História Star Tabby Interativa (VAGAS ABERTAS) - Capítulo 4


Escrita por: ~, ~stxrshine e ~cAndyKpoP

Visualizações 933
Palavras 585
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee, mais um capitulo para vocês. Dessa vez, a personagem é da @LadyShade.
Espero que gostem da Park Kara, a nossa sub-lider, boa leitura!

Capítulo 4 - 4. Ms. Independent


Fanfic / Fanfiction Star Tabby Interativa (VAGAS ABERTAS) - Capítulo 4 - 4. Ms. Independent

Eu sou uma srta. Independente

Eu vou encantar tudo em você

Até mesmo esse corpo é algo

Você nunca vai conseguir parar

Porque eu sou uma linda, linda, linda

Linda majestade

— Ms. Independent (After School) 


Janeiro de 2012.


— Para ter um bom casamento, você deve ter classe. — A mulher falava para as duas filhas.

Kara balançou a cabeça levemente, enquanto sua irmã sorria para a mãe. Keiko era a filha perfeita, uma verdadeira dama... e sua mãe queria que Kara fosse assim como a irmã.

Só que isso não era fácil, era horrível tentar ser uma coisa que a japonesa não era.

A garota dos olhos do Japão tentava seu máximo para seguir o padrão de sua família e ela até teria continuado com a imagem de bonequinha perfeita se não tivesse entrado no clube de música.

Sua mãe, Park Key, sempre dizia para a filha que para ser uma boa esposa, deveria ter alguma noção artística. E colocar Kara nas aulas de música talvez não tenha sido uma ideia tão boa assim.

Assim que fez sua primeira aula, a japonesa se apaixonou pela música. Primeiro o canto, depois a dança e por fim as coreografias, pouco a pouco Kara tinha se tornado a grande estrela daquele clube musical.

— Kara! — A socialite chamou sua atenção, e Keiko olhou para a mais nova. — Preste atenção no que eu estou falando...

— Ah, claro, mãe. — A mais nova colou seu olhos na figura da mãe, que explicava novamente para a filhas os segredos para ser uma boa mulher.

Nesse momento Kara havia lembrado de um olheiro que tinha a convidado para uma audição. Naquele momento ela estava praticamente gritando por dentro, até lembrar que sua mãe provavelmente nunca a deixaria ir.

E foi aí que o plano do século veio a sua mente.

— Mãe, podemos conversar em particular? — Perguntou e sua mãe assentiu.

As duas foram até o corredor, e então a filha começou a sorriu. Usaria todo seu conhecimento em artes cênicas para fazer a mãe acreditar no que falaria.

— A senhora sempre disse que eu deveria fazer uma boa faculdade para ser alguém na vida, certo? — Kara perguntou e a mãe assentiu. — Eu finalmente decidi que quero fazer uma faculdade.

— Isso é ótimo, minha filha. Irei de colocar na melhor faculdade do Japão! — A mulher exclamou ansiosa.

— Não, não. — Kara negou. — Eu quero fazer faculdade na Coreia do Sul.

O sorriso de sua mãe foi se desfazendo aos poucos.

— Me fale o motivo. — A mãe pediu.

— Eu só quero fazer faculdade lá, eu simplesmente gosto da Coreia. Por favor, mãe. — A garota juntou as mãos, implorando para que a mãe deixasse.

— Irei conversar com seu pai. — A mãe foi para a sala de estar, onde o marido assistia TV, enquanto Kara voltava para o lugar onde estava com um sorriso estampado no rosto.

Janeiro de 2014. 


— Então, é praticamente isso. Depois de contar uma leve mentira para meus pais, finalmente estou aqui e finalmente vou debutar. — Kara sorriu e as garotas que ouviam atentamente a história da mais nova agora riam da frase da futura sub-líder do grupo.

— Mas sua mãe sabe que você irá debutar? — Yezi perguntou.

— Não, e eu acredito que quando ela souber vai ficar uma fera. — Respondeu a futura líder do grupo, com um sorriso do rosto.

— Kara unnie é doida. — Yeon balançou a cabeça, rindo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...