1. Spirit Fanfics >
  2. Start Over -Hyewon- >
  3. 14 -Can I Tell You a Joke?-

História Start Over -Hyewon- - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Olááá! Tudo bem?

Boa leitura!

Capítulo 15 - 14 -Can I Tell You a Joke?-


Fanfic / Fanfiction Start Over -Hyewon- - Capítulo 15 - 14 -Can I Tell You a Joke?-

 

-Alguém pode me dizer o que esses dois mongóis estão fazendo aqui? - Foi a primeira coisa que Sooyoung comentou ao ver Hyejoo, Jaemin e Jeno. Era segunda feira e como sempre, Hyejoo foi acompanhar Sooyoung e Jungeun para a escola.

-Bom dia para você também, Yves. - Jaemin abraçou a mais velha pelo ombro.

-Você não lembra? Eles vão começar a estudar conosco. Falando em mongol, cadê a Lip? - Hye falou.

-Febre e dor muscular. A coitada passou a noite inteira em claro com dor de cabeça. Vem cá, Na. - Sooyoung puxou o rapaz e pulou em suas costas - Agora sim.

-Aí você acordou, né? A princesa quer mais alguma coisa? - Perguntou ironicamente.

-Por enquanto não, estou de boas...

-Vai ser divertidíssimo ter esses dois estudando junto. - Jeno sussurrou para Hyejoo.

-Sem dúvidas. - Hyejoo riu fraco e seguiu ao lado do Lee, enquanto Jaemin e Sooyoung trocavam algumas farpas e ofensas.

***

-Eu não entendo... Por que a Hye não vem com você? - Jiwoo continuava a insistir nesse assunto. Desde que tinha descoberto que Hyejoo era “irmã” de Chaewon, a Kim começou a fazer um questionário para saber de tudo que acontecia entre a loira e a Son.

-Por que ela acompanha a Lip e a Yves, eu já te falei! - Chaewon comentou pela décima vez. Omitindo alguns fatos, não queria ter que se estender ainda mais nesse assunto.

-Você fica muito fofa quando irritada. - Apertou a bochecha da amiga - Alguém já te disse isso?

-Hyejoo vive me irritando e zoando sobre isso. Eu não aguento mais.

-Pensa que pelo menos vocês se divertem juntas. - Escutou a amiga resmungar algo como “Divertido para quem?” e acabou rindo - Quando estamos todas juntas ela mal fala. -  Continuou sua explicação - Eu até achei estranho como ela foi acessiva lá no noivado.

-Sim! Eu não entendo isso! Quando está só nós duas ou com os meninos, ela parece outra pessoa. Não é uma relação como Hyejoo-Sooyoung-Jungeun, mas é legal por que ela tenta conversar, sabe?

-Vendo ela agora, eu até me sinto mal por ter acreditado nos boatos. - Falou chateada.

-Pelo que eu entendi ela gosta dos boatos, então não se sinta mal.

-Oi, gente! - Yeojin assusta as duas amigas e se enfia entre elas - Alguém viu a Choe por aí?

-Caramba, Yeojin! Não faz mais isso... - Jiwoo falou ofegante e com a mão no peito.

-Eu até me desculparia, mas eu realmente quis fazer isso. - Deu de ombros e viu as mais velhas a olharem feio - Então, alguém viu a Choe?

-Não vi, eu acabei de chegar. - Chaewon respondeu.

-E eu estava lá na frente esperando a Chae.

-Vocês duas são péssimas amigas, até nunca mais. - Fez uma careta e continuou a busca por Yerim.

-Crianças... - Jiwoo falou negando.

-Wooming! - Heejin se apressou até a mais velha e a abraçou fortemente.

-Parece que não se veem há anos. - Kahei falou enquanto lia um livro.

-Eu vi que as madames saíram nesse final de semana e nem chamaram. - Haseul disse com um falso tom de chateação.

-Né! - Heejin se separou do abraço - Me senti traída. Até o Mingyu foi convidado. - Falou com a cara fechada.

-Vai começar o drama. - Chaewon revirou os olhos.

-Qual o problema da sua irmã? Hoje ela está mais estranha que o normal. - Chuu perguntou para a Jo.

-Ela está meio paranoica. A Yerim não está respondendo as mensagens dela.

-Desde quando a Yeo é tão grudenta?

-Olha só! - Vivi apontou para a entrada do refeitório. Yeojin estava praticamente grudada na Yerim.

-Finge que não viram. Olhem para lá. - Haseul falou e todas começaram a olhar para qualquer lugar, menos para o jovem casal.

-Vocês disfarçam muito mal, parem com isso. - Yeojin falou e as meninas começaram a voltar ao normal, menos Hyunjin - Hyunjin, você não escutou?

-Escutei sim, eu só não quero ver seu rosto agora cedo. - Disse despreocupada e as garotas começaram a rir.

-Ah, beleza!

Elas começaram a conversar por mais um tempinho, porém elas tiveram que parar pois o sinal tocou.

-E que comece o inferno! - Kahei falou de repente e pegou sua mochila - Vamos, Seul! - Entrelaçou seus braços e começaram a ir para suas salas. Ao longo do corredor as jovens foram se dispersando, até ficarem só as duas.

-Eu não acredito que vocês duas chegaram antes de nós. - Haseul falou ao ver Jinsoul e Yves já na sala.

-É uma longa história... - Yves falou.

As quatro ficavam nas últimas carteiras da sala, Jinsoul e Sooyoung formando uma dupla e Haseul e Vivi - na frente das outras duas - formando uma outra dupla.

-Qual é a longa história? - Vivi perguntou.

-A Yves estava tentando fugir do Jaemin, então já viemos para cá.

-O Jaemin me lembra a Yeojin, não sei por que. - Haseul comentou meio avoada.

-Okay, turma, agora eu quero silencio. Vamos começar uma nova matéria. Deem bom dia para os hidrocarbonetos. - A professora tomou a voz e os alunos já se apressaram em ficar quietos.

Na visão de Jinsoul, essa aula de química estava sendo um saco. Simplesmente não conseguia focar nessa aula, ou em qualquer aula envolvendo química.

-Hey, Jinsoul, uma piada foda, escuta aqui. - Haseul se virou para poder olhar para a amiga. Nisso, Jinsoul e Sooyoung se aproximaram um pouco para poder entender o que a Jo falava - O carbono acabou sendo preso. Sabe o que ele falou para o policial? - Viu as duas negarem - Eu tenho direito a quatro ligações senão eu quebro essa cadeia. - Nenhuma das duas esboçaram reação.

-Acho que elas quebraram.

-Que bosta, Haseul! - Depois de um tempo raciocinando, Sooyoung acaba se pronunciando, um pouco mais alto que devia e acabou chamando a atenção da professora e dos alunos.

-Estou atrapalhando alguma coisa, senhorita Ha?

-De forma nenhuma, senhora Park. Minha colega aqui da frente acabou contando uma piada química apenas, nada demais. Sinto muito pela interrupção. - A professora apenas deu de ombros e continuou a passar a lição na lousa.

-Quem vê pensa que você é realmente educada... - Jinsoul comentou - E sobre a piada, eu não entendi. - Falou simplista e viu as outras três darem um “facepalm”.

-Vai estudar química... - Kahei falou em negação. Jinsoul era um caso perdido.

As aulas seguiram tranquilamente, uma mais entediante que a outra. Desde a primeira aula Jinsoul não tirava os olhos do celular, Sooyoung até tentou xeretar, mas a Jung escondia o celular na mesma hora.

-Yves, sabe o que eu notei? - A Jung perguntou e viu a amiga negar - Eu não vi a Lip hoje. Eu mandei um monte de mensagens para ela e nada da resposta. Ela está bem?

-Por isso que você estava escondendo o celular de mim, hum? - Perguntou travessamente e viu a Jung corar.

-C-claro que não! Eu estava procurando piadas de química. Você acha que é só a Seul que pode fazer essas piadas nerds?

-Ata, entendi. - Deu um riso ladino, definitivamente contaria isso para Jungeun - Ela não está muito bem. Febre, dor de cabeça, essas coisas chatas aí.

-Primeiro: Não são piadas nerds, okay? Segundo: Conta a piada, duvido que seja melhor que a minha. - Haseul disse convencida.

-Se prepara: Sabe como o gás hélio ri? - Elas negaram - HeHeHe.

-Jinsoul calada é um poeta. - Vivi comentou e voltou a focar na aula. Ainda não estava acreditando no que tinha escutado.

-Eu acho que deveríamos fazer uma competição de piadas químicas e essas coisas. - Haseul falou e Jinsoul já começou a se animar. Essas duas amavam piadas.

-Qual é a graça dessas piadas nerds? - Sooyoung perguntou confusa.

-Elas são simplesmente perfeitas! - Haseul exclamou - É que você, cara Sooyoung, não tem o cérebro expandido para essas piadas intelectuais.

-Desculpa aí, Megamente. - Sooyoung retrucou, vendo Haseul fazer cara feia e as outras duas rirem.

-Eu topo, Seul. Vamos pesquisar algumas piadas no intervalo e fazemos a “sessão piada" - Deu ênfase - Na aula de geografia, a professora é lerda mesmo.

-Que errado, Jung. Que errado. - Sooyoung disse negando só para pegar no pé da amiga. A professora era lerda mesmo e sempre dava para mexer no celular nessa aula.

-Eu já vou começar a pesquisar piadas! - Jinsoul começou a mexer no seu celular, sem medo do professor ver.

-E quanto ao professor? - Vivi perguntou e Jinsoul deu de ombros.

-Jinsoul, minha aula está te atrapalhando? - O professor, que estava acompanhando tudo de longe, surge ao lado da Jung e aponta para o celular.

-É sobre a sua matéria, senhor Jeon. - Tentou desconversar.

-Estou vendo, minha matéria virou uma piada? Terei que confiscar seu celular. - Estendeu seu braço para receber o celular, porém o sinal bateu bem na hora.

-Olha só, o sinal bateu. Tenho que ir, combinei de encontrar com a Yerim do segundo B. Tchau, professor! Amo o senhor! - A aluna nem arrumou seu material, apenas saiu correndo.

-Juro que tento por juízo na cabeça dessa menina... - Sooyoung falou delicadamente e arrumou as suas coisas e as coisas da Jung. O professor apenas balançou a cabeça e foi para sua mesa.

As três amigas saíram sem pressa nenhuma da sala de aula e seguiram para o refeitório.

-Eu juro que vou surtar se eu continuar na mesma sala que o Jaemin! - Hyejoo se descontrolou por um décimo de segundo e respirou fundo - Eu termino esse ano sem nenhum fio de cabelo ou qualquer tipo de neurônio.

-Você tem algum tipo de neurônio? - Chaewon questionou retoricamente.

-Eu tenho! Mais que você eu sei que tem! - Alfinetou de volta e notou o cenho franzido da Park.

-Vocês não sabem o que aconteceu... - Vivi comentou - Quer contar, Jinsoul?

-Vamos fazer uma competição de piadas, ué? - Contou com um falso tom de inocência, omitindo a parte que quase perdeu o celular. Sabia que as amigas iriam zoar ela por isso - Agora eu tenho que pesquisar mais piadas, ficarei concentrada aqui.

-Isso é preocupante, da última vez que você ficou concentrada aconteceu uma merda enorme. - Hyunjin falou e se afastou da Jung, as chances de receber um tapa eram enormes.

-Você prometeu nunca mais falar sobre! Kim Hyunjin, sua traidora! - Jinsoul se exaltou e percebeu ter chamado um pouco mais de atenção que necessário.

-Eu tenho medo do passado das duas. - Yerim comentou.

-Olá colegas, tudo bem? Oi princesa, tudo bem? - Jaemin se sentou na mesa ao lado das meninas, junto com seus novos amigos.

-Não me chame de princesa, não sou sua amiga, Na Jaemin. - Sooyoung falou em um tom mais seco. Ironicamente, Sooyoung tinha muita vontade de conhecer um pouco mais dos primos de Hyejoo. A amiga sempre contava as aventuras deles e os dois sempre pareciam ser super divertidos. Mas depois de um certo tempo de convivência, a Ha queria que o Jaemin sumisse.

-Nossa, Sooyoung. Me magoou.

-Oi de novo, Hyejoo, Yerim. - Haechan, um dos novos amigos de Jaemin e colega de classe de Yerim, Hyejoo, Jeno e do próprio Jaemin.

-Será que dá para sumir? Estou convivendo com eles por dois meses e não aguento mais. - Hyejoo comentou.

-Veja de mudar para nossa sala... - Heejin propôs.

-Eu já pensei seriamente nisso, mas o Mingyu é da sala A. Desisti na hora.

Depois disso, Jaemin e seus amigos acabaram se distraindo e esqueceram um pouco a existência das onze ali. As garotas do terceiro ano realmente ficaram focadas em procurar piadas para a próxima aula.

 

***

-Bom dia, classe! Hoje começaremos um assunto novo e gostaria da atenção de todos. - Começou a professora. Os alunos mal tinham chego na sala e ela já estava toda ansiosa para a matéria nova.

-Que pena querida... - Jinsoul sussurrou sarcasticamente.

-Uau, que rebelde essa aluna - Vivi comentou no mesmo tom. Todas já estavam com suas piadas prontas - Eu começo...

***

 

A aula passada tinha sido uma verdadeira montanha russa de emoções. Sentimentos como: diversão, decepção, vontade de sair da aula para não ter que escutar mais essas piadas, vergonha alheia e muitos outros que não tinha como ser determinados.

No final de tudo, Sooyoung - a que menos queria participar dessa palhaçada - acabou ganhando. Óbvio que ela ficou se gabando a todo momento, alegando ter se tornado a mais nova “Megamente do rolê”. Para o azar das quatro a aula seguinte era de um professor insuportável, então não teria como elas continuarem com os trocadilhos e piadas - como tinha sugerido Sooyoung. Mas nem tudo estava perdido, Jinsoul aproveitou essa folga das piadas para poder mandar uma mensagem para Hyejoo.

 

Mensagem com Hye:

Jindori: Oi Hye, é a Jinsoul aqui! Não sei se você tem o meu contato por isso estou me identificando aqui.

Jindori: Então, a Lip pediu para que eu devolvesse um livro que ela me emprestou, só que eu iria entregar hoje na escola e infelizmente ela não veio. Eu não sei quando ela vai voltar novamente e ela encheu meu saco para que eu devolvesse, teria como você passar o endereço dela?

Hye: Oi Jinsoul, de fato eu não tinha seu contato rs. Tem como eu passar sim!

Hye: Endereço qualquer aí

Jindori: Muito obrigada!

 

Jinsoul se sentia vitoriosa e Hyejoo deveras confusa. Desde quando Jungeun emprestava livros? Reformulando a pergunta: Desde quando Jungeun tinha algum livro que não fosse da escola? A Son decidiu acreditar - afinal, aquilo não era da sua conta - e até pensou em se oferecer para levar o livro para Jungeun, mas achou melhor ficar quieta.

As últimas aulas nunca passaram tão lentamente quanto essa vez. Jinsoul estava cada vez mais inquieta, até suas amigas notaram. A Jung já tinha guardado e arrumado os materiais que não utilizaria mais, só na expectativa de ter passado o tempo. Depois séculos o sinal bateu e não demorou nem um minuto para Jinsoul correr para fora do colégio. Tinha altíssimos planos para sua tarde.

Como suspeitava Hyejoo, Jinsoul não iria mesmo devolver o livro. Nem mesmo tinha pedido emprestado um livro de Jungeun. Desde que Sooyoung falou que a morena estava mal de saúde, ela acabou tendo uma ideia louca e pensou: “´Por que não?”. Então lá estava Jinsoul, indo para uma loja de conveniência que tinha perto do colégio para comprar uma sopa enlatada. Provavelmente a mãe de Jungeun tinha feito uma sopa muito melhor, completa e saudável, mas a Jung realmente queria encontrar a Kim.

Comprou um caldo de legumes e esquentou lá na loja mesmo. Agradecia por ter essa opção. Seguiu o caminho inteiro pensando no que falar caso desse de cara com os pais de Jungeun.

“Oi, eu trouxe uma sopa para sua filha só de desculpas para ver ela”

“Oi, a minha sopa é melhor que a sua”, okay, essa melhor não.

“Oi, por favor me deixe entrar. Não gastei dinheiro com essa sopa à toa”

Achou melhor ignorar essas opções e apenas seguir o fluxo. Esperava que os pais da Kim não encrencassem com ela.

-Hm, segundo o endereço é aqui... - Era um sobrado pequeno mas muito bonito. Foi até a porta de entrada e deu leves batidas.

De princípio a Jung pensou que não tinha ninguém, porém depois de algum tempo esperando a porta foi aberta por uma Kim Jungeun pálida, com os cabelos parecendo uma juba e grandes olheiras.

-O que... - A Kim perguntou. Sua voz estava rouca e fanha.

-Eu trouxe sopa. - Mostrou a lata e sorriu.

-Desculpa a pergunta, Jinsoul é você?

-Sou eu sim, Lip. - Acabou rindo. Jungeun estava um pouco mais fora da casinha que o normal.

-Você trouxe sopa?

-Sim, de legumes. - Mostrou novamente a lata.

-Perfeito. Eu estou faminta e meus pais não deixaram nada preparado aqui. E não sei se deu para perceber, mas eu não estou em condições de me virar sozinha. - Puxou a mais alta para dentro de sua casa.

 


Notas Finais


Tag yourself: Jinsoul - A lerda/ Haseul - Piadista 11/10/ Sooyoung - A que não aguenta mais as amigas/ Kahei - Preparando para tacar essas piadas no "nariz" das amigas.
Me: Haseul rs (EU AMO ESSAS PIADAS IDIOTAS, RI PACAS PROCURANDO ESSAS PIADAS)

Um capítulo mais diferenciado(?) e com interações, hmmmm, gosto<3
Próxima parada: Viseul World <3

Obrigada por terem lido e até o próximo cap<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...