História Stiles Stilinski - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Allison Argent, Claudia Stilinski, Derek Hale, Erica Reyes, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Lydia Martin, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stiles Stilinski, Vernon Boyd
Tags Aids/hiv, Derekxstiles, Sterek
Visualizações 106
Palavras 1.751
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Dezembro vermelho



Stiles não a culpa, nunca poderia culpá-la, mas às vezes ele se pergunta como teria sido a vida se ele não tivesse um viciado como mãe.

Eles não tinham planejado engravidar. Ele foi um acidente. Um acidente que a levou a ultrapassar a borda, pular no fundo e se afogar. Ela estava há algumas semanas fora da reabilitação quando descobriram, o pai dele diz que aquela noite foi a primeira noite em que ela sumiu. Quando ela voltou, tinha alfinetes correndo pelos braços, cabelos oleosos e bolsas sob os olhos. Ela estava chapada. Tão alto quanto uma pipa e tão feliz de trazer uma criança para este mundo esquecido por Deus.

A cada poucas semanas ela desaparecia e, quando voltava, o pai de Stiles nunca dizia uma palavra. Ele apenas sorriu e esperou que seu filho não ficasse muito fodido. Certa vez, quando ela estava com seis meses, ele até comprou um maço de cigarros, acendeu o primeiro também. Mais tarde naquela noite, eles ficaram bêbados e tiveram "o melhor sexo que qualquer um deles já teve".

Ele nasceu prematuro, esteve na UTI nos primeiros 5 meses de sua vida. Ele era uma coisa pequena, ele era pequeno, mas se agarrava à vida como se estivesse destinado à grandeza. Sua mãe teve depressão pós-parto e no primeiro dia em que eles chegaram em casa ela foi lentamente enchida de uma banheira de água e abaixou-o para baixo. Seu pai chegou em casa então. Gentilmente ele pegou Stiles da mão apertada de sua mãe e o deitou em sua caixa de papelão, ainda molhado.

Stiles não se lembra de nada disso, ele acabou de pegar essas informações de seu pai, quando ele ficou bêbado o suficiente para compartilhar. Stiles não se lembra de sua mãe. Só que ela tinha cabelos sem vida e uma cara de andorinha.

Stiles se lembra quando tinha sete anos, talvez oito, e sua mãe chegou em casa com uma agulha na mão. Ela disse que teve uma surpresa para ele e riu. Ela sentou-se em um assento na cozinha, amarrou as mãos nos braços da cadeira e observou-o se contorcer um pouco. Stiles se lembra de repetir uma e outra vez para parar, que ele estava com medo de agulhas, “por favor, pare, mamãe, pare”. Ela enfiou a agulha e o bombeou com algo que fez seus olhos se concentrarem intensamente e então o puxou para a escuridão.

Quando seu pai chegou em casa do trabalho, ele encontrou seu filho com apenas um pulso e amarrado a uma cadeira e sua esposa, arma na mão e um buraco na cabeça. Ele chama a ambulância e diz aos policiais que ele não tinha idéia de que ela poderia fazer algo assim. Naquela manhã, ela disse a ele o que iria fazer; Ele riu e disse-lhe boa sorte.

A agulha lhe deu HIV. Ele é soropositivo há quase nove anos quando Scott foi mordido e com certeza acha que seu melhor amigo vai descobrir e sair. Ou Scott é realmente um grande amigo ou ele é apenas tão inconsciente, porque ele fica. Stiles, infelizmente, acha que é o último. Derek, porém, Derek soube desde a primeira vez que o viu invadindo a floresta. Stiles cheirava doente e nunca ficando melhor.

Quando Peter oferece a mordida, ele quer levá-la. Seja normal, seja humano, seja algo diferente do que ele é. Ele não quer se preocupar se ele acidentalmente tiver um corte de papel ou um nariz sangrando no campo de lacrosse. Mas então ele pensa em todas as visitas aos médicos, depois naquelas em que eles o avisaram de todas as coisas que podem acontecer se o sangue for transmitido, se ele fizer sexo, se ele fizer alguma coisa. Então ele pensa em Peter ficar doente, de Derek e Scott e simplesmente não pode . Ele não pode ser aquele cara que derrubou o lobisomem porque achava que poderia curá-lo.

É uma maravilha que ninguém seja infectado, nos últimos meses ele perdeu muito sangue. Espero que Gerard seja infectado. Mas então ele está vivendo com isso há quase uma década e não desejaria isso ao seu pior inimigo, e vendo que Gerard é o pior inimigo dele, lamenta quase tão rápido quanto ele pensa.

No seu décimo oitavo aniversário, o pai dele está trabalhando. O bando de Derek está treinando em algum lugar e Scott está com Allison, fazendo algumas coisas (ele tem certeza de que eles estão em um encontro duplo com Jackson e Lydia). Em seu décimo oitavo aniversário, ele começa a ficar frio, muito frio. Ele está profundamente frio e de repente não suporta o calor. Ele está correndo para o banheiro, quase sente falta do vaso sanitário quando o almoço chega e o cumprimenta em pedaços. Ele olha no espelho e vê sua mãe; Engula o rosto e os olhos profundos e mortos.

Ele sabe o que é isso. Ele tem HIV há quase uma década, você realmente acha que ele não pesquisou isso? Ele dirige-se para o hospital e diz à moça da recepção que ele acha que tem AIDS e se pode pegar um balde, por favor? Como uma onda acontece, todos na sala de espera dando um passo atrás. Ninguém entra em sua bolha pessoal, nem mesmo os médicos, profissionais treinados e tudo. Ele fica lá a noite toda, fazendo exames de sangue, vomitando e tremendo.

Stiles adormece por um tempo, mas algo continua a zumbir. Ele continua indo e indo até que ele acorda e percebe que é o seu telefone. É o pai dele. Ele envia uma mensagem rápida no hospital. ‘tenho ajuda, estou no hospital', o pai dele responde 'parabéns, agora você é mesmo o filho da sua mãe'. Stiles se quebra então, lágrimas ardendo em seus olhos e grandes soluços gaguejando. Ele chora por um tempo e a menininha na cama em frente a ele diz para ele ficar quieto porque é hora de dormir, “você pode chorar amanhã, eu vou até chorar com você se você quiser”. Sua respiração engata e lentamente ele cai em um sono agitado.

Ele não quer acordar, ele é muito confortável. A dor se foi, então eles devem ter dado a ele algumas das coisas boas. Ele se pergunta se pode conseguir mais. Há sussurros ao redor dele e quando ele finalmente pisca acordado, há pessoas em pé ao redor de sua cama. Não só Scott, mas Allison também, Derek, Isaac, Erica e Boyd, Lydia e até Jackson. Ele está atordoado, e quando um calor circula em torno de seu coração, ele não sabe se deve rir ou chorar. Ele se contenta com um gemido meio riso e olha para baixo para não ter que encontrar os olhos de ninguém.

É aí que Stiles percebe que todo mundo está tocando nele, cada um dando um pequeno aperto enquanto seus olhos vagam pelo círculo de mãos sob o cobertor. Cada um dos lobos tem algo de preto subindo em suas mãos e desaparecendo em seus antebraços. Stiles olha para cima então, seus olhos se encontrando com os de Derek que estão em vermelho. Mas não apenas vermelho alfa, vermelho como se estivesse chorando. Ele olha em volta e todo mundo tem aquele mesmo grito de olhar sobre eles. Ele sorri.

Ele é liberado uma semana depois e de alguma forma está decidido, sem dizer uma palavra, que ele vai ficar na casa reconstruída de Hale. Peter está lá quando todos eles entram. Ele alcança com a mão esquerda e coloca sobre o coração de Stiles. O preto flui pelo seu braço, assim como os outros faziam na última semana e, de repente, a tensão na sala se quebra. Ele levou para o que ele só pode assumir é o quarto de Derek, entra no casulo de lençóis na cama e prontamente adormece. Ele está morando com Derek agora. Seu pai não percebe por três semanas e, mesmo assim, é porque um dos vizinhos comenta que o jipe não está na garagem ultimamente.

Lydia recebe sua lição de casa da escola e ajuda-o a estudar para que ele não fique muito para trás. Noites, quando perdem a noção do tempo e ela adormece na gigantesca cama king size, ele a observa e se pergunta quando ele parou de se apaixonar por ela. Na verdade, essas noites ele acaba pensando muito sobre como diabos ele aprendeu a amar e o que ele fez para merecer amor em troca.

Scott vem todo dia, Stiles tem a sensação de que ele meio que aceitou Derek como seu alfa. Allison está lá e Derek não olha para ela de forma diferente do que ele fazia antes. Erica, Boyd e Isaac também estão morando na casa dos Hale. Erica e Boyd têm uma coisa e Isaac é sua não-terceira-roda por causa da conexão do pacote ou qualquer outra coisa. Eles gostam de fazer o café da manhã de Stiles. Que normalmente é queimado, mas tem um gosto incrível porque é verdade o que dizem sobre comida feita com amor. Peter o vê pelo menos uma vez por dia, coloca a mão no coração e sai. Stiles tem certeza de que não está morando na casa, mas é grande e basicamente só está no quarto de Derek, na cozinha ou no salão.

Jackson está lá, mas a única vez que ele tocou Stiles foi quando ele estava no hospital. Ele não acha que é preconceito e quando ele pergunta, Lydia diz a ele que é porque Jackson sente que ele não merece tocar Stiles depois que ele matou tantos (que Stiles só acredita porque Jackson não tocou o resto da matilha também).

Derek, por outro lado, está sempre presente, sempre com as mãos demoradas e olhares firmes. Quando eles dormem, Derek se enrola em volta dele e Stiles pode sentir a respiração de Derek na parte de trás do seu pescoço. Derek está lá quando ele acorda, quando ele adormece, quando ele come e bebe, mesmo quando ele vai ao banheiro. Às vezes, quando acorda tarde da noite, com Lydia no colo e os sons de roncos vindos do quarto ao lado, ele se pergunta quando começou a amar Derek Hale.

Ele ama o bando, ele ama Derek e quando eles pedem para ele dar uma mordida, ele não sabe o que fazer. Derek diz ‘por favor’ e ele diz que ‘eu não posso’ e quando Derek move a cabeça para inclinar-se até o pescoço, ele não sabe se Derek vai apertar um beijo ou algo com um pouco mais de presas.


Notas Finais


Espero que gostem fofuchos 😘😘✌️😊😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...