História Still dead - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Lumes


Fanfic / Fanfiction Still dead - Capítulo 4 - Lumes

POV:clint

-bom antes de ir la vou achar alguem que ache isso interessante.

saindo da padaria, clint pega um caminho diferente, e vai para perto de sua casa, la ele toca a campainha.

-lupus?.

-o clint, quanto tempo.

-bom, estou aqui por uma velha amiga minha esta falando sobre um grande mal que chegara ao mundo em breve, sabe de algo?.

-bem pode entrar, acho que vai achar isso interessante.

clint entra, a casa esta quase toda escura, artefatos, cabeças, e livros escritos por ele mesmo.

-desculpe, minha casa nunca foi muito clara.

-sem problemas, ja que voce e um lobisomen, ja esta acostumado.

-bom, sente-se, sobre isso de grande mau, tenho esse livro.

-aikartronn.

-sabe, foi um livro escrito, por um grande amigo meu, ele falava sobre fim do mundo, juizo final.

-acho que ja ouvi falar.

-dimas aikar era seu nome.

-sim lembro, ele foi um alquimista, espera velho quantos anos voce tem???.

-he he,isso continuara em segredo.

-huff, certo, mais porque um alquimista estaria falando de algo religioso?.

-ele achava que a alquimia era algo divino dado por deus,por isso que nao viveu muito, por isso que eles chamavam seus livros de confusos, alquimia e deus nao se mistura.

-bom velho, queria te perguntar se queria vir comigo.

-para oque?

-voce e um grande sabio, talvez ajudaria nao acha?,

-certo.

POV:lupus

-conheço clint a um tempo, eu sempre o ajudei,ele tambem me admira muito, sempre vi pessoas a meu lado falando que eu era uma pessoa muito inteligente,na minha opiniao,eu so fazia oque eu gostava, mais concordo que ja inventei coisas muito boas, como meu anel da lua cheia, com ele parei de correr perigo, e consigo me transformar a hora que quiser enquanto estiver escuro.

POV:clint

-vamos logo velho.

-estou sentindo cheiro de sangue em algum lugar.

-isso nao deve ser importante.

-nao e melhor checar?.

-a certo, vamos

lumes segue o cheiro, e vao parar em uma casa, na frente varias pessoas encapuzadas de vermelho.

-grrr, corujas.

-quem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...