História Stay With Me (Camren) - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Ariana Grande, Austin Mahone, Barbara Palvin, Dua Lipa, Fifth Harmony, Hailee Steinfeld, Halsey, Lana Del Rey, Little Mix, Nick Jonas, One Direction, Shawn Mendes, Troye Sivan
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Jade Thirlwall, Jesy Nelson, Lauren Jauregui, Leigh-Anne Pinnock, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Perrie Edwards, Zayn Malik
Tags Camren, Camz Da Lolo, Fanfic, Lolo Da Camz, Norminah
Visualizações 440
Palavras 1.284
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi, pessoinhas, o que acharam do capítulo anterior? Louco, né?! Haha
Então... eu queria avisá-los de uma coisa. Eu vou... ah deixa pra lá, olhem as notas finais! ;)

Capítulo 27 - A Decepção


POVs Camila

- Me diga, Camila. - Ela pôs uma feição séria em seu rosto. - Você está se envolvendo com essa Jauregui, não está?!

Eu congelei no mesmo instante em que ela disse o nome da Lauren. Eu fiquei sem reação, eu não sabia o que fazer, o que dizer, eu queria correr dali, mas não podia.

- Me responda, Camila! - Ordenou.

- Não, mãe, claro que não! - Falei. - Por que eu namoraria uma garota?

- Eu ouvi gemidos, Camila. - Ela disse. - Vindo do seu quarto.

 Meu coração acelerou, eu congelei inteira.

- Gemidos? - Franzi o cenho. - Como assim?

- Gemidos, Camila. - Ela levantou as sobrancelhas -  Eu fui ao seu quarto na noite da sua festa ver como vocês estavam, e a porta estava trancada. Eu ouvi alguém gemer, e ouvi a voz de Lauren dizer coisas que eu não queria ouvir. Mas eu resolvi fingir que estava tudo bem, preferi acreditar que eu estava sonhando, e quando te vi com aquele garoto eu acreditei mais ainda que era apenas um sonho. Mas quando eu fui te buscar na escola, há dois dias atrás, eu ouvi alguém dizer que você estava namorando com a Lauren, e eu preferi acreditar que não era você, mas a garota disse o seu sobrenome e o da Lauren também.

 Minha mãe começou a chorar.

- Mãe, isso é mentira. - Falei desesperada. - Não acredite no que dizem.

- Não, mas eu acredito no que eu vejo, e no que eu vi. - Ela disse.

- Como assim? - Perguntei.

- Eu vi uma foto sua, Camila. - Ela disse. - Sua e daquela garota.

- Que foto, mãe? - Lágrimas começaram a cair de meus olhos.

 Minha mãe pegou o seu celular e o destravou, então mostrou-me uma foto. No momento em que vi a foto, meu queixo tremeu e lágrimas caíram dos meus olhos, eu coloquei às mãos em minha boca, surpresa com aquilo.

- Mãe. - Falei em lágrimas.

- Não me chame disso, pois eu não criei uma filha lésbica. - Ela disse com lágrimas escorrendo pelo seu rosto e se levantou.

Aquilo me machucou muito, me quebrou por dentro, eu nunca imaginei ouvir isso da minha própria mãe. Eu imaginava que ela ficaria surpresa, mas eu nunca quis imaginar que ela me rejeitaria.

- O seu pai... - Ela pressionou os lábios, ela estava com dificuldades para falar por conta do choro. - O seu pai precisa saber disso.

- Não, por favor! - Levantei da cama.

 Minha mãe apenas me olhou com uma cara de desgosto e, saiu.

- Mãe, por favor! - Me abaixei no chão, me acabando em lágrimas.

 Esse simplesmente é o pior dia de toda a minha vida.

POVs Lauren

Eu estou muito nervosa agora, pois os meus pais me disseram que a Camila vem para cá, quero dizer, ela não vem por vontade própria só para me ver, os seus pais estão vindo também. Eu não sei o motivo disso, mas eu acho que deve ser culpa minha, ela deve ter contado tudo o que aconteceu para eles. Mas ela também estava errada, nós duas temos culpa nisso, ela não pode me encrencar assim.

- Lauren, desce aqui! - Ouvi minha mãe me chamando na porta do quarto.

 Meu coração acelerou assim que eu ouvi meu nome. Ela chegou.

 Parece até que vamos nos casar.

Sorri sozinha do que eu disse.

 Abri a porta e desci ás escadas devagar, estava tudo silencioso, eu não ouvia nenhuma voz.

- Olá, senhor e senhora Cabello! - Falei com um sorriso ao chegar.

 Eles me deram um "olá" seco. Ok, agora eu estou com medo, eles estão tão sérios, e Camila está com os olhos vermelhos, como se tivesse chorado. O que aconteceu? Será que fui eu quem a fiz chorar? O que está acontecendo?

- Eu vim aqui mostrar isso á vocês. - O pai de Camila disse.

 Ele pegou o celular e mostrou algo aos meus pais, eu estava olhando para Camila, que estava olhando para baixo. Ao olhar para os meus pais, eles mantinham uma expressão de assustados em seus rostos, quando eu olhei a foto, eu fiz a mesma cara que eles.

- Mas... c-como? - Gaguejei.

- "Como?" - O pai de Camila levantou ás sobrancelhas. - Estamos no século vinte e um, garota, existem celulares, câmeras, tudo que possa registrar momentos. E isso foi registrado, essa foto nojenta de vocês!

- Mantenha a calma, por favor, Alejandro. - Meu pai disse.

- Calma? - Ele pôs um sorriso sarcástico em seu rosto. - Como eu posso ter calma? Me diga, como eu posso ficar calmo, sabendo que a minha filha estava beijando outra garota?!

- Isso é uma escolha delas, Alejandro, elas já são maiores de idade. - Meu pai disse.

 - Foda-se! - Alejandro exclamou. - Enquanto a minha filha estiver sobre o meu teto, sou eu quem decide as suas coisas!

 Enquanto eles discutiam, eu estava me segurando para não ir até Camila, abraça-la, beija-la, dizer á ela que vai ficar tudo bem, fazer carinho em seu cabelo. Eu não tirava os olhos dela, e vê-la daquele jeito encheu os meus olhos de lágrimas. Não era para ser assim, era para eu ter cuidado dela desde o início, era para nós duas falarmos com os seus pais juntas. Mas eu errei.

- Então vocês sabiam, não é?! - O pai de Camila dizia. - Sabiam que elas estava juntas e nunca me comunicaram.

- Não, Alejandro, nós não sabíamos. - Meu pai começou a falar. - Mas eu tenho certeza que alguma hora elas falariam.

- E você age assim? Naturalmente? - Alejandro franziu o cenho. - Você acha isso normal?

- Essa foi a escolha da nossa filha, ela já é grande e sabe tomar as suas próprias decisões, ela é ciente dos problemas, como o preconceito, mas o que ela não puder enfrentar sozinha, nós a ajudaremos. - Meu pai disse.

- Isso só pode ser brincadeira, eu não acredito que eu estou ouvindo isso. - O pai de Camila disse. - Mas tudo bem, eu só quero uma coisa.

 Alejandro olhou para mim e disse...

- Fica longe da Camila, entendeu? - Ele disse apontando o dedo para mim. - Fica longe da minha filha.

 Eu nada falei, apenas olhei para Camila e a vi olhando para mim, o seu olhar era triste. Aquilo estava me matando por dentro.

- Vamos, Camila! - O pai de Camila a chamou.

 Ela caminhou tristemente e de cabeça baixa até seu pai.

- Alejandro por favor, não precisa ser assim! - Meu pai disse.

 Ele apenas abriu a porta para que Camila e sua mãe passassem, e depois virou-se e olhou para mim.

- Eu vou tirar Camila daquela escola, e vocês não vão se ver de novo nunca mais! - Alejandro disse.

 Após ele sair, eu corri para o meu quarto, eu não aguentei segurar as lágrimas e desabei. É tudo culpa minha, eu estraguei tudo, eu estraguei a vida dela, fui eu. Se nós estivéssemos juntas, se nós enfrentássemos isso juntas, poderia ser melhor, mas não foi, nós não estávamos juntas e nunca mais vamos estar. E é tudo minha culpa.

- Lauren! - Meu pai me chamou.

- Pai por favor, me deixa sozinha! - Falei.

 Eu não cheguei até a minha cama, eu estava sentada no chão, com a cabeça apoiada nos joelhos, chorando desesperadamente. Eu afastei de mim a única pessoa que eu já amei mais do que a mim mesma, pois se eu estou chorando por ela é porque eu realmente a amava.

 Que decepção, Lauren.


Notas Finais


Então meus amores, eu irei passar um tempo na casa da minha amiga, e talvez fique difícil para escrever, mas eu prometo que tentarei tá atualizando todo dia.
Obrigaduuh e boa noite! <3 ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...