1. Spirit Fanfics >
  2. Stark's daughter - imagine Peter Parker >
  3. - First day of school -

História Stark's daughter - imagine Peter Parker - Capítulo 1


Escrita por: bubble_lol4

Capítulo 1 - - First day of school -


Fanfic / Fanfiction Stark's daughter - imagine Peter Parker - Capítulo 1 - - First day of school -

Narradora pov


Peter: Happy, oi! É... Hoje eu impedi um roubo e rondei a área ajudando quem precisa... Me mande mensagem caso precisem de mim aí...


O garoto deixa a mensagem sem esperança de ser respondido. 


Mas se surpreende com o celular apitando indicando uma ligação.


Peter: Happy Oi! Precisam de mim?


Happy: é mais ou menos, vem a cobertura Stark, esteja aqui em 15 minutos. - o mais velhos desliga a ligação.


O garoto arruma sua máscara e pula de teia em teia pelos prédios até chegar ao local desejado.


Happy: que bom que chegou logo, Stark quer falar com você.


Peter: ele?! - o garoto demonstra animação em seu tom de voz, queria receber mais missões não queria apenas impedir roubos de mercadinhos e ajudar senhorinhas a atravessar a rua. - aonde eu devo ir?


Tony: a lugar nenhum garoto. Vai ser rápido.


Peter: tá! Claro, pra onde vamos? 


Tony: a lugar nenhum, sua missão é bem aqui.


Peter: an? Tá e que missão seria? - o garoto estava curioso e empolgado com o assunto, a meses que esperava por uma oportunidade dessas.


Tony: eu tenho uma filha adotiva com a sua idade e ela vai voltar de uma viagem de treino, ela tem habilidades como você, e não é muito boa em se acostumar com escolas e lugares assim, então resolvi mandar ela pra mesma escola que você e te passar a função de vigiar ela.


Peter: eu vou ser babá?


Tony: não exatamente, vai ajudar bastante você pode fazer isso por mim?


Peter: tá... Claro.


Tony: ótimo, ela vai estar na escola amanhã, Happy vai te passar informações sobre ela.


Peter: espera... Ela tem habilidades de aranha também?


Tony: não, ela faz coisas diferentes mas vocês se darão bem, só tenha juízo não esquece que ela é minha filha.


Peter se envergonha levemente pelo comentário do mais velho.


Peter: tá p-pode deixar - disse colocando a máscara novamente.


O mais novo corre pro beco aonde costuma deixar sua bolsa com roupas e se troca ali mesmo.


Indo pro seu quarto pela sua janela.


E dormindo rapidamente.


---Quebra de tempo-


Terça-feira 7:25


O garoto já avia acordado, estava apenas com uma calça procurando uma blusa e um moletom, no caso com seu abdômen levemente sarado a mostra.


Estava recebendo a ficha sobre a garota que veria hoje, e estava levemente nervoso, já que não era muito do tipo de cara que fica rodeado de garotas. 


Ao receber analisa tudo com bastante atenção.


Nome: Lola Stark

Idade: 15 anos 

Altura: 1,55

Aniversário: 03/03

Mutação: Controle enérgico super poderoso. (Quase como Wanda)

Habilidades: Conhecimento em armas de fogo e artes marciais

(...)


Entre outras coisas, mas Peter encarava fixamente as fotos da garota, o que só o deixou nervoso, ela era linda, provavelmente a mais linda que já viu, não saberia nem falar com essa garota.


Ela tinha olhos escuros e cabelos pretos e um pouco curtos, um corpo de dar inveja em muitos e um estilo que a deixava ainda mais linda.


(Aparência aleatória q escolhikk)


Mas os poucos segundos de admiração passaram e o garoto começou a se desesperar, na primeira que ela ouvir ele ser chamado de pinto Parker ela não vai nem olhar na cara dele.


Isso o causava pânico, ele precisava mesmo impressionar o Sr.Stark e passar uma má impressão pra sua filha não seria uma boa.


Pegou uma roupa qualquer e saiu do quarto correndo com sua bolsa levemente pendurada em seu ombro.


Peter: tchau tia may eu já vou indo - o garoto pega uma maçã apressado e sai da casa indo até a escola.


Encontrando Ned no meio do caminho, como de costume.


Ned: oi Peter, tudo bem? Parece meio tenso...


Peter: é que o Sr.Stark me deu uma missão. - o garoto disse susurrando já que não queria que os que andavam nas ruas ouvissem.


Ned: isso é bom não? Você é um Vingador, é o que você faz não é?


Peter: é que... O Sr.Stark quer que eu vigie a filha dele.


Ned: mais você mal fala com garotas, no máximo com a mj.


Peter: é, esse é o problema, além dessa ser a filha dele.


O garoto pega seu celular e mostra pro amigo que olhava incrédulo.


(Foto da capa)


Ned: uau... Acho que essa é a garota mais bonita que eu já vi...


Peter: exatamente! E você acha que ela vai escolher falar com a gente? 


Ned: Não mesmo.


Os dois entram na escola, Parker observava bem pra ver se encontrava a garota, mas sem sucesso algum.


Entram na sala de aula que logo fica lotada quando o sinal de entrada toca.


Professor: alunos, vocês terão uma nova aluna hoje.


Uma garota entra na sala, e era ela com certeza era ela. 


Ela não usava maquiagem alguma além de um delineado gatinho.


Vestia um vestido regata preto, uma blusa grande xadrez e uma bota cano alto preta.


(1° link notas finais)


Ela era encantadora, linda aos olhos de todos ali, mesmo estando seria e não parecendo muito feliz por estar ali.


Era linda da cabeça aos pés, era um colírio aos olhos de todos ali.


Professor: seja bem vinda, essa aqui e Lola Stark e vai estudar com vocês daqui pra frente.


Ned: Ela não vai nem falar com a gente - o garoto falava sussurrando pra Peter se virando um pouquinho pro lado fazendo a comunicação facilitar para os dois.


Peter: cala a boca... - o garoto susurra sem nem ao menos olhar para o amigo, seus olhos continuavam na garota que o encarou de volta, o deixando nervoso.


Professor: fale um pouco sobre você.


Lola: o que quer saber? 


Professor: fale sobre você, o que desejar.


A garota bufa ainda seria e volta a olhar para sua "plateia" ainda seria.


Lola: tá... Eu nasci em uma família complicada... Meu doce favorito é anfetamina de framboesa, aprendi a dirigir com 11 anos,e eu escovava meus dentes com alvejante, por que não tenho tempo pra cáries.


Peter Parker POV


Ao falar isso todos ficam altomaticamente em choque e eu não fico diferente.


Ned: ela continua tão atraente...


Vários comentários ecoaram, não consegui ouvir nenhum ruim, a não ser o de alguma das meninas meio metidas que tem na sala.


Professor: a-ah... Ok... Sentem-se do lado do garoto de moletom.


Olho ao meu redor e realmente tinha um lugar vago ao meu lado, ela rapidamente se senta ali e me encara de volta, por reflexo olho rapidamente pra frente sentindo minha bochechas esquentarem.


Ela ficou a aula toda apenas apoiando o rosto com a mão enquanto rabiscava algo 


O sinal toca indicando a aula de ginástica então todos saíram e ela foi direcionada pro vestiário por várias meninas que a cercavam.


Lola POV 


Sou arrastada por garotas que diziam me levar para o vestiário.


Ao chegar lá todas começaram a se trocar e no meu armário tinha um uniforme igual ao delas.


Retiro minhas roupas sentindo olhares sobre mim, quais eu ignoro totalmente.


Logo ouço alguns cochichos, coisinha de garotinha, não ligo muito.


??: Não liga pra elas, a maioria tá te elogiando, no máximo a loirinha e as amiguinhas tão reclamando de algo.


Lola: é, valeu...


??: Sou mj.


Lola: sou Lola - digo vestindo a blusa e o short largos em tons de amarelo e azul. 


Me viro de costas pro espelho analisando a roupa em meu corpo, valorizava minha bunda e minhas coxas, escondia o volume dos meus peitos, o que me agrada por que não quero esses merdinhas de colégio me encarando.


A garota parece legal, ela é alta e bonita, até faria uma amizade com ela mas não tô muito afim de me envolver com ninguém daqui, eu acho.


Mj: você tem bastante corpo, é de onde? 


Lola: Brasil, mas acho que é uma coisa mais de genética. - digo fechando a porta do meu armário.


Mj: vamos, se começarmos primeiro conseguimos exercícios mais fáceis. - disse dando uma pequena cotuveladinha no meu braço e um sorriso, logo me levando pra fora do lugar.


Começaram a chegar e sentar em uma arquibancada.


Vemos um vídeo do Capitão América o "grande amigo do treinador de ginástica".


Nós explicou uns bagulhos e fomos "treinar"


Mj: ei, quer treinar comigo, da última vez tive que fazer com uma loirinha chata que ficou reclamando do ex.


Lola: claro, por que não. - disse neutra mas tentando se o menos grossa possivel.


Ela segurava minhas pernas e eu fazia abdominais, numa velocidade até que bem rápida já que a maioria estava fazendo numa lerdeza inacreditável.


Peter Parker POV


Ned: ei! Olha ali - paro os abdominais e observo aonde Ned tinha apontado - é a sua chance, acho que a mj conseguiu se enturmar com ela.


Peter: ok... O-o que eu faço? - me sento ajeitando minha postura.


Ned: finge que vai falar o a mj e se apresenta pra ela ué.


Peter: tá... Ok... Vamos lá... - nós levantamos indo em direção as duas.


Nós aproximamos das duas, mesmo me sentindo nervoso e ansioso com a situação.


Peter- O-oi- sou cortado quando chegamos próximos das duas.


Flash: Pinto Parker! 


Duas palavras que aceleraram meu coração, agora sim ela nunca falaria comigo e eu nunca seria valorizado pelo Sr.Stark...


Flash: aonde pensa que vai garotão? Não me diga que vai matar aula pra dar um rolê com o seu amigão homem aranha? - ele coloca o braço em volta de meu ombro me balançando como se fosse um comprimento de amigo.


Peter: Para com isso flash! 


Flash: ah qual é! Aonde você pensa que ia.


Vejo atrás do garoto e Lola e mj se levantavam curiosas tentando entender o que acontecia, o quedo me envergonhou mais, todos nós olhavam, não era diferente das outras vezes, mas dessa fez é diferente.


Flash: vai dizer que ia tentar falar com a garota nova? Não!... Você ia mesmo pinto Parker?! - o garoto se aproxima da mais baixa colocando suas mãos nos ombros dela por trás, que continuava neutra.


Flash: você não tem chans- 


Lola: se não tirar as mãos de mim nos próximos 2 segundos vai perder as mãos. - disse ainda neura mais com raiva na voz, cortando a fala do cara.


Flash: ah o que foi em? Voc- o garoto logo foi cortado novamente.


A garota pega um dos braços do garoto o jogando pra frente o fazendo passar por cima de seu corpo, logo o fazendo cair de costas contra o chão.


Lola: eu avisei, filho da puta.


Professor: ei! O que é isso!


Flash: a garota me bateu - disse levantando com uma certa dor nas costas.


Professor: você Lola, detenção hoje.


Lola: mais que caralho! O filho da puta não me ouviu queria que eu fizesse o que?! - disse falando já irritada.


Professor: Se continuar com esse vocabulário vai levar mais um dia de detenção!


Lola: ok... Ok desculpa... desculpa... - ela respirou fundo tentando se acalmar - eu pedi, pro puto do caralho tirar as mãos de mim e então derrubei esse merda como se fosse um saco de merda. Não que ele não seja. - ela fala em um tom sínico com um pequeno sorriso no rosto arrancando risadas de todos pela ousadia, ela era incrívelmente linda...


Professor: 2 dias! Alguém mais quer se juntar a ela?! 


Estremeso e logo tenho uma ideia.


Peter: a-ah... Vai se foder flash. - digo um pouco já arrependido mas não tanto.


A garota se impressiona um pouco mas não demonstra muito.


Professor: ótimo, os dois em detenção por dois dias, mais alguém? 


Ninguém responde então logo ele murmura algo e se retira do lugar.


A aula não demora muito pra terminar, mais ouvi o Ned perguntando o por que de ter feito isso várias e várias vezes.



...


--


Escrevo essa fic no wattpad, se eu continuar postando vou começar por lá, da uma força <3.

@lol4ghost meu perfil lá <3


Vai lá por favor


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...