História Stay With Me - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Lemon, Romance, Yaoi
Visualizações 112
Palavras 892
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


eu esperei muito por esse capítulo!
espero que gostem :)

Capítulo 11 - Protect


Fanfic / Fanfiction Stay With Me - Capítulo 11 - Protect

POV Pete ~ On

 

Aiko parecia não estar bem com a notícia sobre Gabe e Andrew...

 

-Aiko, vamos para a sala, o sinal já tocou. - O chamo.

 

-Pode ir, vou passar no banheiro antes. - Ele dizia com uma voz desanimada.

 

Vou para a sala preocupado com Aiko, já se passaram 15 minutos de aula e ele ainda não voltou, preciso ir atrás dele...

 

-Professor! Posso ir ao banheiro? - Peço permissão.

 

-Pode, Pete. - O professor concede.

 

Saio da sala com pressa em direção ao banheiro, quando entro encontro Aiko sentado no chão, me sento ao lado dele...

 

-O que está acontecendo? - Pergunto.

 

-Pete... você promete ficar do meu lado sempre? - Ele olhava em meus olhos, seu olhar era triste.

 

-Claro, baixinho, mas antes me conta o que aconteceu.

 

-E-eu confessei m-meus sentimentos ao Gabe, mas não é r-recíproco, e a-agora ele está com o A-Andrew. - Ele me contava com a voz trêmula.

 

Eu não queria acreditar. Como alguém tem coragem de partir o coração de uma pessoa como o Aiko? Ele é tão bom e puro...

 

O envolvo em meus braços...

 

-Aiko, vai ficar tudo bem, eu estou aqui com você e não vou a lugar algum. - Digo e ele retribui o abraço que eu lhe oferecia.

 

-Obrigado, Pete.

 

-Agora vamos voltar para a sala, ainda temos aula. - O puxo e retornamos a sala.

 

Fico olhando para ele o tempo todo ainda sem acreditar que alguém é capaz de ferir um serzinho tão indefeso quanto ele!

 

Da a hora do recreio e eu percebo a preocupação de Aiko em ter que ver Gabe e Andrew juntos...

 

-Vamos, baixinho, não se preocupe, vou estar ao seu lado. - Falo enquanto nos dirigimos à cantina.

 

Encontramos com Gabe que começou a explicar o que aconteceu...

 

-Ele se declarou para mim na sexta-feira e no sábado ele fez uma festa na casa dele, eu fui, então... nós ficamos e a ex dele viu. - Ele falava como se não se importasse com Aiko.

 

Para piorar, Andrew estava vindo em nossa direção...

 

-Hoje vai ter treino! Você vai, Aiko? - Andrew perguntava.

 

-Vou. - Aiko respondeu triste, isso me fazia ter vontade de abraçá-lo.

 

-E você, anjo? - Agora a pergunta era direcionada para Gabe.

 

-Eu vou. - Gabe responde sorrindo e segura a mão de Andrew.

 

Eu preciso fazer algo, preciso ir nesse treino, entrar nesse time, não posso deixar Aiko sozinho com esses dois.

 

-Andrew? Tem algum lugar para mim no time? - Pergunto.

 

-O teste foi a uma semana, Pete. - Gabe dizia confuso.

 

-Na verdade, estamos precisando de um reserva. Você pode ir fazer um teste hoje se quiser. - Andrew responde e eu fico feliz.

 

Toca o sinal para voltar à sala e Aiko, que ficou quieto o recreio inteiro, vem falar comigo...

 

-O que deu em você? Por que quer entrar no time? - Ele estava curioso.

 

-Eu quero cuidar de você, baixinho. - Respondo e ele me abraça.

 

Eu sinto algo estranho quando ele me abraça, algo diferente, algo bom.

 

Passo o resto da aula refletindo sobre o que sentia por Aiko, era um sentimento de proteção, porém não era comum, eu não sabia explicar...

 

A aula acaba e vou até Aiko...

 

-Vamos, baixinho? - Dou a minha mão para ele segurar e ele aceita.

 

-Está atencioso hoje. Até quando vai durar? - Ele diz dando risada. Como a risada dele era linda! 

 

-Fica quieto e vamos logo. - O puxo em direção ao vestiário.

 

Gabe estava sozinho lá dentro...

 

-Ainda tem vergonha de se trocar na frente do seu namorado? - Pergunto a ele.

 

-É... tenho! Mas ele ainda não é meu namorado.

 

Sorrio falsamente e ele sai do vestiário. Agora estamos apenas eu e Aiko.

 

Aiko começa a tirar a roupa para colocar o uniforme, seu corpo é tão lindo, frágil, indefeso... eu começo a sentir algo estranho, era... ereção? Como assim? Ele não pode ver isso! Viro de costas para ele não perceber...

 

-Pete, está tudo bem? - Ele pergunta e eu o sinto vir em minha direção.

 

-Está, baixinho. Pode ir primeiro, eu vou depois.

 

-Eu quis dizer se está tudo bem aí em baixo... - Ele aponta para o meu membro me deixando corado.

 

Como ele tinha percebido?

 

-Quer uma ajuda com isso? - Ele pergunta enquanto ri.

 

-Não! Sai daqui, Aiko! - Repondo bravo e envergonhado.

 

Aiko sai do vestiário e eu espero as coisas aqui em baixo acalmarem para eu sair também.

 

                             ... 

 

O treino acaba e capitão vem dizer que estou no time.

 

-Você passou, Pete, pode começar a vir em todos os treinos. - Andrew dizia. - Vamos para casa juntos, anjo? Precisamos terminar o trabalho. - Ele perguntava para Gabe que consentia com a cabeça.

 

Eles saem deixando eu e Aiko sozinhos novamente.

 

-Pete, não precisa se preocupar comigo, eu estou bem, não precisa entrar no time se não quiser. - Aiko dizia para mim.

 

-Não, baixinho, deixa eu cuidar de você...

 

-Eu deixo! Mas não precisa se preocupar em relação ao Gabe, eu estou bem com isso, de verdade. Achei que iria ser pior, mas vai ser fácil superar. - Ele sorria enquanto falava.

 

Involuntariamente sorri também, a felicidade dele me contagia de uma forma incomum.

 

Nos despedimos e seguimos para casa.

 

O está acontecendo comigo?

 

POV Pete ~ Off


Notas Finais


até que enfim esse casal começou a se formar :)
espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...