1. Spirit Fanfics >
  2. Stars -- Min Yoongi >
  3. One

História Stars -- Min Yoongi - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - One


“Senhorita Cho , o senhor Chung-Hee está pedindo os documentos já conferidos” Nari era minha companheira do trabalho e eu sempre agradeço aos céus por tê-la por perto .

“Obrigada Nari , já estou indo” Sorri para ela e a mesma me responde com um aceno .

Desligo o computador , pego os documentos conferidos e vou para a sala do meu chefe.

“Com licença Senhor Chung-Hee , aqui está seus documentos” Caminhei até a sua mesa e deixei eles em cima da mesma.

“Obrigada Byeol , será que podemos conversar ?” Meus braços começaram a tremer. Eu não poderia perder aquele emprego , tenho contas para pagar e estou me perguntando o que eu fiz de errado .

“Claro” Sorri para desfarçar o meu medo e ele pareceu perceber .

“Pode me dizer de quem é isso ?” Estendeu uma folha de papel e eu logo percebi que era Who I Am , Uma composição minha . Arregalei os olhos e puxei com um pouco de agressividade das mãos do meu chefe.

Eu não sabia o que falar . Estava na cara que aquilo era meu por conta da minha reação . Mas eu não queria falar que eu componho para meu chefe .

“Ah... E... De... Bom uma amiga minha” Sorrio fraco e o mesmo estreita os olhos .

“Senhorita Cho não minta para mim , eu sei que essa composição é sua , já olhou a sua reação ? Não quero nenhum problema com você mas você não está conseguindo fazer seu trabalho direito então...

“Ou eu faço meu trabalho direito ou eu vou ser demitida” Sorrio sem humor e dei meia volta para sair da sala .

“Eu ia dizer que então devo mandar minha secretária para outro cargo” Arregalo meus olhos e me viro para encarar meu chefe “O grupo BTS está tendo sérios problemas com o coreógrafo , então demitimos ele a dois dias , estamos procurando um novo , eles também estão com problemas de composição , sem criatividade entende ?”

-- Senhor Chung-Hee , se me permitir , posso ocupar os dois cargos , já fiz curso de dança . -- Sorrio largo e ele confirma .

-- Já imaginei que gostaria do cargo , está dispensada , seu trabalho começa amanhã às 14:00 , esteja no endereço que irei te mandar por mensagem . Tem o resto do dia para relaxar -- Sorri para mim e eu faço uma pequena reverência .

-- Muito obrigada senhor -- Saio da sala indo para a minha mesa guardar minhas coisas e sair da empresa .

-- Byeol ? Foi despedida ?! -- Nari me havia com toda preocupação e eu apenas nego .

-- Fui contratada para ser a nova coreografa e ajudante de composição dos Bangtan Boys -- Mandei um beijo no ar e ela começou a rir .

-- Meus parabéns amiga , até outro dia -- Ela acena .

-- Até Nari -- Carrego minhas coisas para fora da empresa e abro o carro . Coloco a caixa no porta malas e entrei no banco de motorista . Inspirei o ar de novo do meu carro . Eu tinha acabado de fazer minha habilitação .

***

-- Então quer dizer que você vai trabalhar com os Bangtan ?! -- Iseul , Minah e Yura gritaram em uníssono e eu apenas concordei sorrindo .

Elas eram minhas melhores amigas desde o ensino fundamental . A Yura ainda está terminando a faculdade já que ela só tem 17 anos e se formou no colégio mais cedo .

-- Teremos mais tempo para nós quatro , e principalmente para sair e comer bastante ! -- Bati palminhas e elas riram .

-- Aí que saudade que eu estava desses momentos com vocês ! -- Minah falou e abraçou nós três .

A pizza já havia acabado mas ainda estávamos sentadas conversando sobre tudo . Eu sentia liberdade de contar tudo que acontecia comigo para elas . Afinal elas tem a minha confiança para qualquer segredo e eu tenho a delas .

-- Sessão Netflix lá em casa quem topa ?! -- Todas levantaram a mão . Eu sorri e chamei o garçom para trazer a conta .

Pagámos a nossa parte e saímos da lanchonete indo para o meu carro . Ficamos escutando músicas dos meninos até a minha casa.

Eu pedi para a Iseul e a Yura preparar a pipoca e o brigadeiro enquanto a Minah escolhia o filme e eu ia para o mercado comprar porcaria.

Cheguei no supermercado de 18 horas , peguei uma cestinha e coloquei finis , balas e alguns salgadinhos , peguei um pote de beijinho e um de brigadeiro só para mim e coloquei dentro alguns biscoitos .

Fui no caixa que estava sem fila e paguei pelas compras . Saí do supermercado e olhei para o céu.  Pequenos pontinhos brancos estavam lá . Sorrio e me sento em um banquinho que tinha do outro lado da rua.

Flashback on


Estava chorando no meu quarto , minha mãe estava internada por conta do cancer que a atingiu.


Ouvi batidas na porta e sequei as lágrimas pedindo para entrarem.


-- Filha , vamos ver a sua mãe ? -- Neguei com a cabeça. -- Por que não ?


-- Papai , a mamãe vai nós deixar ? -- Meu pai pareceu ficar triste mas depois ergueu a cabeça .


-- Não sei meu amor , mas se ela nós deixar temos um ao outro não é ?


Correu até mim e me abraçou.


***


-- Amor , prometa que se tiver de ser feliz com outra pessoa vc você vai ser ok ? Não quero que sofra para o resto da vida. -- Meu pai assentiu e começou a chorar .


-- Filha , você tem apenas 6 aninhos mas você precisa saber que precisa seguir em frente , mude a sua vida pela sua mãe , deixa de ficar sozinha , faça amizades , use bastante vestidos e nunca se esqueça que drogas são horríveis para a saúde entendeu ? Quero estar com a consciência limpa em saber que a minha filha vai ser a garotinha mais perfeita desse mundo , eu te amo .


Depois disso a máquina começou a apitar para avisar que mais uma vida se foi . abracei meu pai com muita força e ficamos assim por um bom tempo .


***
Estava fazendo minha tarefa de casa quando senti um cheiro terrível vindo da sala . Fui até lá e me escondi atrás da parede que separava a cozinha da sala . Me deparei com a cena mais horrível que eu já vi .


Meu pai estava literalmente fumando . Me assustei ao vê-lo . Ele tirou o cigarro da boca e tirou de cima do lustre uma garrafa de cerveja .


Voltei a fazer minha tarefa mesmo não prestando atenção em nada do que eu respondia . Minha atenção estava na imagem que eu acabei de ver .


***


Bati a porta três vezes e fui recebida pela minha tia .


-- Oi Byeol ! Por que veio sozinha ! Você tem apenas 11 anos para andar essas ruas todas ! Onde está seu pai !?


-- Meu pai faleceu tia Shuna , estava se drogando , posso morar com você ?


-- Claro YoYo -- Apertou minhas bochechas .


Entrei na casa e entreguei minha mala para ela .


-- Tia , eu não tenho mas 11 anos , hoje eu completo 12 anos -- Sorri sem emoção e ela me deu os parabéns .


-- Vamos comprar um bolo para comemorar ?


-- Não precisa tia , eu vou para o quarto de visitas , obrigada tia .


Sorri fraco e subi com a minha mala . A partir daí eu aprendi que não há nada que traga a felicidade de volta para meu coração . Não tinha nada para fazer então comecei a escrever umas coisas bem aleatórias que no final deu uma bela música .


Fiz o ritmo no mesmo dia e ela já estava pronta . Se chamaria Life is a glasse .


Flashback off


Sorri sem humor para as estrelas e voltei a caminhar pelas estradas de Seul . Cheguei em casa e as meninas estavam no portão me esperando .


-- Finalmente ! Achei que tinha morrido no meio do caminho ! -- Ri do desespero das meninas e entrei junto com elas .


-- Só... Fiquei destraida por um tempo -- Fechei o portão e elas deram ombros . -- O que vamos assistir ?


-- Arrow ! O que acha ? -- Afirmei e entramos .


***


Assistimos até o 7 capítulo quando me dei conta que era 11 da noite .


-- Meninas é melhor vocês irem para casa , amanhã tenho que estar bem acordada e quero ter uma boa noite de sono -- Elas afirmaram e me deram um abraço -- Quer que eu leve vocês ?


Elas confirmaram e eu fui pegar a chave do carro . Abri o portão e saímos .


***
Já tinha deixado a Iseul e a Yura em casa , elas eram irmãs então deixei elas na mesma casa . Só ficou eu e a Minah. 


--  Byeol você não acha que te cairia bem um namorado ? -- Freei o carro rapidamente .


-- O QUE ! -- Nego com a cabeça e volto a dirigir -- Minah namorado só traz problemas... Amor só traz problemas .


-- Bom... Nós duas sabemos que tem um lugar no seu coração que a música infelizmente não pode completar , nem eu e as meninas -- Sorrio com aquilo e nego com a cabeça mesmo sabendo que a minha amiga está certa. Graças a Deus já tínhamos chegado na casa dela .


-- Tchau amiga , pensa nisso ok ? -- Afirmo e dou um beijo em sua bochecha .


Observo ela sair do carro e paro um pouco para pensar . É verdade que as minhas amigas me ajudam muito e a música  me torna uma garota feliz . Mas lá no fundo tem um lugar vazio que eu ainda não identifiquei quem irá completa-lo .


Afastei esses pensamentos e resolvi ir em uma praça aqui perto mesmo sendo tarde .


Cheguei lá e me sentei em um banco . Comecei a observar novamente as estrelas do céu azul escuro .


Flashback on


-- Boa noite Byeol -- Deu um beijo com gosto de cigarro na minha bochecha que eu tive vontade de vomitar .


-- Boa noite pai .


Sorrio e ele apaga a luz me deixando sozinha no quarto .


-- É agora -- Falo para mim mesma e me levanto , tranco a porta do quarto e abro a janela que dá para a escada de emergência . Pulo a mesma e subo a escada até o terraço do meu prédio .


Sento na beirada com os pés soltos . Tinha 70% de chances de eu cair ali mas eu não me importava. 


Fiquei observando as estrelas e lembrando da minha mãe. Ela sempre disse para eu ser a garota perfeita como Sirius .


Parece que eu não consigo cumprir a promessa dela .


***
Estava perdida em meus pensamentos quando eu vi uma pequena mancha alaranjada na ponta do horizonte . Percebi uma bola amarela começar a crescer e descobri que já era para eu estar em casa. Desci as escadas de emergência e entrei pela minha janela . Fechei a mesma e destranque a porta . Me deitei e logo adormeci .


Flashback off


Eu fazia aquilo todas as noites . Desde os 8 anos até os 11 quando o meu pai se foi .


-- Atrapalho ? -- Olhei para o lado e um garoto de máscara e boné sentou do meu lado . Sorri e neguei . Não ia ficar muito perto de um estranho então , não vou tentar puxar assunto .
-- Por que olha tanto para as estrelas ?


Meio intrometido esse garoto né ? Mas acho que ele só quer ajudar .


-- Pensando na vida -- Meus cabelos agora tingidos de roxo balançavam por conta da brisa. -- E você ? O que faz aqui a essa hora .


-- Componho aqui -- Essa voz , já vi em algum lugar. 


-- Ah , também componho , mas não aqui -- Sorrio .


-- Você toca algum instrumento ? -- Sorrio e olho para os meus calçados .


-- Toco piano e você ? -- Olho para ele e o mesmo retribui .


-- Também , parece que temos várias coisas em comum -- Sorrio e não identifico se o mesmo também está por conta da máscara .


-- Sabe... As vezes eu queria ser como as estrelas , estar apenas existindo e... Não ter problemas -- Olho novamente para o céu que agora está meio nublado .


-- Deve ser muito bom não ter problemas , fugi de casa aos meus catorze anos , meus pais viviam brigando e não davam a mínima para mim -- Deu ombros -- Nem se interessaram em me procurar .


-- Eu sinto muito... Minha mãe morreu quando eu tinha 6 anos , e meu pai quando eu tinha 11 , fui morar na casa da minha tia mas depois de um tempo ela também faleceu , fiquei dependendo de mim mesma com 16 anos .


Começo a sentir gotas de chuva .


-- É melhor eu ir , foi boa a conversa mas eu tenho que ir para o trabalho amanhã e já são -- Olho o relógio de pulso -- 11:40 .


-- Tudo bem , sinto muito pelos seus familiares -- Nego -- Até outro dia...?


-- Byeol -- Estendo a mão -- Cho Byeol


-- Kwon -- Aperta a minha mão -- Lee Kwon .
-- Sorrio e apresso o passo para não ficar resfriada .


Entro no carro e ligo o parabrisas indo para minha casa. 


***


Acordei às 11 horas e levantei rapidamente . Desci e preparei ovos com bacon para o café da manhã . Servi em um prato e comi tudo . Lavei as louça e subi para tomar banho. 


Vesti uma calça de moletom preta e uma regata branca . Prendi meu cabelo em uma rabo de cavalo com duas mechas soltas na frente . Calcei meus All Star e peguei minha mochila. 


Coloquei o GPS para o endereço que o meu chefe me enviou e pelo trânsito demoraria 30 minutos. 


Cheguei lá às 13:45 , quinze minutos adiantada e toquei a campainha.  Min Yoongi abriu a porta e me encarava surpreso .


-- Prazer Min Yoongi , sou a Cho Byeol , nova coreografa dos BTS e sua ajudante em compôr músicas  -- Sorrio e o mesmo arregala os olhos -- O que foi ? 


Ele estava sorrindo muito e eu não entendi a sua felicidade. 


-- Bem vinda Cho Byeol , meu nome é Min Yoongi mas conhecido como Lee Kwon


-- Você tá de zoeira ?!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...