História Starco-Inseparável 2.0 - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Gravity Falls, Star vs. as Forças do Mal
Personagens Bill Cipher, Dipper Pines, Mabel Pines, Marco Diaz, Personagens Originais, Star Borboleta
Tags Pinecest, Starco
Visualizações 82
Palavras 1.023
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, Sou Luci! (Ou Kv, já que tem pessoas que ainda estão confusas com essa troca de nome, não pessoal, não é outra pessoa, sou eu o velho filho da puta de sempre.) Ok, calma, pode me xingar a vontade pela demora - já que eu não tenho motivos pra ter demorado tanto. - Esse capítulo é um hentaizinho básico, então se você gosta pode ler feliz aê, mas se você não gosta... Pau no seu- Leia só o final, é isso, agora eu vou dormir.

Capítulo 8 - Eu Estou Grávida?!


POV Star 

Eu subi correndo para o quarto e encontrei com o Marco, ele me elogiou e eu fiquei Corada. Agora eu estou indo me deitar na cama com ele eu me deitei e ele foi tirando meu sutiã enquanto eu tirava o seu calção.

Marco: Star eu te amo.

Eu: Eu também te amo Marco. - Eu respondi e o beijei.

Ele deixou os meus seios à mostra, Eu fui retirando seu calção e depois a cueca.

Eu retirei a cueca dele e seu Membro estava ereto. Ele retirou minha calcinha e nós dois ficamos nus ali, confesso que eu estava completamente corada, nunca tinha feito algo do tipo. - Nem pornô eu assisto. - ele se aproxima de mim e me da um beijo que me faz arrepiar na hora.

Ele começa a dar leves beijinhos seguidas de leves mordidas no meu pescoço e orelhas.

 Eu realmente acho que o Marco já deve ter feito isso com alguém, eu não acredito que alguém como ele ainda é Virgem! Tipo o Marco é legal, gentil, cuidadoso, sebe defender as pessoas e ainda por cima é Lindo! O Marco... Eu sei lá... Ele me faz me sentir muito bem, eu realmente tenho paixão por ele. Eu não sinto algo assim faz muuuuito tempo. Quando eu conheci ele, ele me mostrou a escola e depois eu comecei a morar com ele. Eu nunca contei isso pra ninguém, mas quando o Tom me chamou para ir ao baile da lua sangrenta, o Marco acabou dançando comigo e ele usava uma máscara, nessa noite depois do baile, quando o Marco foi dormi eu fui até o quarto dele e peguei a máscara, eu levei a máscara para o meu quarto e toda noite eu beijava a máscara como se fosse ele que estava ali. E eu ficava imaginando eu beijando ele de verdade e cada vez que eu pegava essa máscara e dizia "Um Dia vai ser você, Marco, que eu estarei beijando ao invés da sua máscara" E agora esse dia chegou e eu posso beijá-lo de verdade!

Voltando ao Sexo

 ele se aproxima de mim com o seu Membro(Como eu sou virgem eu não tenho nenhuma experiência com esse tipo de coisa então ele me disse o que eu devia fazer e o que eu não devia fazer durante o sexo)Eu peguei em seu pênis e comecei a "Bater uma" pra ele.

Eu: Nossa.

Marco: o que foi?

Eu: Ele é... Grande.

Marco: Obrigado.

Eu: o que eu devo fazer agora?

Marco: Você tem que chupa-lo 

Eu: Chupar, o seu pênis? - É, eu estava meio confusa.

Marco: Sim, como um picolé, ou no caso, uma picalé! - Ele começou a rir.

Eu: Agora eu entendi o porquê de você ainda ser virgem.

Abocanhei o seu pênis e escutei ele soltar um leve gemido, eu sorri e comecei a chupa-lo. Tinha um gosto diferente, mas não era ruim, era até que... Bom.

Ele estava gemendo. - Caralho, como é bom escutar ele gemendo. - Ele soltava alguns gemidos 

Marco: aaaaa Star!

Eu: Oi?

Marco: E-Eu A-Acho Que - Ele soltou outro gemido. - V-Vou Gozar!

Eu: Hm, O que é Gozar?

Marco: M-Me desculpa!

Ele puxou o seu pênis da minha boca, e ele soltou algum tipo de gosma branca no meu rosto. - Meio nojento - Marco começou a limpar.

Marco: M-Me desculpa..

Eu: Por que o seu pênis soltou essa gosma branca?

Marco: Porque eu Gozei..

Eu: Ah....

Marco: Você não faz ideia do que é isso, não é?

Eu: Não.

Marco: Depois eu vou te explicar mais sobre a reprodução humana, agora vem, pra eu limpar o seu rosto. - Ele pegou um pano e começou a limpar meu rosto. - Uau..

Eu: O que foi?..

Marco: Você é a garota mais linda que eu já vi... Eu já disse que te amo?

Eu: Marco... - Eu sorrio e ele se aproxima. - Eu também te amo. - Ele me beija.

Marco: você quer continuar, ou já tá bom para você?

Eu: Não!! eu quero Continuar!

Marco: Hm, Tá bom. Onde você colocou as camisinhas?

Eu: Ah, eu deixei elas na sacolinha em cima daquela mesa ali. - Eu aponto para a mesa. - Quer que eu vá lá pega-las?

Marco: Sim, por favor.

Me levantei da cama e lentamente caminhei até a pequena mesa que ficava no canto do quarto, pego a sacolinha e volto para cama. Eu as estrego para o Marco e ele abre um pacotinho e a coloca no seu pênis. - Ficou meio engraçado ver o pênis dele azul por causa da cor da camisinha. -

Marco: pronto, agora meu pênis meio que vai dentro da sua vagina.

Eu: QUEEEE?! Olha, eu não to muito confortável com isso...

Marco: Tá, calma, só confia em mim que vai dar tudo certo. - Ele me beija e seu beijo me deixou mais calma.

Eu: Certo..

Ele veio até mim e cuidadosamente encaixou seu pênis na minha vagina, no começo estava doendo e eu meio que entrei em pânico quando vi um pouco de sangue saindo dali de dentro, mas ele disse que estava tudo bem e que era para eu relaxar. 

Ele Enfiava e tirava devagar, para não me machucar, mas quando parou de doer eu pedi para ele ir um pouco mais rápido e assim ele fez. É, eu realmente estava amando aquilo, eu estava aproveitando que os pais dele não estavam em casa para poder gemer um pouco mais alto. Nós dois estávamos amando aquilo tudo, eu estava ficando louca de tão bom que aquilo estava até que por fim Marco deu uma última estocada bem mais profunda que as anteriores e nós dois gozamos juntos

Ele retirou o seu pênis de dentro de mim. Eu estava muito cansada, Eu estava quase dormindo ali mesmo quando eu me assustei com o grito do Marco.

Marco: PUTA QUE PARIU!

Eu: o que houve?

Marco: A Camisinha estourou dentro de você! - Eu o encarei ainda pensando que era uma brincadeira, mas quando percebi que não era eu falei:

Eu: tá... É agora que eu entro em pânico?


Notas Finais


Novamente Blá blá blá desculpa pela demora blá blá blá ninguém realmente se importa com isso, ninguém nem lê isso aqui, não sei nem como alguém consegue ler minhas fanfics.
Se você ta lendo essa fanfic, eu te admiro por sua coragem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...