História Star Wars - Relatório de um soldado da 501st - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Star Wars
Personagens Anakin Skywalker (Darth Vader), Obi-Wan Kenobi, Personagens Originais
Tags Clone Wars, Guerra, Guerra Dos Clones, Guerras Clônicas, Relatório, Soldado, Star Wars
Visualizações 16
Palavras 472
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Epílogo - A Marcha Imperial


Fanfic / Fanfiction Star Wars - Relatório de um soldado da 501st - Capítulo 12 - Epílogo - A Marcha Imperial

Relatório de missão, Ordem 66.

Fomos enviados em shuttles para o Templo Jedi, um pequeno exército de clones liderado por Lord Vader. Chanceler Palpatine se autodeclarou Imperador de um novo Império Galáctico e ordenou a destruição de todos os Jedi traidores da República, após um grupo de Jedi invadir seu escritório e tentar assassiná-lo. Anakin Skywalker, no entanto, foi leal ao Chanceler e recebeu o título de Lord e braço direito do Imperador. Nossa missão é realizar em expurgo, eliminar todos os Jedi e confraternizantes.

Eu liderei um pequeno grupo com cerca de sete soldados, avançando pelos corredores inferiores, disparando nos poucos Jedi que encontramos isolados nos corredores extensos. Meu amigo, Reverb, levou parte dos soldados consigo em uma bifurcação, enquanto eu tomei a outra direção. Peguei meu holocom com os alvos que o Imperador havia nos designado. Adentrando a biblioteca, uma Guardiã Jedi nos esperava. A velha não teve chance contra soldados da 501st Legião, embora tenha decepado a mão de um de nós. Queimamos a biblioteca e explodimos a sala de holocrom, ao fim do recinto. 

Continuando pelo corredor, saímos área superior do Templo, cena de centenas de soldados eliminando por completo os Jedi se espalhava por todo o imenso salão; ao fundo vi Lord Vader entrando na sala do Conselho Jedi. Pela janela avistei uma pequena nave de transporte planetário se aproximar. Levei meu pequeno grupo de soldados à plataforma de pouso a qual a nave se dirigia, olhando meu holocom à medida em que caminhava. Chegando na plataforma, a pequena nave pousou e o Senador Bail Organa pulou para fora dela, caminhando para fora dela e perguntou indignado:

- O que está acontecendo aqui?

- Houve uma rebelião senhor. Não se preocupe, a situação está sob controle. - Travei meu rifle para combate e o elevei à altura do peito. - Desculpe senhor, é hora do senhor partir.

- Então é assim.

Exitando, Senador Organa foi se afastando para voltar à sua nave. Ninguém poderia saber realmente o que aconteceu, o expurgo seria coberto por uma história qualquer. De repente, um youngling saltou por cima dos soldados mais atrás, fatiando três clones com movimentos precisos de seu sabre de luz. Abrimos fogo contra ele, mas os disparos eram defletidos. Com sua arma, o jovem cortou o peito do soldado ao meu lado e deixou um corte em meu antebraço. O soldado que estava na retaguarda deu um tiro preciso e eliminou a ameaça. Senador Organa berrou um "não" e voou para longe do Templo em seu transporte. Olhando para cima, o incêndio que se iniciou na biblioteca se alastrava, deixando uma fumaça negra subir ao céu.

Adentramos o enorme salão, Lorde Vader à frente com seu capuz negro. O exército clone estava alinhado em fileiras atrás dele, todos marchando sincronizadamente. A marcha que deu fim aos Jedi opressores e à República falha. A marcha imperial.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...