depois de muito tempo, o Kim contou o que aconteceu no lugar onde morava.

Seungcheol não ligava para o passado do seu amigo. Mingyu vivia na casa dos Choi, e os pais de Seungcheol adoravam o menino. Mingyu se tornou parte da família deles e era como se fosse um irmão mais novo do Seungcheol.

Quando os dois se juntavam, não paravam. Os funcionários da Organização ficavam loucos com eles. Mingyu começou a fugir junto de Seungcheol e os dois viviam pregando peças noz funcionários e alunos. Mas apesar disso eram incríveis nas matérias.

Depois de alguns anos, um novo garoto entrou na Organização. Ele era mais novo que os dois.

Assim como Mingyu, quando chegou, o garoto parecia estar assustado.

Mingyu e Seungcheol sempre tentava o ajudar, mas ele sempre parecia nervoso.

Com o tempo, o garoto foi descobrindo que aquilo que aconteceu em seu passado, foi só um descontrole, mesmo que tenha custado uma vida. Agora ele havia achado um lugar onde as pessoas eram iguais a ele.

- Meu nome é Hansol Vernon Chwe - Se apresentou de forma adequada para os outros dois

Os três se tornaram amigos inseparáveis. Começaram a sair em missões e sempre completavam ela com êxito.

- Está ocorrendo alguma oscilação pela cidade - Feiticeiro Mestre dizia no holograma - Ele fica bastante tempo em uma escola, deve estar seguindo algum aluno. Vão até lá, e mate esse espírito que pode estar rondando algum aluno

- Sim, Mestre - Falou e a imagem na sua frente sumiu - Hansol, vai chamar o Mingyu, por favor

- Tá - Falou indo até o quarto que o Kim estava

- Você viveu uma vida chata e sempre foi a sombra dos garotos, não é mesmo?

Seungcheol ouvia uma voz na sua cabeça. Ele via a si mesmo no chão daquele apartamento, via que não tinha chegado onde chegou sem os dois garotos.

- Deve ser horrível ser um Choi e ser apenas uma sombra - A voz dizia

- Eu não sou uma sombra - Falou confiante - Eu posso ter chegado onde cheguei graças a eles, mas foi juntos! Nenhum de nós é melhor do que ninguém, porque cada um de nós é único!

*

*

Acordou no chão da Torre Elemental. Viu o Hansol e o Jisoo em pé.

- Seungcheol, temos que esperar eles acordarem - Hansol falou

Seungcheol olhou para o lado e viu os três garotos desacordados no chão.

- Se eles não acordarem, a Torre vai explodir - Jisoo explicou

Era estranho já que seus poderes não estavam sendo sugados, mas a ventania continuava. Sentia a magia dispersa no ar.

- Eles precisam acordar logo!

[...]



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...