1. Spirit Fanfics >
  2. Starco- dois corações, uma história. >
  3. O encontro

História Starco- dois corações, uma história. - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura pra ti.... e perdão pelos erros é preguiça de corrigir....

Capítulo 3 - O encontro


Fanfic / Fanfiction Starco- dois corações, uma história. - Capítulo 3 - O encontro

Pov Star

Estou no meu quarto escrevendo sobre o Marco no meu diário, e de repente sinto cheiro daquele perfume; o perfume do…. Ele ta se preparando! Eu levanto de onde estava e caminho ate a porta do quarto dele pra espiar. Marco tava de terno e gravata borboleta, cabelo penteado, seu tenis novo e a cara de desespero, bato tres vezes na porta antes de entrar.

Star- Marco você… tá…. Hããã…. 'Lindo'!

Marco- o quê? Você disse lin….

Star *corta o Marco*- perfumado!!!! Eu disse…. Perfumado! E muito por sinal. *cof* *cof*

faço movimentos repetidos com a mão pra tentar tirar a fumaça, mas é em vão.

Marco- ah! Obrigado, mas isso foi um acidente, fui colocar uma borrifada e o pote escorregou da minha mão, e caiu parte do perfume em mim. 

Dou uma olhada rápida no banheiro e confirmo o que ele disse.

Marco- mas e aí!? Você tem alguma coisa para fazer hoje? Vai ficar sozinha aqui em casa?

Star- primeiro sim! Segundo não! Pois eu tenho um encontro também

Marco- Oskar?

Star- odeio quando as vezes você me conhece tão bem!

Marco- hehe

Star- Marco, você vai em que restaurante?

Marco- em um da Tifanny&CIA! É meio caro mas é bom, podíamos ir num encontro de casais, ja que eu e você ainda não namoramos a pessoa que gostamos.

Star- verdade! Vou falar com o Oskar e ver o que ele acha, avise a Jackie também

Marco- claro! Conhecendo a jackie ela surtaria se não avisarmos ela!

Star- odeio quando voce conhece ela tão bem tabém

Marco- Star isso é…. C I Ú M E?

Star- sim…. Do….. meu melhor amigo ora

Marco- sei! Olha, pode me ajudar com a merda dessa gravata! Tirei ela pra arrumar porque

estava torta, e agora não lembro como se faz!

Star- claro

Fui em direção à gravata maldita e olhei bem fundo nos olhos lindos e castanhos de Marco, ele me olhou de volta e senti meus corações nas bochechas ficarem vermelhos, começei a puxar ele pela gravata lenta e inconscientemente, e cada segundo que passava eu ficava mais perto dele, da boca dele, como eu quero essa boca, essa língua dentro de mim (em cima e em baixo), perto o suficiente foi ele…. Ele quem tomou a iniciativa, foi instantâneo! Explodi por dentro! Emoções andavam soltas pela minha cabeça como bolas de praia derrubadas de seu cesto em um supermercado! Nos separamos por falta de ar, MALDITO OXIGÊNIO, acho que ficamos com os labios colados por longos e deliciosos 2 minutos. Foi intenso, ele estava com as bochechas tão rosas quanto meus corações estavam vermelhos. Ele então me olhou nos olhos novamente, e disse:

Marco- acho que estamos atrasados pro encontro não acha?

Star- eu…. Não…. É acho que sim.

Marco- vamos então

Saimos de casa sem dirigir uma palavra sequer um ao outro.

Pov Marco

O que foi aquilo?! Porque eu fiz isso? Porq…. Ao invés de me perguntar "por quê" vou vou

me perguntar "quando"? Quando tudo isso começou? Quando? Quando? Acho que sei a resposta!

Flashback Marco

Marco- oi jackie!

Jackie- e aí Marco

Ela passou direto em seu skate depois de cumprimentá-lo.

Star- hmmm, olha só, Marco dias flertando! Hihi

Marco- foi um "oi" Star

Star- porque está sendo ignorante comigo?- Star fala com aquela técnica que eu não resisto


Marco- Star eu não estou com raiva de você, é que eu não estava flertando…. Aliás, você sabe o que é "flertar"?

Star- hãããã…. Claro claro…. Flertar é…. É…. na verdade eu não sei

Marco- flertar é você elogiar alguém discretamente, como um "nossa como voce esta linda hoje", isso é flertar

Star- isso explica muita coisa!

Marco- então tá! Olha Star, muito obrigado, você me ajudou a ter coragem de falar com a

Jackie, você é realmente uma pessoa incrivelmente…. 'linda'.....

Star- você acabou de me chamar d….

Marco- EU DISSE…. Hãã, top, hehe, eu disse top, você é uma pessoa muito top, a melhor.

Eu dou um abraço nela e ela parece apreciar essa demonstração de "afeto"

fim do flashback Marco

Então foi aí, ha! Engraçado destino, muito engraçado.

Marco- então Star era aqui onde você ia encontrar ele mesmo?

Star- sim! Ah olha lá ele, OI OSKAR, AQUI

Oskar- oi Star, e aí Marco

Marco- hmpf! E aí Oskar

Star- quê isso Marco, deixe de ser rabugento- ela dá um abraço nele, não gostei muito, confesso.

Marco- tá tanto faz, só vamos logo porque a Jackie deve estar lá na Tifanny já.

Oskar- legal, as coisas na Tifanny são dahora

Marco- aham

Star agarra o braço do Oskar, eu olhei feio pra eles depois me virei, fui andando e eles me seguiram.

Pov Star


Acho que já posso ser chamada de "garota má", consegui o que eu queria, Marco certamente estava com ciumes, principalmente depois que ele viu que eu tinha agarrado o braço do Oskar, eu me sinto um pouco mal, acho que o Marco vai querer dar o troco em mim com a Jackie….. nós somos monstros, estamos usando pessoas inocentes pra conseguirmos fazer ciúmes um no outro, bem, o Marco ainda não, mas vai fazer, tenho

certeza.

Star- Oskar, meu braço está….

Oskar- ah, certo de boas

Eu larguei o braço dele fingindo que estava doendo

Marco- chegamos "pombinhos"- o Marco falou com um tom de ironia

Star- que bom, agora você pode curtir a nossa noite com a sua "pombinha"- falei do mesmo

jeito que ele me falou antes

Marco- lá está ela, deslumbrante

Star- nem tanto- eu olhei pra ele com cara de raiva, confesso que fiquei com raiva…. Ou

seria!? Não, não pode ser.

Jackie- ei aqui, oi Marco

Marco- oi Jackie

Jackie- oi Star

Star- oi- foi um "oi" bem fraquinho, daqueles que você só sorri enquanto fala, e depois fica

com cara de nojo pra pessoa.

Jackie- e aí Oskar

Oskar- fala Jackie

Nos sentamos na mesa pra quatro, Marco sentou do lado da Jackie, de frente pra mim, e a

Jackie de frente pro Oskar

Jackie- Star, oii!

Eu olhei pra Jackie que tinha percebido que eu estava a um tempinho olhando pro Marco, e

ele pra mim.

Star- ah, o que foi?

Jackie- vocês não paravam de se olhar, o que aconteceu?

Marco- NADA, não…. Aconteceu nada

Star- é, nada

Jackie- então tá né

Depois de alguns minutos de um silêncio ensurdecedor nessa mesa, chegou o garçom, fizemos o pedido, hambúrgueres e refrigerantes, batatas dentre outras coisas, inclusive mousse de maracujá. Nos despedimos na porta da Tiffanny, e o Oskar saiu andando pra um lado e a Jackie desceu a rua de skate, eu e Marco fomos pela rua de cima, era menos perigosa, além de bem iluminada, chegamos em casa e Marco foi para o quarto direto, nem deu boa noite, deixei, eu não queria falar com ele hoje, eu fui pra cozinha, me sentei no balcão, e fiquei pensando…. Nele, e no que tinha acontecido antes do encontro, eu queria atrapalhar esse encontro, mas parece que eu nao fiz nem cosquinha com o Oskar comigo, quer saber! "Eu vou dormir, quem sabe eu não sonhe algo que não seja relacionado a ele, pelo menos, uma noite de paz eu teria."


Notas Finais


Fiiiim, proximo capitulo vai ser bom. Tentarei....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...