1. Spirit Fanfics >
  2. Stay With Me - Sooshu >
  3. 008

História Stay With Me - Sooshu - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Oii

Capítulo 9 - 008


Fanfic / Fanfiction Stay With Me - Sooshu - Capítulo 9 - 008

16:30 pm ( quatro e meia da tarde ).

Minnie não saiu do lado da Shuhua por nem um minuto, A mais velha apenas deitou ao lado da mais nova, e depois de um bom tempo fitanto o teto branco do quarto, acabou cochilando. 

Shuhua ainda estava dormindo enquanto Minnie se encontrava despertando, do não muito longo nem muito curto, cochilo. A mais velha olhou para o lado onde Shuhua estava e não deixou de sorrir ao perceber que a respiração da garota estava calma. Ao olhar para o relógio de estante que havia em seu quarto, Minnie decidiu se levantar e preparar algo para ela e Shuhua comer já que em qualquer momento a mais nova acordaria possivelmente com fome. 

Enquanto procurava algo nos armários da cozinha Minnie se encontrava confusa por não saber do que Shuhua gosta de comer. Depois de alguns minutos pensando Minnie lembrou que no día anterior havia ido ao mercado com Soyeon isso significava que dentro da geladeira tinha barras de chocolate e no armário alto estavam as bolachas e salgadinhos.

Minnie e Soyeon costumavam comprar muitas "bobeiras" para elas comerem, e por mais que não seja saudável, era difícil resistir aos doces. Foi a única coisa que Minnie encontrou para elas comerem, Shuhua provavelmente gostaria, a final, quem não gosta de doces? Era isso! Iriam se encher de doces. Olhando bem as coisas que haviam na geladeira acabou encontrando morangos. Nada melhor do que Morango com chocolate e salgadinhos, certo?.

Minnie agora estava tentando planejar algo para fazerem durante o resto do dia. Talvez assistir assistir algo séria uma boa escolha, mas aí se encontra mais um problema já que Minnie tem um gosto mais radical para essas coisas e sempre opta por ação, não que ela não goste de filmes mais calmos ou algo do tipo, mas ação sempre foi seu gênero preferido. O fato da Minnie gostar de ação não era o problema! O problema era que ela não sabia do que Shuhua gostava de assistir e a mais nova não tem cara de quem gosta de filmes assim então talvez terror ou suspense? Obviamente que não. Comédia? Comédia-romântica? Romance? Nenhum parecia se encaixar.

Agora Minnie estava pensando seriamente em ligar para Miyeon, mas antes que ela pudesse ir buscar seu celular no quarto algo lhe chamou atenção, ou melhor, alguém lhe chamou atenção ao aparecer na sala coçando os olhos.

- você acordou!

Shuhua se assustou ao ouvir a voz da mais velha e olhou em sua volta se sentindo confusa ao perceber que estava em um lugar desconhecido por ela.

- eu falei com a Miyeon e... Bom, ela deixou você dormir aqui hoje. - Minnie comentou animada - tudo bem pra' você?

- Miyeon-ni veio aqui? - era perceptível o nervosismo na pergunta.

- não, mas eu liguei pra' ela e falei que eu te trouxe aqui -  deu uma curta pausa observando as expressões de Shuhua. - não se preocupe, eu não contei sobre o que conversamos.

Shuhua pareceu relaxar por algum instante.

- você pode confiar em mim, Shuhua. - mordeu o lábio.

Minnie estava um pouco nervosa com a situação pois realmente queria ter Shuhua como amiga, e para isso precisava que a mais nova confiasse nela. Após o ocorrido mais cedo Minnie sentiu que Shuhua é uma garota frágil e que teria que tomar cuidado porém não sabia qual tipo de cuidado.

- aliás... Nós somos amigas, não somos? - com olhos esperançosos Minnie completou. - eu sou sua unnie.

Shuhua estava tentando processar o que acabará de ouvir. Já havia passado tanto tempo desde que teve uma amiga, na verdade ela nem se lembrava se algum dia teve uma amiga, e talvez Shuhua nunca teve já que até mesmo na infância ela sempre era excluída e ignorada pelas outras crianças.

Coréia do sul, 2013.

Haviam várias crianças brincando juntas no recreio da escola todos estavam se divertindo, menos Shuhua. Shuhua estava sentada em um banquinho enquanto observava as outras se rindo e se divertindo dessa vez estavam brincando de pega-pega, brincadeira que Shuhua tinha questão de deixar em primeiro lugar em sua lista imaginária de brincadeiras. Na escola Shuhua não tinha amigas ou coleguinhas para brincarem com ela então sempre observava tristemente os outros se divertirem, e ansiosamente o horário de voltar para casa e talvez ter a chance de brincar com Miyeon.

O que era considerado infantil para as outras crianças, para Shuhua se tornava duas vezes, ou mais, infantil. Uma criança com 10 anos quer apenas se divertir, dizem ser a melhor fase. Shuhua como uma criança inocente achava que isso era normal, talvez apenas não tinha se encaixado e que em algum momento iriam cama-la para brincar, porém isso nunca acontecia.

Shuhua se divertia apenas quando sua eonni decidia brincar com ela no quintal da casa, ou na piscina, ou até mesmo no quarto. Miyeon estava na fase da pré-adolecencia, pré-adolentes geralmente não gostam de coisas infantis, então o que à alguns anos atrás era frequente acabou se tornando raro.

De tanto esperam sentada e esperançosa em um banquinho todo desenhado Shuhua decidiu tomar uma atitude. Determinada se levantou e foi até o grupinho que estava discutindo quem iria pegar dessa vez, já que a outra criança que estava na vez decidiu parar de brincar, então ela tentou o segundo passo.

Perguntar se ela podia brincar com eles.

- oi - Shuhua falou timidamente enquanto brincava com as próprias mãos. - eu posso brincar com vocês?

As crianças cochicharam algo que Shuhua não conseguiu escutar e depois se olharam sorrindo, ansiosa era como Shuhua estava se sentindo, ela esperançosa para que sua coragem tivesse surtido efeito. E então as crianças começaram a se espalhar enquanto riam e Shuhua acompanhou, uma criança pegava a outra e depois fugia ela estava entrando no clima animadamente, mas foi quando a menina que estava na vez de pegar apenas empurrou Shuhua para que ela saísse da frente a fazendo cair no chão, o que resultou em um pulso doendo, essa mesma criança alcançou outra e disse "tá com você" e fugiu. Shuhua se levantou com os transbordando água e se sentou no banquinho que esteve antes.

Ao chegar em casa Shuhua correu para o quarto de sua eonni para chama lá pra brincar de pega-pega e ao chegar lá viu que Miyeon não estava sozinha, estava com sua vizinha, as duas garotas ouviam música animadamente enquanto jogavam algum jogo online no celular.

- Yeon-ni! - Shuhua exclamou e pulou na cama de Miyeon. - vamos brincar? Já faz tempo que você não brinca comigo então que tal de pega-pega? Hoje na escola tinha umas crianças brincando de pega-pega e elas não deixaram a shu... 

- aigoo Shuhua! Você está nos atrapalhando - Miyeon exclamou frustada. - eu não sou mais criança e não quero brincar com você!

- por que você não quer mais brincar com a Shuhua? A gente sempre brincou e...- Shuhua foi cortada mais uma vez.

- aigoo! Você é chata! - Miyeon largou o celular e finalmente olhou para a irmã mais nova. - você está falando daquele jeito de novo! Appa tinha razão, você está ficando irritante.

- Miyeon-ni shu-eu só...

- vai arranjar alguma coisa para fazer e nos deixe em paz, Shuhua. - após terminar de falar Miyeon voltou a atenção para o celular, que agora estava em suas mãos novamente, sem percebeu o quanto aquelas palavras aviam afetado a irmã mais nova 

E Shuhua mais uma vez no dia estava sentindo seus olhos molhados de lágrimas então sem dizer mais nada se retirou do quarto, decidiu que não iria mais incomoda-las.

Shuhua se ocupou pintando vários desenhos, ela não iria chorar queria provar para seu appa que ele estava errado quando a chamava de chorona.

Coréia do sul, dias atuais.

Shuhua soltou uma risadinha fraca e desviou olhar evitando contato visual com a garota a sua frente. A Yeh havia caído em si. Para Shuhua isso fazia parte de mais algum tipo de piadinha para zoarem com ela. Qual é? Como acreditar que alguém estava realmente querendo ser amiga de Yeh Shuhua, sendo que a mesma sempre foi motivo de piada e ignorada por todos, incluindo Miyeon.

- e então, somos amigas? - Minnie insistiu esperançosa.

Shuhua a analisou um pouco, tudo estava indicando que Minnie estava sendo sincera, mas parecia impossível acreditar.

- e-está falando sério?.

- sim, por quê eu não estaria? - retrucou. - eu realmente quero ser sua amiga, Shuhua.

- Shuhua é chata, por quê você quer ser minha amiga?

- eu não me importo - Minnie sorriu, estava conseguindo - por...

- Shuhua é irritante, você vai ficar irritada.

- eu não acho você irritante, Shuhua, e...

- mas Shuhua não sabe ser amiga, n-não consegue ser e se Shuhua fizer errado mais uma vez? N-não... - Shuhua estava desesperada, estava nervosa era a segunda vez que alguém estava se aproximando dela.

A primeira pessoa que se aproximou de Shuhua foi Soojin que sempre a observou de longe, mas então um dia com o incentivo da Yuqi ela tomou coragem e chamou Shuhua para sair. Shuhua estava com medo então comentou com a Miyeon que logo a incentivou para aceitar o convite e então ainda receosa acabou indo e nesse dia notou sentimentos desconhecidos por ela mesma. E com mais alguns encontros começaram a namorar.

Shuhua estava em uma situação totalmente diferente agora. Quando Minnie reparou o comportamento diferente de Shuhua ela logo tratou de abraçar a garota.

- esquece tudo isso, eu sou sua amiga. - falou determinada.

Shuhua pareceu calcular em sua mente tudo o que estava acontecendo.

- você é m-minha amiga? - Shuhua fechou os olhos com força esperando a resposta.

- sim, eu sou, Shuhua.

- E-então Shuhua também é sua amiga. - um sorriso fraco surgiu no rosto da garota mais nova enquanto no da Minnie era um sorriso grande.

- o que você acha de comermos algo, uhn? - Minnie perguntou ao sair do abraço. - preparei algumas bobeiras pra gente comer, me espere na sala.

E Shuhua obedeceu, foi até a sala e se sentou no sofá enquanto olhava para as próprias mãos na espera de Minnie.

- pronto. - Minnie falou enquanto colocava algumas coisas como (barra de chocolate, bolacha, salgadinhos e duas latinhas de Coca-Cola) no sofá. - por que não ligou a televisão?.

- televisão? - Shuhua olhou para a garota ao seu lado com os olhos brilhando. - Shuhua pode? - perguntou esperançosa.

- pode o que? - Minnie perguntou confusa não estendendo sobre o que Shuhua se referia.

- v-você sabe... Uhn... Assistir televisão. - timidamente Shuhua respondeu.

- claro que pode, por quê não poderia?

Shuhua não respondeu, apenas pegou rapidamenteo controle da televisão e toda atrapalhada a ligou.

- consegue por na Netflix? - Shuhua negou se sentindo envergonhada. - tudo bem, eu coloco.

Minnie pegou o conteole e colocou na Netflix, ela passava por vários e vários filmes e até pensava em dar play em algum deles, mas acreditava que Shuhua não iria gostar.

- você quer escolher? - Shuhua negou, tímida.

Então Minnie desceu mais um pouco e chegou na sessão de desenhos

O que fez Shuhua se mexer esperançosa no sofá, com isso Minnie moveu para o lado direito, fazendo com que desenhos diferentes aparecessem na tela, enquanto olhava disfarçadamente para Shuhua a casa desenho que aparecia. "Urso sem Curso" apareceu na grande tela de televisão, Shuhua se mexeu ansiosa, era o desenho favorito dela.

- vamos assistir esse. - Minnie falou após ter visto a reação da mais nova, recebendo um olhar brilhante e feliz de Shuhua.

- Shuhua gosta desse! E-eu tenho uma blusa com os três nela, tenho meias também - contou animada. - e... Um caderno, não! Dois cadernos! - mostrou a quantidade com os dedos - sim, e também a capinha do meu celular, eu posso te mostrar? Ela é bonita, mas já faz tempo que eu comprei. Meu celular está na minha mochila, onde ficou a minha mochila? - perguntou enquanto procurava a mochila com o olhar.

- está no meu quarto, quer ir pegar para me mostrar? - Shuhua assentiu animada, era a primeira vez depois de algum tempo que alguém estava interessada em algo que ela gosta e queria mostrar.

Então Shuhua correu até o quarto de Minnie.

Minnie sorriu feliz por ver a alegria de Shuhua que parecia estar se soltando um pouco.

- aqui está! Eu falei. - Shuhua entregou o celular pra Minnie que o pegou sorrindo.

- é bem bonita mesmo.  

- esse é o panda, esse é o pardo e esse é o polar. - Shuhua apontava com o dedo enquanto apresentava os personagens. - você gostou?.

- gostei muito, eles combinam com você. - falou sorrindo - e os cadernos? Estão com você?

- Shuhua deixou em casa, a blusa e as meias também, você queria ver?

- fiquei curiosa, mas você pode me mostrar outro dia, certo? - A mais nova  assentiu animada. - agora vamos assistir.

Ambas se ajeitaram no sofá da sala e então Minnie deu play fazendo com que o desenho começasse. Shuhua estava tão animada por poder assistir seu desenho preferido, havia se passado bastante tempo desde a última vez que o assistiu.

O tempo começou a esfriar, e mesmo com frio, Shuhua não se atreveria a pedir para Minnie lhe emprestar uma roupa quente ou apenas um cobertor, pois a mais velha já estava sendo legal de mais por deixá-la assistir televisão.  Era assim que Shuhua pensava. E com esse tipo de pensamento ela optou por apenas se encolher discretamente no sofá para se esquentar pelo menos um poucos.

Nada passou despercebido pela garota ao lado de Shuhua, já que a mesma observava cada movimento de Shuhua. Minnie ainda não entendia a Shuhua, mas estava tentando, dando o seu melhor para compreender a mais nova. O acontecimento de mais cedo haviam deixado Minnie confusa.

Shuhua se encolheu um pouco mais quando o vento gelado entrou pela janela. Agora a mais nova estava confusa, ela não tinha certeza se nesse exato momento queria estar em seu quarto em baixo de seus cobertos quentinhos, ou se queria estar alí mesmo assistindo seu desenho preferido mesmo estando com frio.

- Você está com frio?

Shuhua estava tão concentrada em seus próprios pensamentos e no desenho que passava na televisão que acabou se assustando ao ouvir a voz de Minnie que ecoou, não muito alta e nem muito baixa, no local.

- uhn?

- Você parece estar com com frio.

- oh, Shuhua está bem. - disse enquanto mexia em seus próprios dedos e voltando a atenção para a televisão.

Minnie até acreditaria se ela não tivesse observado a garota por algum tempo.

- eu não gosto de mentiras - Minnie comentou apenas na intenção de ver se Shuhua voltaria atrás com o que disse. Estava tão na cara, então por que Shuhua não admitiu que estava com frio? Não é algo ruim. - amigas não mentem uma para a outra, temos que ser sinceras.

E então Minnie se levantou e saiu andando fazendo com que Shuhua se sentisse mau.  Shuhua pode sentir seu coração começar a bater mais rápido e o sentimento de culpa tomar conta de si, para ela Minnie havia ficado brava.

- idiota- murmurou balançando a cabeça em negação - estúpida.

Shuhua sentia que mais uma vez havia estragado tudo, suas mentiras sempre afastavam as poucas pessoas que se aproximavam. Para Shuhua era melhor mentir como sempre fez do que contar a verdade, já que se ela contasse a verdade ninguém nem tentaria se aproximar, de todas as formas ninguém realmente ficaria. Era assim que ela pensava.

Shuhua olhou para a televisão para tentar desviar seus pensamentos de qualquer coisa ruim, mas foi algo falho. Sentindo as mãos trêmulas e a imensa vontade de chorar misturado com o sentimento de culpa Shuhua abraçou as próprias pernas.

- aqui - a voz de Minnie lhe chamou a atenção. 

A mais velha agora estava oferecendo um cobertor para Shuhua que logo tratou de pega-lo e se cobrir. Minnie se sentou no sofá estendendo outro cobertor sobre si.

- obrigada - Shuhua falou em um sussurro sem tirar os olhos da televisão.  - desculpa. - murmurou após poucos minutos em silêncio. - você está brava. -  completou, direcionando o olhar para as próprias mãos.

- o que? - Minnie perguntou incerta. Brava?

- Shuhua só não queria incomodar, você está sendo tão legal que... Shuhua se sentiu bem e... E não queria incomodar só por estar com frio. - se explicou. - Shuhua está tentando ser uma boa amiga, mas... Acabei te deixando brava enquanto você estava sendo legal. Eu falei, shuhua não sabe ser amiga.

- eu não fiquei brava com você, Shuhua. - Minnie falou - e você não tem se esforçar para ser uma boa amiga, apenas seja você mesma, ok? E sempre seja sincera comigo, isso não me incomoda.

- eu te decepcionei. - sussurrou.- você vai se afastar?

- eu não vou me afastar - Minnie se aproximou. - independente de qualquer coisa eu vou estar com você, Shuhua, somos amigas. - completou. - você pode confiar em mim. 

Shuhua ficou em silêncio apenas refletindo as palavras da mais velha. Minnie olhou para o lado vendo as "besteiras" de comer, elas não haviam comido ainda. 

- você quer? - apontou para o chocolate e Shuhua o olhou.

Por mais que Shuhua quisesse, ela lembrou que só pode comer doces quando Miyeon deixa. Miyeon não estava sendo má, estava apenas cuidando da irmã mais nova.

Olhando agora para Minnie, Shuhua negou.

- você não gosta de chocolate?

- gosto.

- então por quê não quer? - Shuhua não estava certa se poderia contar a verdade, ou não. Mas também não queria mentir e decepcionar sua unnie.

- Shuhua não pode comer. - respondeu sendo sincera. - Miyeon-ni não deixa.

- e por que não?

- A Srta. Wheein falou para a Miyeon-ni que Shuhua fica muito agitada quando come doces, e ela não mentiu. - explicou. - quando Miyeon-ni me dá chocolate eu tenho que... Que tomar remédio. - respondeu envergonhada.

- remédio? - Shuhua concordou direcionado o olhar para as próprias mãos. 

- Shuhua n-nāo consegue dormir se comer doce e não tomar remédio.

Shuhua se sentiu insegura, Minnie era a primeira pessoa que ela estava contando isso e agora estava com medo da reação da mais velha.

Minnie apenas sorriu por Shuhua ter sido sincera com ela.

- obrigada por ser sincera, Shuhua. - a mais nova a olhou. - eu tenho calmantes guardados para quando eu preciso dormir, mas estou sem sono. Sabe o que isso significa? - Shuhua negou. - significa que vamos nos encher de besteiras e você não precisa se preocupar.

Minnie abriu o pacote do chocolate e entregou a metade para Shuhua, que com os olhos brilhando e um tanto receosa acabou aceitando.

Minnie fazia algunas brincadeiras com os salgadinhos e bolacha apenas para tirar risadas de Shuhua, e mesmo sendo fracas, ela conseguia.

- estou em casa - Soyeon falou enquanto trancava a porta. 

Shuhua e Minnie haviam colocado colchão na sala para se deitarem. 

Após um tempo comendo e assistindo Minnie buscou um calmante para Shuhua dizendo que ela poderia tomar no mento que achasse melhor. Então depois de buscarem o colchão e ajeitarem direitinho para que pudessem se deitar, shuhua tomou o remédio acompanhado com água.

Soyeon sorriu ao ver as duas garotas dormindo lado a lado. A mais velha estava feliz ao ver que as duas estavam se dando bem, Soyeon sabia de tudo sobre o que aconteceu com Shuhua, já que era com ela que Miyeon desabafava.

- pirralhas - falou quando percebeu a bagunça no cômodo.

Optando por não acordar as garotas mais novas, Soyeon deu uma ajeitada em tudo e levou para o quarto da Minnie a roupa que Miyeon havia lhe entregado. Eram roupas para Shuhua usar no dia seguinte.


8


~ ~


Notas Finais


Minha bipolaridade aparecendo enquanto eu escrevo é o auge. Kkkkk

Logo, logo volto com mais um capítulo para vocês.

Minnie é a menos lerda.

Espero que vocês tenham se alimentado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...