1. Spirit Fanfics >
  2. Stay For Me ( Segunda Temporada - Jenlisa) >
  3. 19

História Stay For Me ( Segunda Temporada - Jenlisa) - Capítulo 19


Escrita por:


Capítulo 19 - 19


Consegui ver o sol nascer ao longe enquanto acariciava os fios de Jennie que custou para dormir naquela noite, eu por si não preguei o olho. Segurava a boneca de pano a qual Mengan tanto amava, via que o pano já estava se rasgando, igualmente ao meu coração em pensar nela. Será que ela havia acordado? Com certeza sim... veria o ambiente diferente, veria que não era a gente. Nunca aguentei ouvir o seu choro, entrava em uma espécie de desespero e atendia a sua necessidade, doía sempre. Mas era confortante quando ela vinha engatinhando quanse andando até o meu colo, com aquele choro manhoso que não descia nenhuma lágrima.

Porque lembrar sempre dói tanto?

Eu olhava para Jennie, sua pele estava meio pálida e havua olheiras fundas, seus olhos meio inchados de tanto chorar na noite passada. Me coloquei no lugar dela. Eu observava as duas meio escondida as vezes, como ela olhava com amor para Megan, como a pequena a encarava apaixonada, a conversa das duas quando Jennie dava a mamadeira, ouvia a canção de ninar em um dia chuvoso quando ela não conseguia dormir, cada preocupação que ela tinha, quando os primeiros dentes de Megan nasceram, era normal a pequena ter ficado com um pouco de febre e mais manhosa. Jennie cantava para ela, e dizia que logo logo tudo ia ficar bem, aquilo doía. Eu só precisava da nossa menina aqui, só isso.

Escutei batidas na porta, e cuidadosamente deitei Jennie na cama a cobrindo e torcendo para que ela não sentisse a minha falta tão cedo, queria que ela dormisse pelo menos um pouco. Quando saí, Yeji me olhava com uma expressão preocupada e com um envelope na mão.

- Acabaram de deixar aqui....

Eu abri aquele pedaço de papel, assustada ao ver uma mecha de cabelo e uma carta. Minha cabeça começava a doer muito.

Não estamoa brincando, Jennie. Terá a sua filha, de voltar para Paris conosco. Caso ao contrário te enviaremos cada parte do corpo dessa garota.

Era uma mecha de cabelo da Megan. Comecei a tremer de um modo frenético, eu queria muito que aquilo tudo fosse apenas um pesadelo e quando eu acordasse encontraria Megan ali ao meu lado, me encarando enquanto Jennie trocava a sua fralda.

- Já chamamos o Kelley, em pouco tempo estará aqui. Irá mostrar para Jennie?

- Não! Ela nao pode ver isso. Eu sei que ela vai fazer de tudo para ter Megan de volta, isso incluí voltar para Paris com eles, e eu não posso aguentar isso.

Eu desci junto a ela quando ouvimos conversas vindo do andar debaixo, eles estavam ali, e julguei que isso aconteceria muitas vezes até acharmos Megan. Mostrei a ele a mecha de cabelo junto a carta, ligando o sistema de emoção e chorando nos braços de Chaeyoung. Eu tentava me manter forte por conta da Jennie, mas não conseguia mais.

- Lucas, volte a base e traga o nosso pastor alemão. Com essa mecha de cabelo com certeza Phill pode achar a menina. Depressa.

- Sim, senhor.

- Podem nos dizer quando de fato essa carta chegou?

- Ao certo não, acordamos por volta das seis e quando vimos ela já estava ali.

- Certo. Harry, faça uma patrulha pela vizinhança, e me convoque se achar algo errado.

- Entendido.

- Pelo o que entendi, Jennie estava em Paris.

- Sim, ela conheceu Yoongi lá. Voltou com ele.

- Mais um suspeito na lista. Com ele são três, o senhor e a senhora Kim são os principais. Lalisa, pode me falar mais sobre a Kamilly e sobre o relacionamento de vocês duas.

- Kamilly era a minha colega de trabalho, não tivemos uma relação. Sei pouco sobre ela, sei que é da Argentina e que tentava a vida aqui em Las Vegas. O lance foi que em uma noite bebemos demais e acabamos na cama, nada além disso, uma noite só, e eu nem me lembro disso. Depois disso eu não a vi mais no trabalho, e.... a Sana... a minha chefe disse que ela estava envolvida com a máfia algo assim.

- Tem certeza?

- Não posso confirma, eram apenas boatos. Sem afirmações de terceiros.

Em pouco tempo, Jennie desceu, voltava a chorar sabendo que Megan ainda não estava em casa. A coloquei em meu colo sussurrando pra ela que eles iriam achar a Megan, sentia a suas lágrimas molhando o meu pescoço e a sua respiração nada controlada ali também. Quando Lucas voltou com o pastor alemão entreguei a mecha de cabelo junto a roupa que a Megan mais usava e que ainda prevalecia o cheiro de morango. Phill logo estava andando em direção a porta de entrada puxando todos.

Sentia que ainda estava longe de acabar...


Notas Finais


👀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...