História Stop crying your heart out - Capítulo 10


Escrita por: e MrsHanerr

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 3.093
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Anteriormente:

Peguei as caixas e as latinhas e levei tudo para a cozinha, fui para o banheiro e escovei os dentes, puxei o lençol até o quadril de Malia e a deixei dormindo enquanto me sentei na poltrona grande e macia que tinha de frente com a cama e fiquei observando-a por um tempo até sentir sono. Então me levantei, dei um beijo em sua testa de forma carinhosa e me deitei ao seu lado, dormindo logo em seguida.

Capítulo 10 - Você e eu


Fanfic / Fanfiction Stop crying your heart out - Capítulo 10 - Você e eu

As horas voaram e já era de manhã. Acordei e o quarto ainda um pouco escuro por conta das cortinas que eram grossas o suficiente, sorri ao ver a morena ainda dormindo.

Me aproximei um pouco e com cuidado dei um selinho de leve em seus lábios, ela sorriu mesmo dormindo. Saí da cama e fui lavar o rosto no banheiro, desci as escadas indo para a cozinha onde a cozinheira havia terminado de fazer cappuccino, aquele cheiro estava incrível.

A empregada ajeitou a mesa de jantar para o café da manhã e foi levando as coisas para lá então decidi que era melhor acordar Malia pois eu já tinha planejado algumas coisas.

Entrei no quarto novamente e puxei a cortina um pouco fazendo os raios entrarem, ela tampou o rosto com a mão e reclamou, ri e dei um beijo em sua bochecha. Devagar ela foi abrindo os olhos, parecia não acreditar que tinha dormido ali, se sentou na cama e olhou em volta e depois olhou pra mim.

 

- Bom dia senhorita, dormiu bem? - Perguntei achando engraçado.

- Acho que sim, sua cama é muito gostosa. - Sorriu.

- O que acha de levantar dessa cama e tomar um incrível café da manhã, hein?

- É lógico que eu quero. - Ela se levantou da cama e segurou uma das minhas mãos. - Vamos comer!

 

Malia foi para o banheiro e colocou sua roupa, deixou minha camisa na cama e descemos. A empregada ficou surpresa quando viu Malia, mas disfarçou colocando mais algumas coisas na mesa.

 

- Você vai fazer alguma coisa hoje?

- Quem eu? - Malia perguntou. - Eu tenho que trabalhar e depois não sei.

- Hum, então depois você vai sair comigo. - Olhei para ela e sorri.

- Com certeza, se for tão bom quanto ontem. Tenho certeza que vou gostar. Vai sentir saudades de mim, Chris? - Disse manhosa.

- Deixa eu pensar...- Coloquei a mão no queixo como se estivesse pensando e Malia deu um tapa em meu peito, não aguentei e ri - Vou sentir saudades enquanto estiver trabalhando, mas prometo depois você vai se divertir mais do que ontem.

- Vou esperar ansiosamente.

 

Tomamos café da manhã tranquilamente, cada vez que Malia sorria, me deixava cada vez mais encantado por ela. Assim que terminamos, ficamos conversando mais um pouco até ela se levantar, não queria deixá-la ir, mas era nosso trabalho. Porra Christopher, o que está acontecendo com você? Minha mente gritava, porém eu não estava nem aí.

Malia me deu alguns beijos antes de sair pelos portões da mansão e ir embora em seu carro. Então era isso, o começo do dia foi incrível e o resto também seria, ela nem imaginava onde iria levá-la e isso me deixa empolgado. Troquei de roupa, escovei os dentes e fui direto para a empresa. Teria muito o que fazer lá ainda.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

3ª pessoa

 

Chris trabalhou até a metade do dia, logo depois, ele ligou para o responsável da surpresa para sua Malia. Deixou tudo pago e organizado, tudo teria que ser perfeito e inesquecível para a morena. Depois voltou ao escritório, onde entrou em reunião pelo dia inteiro.

Já, Malia foi o comentário do escritório quando ela chegou com roupas de sair, de carro com Chris. A maioria dos funcionários torciam para a morena continuar namorando, assim ela ficava menos no escritório, logo menos trabalho. James, ao contrário de todos, estava morrendo de ciúmes da morena.

Malia trabalhou o dia inteiro, não parando ao menos para almoçar. Julia mandou uma mensagem, perguntando como havia sido o encontro com Chris, só que Malia apenas respondeu com um emoji malicioso. Deixando a prima curiosa.

Chegando a noite, Malia saiu antes de sete, foi ao seu apartamento, tomou um banho longo. Trocou de roupa, colocou uma camiseta baby look preta do Aerosmith, uma calcinha vermelha de renda e um shortinho jeans rasgado nas coxas. Colocou um chinelo havaianas, mandou uma mensagem para Chris, avisando que estava o esperando no seu apartamento.

Assim que Chris viu a mensagem de Malia, saiu da mansão e entrou em seu carro. Não demorou até chegar na frente do apartamento da morena, ele mandou uma mensagem de que já estava em frente ao apartamento então ela desceu curiosa e viu Chris encostado em seu carro, ele mexia em seu celular e sorriu assim que a viu.

Ele guardou o celular no bolso e a puxou pela cintura, Malia passou seus braços ao redor do pescoço do moreno e ele a beijou como se estivesse com saudade dos lábios dela mas o beijo não durou muito já que ambos estavam curiosos, ela pra saber onde iriam e ele pra saber se ela iria gostar.

Abriu a porta do carro para ela que entrou e ligou o rádio já familiarizada com o carro, ele entrou e dirigiu por cerca de dez minutos. Novamente ele abriu a porta para ela que arregalou os olhos ao ver um enorme balão na grama verdinha de um campo, ela olhou para Chris que tinha um sorriso no rosto.

 

- Preparada para um passeio de balão? - Arqueou a sobrancelha esperando ela reagir.

- Que incrível! Eu nunca nem cheguei perto de um balão, Chris. - Ela o abraçou pelo pescoço.

 

            Um cara preparava as coisas do balão e os cumprimentou assim que eles se aproximaram, entraram no balão. Malia tinha um pouco de medo de altura mas não deixaria o medo tomar conta e estragar o momento, ela ficou na ponta e sentiu Chris abraçando-a pela cintura o que a fez se sentir mais segura.

Passou dois minutos e o cara preparou o balão para subir e logo o balão já não estava mais no chão. Malia sentiu um friozinho na barriga quando viu que já estavam em uma altura suficiente. A paisagem era realmente linda e a morena se viu encantada pelo local em si, tudo parecia tão pequeno de cima e mesmo assim não deixava de ser incrível.

Chris deu um beijo na bochecha da mulher que deu um sorriso tímido, ela estava se acostumando com o lado carinhoso do britânico. Ela nunca poderia imaginar que ele fosse assim e ele pensava o mesmo dela.

Antes ela pensava que ele era um mulherengo e que nunca tinha se apaixonado e ele pensava que ela era amargurada que nenhum homem aguentava porém isso mudou, um aquecia o coração do outro. Chris se perdeu nesses pensamentos e nem percebeu que um sorriso se abriu em seu rosto.

 

- É mágico não? Dá uma sensação de liberdade. - Ele comentou enquanto olhava para a paisagem.

- Sim, é uma sensação de liberdade. Obrigada, Chris por estar me proporcionando isso. - Malia olhou a paisagem mais uma vez.

 

Chris olhou para Malia. Ele queria dizer que fazia isso para ver o sorriso lindo dela, mas não disse nada apenas ficou olhando para a morena.

O balão ficou no ar por mais vinte minutos e depois pousou no chão. Malia tinha amado a experiência de passear de balão e Chris estava feliz porque ela gostou.

 

- Você sempre me surpreende, Chris. Esse passeio de balão foi maravilhoso, perfeito. - Malia sorriu.

- Se prepare para mais passeios desse tipo. - Ele sorriu e segurou na cintura de Malia que sorriu.

- Fico muito feliz. - Tocou os ombros dele.

- Que tal irmos para minha casa? Nós dois podemos cozinhar, o que acha?

- Acho uma ótima ideia, eu não tive tempo de almoçar hoje.

 

            Eles se despediram do cara do balão e entraram no carro indo direto para a mansão. A empregada nem sei impressionou ao ver Malia mais uma vez ali, ela tinha reparado que estava acontecendo algo entre os dois. Chris dispensou a cozinheira dizendo que ela poderia ir para sua casa que eles cuidavam da comida.

Eles se divertiram enquanto cozinhavam, riam e brincavam um com o outro como se conhecessem há tempos. Malia cortava os legumes enquanto Chris cuidava da carne no fogo, ele contava algumas coisas sobre sua adolescência na Inglaterra e ela apenas prestava atenção. Terminaram de fazer a comida e arrumaram a mesa de jantar e se serviram, a comida estava realmente boa e foi aprovada por ambos.

Chris acabou dispensando a empregada também, ele queria ficar sozinho com Malia. Os únicos que haviam ficado na mansão eram os seguranças que ficavam 24 horas nos portões. Terminaram de comer e levaram tudo para a cozinha onde colocaram os talheres, taças e pratos no lava-louças. Malia ficou um pouco nervosa quando Chris pegou em sua mão e a começou a levá-la para um lugar que ela ainda não conhecia.

 

- Aonde que você está me levando, Christopher Lawford? - Malia olhou confusa.

- Você vai ver.

 

Eles pararam em frente de uma porta que era maior do que as outras. Christopher olhou para Malia e então abriu a porta lentamente, Malia que até então estava confusa agora estava maravilhada.

Ele a puxou para dentro e ela olhou para cima encantada com a visão. Era um enorme teto de vidro, várias almofadas e coisas fofas no chão que serviam para se deitar e ficar observando. No meio das almofadas tinha champanhe e duas taças, a morena abriu um sorriso no rosto quando se sentou no meio das almofadas super macias.

 

- Uau, o que é isso? - Tocou em uma almofada.

- Essa é a minha parte preferida dessa casa, na verdade eu a comprei por isso.

 

Chris se sentou também e puxou a mulher para seus braços, Malia aconchegou-se no peitoral dele e ficou olhando as estrelas. Chris fazia um carinho no ombro da morena o que a deixava arrepiada. Ele abriu o champanhe e derramou nas duas taças, Malia sorriu ao pegar a taça e deu um gole.

Ele a beijou calmamente sentindo o gosto de champanhe nos lábios saborosos de Malia, sentiu as mãos dela entrarem em sua camisa e puxou o lábio inferior quando o beijo foi perdendo o ritmo.

 

- Malia eu...eu preciso conversar com você. - Chris ficou sério.

- O que aconteceu? - A morena ficou aflita.

- Eu sei que você sofreu muito e eu também sofri, a vida não foi nada gentil com ambos mas estamos aqui agora. - Chris pegou na mão de Malia gentilmente - Não quero que você sofra de novo, na verdade eu estou fazendo de tudo para que dê certo. Se você está aqui agora é porque eu não estou sendo um babaca. -Ele riu achando graça - Agradeço por você ter contado algumas coisas sobre sua vida, isso é importante se queremos começar alguma coisa certo? - Ele pegou algo que estava escondido atrás de uma almofada - Sempre que você sorri algo se aquece no meu coração, é como se eu estivesse me apaixonando novamente mesmo que meu coração estivesse acabado e fechado e você trouxe a luz pra mim então...eu quero que continue comigo. - Chris abriu a caixinha que tinha aliança - Estou me sentindo um adolescente de novo. - Ele riu fazendo ela rir também - Você quer namorar comigo?

- Sim, eu aceito. - Seus olhos verdes brilharam e se encheram de lágrimas. - Chris, eu estou muito feliz, não imaginava que a gente estaria junto. É um novo começo para nós. - Ela deu um selinho longo nos lábios dele.

 

Chris abriu um sorriso largo e aproximou seu rosto de Malia novamente, ela sentiu os lábios dele e fechou os olhos. O beijo tomava ritmo enquanto Chris colocou-a em seu colo, a morena sentiu um choque quando as mãos fortes do moreno apertaram sua confira, arfou entre o beijo.

Era o momento perfeito para eles. Chris desceu os beijos para o pescoço dela e como ele esperava, ela suspirou. Fazia um tempo que ela não tinha tanto contato com um homem e aquilo estava a deixando insana.

 

- Você me quer, Malia? - Ele sussurrou perto de seu ouvido.

- Sim, eu quero.

 

Chris mordiscou o lóbulo da orelha de Malia, ela gemeu baixinho. Ouviu a respiração quente dele, em seguida a deitou delicadamente em meio às almofadas. Chris tirou sua camisa, abrindo os botões da camisa social, fazendo o coração da morena acelerar. Ele deitou por cima dela, colando seus lábios nos dela. Eles sentiram os lábios um do outro.

Malia tocava as costas nuas de Chris, sentia a pele dele. A língua do moreno pediu passagem tocando o lábio inferior dela, foi concedido. As línguas deles se encontraram rapidamente. As mãos de Chris seguravam a barra da camiseta dela, subiu e eles separaram seus lábios apenas para passar a camiseta pela cabeça de Malia.

Christopher ficou admirando os seios fartos da morena, ela ficou um pouco envergonhada. Ele beijou o colo de Malia, fazendo que ela fechasse seus olhos. Descendo seus beijos para um dos seios dela. Acariciou o mamilo com sua língua, depois chupou um pouco. Ele tocou o outro seio com a outra mão.

Depois desceu os seus beijos para a barriga da morena. Sorrateiramente, ele abriu o botão e o zíper do short, puxou para baixo, tirando rapidamente do corpo de Malia. Deu um sorriso de lado para Malia que abriu seus olhos verdes, sua respiração estava um pouco acelerada.

Chris mordeu a renda da calcinha, puxou lentamente do corpo de Malia, ela ficou surpreendida com aquilo. Depois, ele soltou a calcinha, posicionando sua cabeça entre as pernas da namorada.

Passou a língua molhada por toda a extensão da intimidade dela, a fazendo arquear as costas, seu corpo estava muito sensível porque está há anos sem sexo. Ele chupou o clitóris, Malia deu um gritinho de prazer, passou a língua sobre a região lentamente. Era uma tortura saborosa, ela tocou seis cabelos, acariciando, ele acelerou a língua sobre o clitóris, ela apertou sua mão e puxou seus cabelos.

Chris sabia que ela estava pronta para ele, assim como sua ereção na calça indica que ele estava pronto para ela. O moreno parou seus movimentos, fazendo a mulher reclamar um pouco. Ele deu um selinho nos lábios dela, eles sorriram um pouco. Malia abriu a calça de Chris com dificuldade, ela já via a ereção por cima da calça.

Ele a ajudou, puxando o zíper para baixo, Chris tirou a calça, em seguida a cueca e jogou no chão. Eles deitaram em meio às almofadas, Chris deitou por cima de Malia, a olhou ternamente nos olhos. Tocou seu rosto com as duas mãos, admirou a bela morena a sua frente que seria completamente dele. Malia abriu as pernas para que Chris pudesse se encaixar, assim o fez.

Eles se abraçaram, Chris conduziu seu membro para dentro de Malia que fechou os olhos para senti-lo melhor. Ela cravou suas unhas nas costas dele, Christopher começou a movimentar dentro dela, estocadas longas e precisas, dando prazer aos dois.

O pênis dele endurecia ainda mais dentro de Malia, Chris mordeu o ombro da morena. Ele encontrou o ponto sensível dela, ouvindo um gemido manhoso e isso foi um incentivo para ele. Então ele acelerou, fazendo com Malia afundasse suas unhas nele.

Logo, os dois tiveram um orgasmo longo juntos, fazendo que os dois gozassem juntos. Isso foi surpreendente para ambos pois nunca haviam experimentado aquela sensação com ninguém. Chris relaxou seu corpo em cima de Malia, riram um pouco. Depois se olharam nos olhos, pegaram o ar, o local cheirava a sexo. Malia abraçou Chris pelo pescoço.

 

- Nossos corpos estão em sintonia profunda. É a primeira vez que isso me acontece. - Malia disse, depois deu um selinho nos lábios de Chris. - Fazer sexo com você é incrível! - Disse quase sem ar. - Não fique se gabando por isso.

- Vou tentar não me gabar por isso. - Chris riu e encostou seu rosto na base do pescoço da morena - Você é maravilhosa.

- Eu sei. - Acariciou os cabelos de Chris. - Você também é.

- O que você quer fazer agora? - Ele sorriu ao sentir o carinho dela.

- Hmm... Sexo de novo. - Malia riu.

- Seu desejo é uma ordem. - Chris se levanta de cima do corpo de Malia e pega em seus braços - Mas agora vai ser no meu quarto.

- Tem que ser na sua cama.

 

Não tinha ninguém na mansão então ele nem se preocupou. Malia sentia seu corpo pegando fogo só por ele estar segurando-lhe. Assim que chegaram no quarto, Chris a deitou em sua cama, Malia sorriu de um jeito malicioso e o  puxou para cima de si fazendo ele rir.

            Malia arfou quando sentiu ele apertando suas coxas para então beijá-la com paixão, ele estava se sentindo incapaz de controlar o que sentia perto dela. Malia fechou os olhos assim que o sentiu penetrando-lhe, ela tinha um sorriso no rosto assim como ele. Chris depositou alguns beijos no pescoço da morena mas logo suas bocas se encontraram novamente.

Ele mantinha os movimentos lentos pois queria aproveitar o momento. Chris se jogou ao lado da morena e ela entendeu o recado, se sentou no colo dele o colocando dentro de si e começou a rebolar lentamente em seu colo com as mãos apoiadas no peitoral dele, se sentiu satisfeita quando viu o sorriso no rosto do homem. Malia se abaixou um pouco não deixando de se movimentar e lhe beijou sensualmente puxando o lábio inferior dele no fim do beijo, Chris suspirou de tesão e agarrou na cintura da morena.

Ele fez com que seus corpos se chocassem rapidamente. Malia deixou um palavrão quando sentiu uma mão dele em seu seio, sentia que seu orgasmo estava se aproximando, isso fez com que ela forçar-se ainda mais seu corpo contra o dele. Chris se sentou na cama com ela ainda em seu colo e ainda em movimentos insanos, os seios de Malia estavam bem no rosto dele e ele aproveito isso.

Malia deixou escapar uma risada desejosa quando sentiu ele tomando seu seio na boca, a língua quente dele em contato com a pele sensível estava a deixando louca. Os corpos ainda se chocavam com violência até que pela segunda vez, chegaram ao orgasmo juntos. Ambos gemeram ao chegarem ao seu limite e Chris fechou os olhos, Malia olhou para o rosto do homem e acariciou o rosto dele, se sentindo bem em estar ali com ele, como se fosse a coisa certa.

 

- Que tal a gente tomar um banho gostoso agora? - Chris deu um sorriso de lado para Malia.

- Com direito a massagem onde você quiser. - Piscou para o moreno.


Notas Finais


Eles tiveram a primeira vez deles e estão namorando.
As coisas vão continuar sendo tranquilas para os dois?
Beijos e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...