História Stay With Me - (Vmin) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin)
Tags Anonimo, Bangtan Boys (BTS), Fanfic, Fluffly, Mintae, Romance, Taemin, Vmim, Yaoi
Visualizações 69
Palavras 700
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fluffy, LGBT, Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá a todos! Gostaria de lhes dizer, antes de tudo, que esta Fanfic é totalmente baseada em um turno que eu fiz com uma colega. Ela está de acorde sobre a postagem, e o plot, ao qual usamos como base, é de nossa autoria também.

Alguns avisos sobres este:
- Three Shot
- Flyflly
- Amor Virtual
- Vmin

Caso não gostem destes avisos, recomendo que não leiam.

Os dois primeiros capítulos serão em forma de chat, totalmente dentro das regras de postagens. Ele foi modificado para que não houvessem quebras de clausuras.

No mais, apreciem e façam uma boa leitura!

Capítulo 1 - One - Caro anónimo


Fanfic / Fanfiction Stay With Me - (Vmin) - Capítulo 1 - One - Caro anónimo

De Jijimi: Oh! Caro anônimo que vem preenchendo o meu vazio, este, que eu não consigo explicar! São complexos os meus sentimentos após o acidente que eu sofri. Venho fazendo fisioterapia há dois anos, e os resultados são mínimos..., mas estou lhe contando alguma novidade? Às vezes eu sinto que estou apenas fazendo-lhe perder seu precioso tempo com minhas ladainhas. 

De Vante: Olá, meu caro anônimo preferido! Como é bom “vê-lo” novamente! Ah, não, você não faz... Acredite, todo tempo que eu converso com você, é bem gasto e apreciado com precisão. Você é precioso pra mim, saiba, que mesmo com todo o meu trabalho, arranjarei um tempo, mesmo que curto, para responde-lo aqui.

De Jijimi: Você não sabe o quanto as suas palavras me deixam infinitamente feliz! Se tudo der certo, um dia, talvez... O que eu vou dizer é apenas uma mera suposição, não me entenda mal, ou algo do tipo..., mas, eu gostaria de vê-lo ao vivo.

De Vante: Admito que as suas palavras me deixam deveras envergonhado, às vezes, e, não é de uma maneira ruim...E supondo que aconteça, eu gostaria de poder lhe conhecer também, meu caro.

De Jijimi: Ah, bem...Talvez eu esteja um pouquinho envergonhado também, já que eu não saberia me comportar ao seu lado! Talvez, você me enxergue apenas como o garoto que precisa de atenção e veio conseguir isso em um site anónimo.

De Vante: Pra mim isso foi...fofo! Bom, digamos que eu goste bastante de te dar atenção, garoto que precisa de atenção.

De Jijimi: Ah, me lembrei de uma coisa. Eu gostaria de lhe enviar um novo poema que eu escrevi enquanto estava plantado na fila do supermercado, haha. Sim, meu fisioterapeuta me recomendou que eu tentasse ficar em pé, e eu queria comer algumas besteiras e enxerguei a oportunidade... Porém, infelizmente, estou me mudando de cidade, e terei que abandona-lo, e eu apenas me sinto mal por ele... E por mim.

De Vante: Pois bem, mande. Eu adoraria ler! Sobre seu fisioterapeuta, é só manter contato, assim, por mais que estejam afastados continuariam sabendo um do outro! E eu tenho certeza que você irá melhorar e voltar a como era antes.

De Jijimi: “Sabe as estrelas, aquelas que brilham exaltando o crepúsculo, são realmente lindas, e eu sou impressionado com o quanto elas se parecem com você!... Elas são capazes de chamara a atenção de qualquer um. Contudo, existe um astro maior, o soberano, que atraí a atenção de todos facilmente, esse astro é a Lua, e eu comparo-a você.” Brega e ridículo, não? Haha

De Vante: Isso foi tão bonito, Deus! Eu poderia muito facilmente me apaixonar pela pessoa que me escrevesse um poema assim... Diga, o que o inspirou para escrever?

De Jijimi: Hm, bem... Foi uma pessoa... Uma pessoa muito especial para mim. Porém, tudo o que eu sinto por ela possa ser repreendido rapidamente.

De Vante: E qual seria o motivo de você se sentir assim? Por que seria rejeitado?

De Jijimi: Talvez porquê nunca nos vimos. Eu não sei o nome, sua aparência, idade, ou sequer o nome dele. Talvez, ele nem deve pensar em mim nos seus momentos vagos assim como eu penso nele. Eu sou muito intenso...

De Vante: Deus, isso é uma maldade com um ser tão puro como você...Posso lhe ajudar de alguma maneira?

De Jijimi: Bem, gostaria de saber seu nome, idade, aparência...

De Vante: Bom, não irei revelar completamente, mas eu sou o V e tenho 25 anos. E você?

De Jijimi: Direitos iguais Hahaha. Pra você é Jin, tenho 20 anos.

De Vante: Um dia, quem sabe, eu te revelo o meu nome e uma foto do meu rosto. 

De Jijimi: Às vezes eu me pego imaginando o seu rosto...Sabe, eu gostaria mesmo de lhe conhecer, mas neste momento tenho que sair. Minha mãe está enrolada com algumas coisas da mudança. Mas saiba, V, que sempre será um prazer conversar com você.

De Vante: Eu também gostaria de te conhecer. Mesmo que eu isso que eu vou falar agora seja meio precipitado, mas eu amo conversar com você, Jin, então não suma. E boa sorte com a mudança!


Notas Finais


O que acharam? Comentem, isso me ajuda muito ^~^

Até logo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...