História Stormy - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 13
Palavras 1.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 19 - So Confused


Duas Semanas

Faziam duas semanas que Blake não falava e sequer olhava para Mason. Ela ia do seu verdadeiro trabalho para casa, onde participava de vários eventos que ela odiava e tinha que aturar os seus pais e John, com um sorriso no rosto, que ninguém parecia perceber ser falso. E quando não tinha que ir a esses eventos entediantes ela ficava trabalhando, ou deitada em sua cama com um pote de sorvete, se arrependendo de ter dito a Mason que eles não teriam mais nada.

Ouviu duas batidas em sua porta e murmurou um "entre". Logo sua mãe estava no quarto, Blake olhou para a mulher que sorriu e estendeu um vestido verde escuro para ela.

— Porque exatamente eu preciso ir? - Blake questionou e viu a mãe soltar um suspiro. — Eu estou cansada, só preciso dormir.

— Primeiro, você precisa estar lá para apoiar o seu pai, e segundo esse é o tipo de projeto social, pela qual você se interessa. - Helena disse e Blake assentiu. — Não demore, já estamos atrasados.

Sabia que enquanto morasse naquela casa seria obrigada a frequentar lugares desse tipo.

Ouviu a porta de seu quarto se fechando e colocou o vestido verde escuro de mangas com um decote nas costas, que se fechava um pouco acima de sua bunda. Calçou os sapatos pretos e soltou o cabelo, passando apenas o típico batom vermelho sangue. Se olhou no espelho e resolveu que estava arrumada o suficiente. Abriu a porta de seu quarto e desceu as escadas, estava finalmente pronta para mais uma noite entediante.


Flashs brilharam em sua direção e Blake sorri forçada e continou caminhando em direção a entrada do lugar. Viu seu pai e sua mãe pararem para se deixarem ser fotografados e apenas revirou os olhos entrando no lugar. Observou todas aquelas pessoas bem vestidas e instintivamente procurou Mason se surpreendendo ao encontrá-lo a apenas poucos metros de distância de si. Pegou uma taça de champanhe da bandeja do garçom e percebeu Mason analisá-la antes de dar um sorriso de canto e se virar saindo dali.

Revirou os olhos e bebeu sua champanhe resolvendo que ignorar o homem seria melhor.

Percebeu que seus pais haviam finalmente entrado e achou melhor se afastar antes que eles a vissem e resolvessem que ela e John deveriam conversar, ou que ela devesse participar de alguma conversa com um político super importante. Não que ela não gostasse de conversar sobre política, mas ultimamente eles a estavam usando para conseguir apoio para o pai, isso quando não a estavam empurrando descaradamente para cima de John.

Terminou a champanhe em sua taça e resolveu ir ao banheiro. Caminhou lentamente pelo salão percebendo alguns olhares sobre si e ignorando todos, continou o seu caminho.

Os espaços dos banheiros pareciam vazios e ela passou direto pela placa que indicava banheiro masculino, ou melhor tentou passar já que uma mão segurou um pouco forte em seu braço e a virou bruscamente. Viu Mason parado a pouco centímetros dela e arqueou a sobrancelha.

— Achei que estivesse esperando um convite formal. - Mason falou debochado e entrou no banheiro. Blake hesitou, porém acabou entrando no banheiro logo em seguida.

— O que você quer? - Blake perguntou assim que entrou e ouviu Mason trancar a porta.

— Precisamos conversar, sobre minha campanha. - Mason disse e Blake revirou os olhos.

Sua campanha, mesmo que eles não tivessem se falado por duas semanas, Blake estava por dentro do que estava acontecendo com Mason. Ele não tinha mudado muito, o seu nível de arrogância estava baixo, e ele estava tentando ser simpático, mesmo que algumas vezes soasse falso. Estava fazendo projetos com comunidades pobres e sendo um pouco arrogante quando lhe faziam perguntas que até para Blake eram estúpidas, mas ainda sim estava dois pontos abaixo de seu pai.

Blake se sentou na pia do banheiro e cruzou as pernas, Mason se encostou em uma das divisórias das várias cabines de frente para ela e deixou que seu olhar percorresse o corpo dela, até parar em seus olhos acinzentados.

— Não sei o que quer falar, sua campanha está indo bem e eu não posso te ajudar. - Blake disse e Mason riu debochado.

— Na verdade pode, porque as ideias que você me deu foram as que eu usei nessas duas semanas e agora elas acabaram. - Mason falou e Blake soltou um suspiro.

— Estamos a apenas duas semanas das eleições. - Blake disse e Mason assentiu como se confirmasse. — Nesse final de semana você vai ter um debate com o meu pai e eu sugiro que você seja sincero, porém não arrogante nas respostas. Como nós treinamos. - Blake falou.

— Você vai estar lá? - Mason questionou e Blake revirou os olhos.

— Talvez, mas com certeza não vai ser para você. - Ela disse e Mason assentiu.

— Não precisa ficar lembrando que eu perdi a minha primeira dama. - ele piscou e Blake revirou os olhos novamente.

— Você vai fazer quarenta anos uma semana antes da eleição, dê um baile chame todo mundo, até o meu pai e a sua ex mulher, para eles verem como você é uma ótima pessoa. - Blake falou e foi a vez de Mason revirar os olhos.

— Você sabe que eu não... - ele começou, porém foi interrompido por Blake.

— Você pediu minha ajuda, por isso me ouça e faça o que eu estou dizendo. - Blake falou sem paciência, afinal ela esperava que ele a tivesse chamado naquele banheiro para se pegarem, e não conversar sobre política. Mas o que ela esperava? Ela tinha dito que achava melhor eles não terem mais nada e Mason estava apenas obedecendo. Pela primeira vez ele estava a obedecendo e ela não queria isso.

— Não precisa ficar estressada Irving, farei o que está me dizendo, ou pelo menos tentarei. - Ele piscou para Blake.

— E cinco dias antes da eleição vai ter a festa de confraternização dos partidos. - Blake falou e Mason assentiu novamente, já havia recebido o convite para aquilo. — Primeiro, eles só fazem essa confraternização para verem os candidatos a presidência se atacarem abertamente e poderem curtir isso. Segundo, nunca leve as provocações a sério, é apenas para criar caso. E terceiro você vai a essa confraternização e não vai ligar para nada o que te disserem. De preferência você vai fica por vinte minutos e vai embora. - Blake informou e Mason assentiu. — Acho que é só isso, agora eu vou voltar para lá. - Blake disse e se levantou da pia, porém quando foi passar por Mason ele a segurou novamente pelo braço.

— Preciso de outra coisa. - Mason falou perto do ouvido de Blake e ela se arrepiou.

— Nessa festa de confraternização eu preciso fazer um último discurso, poderia me ajudar a... - Mason falou e Blake se virou para ele o olhando enraivecida.

— Sério? - Blake questionou e Mason arqueou a sobrancelha como se perguntasse do que ela estava falando. — Você vai falar apenas sobre essa droga de campanha? - Ela perguntou e Mason entendendo sorriu.

Aquela mulher era confusa, ela dizia que eles não teriam mais nada, porém se enraivecia quando ele obdecia ao seu pedido.

— O que você espera? - ele questionou e Blake o olhou com raiva. — Você disse que não tinha mais nada entre nós, por isso estou te tratando normalmente. - ele disse e viu Blake bufar.

— Bom, então peça para outra pessoa te ajudar com o discurso, tenho certeza que sou substituível. - Blake falou um pouco mais alto do que deveria e abriu a porta do banheiro, saindo e logo a batendo o que fez com que a porta se fechasse em uma barulho alto.

Mason soltou um suspiro e bagunçou os cabelos, essa mulher era a mais confusa de sua vida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...