1. Spirit Fanfics >
  2. Steps of Oz

História Steps of Oz


Escrita por: zandollar

Fanfic / Fanfiction Steps of Oz
Sinopse:
Kourtney Knight vive à sombra das alusões de uma vida perfeita idealizada por sua mãe, uma bailarina prestigiada em Lagoon Creek – cidade turística com baixo índice de rebeldes, violência e crimes. O contrário de tudo que Zayn Malik acredita ser dispensável para uma vida íntegra, e ele estava disposto a abrir os olhos da dançarina que o acolheu no circuito de corrida da cidade, prometendo levá-la pela estrada de cada um dos atos que Kourtney era ensinada a odiar. Talvez, e com algumas emoções à mais, que no fim das contas acabariam sendo desenvolvidas por ela mesma.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 1.467
Favoritos 61
Comentários 101
Listas de Leitura 9
Palavras 75.395
Concluído Não
Categorias Cisne Negro, One Direction, Selena Gomez, Zayn Malik
Personagens Personagens Originais, Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Ballet, Corrida, Dança, Liam Payne, Louis Tomlinson, Motocicleta, Niall Horan, Selena Gomez, Zayn Malik

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama / Tragédia, Famí­lia, Literatura Feminina, Poesias, Romântico / Shoujo
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1
Violeta
5
153
823
 
2
Postura
6
123
3.236
 
3
Milkshake
7
110
4.127
 
4
IMessage
4
99
4.341
 
5
Dunas
8
94
4.054
 
6
Panfleto
6
87
4.186
 
7
Mágico
4
96
4.183
 
8
Licor
6
99
4.389
 
9
Vivian
6
101
4.603
 
10
Condado
8
89
6.279
 
11
Mística
5
75
4.004
 
12
Smyrna
7
83
5.438
 
13
Verão
8
74
5.379
 
14
Soundtrack
4
75
5.469
 
15
Passagem
9
72
6.781
 
16
Tequila
8
37
8.103

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por paynedesire
Capítulo 16 - Tequila
Usuário: paynedesire
Usuário
eu queria muito que a kourtney fosse aceita, mas às vezes um "não" é o que a gente precisa. acho que vai ser importante pra kourt pensar sobre o tempo que ela se dedicou a uma coisa que, mesmo que ela goste, talvez não seja o que ela quer.
acho que existe uma diferença bemmm grande entre o que a gente gosta e o que a gente quer e acho que existe uma diferença maior ainda entre o que a gente quer e o que é pra gente, mas acho que isso é assunto pra depois kkkkkk
e a conversa dela com o zayn affffff eu amo a kourt, ela é muito sincera mas sem ser cuzona e eu gosto como ela joga limpo com os próprios sentimentos e com os sentimentos do zayn tbm. eu amo elesss, amo o zayn preocupadinho falando que ela deveria ter conversado com ele.
eu amei isso que a kourt disse sobre fazer aniversário e estar mais perto de qualquer coisa no futuro e que deve ter algo bom. eu nunca tinha pensando desse jeito e eu nao sei se tu tinha a intenção de deixar isso meio poético e flosófico, mas pra mim ficou desse jeito. eu odeio demais fazer aniversário, tu sabe disso, e eu sempre pensava que fazer aniversário era se distanciar cada vez mais das coisas boas mas, na verdade, é estar mais próxima das que tu não conhece e, às vezes, elas são ainda melhores do que as que tu ja viveu. espero que seja assim pra mim e pra kourt também.
continua logo amiga, já to com sdd do meu casalzin
Postado por zanye
Capítulo 16 - Tequila
Usuário: zanye
Usuário
uma das coisas que eu mais consegui imaginar foi o calor da kourt, porque tudo o que eu queria (porque é uma das minhas bebidas favoritas) era uma tequila sunrise (com corona, porque fica um milhão de vezes melhor). e o calor que ela dá na garganta é uma delícia, assim como o jeito que ela pode esquentar seu corpo também. eu vejo muito essa bebida sendo da kourtney não só do conceito do "sunrise" do drink, mas porque o calor dela não precisa ser só da metáfora que eu gosto de criar sobre esse calorzinho combinar com o pôr do sol, mas porque o zayn é algo que esquenta o corpo com toda certeza.
acho que ficou confuso. eu juro que na minha cabeça faz sentido, eu só péssima explicando as coisas.
eu acho que, mais do que (quase) ninguém, eu entendo perfeitamente a situação da kourtney. apesar de estar na faculdade (querendo mais sair do que qualquer coisa só que eu não posso), eu não tô no caminho que eu deveria/queria estar porque eu não sei, e é muito transtorno mental você mandar uma pessoa decidir o futuro dela com um prazo de validade determinado e que é curto, e ainda se você erra, é julgado por isso. mas, às vezes, quando tá tudo parado e você tem certeza que vai continuar com a inércia da maré pra continuar a vida, algo te dá um pontapé na bunda tão forte que se você não levantar ou fazer qualquer coisa, vai dar de cara no chão. é nessas horas que, mesmo quando você não sabe o que fazer, acaba agarrando a oportunidade porque é como eu digo: tudo acontece por um motivo, bom ou ruim, e assim, ou você acaba encontrando seu caminho ou um atalho pra chegar lá, ou acaba eliminando uma ponte que ia cair e te levar pro lado completamente oposto do que você deveria/queria ir.
eu juro por tudo que no final de semana passado aconteceu quase exatamente isso que eu falei, e nunca em nenhuma outra história ou capítulo daqui eu me senti na pele de uma personagem como eu senti com a kourtney. eu não fui expulsa ou reprovada de nada, mas eu levei um empurrãozinho que por menor que seja, me fez perceber muita coisa e as vezes é só isso que a gente precisa. por menor que seja, muita coisa pode mudar mais do que se fosse uma vaga em bolshoi pra kourtney, por exemplo. e eu vejo tudo isso que aconteceu com ela nesse capítulo como esse empurrãozinho.
espero que dê pra entender alguma coisa, se não só ignora esse comentário todo e entenda que pra variar tá tudo impecável e eu amei cada detalhe, cada frase, cada tiro que eu tomei.
beijos, gi ♡
Postado por paynedesire
Capítulo 15 - Passagem
Usuário: paynedesire
Usuário
a parte do "e eu sei que danço como ninguém" me fez vibrar porque eu fiquei mto feliz tipo FINALMENTE A KOURT TA ADMITINDO QUE É BOA NO QUE FAZ e ai veio um "em lagoon creek" e eu suspirei viu, mas eu entendo o quanto isso é fodido pra ela porque a mãe dela subestima mto ela e isso afeta muito como a gente se sente sobre nós mesmos e como a gente se relaciona com as nossas inseguranças, né?
minha mãe é a pessoa mais crítica que eu conheço então eu entendo um pouco a kourt. claro que ela é muito menos psicopata do que a amy kkkkk mas ainda assim ela é extremamente crítica e insatisfeita. quando eu era criança o meu pai apoiava qualquer ideia que eu tinha, mas ele não era uma pessoa que elogiava muito e a minha mãe muito menosss, então quando alguma amiga minha fazia algum desenho feio e a mae dela ficava tipo "minha filha é uma artista *-*" eu ficava ??? pq eu só ouvia tipo "legal, mas dá pra melhorar isso e isso" e naquela época eu achava que isso ia ser bom pra mim mas hoje em dia eu sei que não é. eu acho que as pessoas têm mais chances de evoluírem nas coisas as quais elas se propõe quando são realmente incentivadas ou se sentem boas naquilo. acho que o zayn faz muito bem esse papel pra kourt.
eu fico falando sobre o quanto eu gosto de fanficar sobre o personagem masculino obcecado pela personagem principal (nao de um jeito tóxico e problemático —e eu sei que tu sabe disso mas vale lembrar) e eu gosto mesmo, mas acho que nesse caso é mais incrível ainda pq talvez ela perceba E EU ESPERO QUE SIM que ela é muito foda. tipo, ela tá até nos SONHOS do zayn, ela é muito fodona. acho que é mto importante pra ela saber disso.
eu quero muito que ela passe. sei que nem tudo na vida é sobre as vitórias, mas eu esperto muito que ela saia vitoriosa nessa.
ah e eu tbm quero comentar sobre o início desse capítulo aaaaaaaaaa eu amei, eu amei como tu escreveu sobre lagoon creek de um modo que fez parecer que isso é tudo real. eu simplesmente amooooo essa vibe, eu to obcecada, amo histórias que se passam em uma cidade aparentemente sem nenhum atrativo e onde meio que nada mto grande acontece mas a personagem principal ta vivendo algo grande (e fica bem claro que eu amo isso rs nao preciso nem dizer pq)
sei que tu ta com vários projetos mas eu espero que tu consiga atualizar logo pq eu quero ler maiss!! então pf nao demora
Postado por lovisantana
Capítulo 15 - Passagem
Usuário: lovisantana
Usuário
esse capítulo tem de tudoooo! ai, já quero o próximo pq ninguém fica normal depois de uma mensagem de "sonhei contigo" do zayn ahhhhhhh espero que ela passe, pq já imagino a pressão psicológica da mãe (e dela própria) caso não aconteça...
Postado por paynedesire
Capítulo 13 - Verão
Usuário: paynedesire
Usuário
tu já postou o próximo mas eu ainda não tinha comentado as coisas que eu queria dizer nesse aqui então eu to dando um pause nos meus estudos pra vir aqui falar sobre esse capítulo antes de ler o próximo kkkkkk
em primeiro lugar: eu amo como tu não entre as coisas de primeira. eu acho que eu cometo mt esse erro, de tentar apresentar logo os personagens no início da história e "abrir o livro" de cada um deles assim logo de cara, mas tu não faz isso. mesmo que a gente possa ler oz do ponto de vista tanto do zayn quanto da kourt, tu consegue fazer com que os dois sejam um mistério até que tu decida que quer abrir o jogo e isso é incrível. tem muita gente, e eu nem to falando só de fanfic, to falando de escritores de livros tbm, que fazem isso o que tu faz mas nao *do jeito* que tu faz e aí acaba ficando ruim. nao sei se eu vou conseguir explicar o que eu quero dizer, mas a questão é que desde o início a gente sente que conhece os teus personagens e ao mesmo tempo a gente sabe que nao conhece tudo sobre eles e ao mesmo tempo que tu vai se aprofundando cada vez mais nas camadas deles a gente vai descobrindo mais coisas e entendendo e sanando aquelas dúvidas que a gente tinha no início, a gente sabe que era pra ser assim. eu nao sei até que ponto tu tem tudo planejado e o que sai mais no improviso/é decidido no desenrolar da história mas, de qualquer forma, eu sempre tenho a sensação de que essas coisas eram todas cartas escondidas na tua manga e que tu tava só esperando o momento certo pra mostrar pra gente que tu ta com o jogo ganho. e eu sei que falando assim parece algo mais banal, mas DEFINITIVAMENTE não é. porque as coisas que tu escreve são criveis (num sentido de que nao parece que tu tirou do cu os negócio). tem mt mt mt história por aí que as coisas aparecem DO NADA, e eu vejo mt isso em filme e em livros tbm (foi isso o q eu quis dizer lá em cima), é tudo mto conveniente, sabe?? tipo, nenhum problema é resolvido com coisas que foram apresentadas antes, as soluções simplesmente BROTAM (e com "soluções" entende-se: habilidades da pp ou do interesse amoroso, inteligências deles e/ou fraquezas dos vilões) e isso absolutamente não tem em nenhuma história tudo. nada parece conveniente pra ti. dá pra ver que, mesmo que nao seja possível pra kourt ou pro zayn, todos os problemas inseridos na história podem ser resolvidos por ti. o que eu quero dizer com isso é basicamente que tu não dá ponto sem nó, sabe? kkkkk tudo tem um porquê e vem na hora certa, tu sabe mto mto mto bem encaixar o que tu quer colocar na história sem que as coisas pareçam um elefante na sala, que surge do nada
mudando de assunto, esse capítulo me deixou total de boca aberta. vou começar pela parte mais """leve""" que é: O ZAYN É UM GOSTOSO DESGRAÇADO!!!!!! mds ele falando pra kourt "te vejo POR AQUI" AAAAAAAAAA CADE O AVISO DE GATILHO????? o flerte deles é mto gostosoooooo mds a conexãooooo dos dois é IMPAGÁVEL, é perfeito demais. eu amei o jeito como tu descreveu como a kourt se sente sobre a paixão pelo zayn porque eu me identifiquei absurdamente. eu nunca coloquei isso em lost minds porque eu e a adele somos bem diferentes nesse aspecto, entao vou ter que deixar essa reflexão no ar: o quão irônico é eu me identificar mais com a kourt do que com a adele no aspecto de paixão? kkkkkk eu fico brincando que sou viciada em me apaixonar, mas em partes essa brincadeira é verdade e eu senti um pouco disso na kourt tbm. parece que ela compartilha cmg a ânsia por viver alguma coisa que faça o coração acelerar e o estômago revirar mas sem que tudo se torne suficientemente estreito pra que tu saia fodida. kourt, eu tbm gosto da aventura de uma paixão que pode durar 3 dias ou 3 anos, eu tbm nao ligo pro quão platônico é e eu sei que isso é sobre sentir aquele friozinho na barriga que te faz lembrar que tu ta realmente viva, e não só existindo, indo e voltando de lugar, dormindo, tomando banho e se alimentando, no automático +