1. Spirit Fanfics >
  2. Stay For Me ( Segunda Temporada - Jenlisa) >
  3. 17

História Stay For Me ( Segunda Temporada - Jenlisa) - Capítulo 17


Escrita por:


Capítulo 17 - 17


- Viu só, ela está viva e inteira. Além de amar passar o fim de semana com a gente, não é Megan?

A menina que estava no meu colo com a mão na boca balançou o corpo de um modo afirmativo enquanto olhava pra mim. Deixei beijos naquelas bochechas que tendia a crescer cada vez mais, ela estava crescendo muito rápido e logo seria o seu primeiro natal e o seu primeiro aniversário.

- Você gostou de sair com eles, moranguinho? A mamãe sentiu a sua falta sabia?

- Mamãe.

- É a mama... MAMÃE? Espera você disse mamãe? JENNIE! JENNIE, ELA DISSE MAMÃE!- a garota correu até nós com a cara surpresa, olhando pra mim e para Megan.- Fala, moranguinho! Mamãe. Mamãe!

Ela olhou pra mim e depois olhou pra Jennie com uma cara de descaso ela voltou a colocar a mão na boca deitando a sua cabeça em meu ombro. Fiquei parecendo a mentirosa da situação.

- É sério, Jen! Ela falou mamãe! Eu juro!

Ela riu pegando Megan do meu colo e a enchendo de beijos, porque ela não acreditava em mim? A Megan falou! Mamãe! Eu não estava louca. Como de costume em onze meses da nossa vida, eu e Jennie ficamos ali com ela até o seu sono chegar, ela já dormia enquanto tomava a mamadeira não foi atoa que o objeto quase caiu. Jennie sorriu apagando o seu abajur e desejando boa noite a pequena enquanto eu a cobria.

Fiquei feliz quando saí de férias, poderia passar mais tempo com elas, e ainda mais quando Jisoo e Chaeyoung iriam se juntar a nós, aquela noite seria a melhor.

E a pior.

O natal era a minha data favorita por algum motivo, sempre foi. E eu ensinei a minha irmã a amar ele também. Nós montavamos a árvore enorme enquanto Minnie e Yeji disputavam a atenção de Megan. Eu sorri quando ela deu um grito irritado estendendo os braços em minha direção, ainda queria que ela mordesse uma das duas.

- Elas são estranhas não são, moranguinho? A mamãe também acha isso.

- Mamãe.

- Mamãe... VOCÊ OUVIU, JENNIE! VIU SÓ EU FALEI!

- Nossa tudo isso por conta de uma palavra.

- Cala a boca, Yeji. Quando você for mãe vai entender o quanto essa palavra é maravilhosa de ser escutada!

Fiquei extremamente orgulhosa quando naquele mesmo dia ela diferenciou tudo, mamãe Lili, mamãe Nini. Claro que eu acabei chorando junto a Jennie era gratificante a cada dia. Olhei todos envolta da grande mesa era tão incrível e sei lá... acolhedor. Sempre me senti sozinha, sem família quando a minha avó faleceu, mas naquela noite entendi que família não é só a de sangue, que as vezes amigos são melhores que a família de verdade. Ao ver Jisoo e Chae se beijando de um modo suave, vi que tinha feito um bom trabalho cuidando daquela menina, sabia que aquelas duas ainda dariam muito certo. Minnie me ensinou a correr atrás de quem eu realmente queria, ela me ajudou com a Jennie mesmo sentindo algo por mim, eu amava ela por aquele motivo. Olhei para Jennie que me parecia bem, alegre, enquanto conversava alguma coisa com Seulgi, Minjae e Yeji, cinco anos pareceram cinco eternidades longe dela, e ainda mais com a sua volta. Por fim olhei para Megan ali sentada em meu colo enquanto tentava pegar uma cenoura do meu prato, sentia cada emoção com aquela menina, cada coisa. O amor era puro entre eu e ela. A amava e sentia que ela também me amava.

- Ano que vem precisamos fazer um amigo secreto.

- Sem essa, Seulgi, lembra daquela vez que fizemos isso no colégio. Você me deu um par de meia!

- Você me deu um chaveiro, Minnie!

- E eu que ganhei um quebra-cabeças! Lisa, você não sabe escolher presentes.

Eu joguei um travesseiro nele, enquanto abrigava Jennie ali nos meus braços, Megan já havia pegado no sono e estava no nosso quarto, por ser mais perto da escada e caso ela chorasse escutariamos.

- CHAEYOUNG! TIRA A MÃO DA BUNDA DA MINHA IRMÃ!- eu gritei separando as duas, foda-se se elas estavam juntas e Jisoo já tinha quase dezoito, ainda era uma criança.

Ainda ficamos um tempo lembrando de quanto estudavamos juntos, e agora não doía tanto, Jennie estava ali abraçada comigo. Tudo estava bem.

- Vou dar uma olhada na Megan.- ela sussurrou deixando um selinho em meus lábios e subindo. Eu a olhei ainda sorrindo, tinha certeza que estava com uma cara de idiota.

- Agora falando sério, Lisa, quando vai pedir ela em casamento?

- Que história é essa, Minnie? Que casamento?

- Olha, vocês já são uma família! Só falta o casamento, Manoban!

- Podemos dar uma ajudinha! Chega nela e fala assim, Jennie! Amor da minha vida! Mãe da minha filha! Eu-

- Por tudo que você considera sagrado, Seulgi, cala a boca!

Começamos a rir até que escutei passos rápidos pelo o corredor lá em cima, olhamos em direção a escada e ali estava Jennie, branca igual a um papel.

- A Megan... a Megan não está no quarto... alguém levou ela!


Notas Finais


Acho que vou correr para não morrer...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...