História Stigma(Imagine-Jin) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Seokjin
Visualizações 6
Palavras 1.620
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii meu jupiterianos! ^~^
Espero que gostem da fic, tema vai ter incesto,Não estou dizendo para vocês praticarem, é só uma fanfic fictícia.E...boa leitura...kk
^~^

Capítulo 1 - Uncle Seokjin


Fanfic / Fanfiction Stigma(Imagine-Jin) - Capítulo 1 - Uncle Seokjin

       (...)

Felicidade.

Era esse o nome. O nome da pequena criança de nariz fofinho com um sorriso alegre no rosto , passeando com sua mãe ao lado.Soltando risadas gostosas junto de carinhos gostosos da sua mãe.

-Omma! - chamou a pequena sorrindo.-Compla um doce pá mim!

-Claro meu amor! Espera aqui.-colocou a pequena sentada no carrosel com algumas crianças.-A omma volta já.

A pequena esperava sua omma,observando algumas crianças no cavalinho do carrosel sorrindo. Observava o cavalo cor-de-rosa ,sendo rosa sua cor prefirida,adorou aquele cavalo e pediria sua omma pra andar naquele.

-Omma?

Saiu do carrosel ,chamando por sua mãe,ela estava demorando demais.Correu até a lojinha de doces ali no parquinho e não encontrou sua omma.

Sentiu seu rosto esquentar com pequenas gotículas de água clamando sua omma. Porque ela sumiu?? Cadê a omma? Porque ela deixou a pequena só no carrosel?

-OMMA!!!! 

Gritou chorando por sua omma.

         (...)

- Omma !

-Yu ji...! 

Acordou do pesadelo imediatamente  depois de ouvir a voz de seu appa.Respirou forte puxando todo ar enquanto respirava. Parecia que a menina estava com falta de ar. Além de suar bastante.

-Tudo bem??? Você gritava desesperadamente o nome da sua omma!- Jungkook perguntou enquanto olhava a pequena preocupado. Doia saber que isso ainda atormentava a pequena Yu Ji.

- Está tudo bem appa! Só foi mais un pesadelo !

- Que bom pequena! Já estava desesperado! Foi novamente o sonho com sua omma?-passou a mão nos cabelos dela de forma carinhosa.

Ela suspirou forte. Como ele temia,mais uma vez a mãe dela estava atormentando ela.

-Sim. -sentiu lagrimas em seus olhos-Porque todo dia eu tenho que lembrar disso appa??- passou as mãos nos olhos limpando as pequenas gotas que decidiam querer cair. Jungkook chamou ela abrindo seus braços em acolhimento. Ela foi até ele, sentando no colo dele , que abraçou ela apertado dando um carinho nos cabelos dela

-Está tudo bem meu amor! Seu appa esta aqui para cuidar de você.

- Obrigado appa! Obrigado por estar sempre comigo! 

- Agora vamos levantar e tomar um café delicioso!

Ela soltou uma pequena risada quando seu appa levantou colocando ela na cama e se levantou segurando sua coluna na pose de uma velho.

-Santo deus! Me sinto um velho.

-Você é um velho , appa.

-Menina, me respeite.- Os dois soltaram risadas , jungkook saiu do quarto dela, deixando ela só com alguns pensamentos.

Yu Ji se levantou de súbito indo até o banheiro tomando um belo banho gelado e gostoso. Escovou os dentes e voltou para o quarto. Abriu seu guarda roupa e pegou sua farda escolar.

Era engraçado. Ela não era a mais inteligente, mas se esforçava ao maximo para ter suas notas altas. Seu appa não era exigente em relação a isso. Só queria que sua filha aprendesse viver no mundo sem depender dos outros ou dele mesmo.

Ela tinha puxado os olhos do seu appa e o sorriso fofo de coelho, seus lábios vermelhos e sua pele branquinha junto com seus cabelos pretos até o ombro ,era da sua Omma. Sua omma era bela. Sentia falta dela, e ao mesmo tempo ódio por abandonar ela e seu appa.

Vestiu sua farda escolar pegando suas meias que iam até abaixo do joelho, foi até sua escrivania pegando seu brilho passando um pouquinho nos seus lábios vermelhos . Colocou um perfume básico e cheiroso.

Pegou sua mochila e saiu do quarto, desceu as escadas e colocou sua mochila no sofá ali perto e foi direto pra cozinha.

-Appa! Oque é o café?- perguntou vendo ele fazer umas torradas junto com leite.

-Fiz torradas. Ou você queria que eu cozinhasse? - sorriu

-Por que não tenta appa?

-Você quer ter uma dor de barriga?

Ela gargalhou com a pergunta do mais velho. Não era novidade que jungkook não sabia cozinhar ,era totalmente inacreditável que o Jeon não sabia nem ao menos fazer feijão. Pela sua primeira vez fazendo acabou queimando a panela porque ficou intertido no banho enquanto cantava música.

A maioria das pequenas comidas ou jantas feitas era a Yu Ji que fazia. Ou seu tio Seokjin ajudava o irmão mais novo e ensinava algumas artimanhas a Pequena. As vezes pensava que se não fosse por Jin , eles viveriam de torradas na manhã,tarde e noite .

-Appa. Hoje eu vou sair mais cedo. Soube que um dos professores vai faltar!- falei depois de ter lembrado da mensagem do Tae que ele tinha mandando ontem a noite.

-Vou te buscar as 16:00 horas então?- serviu o prato dela, se sentando a mesa juntamente com ela e comendo suas torradas.

-Sim! Amanha quando eu sair eu venho com o Tae e ele vem fazer um trabalho aqui amanhã .- sorriu para jungkook que sorriu carinhoso para ela.

-Tudo bem meu amor ! Diga ao Tae que eu mandei lembranças.-Ela sorriu pegando um pedaço de sua torrada e servindo seu suco.


         (...)

-Tchau appa!-saiu do carro ,acenando um tchau para o mais velho que retribuiu com a buzina do carro e foi rumo ao seu trabalho.

-Yu Ji ! - Ouviu a voz do seu amigo de longe correndo em direção a ela. Que sorte ter Kim Taehyung coml amigo. Ele andava com Jung Hoseok ,Um menino muito bonito e alegre. Mas o Kim chegava a ser o mais bonito do colégio. Ela antes achava que o Kim tinha com caso com o Jung, Mesmo vendo que eles são só amigos ainda sim shippa muito eles dois.

-Oi Taetae!-sorri para ele que sorriu quadrado- Ah, appa mandou lembranças.

-Diga a ele que mandei um cheiro na bunda dele também.- Pegou meu braço entrando comigo na escola.

-Cadê o jung?- Ué? Era até inacreditável ver que o Jung em plena manhã não estava com ele.

-Hoseok não pode vim hoje. Soube que a irmã mais velha dele adoeçeu e ele teve que ir ao médico ficar com ela. - suspirou- Então sua rapariga dos cabaré , fique hoje comigo e não com suas amigas e seus machos.

- Okay Kim Taehyung.- Soltei uma risada baixa. Fomos até a sala conversando um pouco sobre as namoradinhas que o Kim tinha me enviado no celular e sobre Namjoon, que é meu crush/Oppa  nesta escola .


     [...]

-Appa?

- Princesa ? Eu vou demorar alguns minutos pra chegar ai ! Prometo não demorar muito! 

-Tudo bem appa! 

-Bjs minha princesa

-Bjs appa.

-Teu pai já vem te busca Tae??-Perguntei para ele que estava olhando destraido pra Juliane , Uma menina novata da nossa sala , que é do Brasil.

-Oque? Ah, Acho que sim. Na verdade ele nem precisa ,eu posso ir muito bem de pé. - Deu de ombros. O kim deu muito esforço pra entrar nesta escola e primeiramente eu pensei que ele era um menino riquinho e mimado. Mas ele mostrou que eu estava errada. Seus pais se separaram quando ele fez 12 anos , e sua mãe por ser pobre , o Juiz decidiu que ele iria morar com seu pai que é rico. 

O Kim está pouco se importando com isso e mesmo com seus 12 anos tinha uma atitude totalmente de alguém adulto. Ele brigou com o juiz para ficar com sua mãe e graças a isso, ele fica mais com a mãe do que com o pai, que não esta nem ai pra ele e fica vagabudeando por ai. Quando Yu ji disse que não era a mais inteligente do instituto ,ela falava verdade. Namjoon era o primeiro em inteligência ,vinha o Tae e depois a Yu ji.

-Tae você esta tendo alguma dificuldade? Qualquer coisa pode falar comigo e o appa. Nós vamos te ajudar ! 

-Você fala como se eu precissase....-suspirou- Ou melhor, você falando assim me sinto um mendigo.

-Desculpa não quis ofender.-Suspirei olhando para baixo. Olhei novamente para Tae e abrir a boca para falar algo ,mas a buzina do carro me interrompeu.

-Yu ji , teu pai chegou!- Ele falou mexendo nas grama que ele estava sentado.

-Hum...tchau Tae.-Falei por fim indo até o carro do meu pai.

"Mas que droga! Que burra eu sou! Ofendi meu amigo e agora ele deve esta magoádo comigo!"

-Tudo bem?- meu appa sorriu para mim e eu acenei suspirando vendo o meu amigo sentado na grama mexendo ainda com elas.Ele ligou o carro e fomos direto pra casa.

-Pequena??- Appa falou me tirando dos pensamentos.

-Hum?-olhei pra ele que me olhou pelo retrovisor.

-Nós vamos para a casa do seu tio Jin. - suspirou- Hoje na empresa ,me falaram que eu vou viajar para fora do pais e eu não queria te deixar só em casa.

Eu rir.

-Appa! O senhor falando assim eu pareço um bebê!

-Mas você é! O meu bebê! 

Sorri para ele que me retribuiu o sorriso me olhando pelo retrovisor.


 (...)

- Minha Pequena Yu

Yu Ji pulou nos braços do tio,sendo recebida com um abraço caloroso do mais velho.

-Tio Jin!- inspirou o perfume do mais velho , sentindo aquele cheiro que só ele tinha.

Sairam do abraço, colocando ela no chão e agora vendo o quão ela tinha crescido. Há quanto tempo ele não vai na casa do seu irmão mais novo? 2 Anos?

-Uau! Minha flor já esta assim tão grande??- sorriu.

Sorriu envergonhada.Seokjin era um homem maravilhoso. E as vezes se pegava olhando para os lábios do tio que era bem chamativos,qualquer mulher iria querer beijar aqueles lábios maravilhosos!  

-Vê? Minha Yu cresceu, hyung!-Jeon sorriu abraçando a pequena.-Hyung eu posso deixar minha pequena em seus cuidados ?

-Ué? Mas é claro! -sorriu- Houve algo na empresa?

- Sim, preciso ir para o japão. Tem coisas lá que o chefe não resolveu e eu preciso resolver.-suspirou

-Tudo bem Gukkie! Eu vou cuidar da Yu. Ligue de vez enquando okay?- perguntou preocupado

-Certo. Obrigado hyung!

Jungkook se despediu da Pequena Yu deixando uma mala de roupas dela que ele pegou quando passou na casa deles, e depois indo pra escola para buscar ela.

Urgentemente ele precisaria ir ainda hoje para o japão pelo avião!

-Você quer comer alguma coisa?- perguntou Jin sorrindo para Yu que olhava os quadros e logo voltou sua atenção ao mais velho.

-Quero sim Tio.








Notas Finais


Eita Taetae...Yu Ji...oque tu fez muiér??? ;--;
Kkk até o próximo Capítulo meus pudins...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...