1. Spirit Fanfics >
  2. Starry Sky [Harry Styles Fanfiction] >
  3. Capítulo 1

História Starry Sky [Harry Styles Fanfiction] - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Aqui está minha nova fanfic, dessa vez sobre Harry Styles ❤️<br />Espero que gostem 🙃

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Starry Sky [Harry Styles Fanfiction] - Capítulo 1 - Capítulo 1

Capítulo 1

(Harry)

 

Era mais um dia cinzento em Londres, o sol ameaçou dar sua presença por diversas vezes, mas nunca permaneceu por mais de alguns minutos. O dia não está tão frio, o que permitiria dar uma volta no parque. Londres tem parques belíssimos, e tanto não ficar frequentando o mesmo, para evitar burburinhos, paparazzis (mesmo eles sendo uns parasitas que são capazes de te achar no banheiro de um bunker durante um ataque zumbi). 

 

Depois de tomar um banho, coloco uma calça jeans preta, relativamente básica, visto um moletom preto da Calvin Klein, calço minha bota preta e por último meu sobretudo em tom caramelo. 

Pego meu óculos escuros e coloco uma boina preta e por último e não menos importante, coloco meus anéis favoritos e já estou pronto para sair. 

Não moro tão próximo do centro, prefiro ter minha casa num lugar mais reservado, apesar de que em Londres minha vida é bem mais tranquila de quanto estou em LA. Por conta disso preciso pegar o carro para ir até o parque. 

Enquanto dirijo posso observar as pessoas e como o ritmo em que elas adam vai aumentando quando vou chegando mais próximo ao centro. Hoje decidi ir ao Hyde Park, é bem bonito, às vezes fica bem movimentado, mas já dei sorte de sorte de andar por lá com bastante tranquilidade e esperava que hoje não fosse diferente. 

Estacionei o carro próximo ao parque e fui andando tranquilamente pela calçada, até agora não cruzei com muitas pessoas e as que passaram por mim não tiveram nenhuma reação escandalosa. 

Chegando ao parque percebo que realmente está bem tranquilo, o que é ótimo. Começo a andar, observar tudo, é bem bonito e tranquilo, tem alguns casais mais velhos caminhando juntos e algumas pessoas perto da fonte. 

Eu começo ir em direção a uma parte que normalmente fica mais vazia, mas possui alguns bancos para sentar e relaxar. 

Enquanto caminhava com a cabeça ligeiramente baixa, em direção com a um dos bancos ouço um leve choro e levanto minha cabeça para ver de onde vinha. 

Avisto uma mulher, ou talvez uma garota, não dá pra saber porque ela estava sentada abraçando os joelhos com sua cabeça enterrada entre eles, e parece bem emocionada, pois consigo ouvir seu choro nitidamente. 

Eu fico bem desconfortável com pessoas chorando perto de mim, já deveria ter me acostumado, porque em inúmeras vezes fãs choraram ao me encontrar, mas ainda sim é bem desconfortável.

Continuando indo em direção a garota, ela está usando uma touca preta e tem os cabelos ondulados castanhos que vão ficando mais loiros nas pontas. Está usando uma calça jeans e um tênis branco e um tricô vinho, ao seu lado estava um sobretudo preto e uma mochila, e alguns livros apoiados no banco. 

O tempo todo em que a observo fico pensando se deveria perguntar se ela está bem, se precisa de alguma ajuda. 

Decidi por interromper seu choro e saber porque ela estava chorando. Levemente toco em seu ombro e me afasto para ver sua respostas. Ela começa a se levantar, mas ainda com os olhos meu fechados e começa a enxugar suas lágrimas.

 

- Você está bem, precisa de alguma ajuda? - pergunto enquanto a observo enxergar suas lágrimas. Antes que ela me respondesse percebo que tirou um dos fones de seu ouvido.

- Sim, estou bem, estou chorando porque estava ouvindo uma música que me emociona bastante. - Disse ela ainda sem olhar para mim, acho que estava com vergonha de olhar pra um estranho com seu rosto completamente vermelho por causa do choro.

- Deve ser uma música muito boa então, porque pelo jeito que você estava chorando, achei que fosse algo bem sério - Digo sendo simpático - Então que música você estava ouvindo? - Ela estava pegando seu celular, talvez para ver o nome ou me mostrar na tela do próprio celular 

- Eu estava ouvindo… - Ela finalmente ergue a cabeça e pausa bruscamente sua fala. É nesse momento que percebo que ela está me reconhecendo. Ela continuou muda mas levemente me mostrou a tela do celular. Não pude conter um sorriso ao ver Falling, música do meu último álbum , na tela do seu celular.

- Realmente acho que é uma música muito boa. Mas é tão emocionante assim, a ponte de te fazer chorar? - Pergunto com um tom brincalhão. Ela se arruma sentada no banco, baixando suas pernas e arrumando seu suéter.

- Bom… é uma música bem profunda, você não acha? - Ela responde um pouco tímida

- Sim, eu acho. Mas cada um pode ter sua interpretação e um sentimento diferente com ela. O que você sentiu ao ouvi-la que te fez chorar? - Pergunto realmente curioso, pois era a primeira vez que estava passando por uma situação como essa.

- Bom, com todo respeito, essa é uma pergunta bem pessoal… - Disse ela suavemente e esboçando um leve sorriso na boca. - Mas é uma música realmente incrível, provavelmente a minha preferida desse álbum. - Ela falou sua última frase se levantando e juntando suas coisas que estão sobre o banco.

- Desculpa, realmente é uma pergunta bem pessoal. Mas eu realmente fiquei curioso… - Faço uma pausa e a observo vestir seu sobretudo e colocar a mochila nas costas - E obrigada por gostar da minha música, acho que também é uma das minhas favoritas desse álbum - Digo sorrindo. Ela me observa em silêncio, talvez estivesse em choque ao estar diante de mim.

- O álbum todo é muito bom, é até um missão difícil escolher uma única música preferida, mas tendo a gostar mais das músicas que conseguem me fazer chorar - Diz ela dando uma risada realmente fofa

- Qual seu nome? - Pergunto observando-a de cima a baixo, com discrição, obviamente.

- Hum… Você pode me chamar de Mary - Disse parecendo pensativa enquanto arrumava a touca

- “Eu posso te chamar de Mary”? - Pergunto curioso em relação ao tom que ela usou para me responder.

- Bom, é que eu acho que Mary é mais fácil para você pronunciar, é como eu me apresento por aqui.

- Mas esse não é o seu nome ?

- Mais ou menos, meu nome mesmo é Maria - Disse com uma pronúncia diferente - Mas aqui eu uso Mary, que é basicamente o mesmo nome, só que com a pronúncia em inglês 

- Entendi, mas Maria é bem legal também - Digo numa pronúncia bem ruinzinha o que faz ela rir - Foi um prazer te conhecer - Estendo minha mão para cumprimentá-la. Ela timidamente estende a sua, e percebo que ela usava mais anéis do que eu mesmo costumo usar. Um deles me chamou mais atenção, porque parecia um céu estrelado, ele era de uma pedra roxa, que dependendo do ângulo e da luminosidade, parecia um céu a noite, completamente estrelado.

-?O prazer com certeza foi mais meu que seu - Disse rindo e se afastando. Ela começou a dar uns passos para trás mas ainda me olhando, prestes a ir embora, quando eu a interrompi.

- Gostei do seu anel - Disse apontando para sua mão. Ela observa sua própria mão…

- Esse aqui? diz mostrando o anel que tanto tinha me chamado a atenção.

- Sim, parece um céu estrelado - Ela imediatamente tira o anel e o lança na minha direção 

- Fica com ele - Ela diz sorrindo. Eu pego o anel num reflexo e a encaro.

- Não posso ficar, é seu!

- Fica com ele, eu insisto. Vai ser uma boa história para contar… Do dia que eu encontrei Harry Styles no parque e dei meu anel para ele - Disse rindo e dando mais alguns passos para trás enquanto segurava as alças de sua mochila.

- Bem, obrigada! Acho que vai ficar legal no mindinho - Disse colocando o anel no único dedo que cabia, mas ainda sim ficou legal. Ela sorri antes de se virar e ir embora. 

 

Depois daquilo dei mais algumas voltas no parque e fui para casa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...