1. Spirit Fanfics >
  2. Start Over (Reescrevendo) >
  3. Coragem

História Start Over (Reescrevendo) - Capítulo 10


Escrita por: Tashi_Uchiha e MaridoDoKiba

Capítulo 10 - Coragem


Lee está sentado em um dos bancos do clube de box, o mesmo está bastante cansado por ter passado algumas horas treinando com os seus companheiros, ele olha para Neji, que ainda está com raiva do mais velho e só continua ajudando o amigo por causa do medo, Lee é uma pessoa que se esforça muito para ajudar os outros e às vezes ele acaba se esforçando demais ou se machucando.

- Você está bem, cara? - Lee pergunta após notar o mau humor do amigo. Neji olha para o maior e acaba se lembrando dos momentos que foi ignorado por causa do novato, sem pensar duas vezes, ele pega uma garrafa de água e joga na direção de Lee, mas ele a pega e ainda agradece, sem notar que o menor queria atingi-lo com o objeto.

- Eu estou bem, Lee - O pequeno responde e olha para o relógio, ele nota que passou bastante tempo trancado naquela sala e que ele já deveria estar em casa, por isso, ele pega as suas coisas e anda até a porta da sala do clube, deixando para trás o seu amigo, que sempre vai com ele para casa.

- Ei! Espere por mim - Lee pega suas coisas com pressa e corre para alcançar Neji, que não parou de andar - Qual o seu problema? Você não é assim, Neji - Ele diz após alcançar o gênio, o mesmo olha irritado para os olhos de Lee e depois suspira, como se ele tivesse algo importante para dizer, mas não conseguisse.

- Eu já disse que estou bem, quem anda estranho é você - O Hyuuga responde e depois acelera os passos, sem notar, ele acaba aumentando o tom da sua voz e isso acaba chamando a atenção de algumas pessoas. Lee sabe que tem algo errado e ele quer ajudar Neji de alguma forma, ele realmente quer ajudá-lo, mas se ele não souber o que houve, ele não pode fazer nada.

- Me solta - Diz o pequeno com raiva, ele fuzila o maior com o olhar, mas Lee, mesmo com aquele olhar, ignora a raiva do menor e puxa o seu braço para ele chegar mais perto.

- Me fala o que há de errado? Eu fiz alguma coisa que eu não lembro - Lee diz coçando a cabeça e tentando lembrar de algo que fez para deixar o amigo tão irritado. Neji deixa escapar um suspiro e decide fazer uma peegunta para Lee:

- Lee, você gosta de alguém? - Neji perguntou meio corado, enquanto Lee tentava entender o que essa pergunta tinha a ver com os problemas do menor, mas não demorou para ele chegar em uma conclusão: "Ele deve estar tentando mudar de assunto". Foi o que Lee pensou, em respeito a Neji, ele achou melhor deixar aquilo de lado, pelo menos, por enquanto.

- Bom... Sim, mas acho que... É um amor platônico - Lee diz olhando para o pequeno que está na sua frente.

- Entendo - Neji suspirou e olhou para o lado, em seguida voltou a caminhar sem falar mais nada, Lee quis perguntar novamente, mas ele não sabia se deveria, talvez fosse melhor perguntar para o pai dele assim que o deixasse em casa ou esperar ele ficar pronto para contar, então Lee tentou deixar isso de lado e ter uma conversa com o pequeno.

- Acho que o clube de luta vai arrecadar a maior quantia - Lee comenta demostrando o seu forte espírito competitivo - Mas ainda quero que o Naruto participe, adoraria lutar com ele - Ele diz sorridente, mas para de sorrir após notar que o pequeno parou de andar.

- Se você quer tanto assim, por que não pediu para levá-lo até em casa? Por que não mostra o clube novamente? Por que não tenta se aproximar dele? Você pode pedir para ele ajuda-lo com o treinamento ou com as notas - O menor está irritado e triste, o mais velho fica ainda mais preocupado quando nota que o menor está chorando.

- Por que você está chorando, Neji? - Lee ainda não entende o motivo daquelas lágrimas e qual a relação delas com o loiro - O Naruto fez algo com você, sei que ele brigou com o Sasuke, mas pensei que ele era uma boa pessoa - Neji se aproximou de Lee e encostou a sua cabeça no peito do amigo, em seguida olhou para os olhos do maior.

- Você realmenter quer saber?! - Neji olhou para Lee, ele tentou falar, mas não conseguiu dizer nenhuma palavra, ele resoirou fundo, reuniu toda a sua coragem e tentou novamente - Eu... Eu te amo - O menor rouba um beijo surpeendendo o maior que fica imóvel, ele está chocado, nunca imaginou que o amigo tinha sentimentos por ele. Neji notou que não estava sendo correpondido e, por isso, se afastou ainda com os seus olhos marejados - Desculpe, passei dos limites - Neji olha para frente - Você não precisa se preocupar, não vou incomodá-lo mais - O menor deu um passo para frente, mas parou ao sentir o corpo do mais velho próximo ao seu, os braços dele o envolvendo com bastante força, como se ele estivesse com medo de deixá-lo partir.

- Eu também te amo, Neji - Lee disse chorando enquanto pensava no quanto o Hyuuga sofreu por conta desse amor e que ele poderia ter confessado há muito tempo, mas ele teve medo, ele foi fraco e, por causa disso, ele causou sofrimento para aquele que tanto ama.

- Lee... - Neji se virou para olhar para o rosto do amado e ganhou um beijo, um beijo doce, sem malícia ou segundas intenções, depois de alguns segundos ele afastou os seus lábios e repetiu aquela frase: Eu também te amo.

O pequeno não conteve os seus sentimentos, por isso, abraçou o mais velho e roubou um selinho, após aquele momento, ambos andaram até a casa do Hyuuga de mãos dadas, sem se importar com os olhares ou sussurros, pois eles realizaram o seu maior desejo, ter o seu amor correspondido.


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo, comente o que achou e até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...