História Stay with me - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Black Pink
Personagens Jennie, Jisoo, Lisa, Rosé
Tags Blackpink, Chaesoo, Idesign, Jenlisa
Visualizações 38
Palavras 616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem o atraso e o capítulo pequeno, perdoem os erros ortográficos e boa leitura sz
Não esqueça de ler as notas finais
Nome do capitulo: Sala de horrores

Capítulo 12 - Horror room


Fanfic / Fanfiction Stay with me - Capítulo 12 - Horror room

  Lisa se encontrava deitada em uma maca com os pulsos presos em algemas, seu corpo todo estava preso por fivelas de couro, de jeito algum ela conseguiria sair dali e mesmo que ela se soltasse das amarrações, seria ainda mais difícil caminhar pelos túneis que haviam logo depois daquela porta de ferro com nois mínimo dez trancas diferentes.

A garota olhou ao seu redor e se assustou com o que viu, aquela sala parecia um quarto de algum cientista louco que faz experiências estranhas.

Em uma das mesas estavam vários objetos cortantes enfileirados, um ao lado do outro com uma distância de exatamente dois centímetros. Acima dessa mesa haviam prateleiras onde estavam potes de vidros com coisas bizarras dentro, cobras, aranhas, olhos e Lalisa jurava que em dos recipientes havia dentro um cérebro humano e isso foi o que mais a deixou angustiada.

Depois de algum tempo, o silêncio não predominava mais aquele lugar. O som de passos estava ficando cada vez mais alto e junto com isso havia também o som de animais gritando, não, não parecia ser de algum animal, era como se o gemido de um zumbi do Resident Evil que estava louco por fome e precisava comer carne.

Os passos pararam, em seguida alguém começou a destrancar cada uma das fechaduras que trancavam aquela porta amedrontadora, até que chegou na última, uma voz feminina robótica pediu a senha e logo o som de teclas foi ouvido.

-Seja bem vindo, doutor. - Foi o que a voz mecânica disse.

A porta se abriu, revelando um homem alto e musculoso com algumas cicatrizes no rosto. Seu semblante era sério e nem olhou para a garota que estava na maca.

Seguiu até uma das mesas, puxou um banquinho e sentou-se ali, pegou um livro qualquer e começou folhear algumas páginas sem mesmo ler o que estava escrito nelas, ele apenas observava as pequenas ilustrações que tinham em algumas das folhas amareladas.

O homem estava de costas para Lisa e isso assustava ela, como ele pode ter vindo aqui e nem olhar para ela, não falar uma palavra e não demonstrar fazer nada de mal? Talvez ele apenas estivesse ali por ordem de alguém, ou talvez ele estivesse apenas brincando de ser idiota para depois despedaçar o corpo da jovem.

Aquele silêncio incomodava ambos, dava para ver a frustração que cada um sentia, mas por que o doutor também estava assim?

Checou o horário no relógio que havia em seu pulso e uma tristeza percorreu pela sua face. Já estava na hora de injetar a droga no pescoço de Lisa, para que assim ela se tornasse uma soldada leal para aquele manicômio.

Levantou-se e foi até uma mesinha de ferro, puxou uma das gavetas e retirou dali uma seringa com um líquido vermelho.

Seguiu até a maca e encarou o rosto angelical da garota, era a primeira vez em anos que ele não queria fazer aquilo, estava cansado de servir a esse lugar maluco e ajudar a formar um exército em que nem sabe ao menos o objetivo deles.

Com uma das mãos afastou dos cabelos loiros de uma parte do pescoço da garota, ela queria falar mas saiam apenas alguns gemidos, pois haviam um pano em sua boca para abafar o som.

Perfurou a pele macia de Lisa com a agulha grossa da seringa. Empurrou o botão que levaria todo aquele líquido para dentro do corpo da garota, aquilo percorreu pelo sangue da loira e a mesma começou a se mecher rápido demais, estava dando pequenos pulos com o corpo e aquilo causava um barulho alto demais pela sala.

  O homem saiu rapidamente daquela sala de horrores, deixando para trás uma Lalisa de olhos amedrontadores.


Notas Finais


O que será que vai acontecer com a Lisa? Que doutor estranho é esse? Cadê a Jennie? A Jisoo também é um demônio? E a história da Rosé? Por que diabos elas estão nesse manicômio? Pra que esse exército? E os bangtan? E o Jungkook? Vai ter mais sobre Jungkook? Cadê hot?
[...]
Descubra isso e muito mais nos próximos capítulos de Stay With Me.
[...]
Papinho de autora pra leitor:
Desculpem por demorar tanto para atualizar e me desculpem por atualizar com esse capítulo minúsculo.
Estou tentando organizar cada capítulo para falar de cada personagem, tipo, um capítulo para cada uma, entendeu? Sei que está ficando ruim e por favor me perdoem por isso, está surgindo tantas idéias nessa minha cabecinha de vento e são umas idéias para coisas diferentes, sabe?
Eu prometi que teria uma data certa para as atualizações, mas quando faço isso acabo ficando sem atualizar kkkkk
Me desculpem mesmo e também perdão por demorar pra responder os comentários kkkk
Eu amo vocês e não abandonem essa fic S2
Bye <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...